sábado, 6 de março de 2021

Montante representa 17% do total disponível aos consumidores

Cerca de 931 milhões de toneladas de alimentos – 17% do total disponível aos consumidores em 2019 – foram para o lixo de residências, do comércio varejista, de restaurantes e de outros serviços alimentares, segundo pesquisa da Organização das Nações Unidas (ONU). O montante equivale a 23 milhões de caminhões de 40 toneladas carregados, o que, segundo a entidade, seria suficiente para circundar a Terra sete vezes.

O Índice de Desperdício de Alimentos 2021, do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma) e da organização parceira WRAP, do Reino Unido, divulgado esta semana, analisa sobras alimentares em pontos de venda, restaurantes e residências – considerando partes comestíveis e não comestíveis, como ossos e conchas.

A maior parte desse desperdício, segundo o relatório, tem origem em residências.
Foram observadas, ao todo, 152 unidades em 54 países. De acordo com o documento, o desperdício de alimentos é um problema global e não apenas de países desenvolvidos. As perdas de alimentos foram substanciais em quase todas as nações onde o desperdício foi medido, independentemente do nível de renda.

A maior parte desse desperdício, segundo o relatório, tem origem em residências – 11% do total de alimentos disponíveis para consumo são descartados nos lares. Já os serviços alimentares e os estabelecimentos de varejo desperdiçam 5% e 2%, respectivamente.

Em termos globais per capita, 121 quilos de alimentos são desperdiçados por consumidor a cada ano. Desse total, 74 quilos são descartados no ambiente doméstico. O desperdício tem impactos ambientais, sociais e econômicos significativos, assinala o relatório. Entre 8% e 10% das emissões globais de gases de efeito estufa, por exemplo, estão associadas a alimentos não consumidos, considerando as perdas em toda a cadeia alimentar.

Mudança climática

A diretora-executiva do Pnuma, Inger Andersen, avalia que a redução do desperdício de alimentos ajudaria a reduzir as emissões de gases de efeito estufa, retardaria a destruição da natureza, aumentaria a disponibilidade de comida e, assim, reduziria a fome, além de contribuir para economizar dinheiro em um momento de recessão global.

Uma das sugestões apontadas no relatório é que os países incluam o desperdício de alimentos nas Contribuições Nacionalmente Determinadas.
"Se quisermos levar a sério o combate à mudança climática, à perda da natureza e da biodiversidade, à poluição e ao desperdício, empresas, governos e cidadãos de todo o mundo devem fazer a sua parte para reduzir o desperdício de alimentos”, disse, ao destacar que a Cúpula de Sistemas Alimentares da ONU deste ano será uma oportunidade de lançar “novas e ousadas” ações para enfrentar o desperdício alimentar.

Segundo a ONU, o total de 690 milhões de pessoas afetadas pela fome ao longo de 2019 deverá crescer de maneira acentuada por conta da pandemia de covid-19. Além dessa parcela da população global, existem também, de acordo com a entidade, 3 bilhões de pessoas incapazes de custear uma dieta saudável.

Uma das sugestões apontadas no relatório é que os países incluam o desperdício de alimentos nas Contribuições Nacionalmente Determinadas (NDCs, na sigla em inglês) no âmbito do Acordo de Paris, enquanto fortalecem a segurança alimentar e reduzem os custos para as famílias. O documento também defende a prevenção do desperdício de alimentos como uma área primária a ser incluída nas estratégias de recuperação da covid-19.

O montante equivale a 23 milhões de caminhões de 40 toneladas carregados, o que, segundo a entidade, seria suficiente para...
Cerca de 14 países já possuem dados sobre o desperdício doméstico de alimentos coletados de forma compatível com o índice do Pnuma. Outros 38 países têm dados sobre desperdício doméstico que, com pequenas mudanças na metodologia, cobertura geográfica ou tamanho da amostra, permitiriam a criação de uma estimativa compatível.

ALANA GRANDRA

EDIÇÃO DE ANB

A BOLADA DO PRESIDENTE 

Fernando Muniz deixou vazar em grupo de WhatsApp uma transferência avaliada em R$ 450 mil

Luminenses querem saber origem do dinheiro

POR FERNANDO ATALLAIA

REPÓRTER ESPECIAL DE ANB

atallaia.baluarte@hotmail.com

O presidente da Câmara de Vereadores de Paço do Lumiar, Fernando Muniz(PP), deixou vazar estratos de transferência bancária em grupo de WhatsApp feita por ele: R$ 450 mil.

R$ 450 MIL O presidente da Câmara, Fernando Muniz, escanteou ilações: operação foi normal.   

Muniz, em declaração a blogs locais, alega ter sido normal a operação e afirma que é rico, escanteando ilações quanto à origem do dinheiro.

Ainda assim, os luminenses escarafuncham se o montante teria alguma relação com o dinheiro que é  repassado pelo Executivo municipal à Câmara, mensalmente.

SOMÁLIA ATENTADO

Com carro-bomba contra um restaurante em...

Ao menos 25 pessoas morreram e 30 ficaram feridas na noite desta sexta-feira(5) em um ataque terrorista suicida com carro-bomba contra um restaurante em Mogadíscio, capital da Somália, informou à Reportagem o policial Abshir Nur, que estava na região do atentado.

Ao menos 25 pessoas morreram e 30 ficaram feridas. 
A explosão atingiu o popular restaurante Lul Yemeni, que fica próximo do porto da cidade.

Reeleição do prefeito segue comprometida e possibilidade de Júlio renovar o mandato é improvável

POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR-SÊNIOR DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

A possibilidade do prefeito Júlio Matos(PL) renovar o mandato em São José de Ribamar é improvável, após a gestão de Júlio se auto boicotar pelos movimentos controversos, contraditórios que já deixam impregnados erros e falhas que se amontoam - há dois meses- para 2024.

Na esfera interna, o amadorismo vem dando as cartas nos corregedores de Secretarias, Assessorias  e Prefeitura; no âmbito público,  a ausência de um plano de ação contra o desemprego encontra na insatisfação dos próprios apoiadores e eleitores de Matos queixumes diários que alimentam a bola de neve que se avoluma no seio da cidade.

Na tarde deste sábado (6), centenas de ribamarenses- a um só coro- silenciaram o acorde desafinado da administração Júlio Matos que mostra factual e visível indiferença ao clamor coletivo. A população das quatro regiões do município-Vilas, Limítrofes, Sede, Zona Rural- reclama a instalação de um polo industrial, com pequenas fábricas e médias indústrias e exige que o prefeito se posicione, com medidas, quanto à otimização do setor econômico. 

CAVIAR LUDOVICENSE O prefeito Júlio Matos: reeleição comprometida em São José de Ribamar, perfil da sua gestão já foi revelado. 

Por outro lado, sem apresentar uma alternativa à falta de renda na  terceira maior cidade do Maranhão, a gestão    se distancia cada vez mais do que fora apregoado por Matos em campanha, deixando em evidência sua real natureza: uma administração com feição burguesa, onde as conhecidas famílias políticas do Maranhão continuam a reinar numa escala superior ao passado recente. As administrações do ex-prefeito Fernando Moura da Silva não foram tão pródigas em contemplar amigos, parentes e aliados dos círculos do caviar ludovicense. Moura da Silva se esforçava em disfarçar o bacalhau importado, aproximando-se do chibé do Barbosa.

A gestão Júlio Matos, no entanto, ainda que ciente do alto índice de desemprego que assola famílias inteiras de ribamarenses mantem o estilo retaliador levado adiante pelos poucos  defensores do médico nas redes sociais. Gente alojada em cargos comissionados,  mas que na verdade atua como contrapontos eleitoreiros ao descontentamento local.

A metáfora acima, cunhada com o propósito de salientar o que a gestão Júlio Matos já revelou de janeiro até aqui, nada mais é que uma alusão ao Júlio Matos Gestor exposto por ele mesmo na dualidade médico/prefeito: mais próximo e afeito a alguns poucos a quem diz confiar; em quem é convencido, por terceiros, a nomear na Prefeitura, que às mulheres  simples de São José de Ribamar com as quais Júlio por anos estabelecera uma relação de ‘amizade’.  

A grande maioria delas passa, agora, enxergar um outro Júlio Matos que não aquele dos cafezinhos matinais de domingo no Jardim Eldorado.

Principais nomes do segmento oposicionista desaparecem mostrando, por mais uma vez, que interesse na cidade não passa de empreitada eleitoreira

POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

Além dos nomes que concorreram contra o médico Júlio Matos(PL) em 2020, os demais  auto anunciados oposicionistas sumiram do debate público e político em São José de Ribamar.

DEVE REAPARECER EM 2024  Oposição ribamarense some do debate; mas... 

O estrato social insatisfeito com o centralismo burguês da gestão Matos, notadamente participativo, se resume hoje à maioria da população que vem denunciando os desmandos do prefeito no município.

Recentemente, ensaiando reunirem-se em Movimento, candidatos a Vereador ludibriados por Matos na eleição passada anunciaram encontros e reuniões, mas nada ainda ganhou consistência semelhante ao descontentamento das massas das Vilas, Sede, Zona Rural e  Limítrofes.  

sexta-feira, 5 de março de 2021

Embora seja necessário, segundo os autores, seguir investigando para compreender a influência que o tipo de sangue tem na...

O SARS-CoV-2, que provoca a Covid-19, se sente "particularmente atraído" pelo antígeno do tipo sanguíneo A que se encontra nas células respiratórias, conforme indica estudo publicado nesta quinta-feira(4) na revista "Blood Advances".

Na revista "Blood Advances".
Embora seja necessário, segundo os autores, seguir investigando para compreender a influência que o tipo de sangue tem na infecção pelo patógeno, o artigo se junta a conclusões de artigos anteriores, que apontavam para uma possível relação entre o grupo sanguíneo e a suscetibilidade e a gravidade da Covid-19.

quinta-feira, 4 de março de 2021

Na tarde desta quarta-feira

Aconteceu na tarde desta quarta-feira(3) no Auditório Raimundo Lídio, uma reunião convocada pela Secretaria Municipal de Educação para apresentar o Plano de Ações Estratégicas - PAE, que dispõe sobre o processo de retomada das aulas presenciais da rede municipal de ensino no ano letivo de 2021 e do calendário letivo 2020/2021.

Em consonância com todas as diretrizes do Ministério da Educação sobre a disposição do retorno das atividades presenciais. 
A reunião contou com a presença de representantes do Sindicato Intermunicipal dos Servidores Públicos Municipais de Tutoia, Santana Do Maranhão e Paulino Neves; Secretaria Municipal de Saúde; Câmara Municipal de Paulino Neves; Conselho Municipal de Educação; Conselho Tutelar; CMDCA; Secretaria Municipal de Planejamento e Finanças; Secretaria Municipal de Assistência Social; do Chefe de Gabinete do Prefeito e da Vice-Prefeita do município.

A secretária municipal de Educação de Paulino Neves, Nilce Nely, realizou a abertura da reunião explicando as dificuldades e impacto na educação do município gerada pela pandemia da Covid-19. Em seguida abriu-se espaço para a apresentação do Plano de Ação Estratégica - PAE, em consonância com todas as diretrizes do Ministério da Educação sobre a disposição do retorno das atividades presenciais em meio à pandemia em conformidade com o calendário educacional.

Reunião convocada pela Secretaria Municipal de Educação para apresentar o Plano de Ações Estratégicas - PAE. 
Francismarcio, explicou que o principal objetivo do Plano de Ações Estratégicas - PAE é assegurar o retorno as aulas presenciais de modo seguro e dentro do panorama de convivência com a Covid-19, considerando os aspectos pedagógicos, administrativos, de infraestrutura e de proteção à saúde dos membros da comunidade escolar e dos profissionais de educação. 

Ainda de acordo com o coordenador pedagógico, não existe uma data definida para o retorno das aulas presenciais e as medidas serão tomadas considerando as análises realizadas pelas autoridades sanitárias.

MIANMAR GOLPE

Com lágrimas e desafiando a junta militar, nesta quinta-feira

"Tudo vai ficar bem". 
Com lágrimas e desafiando a junta militar, uma multidão de pessoas compareceu nesta quinta-feira(4)  ao funeral de uma manifestante de 19 anos que se tornou um ícone contra a violência militar que já fez 54 vítimas em Mianmar.

Kyal Sin, apelidada de Angel, morreu ontem de um...
Kyal Sin, apelidada de Angel, morreu ontem de um tiro na cabeça durante um protesto na cidade de Mandalay em que ela vestia uma camiseta preta com a frase "Tudo vai ficar bem" e sua imagem se tornou viral nas redes.

EFE

EDIÇÃO DE ANB

Cidade administrada por um médico,  a Balneária enfrenta o pior momento da crise sanitária em território local

POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR-SÊNIOR ADA AGÊNCIA BALUARTE

atalllaia.baluarte@hotmail.com

A Nota da Secretaria de Saúde de São José de Ribamar, onde é  anunciado um mutirão de vacinação na cidade é uma resposta à inercia que tomou conta da gestão Júlio Matos perante o avanço da pandemia em solo local.

Os ribamarenses viram desespero de parte de integrantes da gestão em divulgar a Nota depois que a imprensa pôs em xeque a visível ausência da Prefeitura nos últimos dois meses  no enfrentamento mais ostensivo do problema. Até ontem (3) perduravam  ainda os chamados  protocolos gerais no município adotados também em outras cidades.

MARES REVOLTOS? Gestão Júlio Matos está muito aquém daquele que seria o real combate à pandemia em São José de Ribamar. 

Mantendo a mesma tática midiática da gestão anterior- que fracassou no convencimento da população ao tentar empurrar goela abaixo 'notícias' publicadas em blogs de São Luís- a gestão Júlio Matos difundiu informações pasteurizadas, sem impacto, por toda tarde desta quinta-feira(4), chegando   ao ápice do despreparo ao ter matéria oficial, corrigida, esta semana, por ribamarenses com atuação nas redes sociais.

Com características próprias e peculiares, São José de Ribamar é uma cidade estratégica para a contenção ou avanço do novo coronavírus, e mesmo o prefeito, um médico, não estabeleceu um plano de ação que dialogue com as especificidades do vasto município até o presente momento, à exceção de medidas generalizadas e genéricas.

Aquém da realidade que seria outra e não a atual, a Gestão deixa  claro não ter a percepção acertada nem tampouco o mapeamento da pandemia nas quatro regiões da cidade. Os munícipes se mostram insatisfeitos com prefeito, secretários, subprefeitos e corpo técnico administrativo, ao passo que a insegurança ronda àqueles que buscam atendimento médico na Balneária.

O combate ao novo coronavírus na terceira maior cidade do Maranhão segue instável, desproporcional aos demais municípios, confuso e em visível desorganização nas unidades de saúde.

O que já era previsível.

Prefeito Eduardo Braide entregou Centro de Saúde São Cristóvão reformado e ampliado

O prefeito Eduardo Braide entregou, na tarde desta quinta-feira (04), o Centro de Saúde São Cristóvão que passou por obra de reforma e ampliação. O local ganhou mais um consultório, sala de esterilização, auditório e um Departamento de Movimento de Limpeza. A obra possibilitou ainda a ampliação das equipes de Saúde da Família e de Saúde Bucal, o que vai garantir mais agilidade e qualidade no atendimento. Ainda na quinta-feira, na parte da manhã, o prefeito entregou 30 leitos de internação exclusivos para o atendimento a pacientes com a Covid-19, na Unidade Mista do Bequimão. 

A obra possibilitou ainda a ampliação das equipes de Saúde da Família e de Saúde Bucal, o que vai garantir mais agilidade e qualidade no atendimento. 
Durante a entrega do Centro de Saúde São Cristóvão, que contou com as presenças do secretário municipal de Saúde, Joel Nunes, dos vereadores Octávio Soeiro e Chaguinhas e de equipes da unidades, o prefeito destacou que a comunidade da região já esperava há muito tempo ver o local requalificado e reaberto. “Agora a gente vai ter a oportunidade de oferecer vários serviços da atenção primária importantes, como consulta odontológica, consulta médica, consulta de enfermagem, enfim, atendimentos diversificados. Quem ganha com isso é a população”, disse o prefeito. 

O prefeito ressaltou que a prevenção é o melhor remédio e que a nova unidade de saúde serve exatamente para isso, para que muitas pessoas possam acompanhar a sua saúde no seu dia a dia e perto de casa, evitando que tenham que buscar um hospital de alta e média complexidade, como é o caso de uma unidade mista e do Socorrão. “É isso que nós queremos fazer. Fazer com que a doença não chegue a um grau que leve o paciente a buscar atendimento em uma unidade que tenha a necessidade de cuidados mais especiais. Com isso, a Prefeitura vai avançando na área da saúde”, enfatizou Eduardo Braide.

Ampliação do atendimento 

Fechado há aproximadamente um ano, agora o Centro de Saúde tem toda infraestrutura e equipe médica para atender bem os moradores do bairro do São Cristóvão e adjacentes. “É importante a gente lembrar que nós conseguimos ampliar a estratégia saúde da família no centro. Eram três equipes e agora são quatro. Era uma equipe de saúde bucal e ampliamos para duas; desta forma vamos conseguir atender mais pessoas e com mais qualidade. Após alguns meses do centro fechado a gente consegue reabrir e ampliar o atendimento para toda essa região do São Cristóvão”, observou o secretário.

O prefeito Eduardo Braide entregou, na tarde desta quinta-feira, o Centro de Saúde São Cristóvão que passou por obra de reforma e ampliação. O local ganhou mais um...
O Centro de saúde tem capacidade para atender 13 mil pacientes por mês. O centro conta com cinco consultórios médicos, odontológico, copa, consultório de enfermagem, sala de esterilização, Departamento de Movimento de Limpeza, sala de curativo, farmácia, sala de triagem, banheiro, sala da direção e recepção. Entre os acompanhamentos feitos na unidade de saúde, estão o voltado para mulher e da gestante (pré-natal), da criança, adolescente, idoso, do homem, hipertenso e diabético, consulta médica, de enfermagem, odontológica, curativo, dispensa de medicamentos básicos e imunização.

A gestora da unidade, Diana Cruz da Silva, disse que a nova infraestrutura e a ampliação da unidade vão permitir acolher melhor o usuário. “Além da reforma que estávamos precisando, a ampliação vai permitir atender mais e melhor os pacientes. Neste momento de pandemia estamos tendo o cuidado de fazer a triagem dos nossos pacientes e aqueles que precisam são encaminhados para uma unidade de saúde de maior complexidade”, explicou a gestora. “Para comunidade essa estrutura é maravilhosa e também para toda a equipe que atua no Centro Saúde”, completou a gestora Wilza dos Santos. 

A dona de casa Márcia Araújo foi uma das pacientes que procurou atendimento no centro de saúde e elogiou as melhorias. “Eu sempre vinha aqui marcar consulta e agora com certeza o atendimento será bem melhor”, disse.

Durante a entrega o prefeito Eduardo Braide destacou que a Prefeitura vai continuar avançando na área de saúde.
Novos leitos

Durante a entrega o prefeito Eduardo Braide destacou que a Prefeitura vai continuar avançando na área de saúde. “Hoje pela manhã entregamos 30 leitos para pacientes exclusivos com Covid, na Unidade Mista do Bequimão. Desses 30 leitos, 14 são por suporte avançado, totalizando 110 leitos que a Prefeitura já disponibilizou para o tratamento da Covid. Nos próximos dias, devemos entregar mais 10 leitos, chegando a 120 leitos exclusivos que São Luís coloca à disposição da população”, anunciou.

quarta-feira, 3 de março de 2021

A restrição está contida no decreto nº 36.531, editado pelo governador

Dos 217 municípios do Maranhão, 168 estão, neste momento, impossibilitados de receber novas doses da vacina contra o novo coronavírus.

A restrição está contida no decreto nº 36.531, editado pelo governador Flávio Dino (PC do B) nesta quarta-feira (03), que, além de impor novas medidas preventivas objetivando conter a proliferação da Covid, determina que “municípios que não tenham efetivamente aplicado, conforme registro no Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIM), pelo menos 60% das vacinas recebidas terão a entrega de novas doses suspensa até o atingimento do referido percentual”.

Dos 217 municípios do Maranhão, 168 estão, neste momento, impossibilitados de receber novas doses da vacina. 
O Blog do GE fez um levantamento no site da Secretaria de Estado da Saúde (SES), no campo Vacinação, que atualiza informações acerca do quantitativo de doses distribuídas; doses aplicadas; e percentual de cobertura.

Vale destacar que a última atualização foi feita às 18h de ontem.

Abaixo, por regional, confira as cidades que, neste momento, estão impedidas de receber vacinas de um novo lote de mais de 62 mil doses que o Governo maranhense adquiriu nesta madrugada:

Regional Açailândia – Açailândia, Buriticupu, Cidelândia, São Francisco do Brejão, Itinga do Maranhão, São Pedro da Água Branca, Vila Nova dos Martírios.

Regional Bacabal – Bacabal, Altamira do Maranhão, Conceição de Lago Açu, Lago Verde, Olho D´Água das Cunhãs, Paulo Ramos, Vitorino Freire, Alto Parnaíba.

Regional Balsas – Feira Nova do Maranhão, Fortaleza dos Nogueiras, Loreto, Nova Colinas, Riachão, Sambaíba, São Félix de Balsas, São Raimundo das Mangabeiras.

Regional Barra do Corda – Arame, Barra do Corda, Itaipava do Grajaú, Grajaú, Fernando Falcão, Jenipapo dos Vieiras.

Regional Caxias - Buriti, Coelho Neto, Duque Bacelar, São João do Sóter.

Regional Chapadinha - Água Doce do Maranhão, Anapurus, Araioses, Brejo, Chapadinha, Magalhães de Almeida, Milagres do Maranhão, Santa Quitéria do Maranhão, Santana do Maranhão, São Bernardo, Tutóia.

Regional Codó - Alto Alegre do Maranhão, Codó, Coroatá, Peritoró, São Mateus do Maranhão, Timbiras.

Regional Imperatriz - Amarante do Maranhão, Buritirana, Campestre do Maranhão, Carolina, Davinópolis, Estreito, Governador Edison Lobão, João Lisboa, Lajeado Novo, Montes Altos, Porto Franco, Ribamar Fiquene, São João do Paraíso, Senador La Roque, Sítio Novo.

Regional Itapecuru-Mirim - Anajatuba, Arari, Cantanhede, Itapecuru-Mirim; Miranda do Norte, Pirapemas, Presidente Vargas, São Benedito do Rio Preto, Vitória do Mearim.

Regional Metropolitana – Alcântara, Paço do Lumiar, São José de Ribamar.

Regional Pedreiras – Bernardo do Mearim, Esperantinópolis, Lago da Pedra, Lago do Junco, Lagoa Grande do Maranhão, Lima Campos, Pedreiras, Poção de Pedras, São Roberto.

Regional Pinheiro – Bacuri, Bequimão, Cedral, Central do Maranhão, Cururupu, Guimarães, Mirinzal, Pedro do Rosário, Peri Merim, Pinheiro, Porto Rico do Maranhão, Presidente Sarney, Santa Helena, Serrano do Maranhão, Turiaçu, Turilândia.

Regional Presidente Dutra – Capinzal do Norte, Fortuna, Gonçalves Dias, Governador Eugênio Barros, Governador Luiz Rocha, Graça Aranha, Presidente Dutra, Santa Filomena do Maranhão, São Domingos do Maranhão, Senador Alexandre Costa, Tuntum.

Regional Rosário – Bacabeira, Barreirinhas, Icatu, Morros, Rosário, Santa Rita, Santo Amaro do Maranhão.

Regional Santa Inês – Alto Alegre do Pindaré, Bom Jardim, Bela Vista do Maranhão, Governador Newton Bello, Monção, Pindaré Mirim, Pio XII, Santa Inês, Santa Luzia, Satubinha, Tufilândia.

Regional São João dos Patos – Barão de Grajaú, Benedito Leite, Buriti Bravo, Mirador, Nova Iorque, Paraíbano, Pastos Bons, São Domingues do Azeitão, São João dos Patos, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão.

Regional Viana – Bacurituba, Cajapio, Cajari, Matinha, Olinda Nova do Maranhão, Palmeirândia, Penalva, São Bento, São João Batista, São Vicente Férrer, Viana.

Regional Zé Doca – Boa Vista do Gurupi, Cândido Mendes, Carutapera, Centro Novo do Maranhão, Godofredo Viana, Governador Nunes Freire, Luis Domingues, Maracaçumé, Maranhãozinho, Nova Olinda do Maranhão, Presidente Médici, São Luzia do Paruá, Zé Doca.

Ruy estava com 59 anos e morreu vítima de Covid-19 na manhã desta quarta-feira, em Manaus

O treinador Ruy Scarpino faleceu na manhã desta quarta-feira(3), em Manaus-AM, vítima de Covid-19, aos 59 anos. Ele estava hospitalizado desde domingo por conta da infecção.

AOS 59 ANOS O treinador Ruy Scarpino faleceu na manhã desta quarta-feira, em Manaus-AM, vítima de Covid-19. 
Ruy era natural do Espírito Santo, tinha residência em São Paulo e estava em Manaus a trabalho, pois comandava o Amazonas FC. No futebol do Maranhão, Scarpino colecionou conquistas por Moto Club e Imperatriz.

Scarpino foi campeão maranhense pelo Moto nas temporadas 2004 e 2016. Este último, considerado um dos melhores anos do Moto. Ao comando de Ruy, o time engatou a boa fase e conquistou o acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. A primeira vez que o técnico treinou o Moto foi em 1999, quando iniciou sua caminhada como treinador.

Ruy voltou ao futebol maranhense para ser campeão em 2019, mas pelo Imperatriz. A final foi contra o Moto e uma das mais emocionantes da história do Estadual, quando o Cavalo de Aço marcou o gol do título nos minutos finais. Como goleiro, Ruy Scarpino foi trabalhou pelo Moto Club de 1996 a 1998.

Em 2017, Ruy comandava o Maranhão Atlético e quase conseguiu outro acesso para a Série C do Campeonato Brasileiro. Naquele ano, o time fez boa campanha, mas no terceiro 'mata-mata' acabou sendo eliminado pelo Operário-PR.

JOÃO RICARDO

EDIÇÃO DE ANB

A Avenida Deputado Mauro Bezerra recebeu no fim de semana  a instalação

A Avenida Deputado Mauro Bezerra, no bairro Caratatiua, recebeu, no fim de semana, a instalação do Ponto Limpo. A ação da Prefeitura de São Luís, executada pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana (CGLU), transformou mais um ponto crônico de descarte irregular de resíduos sólidos, em um canteiro ajardinado. O prefeito Eduardo Braide e a primeira-dama, Graziela Braide, participaram do momento junto à comunidade.

O prefeito Eduardo Braide e a primeira-dama, Graziela Braide, participaram do momento junto à comunidade.
“A ação Ponto Limpo, executada pelo Comitê de Limpeza, em parceria com as secretarias municipais de Meio Ambiente, de Obras, de Comunicação e o Instituto Municipal da Paisagem Urbana, tem por objetivo proporcionar mais dignidade a espaços que antes serviam para colocar lixo, deixando o ponto mais bonito e a comunidade mais limpa”, destacou o prefeito.

Morador do Caratatiua, de um imóvel localizado em frente ao ponto revitalizado neste sábado pela Prefeitura de São Luís, o pescador Enilson Assunção, de 44 anos, aprovou a iniciativa. “Esse ponto era de descarte de lixo, os próprios moradores vinham e jogavam os resíduos nesse canteiro, mesmo com o carro que faz a coleta passando regularmente para apanhar, de porta em porta. Agora, com essa ação, tenho certeza de que além de ficar mais bonito, não vai ter mais o mau cheiro de antes e espero que ninguém teime em jogar lixo de novo, que tenham consciência e façam a sua parte para preservar e manter sempre limpo o nosso bairro”, destacou.

Para deixar o espaço ajardinado e mais bonito, isto é, completamente revitalizado.
Assim como Enilson, outros moradores com residência ao longo da Avenida Deputado Mauro Bezerra também aprovaram a ação executada pelo Comitê Gestor de Limpeza Urbana, que vai avançar por vários bairros da cidade, já mapeados, para executar a ação Ponto Limpo e recuperar espaços degradados. “Este ponto que está sendo revitalizado no Caratatiua, assim como na Cidade Operária, por onde demos início à ação, também era um ponto histórico de descarte irregular de resíduos. Já mapeamos outros 41 pontos pela cidade e seguiremos avançando para a felicidade da população”, destacou o presidente do CGLU, Joabson Júnior.

A recuperação dos pontos selecionados se dá a partir da limpeza do local. Os agentes coletam todo o lixo existente, entulham o ponto com resíduos provenientes da construção civil e direcionados a um dos Ecopontos de São Luís e aplicam o adubo orgânico, fruto do processo de compostagem realizado no Centro Ambiental Ribeira. Após, é feita a aplicação de grama e a plantação de mudas para deixar o espaço ajardinado e mais bonito, isto é, completamente revitalizado.

A recuperação dos pontos selecionados se dá a partir da limpeza do local. Os agentes coletam todo o lixo existente, entulham o ponto com resíduos provenientes da construção civil e direcionados a um dos Ecopontos de São Luís. 
A ação Ponto Limpo no Caratatiua também contou com a presença dos vereadores Karla Sarney, Batista Matos, Antonio Garcez e do ex-vereador e professor Sá Marques, além da secretaria de Meio Ambiente, Karla Lima, e do presidente do Instituto Municipal da Paisagem Urbana, Walber Pereira Filho.

terça-feira, 2 de março de 2021

Pelo Fundo Nacional de Saúde

O município de Pinheiro, administrado por Luciano Genésio (PP), recebeu em 2020 quase R$ 50 milhões pelo Fundo Nacional de Saúde (FNS). Desse valor, mais de R$ 20 milhões foram destinados especificamente para ações de prevenção e combate à pandemia do novo coronavírus.

Foram identificados fortes indícios de que nenhum teste fora de fato entregue pela empresa contratada ao município, apesar de haver sido emitida, em maio de 2020, nota fiscal de venda dos 6 mil testes contratados e...
Nesta terça-feira (02) a Prefeitura de Pinheiro foi alvo da Operação Estoque Zero realizada, em conjunto, pela Polícia Federal e a Controladoria-Geral da União (CGU). A Operação aponta que testes de covid-19 foram comprados e não entregues.

A não entrega dos 6 mil testes de Covid-19 ao município de Pinheiro contribuiu para a dificuldade de rastreamento preventivo dos casos positivos para Covid na cidade e, assim, acelerar a curva de contágio da doença. O desvio de recursos, por sua vez, subtraiu do já escasso orçamento público recursos para as demais ações de saúde necessárias para o bom atendimento às vítimas de Covid-19.

Operação Estoque Zero

Foram identificados fortes indícios de que nenhum teste fora de fato entregue pela empresa contratada ao município, apesar de haver sido emitida, em maio de 2020, nota fiscal de venda dos 6 mil testes contratados e já ter sido identificado o pagamento parcial de R$ 320 mil. Além de a empresa não ter adquirido testes para revenda, reforça a suspeita de simulação de venda o fato de Pinheiro ter recebido doação de 2.240 testes da Secretaria de Estado da Saúde do Maranhão e ter realizado, até início de agosto de 2020, apenas 1.381 testes na população.

O prejuízo total ao erário pode chegar a R$ 960 mil, caso seja identificado pagamento residual da fatura apresentada pela empresa.

Além de Pinheiro, a empresa de fachada teria vendido 17,5 mil testes para outros três municípios nos estados do Maranhão, Piauí e Ceará, pelo valor total de R$ 1.075.500,00, sem nunca tê-los adquirido.


ACP

EDIÇÃO DE ANB

Será criado grupo para acompanhar fabricação de vacina no Brasil

O presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL), anunciou nesta terça-feira (2) um acordo com governadores para destinar R$ 14,5 bilhões do Orçamento da União de 2021 para a área da saúde. Deste total, R$ 12 bilhões serão oriundos de emendas parlamentares e R$ 2,5 bilhões do fundo emergencial de combate à pandemia de covid-19.

Segundo Lira, será criado um grupo com um governador de cada região do país, representantes do Congresso Nacional e do Ministério da Saúde para acompanhar a importação de insumos e a fabricação das vacinas no país.

Já o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, destacou que é necessário consolidar um cronograma nacional para vacinas e um...
O coordenador do fórum dos governadores, Wellington Dias (governador do Piauí/PT), ressaltou que há uma promessa do governo federal de vacinar 50 milhões de pessoas até maio.

“Temos essa perspectiva de sair dessa situação de superlotação dos hospitais e desse número elevado de óbitos. E a boa notícia que foi superado o problema que impedia contrato com Pfizer e Janssen. Foi colocado um aceno de baixar a temperatura, e isso é uma tarefa que depende de todos nós, e temos que estar focados no nosso inimigo comum que é o coronavírus”, afirmou Dias.

Já o governador do Espírito Santo, Renato Casagrande, destacou que é necessário consolidar um cronograma nacional para vacinas e um orçamento direcionado para assegurar abertura e manutenção de leitos hospitalares.

“[Há] necessidade de um cronograma mais avançado para as vacinas, orçamento para leitos. O presidente [da Câmara, Arthur Lira] se comprometeu a votar rapidamente os temas relacionados à covid, em relação às medidas provisórias dando prioridade para as votações do Congresso Nacional”, argumentou Casagrande.

HELOISA CRISTALDO

EDIÇÃO DE ANB

Projeto que visa o desenvolvimento de políticas públicas para melhorar o bem-estar da população do município

A prefeita Sâmia Moreira se reuniu para  uma capacitação com os entrevistadores que irão desenvolver o Censo Municipal.

O Censo  é um projeto da prefeita Sâmia, que visa o desenvolvimento de políticas públicas para melhorar o bem-estar da população do município.

O Censo  é um projeto da prefeita Sâmia, que visa o desenvolvimento de políticas públicas para melhorar o bem-estar da população do município.
“É preciso conhecer a realidade do nosso município para, a partir daí, elaborar políticas públicas que atendam as demandas da população. O Censo Municipal  é um trabalho de triagem das necessidades do nosso município. Cada cidadão quiteriense receberá em sua casa a visita dos nossos entrevistadores, que colherão informações sobre moradia, renda, educação, saúde, mobilidade social, serviços sociais, dentre outros’’, explicou a prefeita.

TRANSPORTE NA METROPOLITANA

Passageiros foram surpreendidos com o aumento de 50 centavos, sem aviso prévio. Motoristas dizem que foi uma determinação da cooperativa. Governo do Maranhão ainda não se manifestou sobre o assunto

Usuários do transporte coletivo na Região Metropolitana foram surpreendidos nesta segunda-feira (2) com um aumento de 50 centavos na passagem das vans, que fazem o transporte entre São Luís e Paço do Lumiar, ou São Luís e São José de Ribamar.

 Entre São Luís e Paço do Lumiar, ou São Luís e...
A passagem, que custava R$ 3,00, subiu para R$ 3,50, sem aviso prévio. Alguns motoristas dizem que o aumento já ocorria desde a semana passada em algumas vans, mas que agora o preço está sendo padronizado em todos os veículos.

Motoristas também afirmam que o aumento foi uma determinação da Cooperativa de Transporte Alternativo. 
Motoristas também afirmam que o aumento foi uma determinação da Cooperativa de Transporte Alternativo e que não encontraram nenhum impedimento por parte da Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB), que regula o setor, ou mesmo do Procon.

A justificativa para o aumento seria os constantes reajustes no preço dos combustíveis. A Reportagem não conseguiu contato com a Cooperativa de Transporte Alternativo para comentar o assunto. Já o governo do Maranhão foi questionado sobre o aumento na passagem das vans, mas ainda não houve retorno.

Segundo o comandante da Guarda,  o objetivo é pôr em prática uma política municipal de segurança pública mais eficaz

Na última sexta-feira(26) a Guarda Municipal de Carutapera reuniu a corporação para estudar os planos de ação e trabalho a serem desenvolvidos e executados no município para melhorar a segurança pública na cidade e no interior.

EM CARUTAPERA Na ocasião, esteve presente o Secretário de Administração e Planejamento, Dr. William Carlos, que reafirmou o compromisso da Gestão municipal com a segurança. 
Segundo o comandante da Guarda, Jorlivan Fontes, o objetivo é pôr em prática uma política municipal de segurança pública mais eficaz, visando o bem-estar dos cidadãos carutaperenses.

Na ocasião, esteve presente o Secretário de Administração e Planejamento Dr. William Carlos, que reafirmou o compromisso da Gestão municipal com a segurança em Carutapera.

segunda-feira, 1 de março de 2021

Situação crítica

Organização afirmou que se cenário continuar do modo em que se encontra, haverá colapso da saúde

A Sociedade Paulista de Infectologia (SPI) publicou, no último sábado (27), uma nota na qual expressa preocupação com a situação da pandemia de covid-19 no Brasil, mais especificamente no estado de São Paulo.

Segundo dados do Conselho de Secretarias Estaduais da Saúde (Conass), o país registrou nos últimos sete dias a média de 1.205 mortos por covid-19. Em números absolutos, São Paulo segue concentrando a maior quantidade de vítimas. Até agora, foram 59.492 óbitos.

No documento, a SPI afirma que “há uma total desconexão da vida cotidiana com a realidade da pandemia”. A organização explica que o fato de o Brasil ter novas variantes em circulação, somado à ausência de um programa nacional efetivo de imunização, bem como de medidas de prevenção e controle, coloca o país em um outro patamar de risco. 

No documento, a SPI afirma que “há uma total desconexão da vida cotidiana com a realidade da pandemia”.
“Pacientes graves têm alta taxa de morte e graves sequelas a despeito dos melhores recursos assistenciais. Que dirá em meio ao caos em que até oxigênio pode faltar? Na prevenção, uma vacinação lenta, em recortes populacionais, está fadada a não resultar em proteção efetiva em tempo oportuno”, afirma a organização em nota. 

A SPI também defende que nesse ritmo, em que marcas expressivas de óbito e infectados ocorrem em intervalos cada vez mais breves, não podemos ter outro cenário em mente, se não, o colapso da saúde. E em meio ao caos não há vida, não há economia, não há nada além do que o incerto”.

Diante do cenário, a SPI recomenda aos governadores e ao presidente da República que concretizem as medidas de segurança entre a população, como lockdown, restrições maiores a serviços não essenciais, toque de recolher prolongado, testagem em massa e rapidez na vacinação.

bdf

edição de anb

A TODO VAPOR

Produtores rurais de Paulino Neves participaram de uma reunião no município para dialogar sobre...

Produtores rurais de Paulino Neves participaram de uma reunião no município para dialogar sobre a merenda escolar. O objetivo do encontro foi discutir sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e o próximo chamamento público que vai beneficiar os produtores rurais e fortalecer a agricultura familiar.

O objetivo do encontro foi discutir sobre o Programa Nacional de Alimentação Escolar e o próximo chamamento público que vai beneficiar os produtores rurais e fortalecer a...
A Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, determina que no mínimo 30% do valor repassado a estados, municípios e Distrito Federal pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) para o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) deve ser utilizado na compra de gêneros alimentícios diretamente da agricultura familiar e do empreendedor familiar rural ou de suas organizações, priorizando-se os assentamentos da reforma agrária, as comunidades tradicionais indígenas e as comunidades quilombolas. 

O encontro aconteceu no auditório do Sindicato dos Trabalhadores Rurais (STTR) e reuniu, além de produtores que já fazem parte do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), representantes da Secretaria de Agricultura, Secretaria de Educação, Prefeito, Vice-Prefeita e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Paulino Neves.
NO AUDITÓRIO DO STTR A reunião foi realizada para alinhar a chamada pública, onde foi discutido o mapeamento da agricultura familiar e o calendário agrícola. 
A reunião foi realizada para alinhar a chamada pública, onde foi discutido o mapeamento da agricultura familiar e o calendário agrícola. ‘’Quando se consegue alinhar a produção e a aquisição do município conseguimos fomentar o desenvolvimento da agricultura familiar. Essa é a visão do Governo municipal e o objetivo maior é fortalecer a agricultura familiar", explicou o prefeito de Paulino Neves, Raimundo Lídio.
O prefeito Raimundo Lídio: ''Quando se consegue alinhar a produção e a aquisição do município conseguimos fomentar o desenvolvimento da agricultura familiar. Essa é a visão do Governo municipal e o objetivo maior é fortalecer a agricultura familiar". 

Para a vice-prefeita, Raimundinha do Sindicato, a reunião foi relevante. "É importante o poder público municipal dialogar diretamente com os trabalhadores rurais. Essa parceria entre Prefeitura e STTR vai trazer diversos benefícios para a população e garantir uma alimentação saudável para os alunos", afirmou a vice-prefeita.

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB