sábado, 25 de julho de 2020

Cenário do pleito de 2020  cada vez mais improvável na Balneária

Eleitorado ribamarense ainda  pulverizado

POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

Agosto é o mês definitivo para que os cinco pré-candidatos a Prefeito de São José de Ribamar cheguem à conclusão sobre qual  projeto terá condições concretas de se estabelecer com chances  reais de vitória em novembro.

Todo esforço empreendido em agosto será determinante para alargar o arco de alianças e apoios que farão   diferença numa disputa que segue até aqui improvável. Mesmo as pesquisas divulgadas tem se confrontado com a  presença de um eleitorado escorregadio, indeciso e pulverizado não refletindo a realidade do eleitor do município.

Moradores da Alvorada fecham Estrada da Maioba e pedem por ...
Manifestação ocorrida na Balneária em fevereiro de 2020: uma paisagem recorrente há 15 anos. 

De um lado, a grande maioria dos ribamarenses  não acredita que forças passadistas representadas por pré-candidatos como Júlio Matos, do PL, sejam a opção desejada  para o futuro de São José de Ribamar. Do outro,  as forças do continuísmo representadas  pelo vice tampão Zé Eudes, do PTB,  esforçam-se para fazer da gestão desgastada que repete as anteriores, uma alternativa ‘nova’ ao eleitor.

Dentro desse cenário de engodo, engano e farta dose de politiquice, a engenharia política a ser notada como viável à população local, partirá do campo independente. Até setembro, no desenrolar do trabalho feito em agosto, os grupos políticos verão com  maior  clareza acertos e deficiências a serem corrigidas. Na reta final da eleição, cada minuto vale um dia.

Cada dia um mês.

sexta-feira, 24 de julho de 2020
Partidos progressistas como PSB e PCdoB começam a se reorganizar para superar a hegemonia petista, centrada na figura de Lula. Governador do Maranhão fala em fusão e na criação de um MDB esquerdista

As articulações em torno das eleições municipais, mesmo que afetadas pela pandemia, estão deixando cada vez mais claro que o campo esquerdista precisa superar a hegemonia petista e a figura personalista do ex-presidente Lula. Os extremos que lideraram em 2018, o PSL bolsonarista de um lado, e o PT, de outro, estão em baixa, permitindo a reacomodação das forças moderadas. Com isso, avançam as negociações para a criação de uma nova agremiação de esquerda, que está sendo chamada de novo “MDB de esquerda” pelo governador do Maranhão, Flávio Dino. Um dos principais incentivadores desse rearranjo no campo progressista, Dino é um entusiasta da fusão de seu partido, o PCdoB, com o PSB.
Com isso, avançam as negociações para a criação de uma nova agremiação de esquerda, que está sendo chamada de...
Com base forte em Pernambuco, o PSB realizou recentemente uma reunião no Rio de Janeiro para discutir novos caminhos. Estavam presentes algumas das principais lideranças, como o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, e o do Espírito Santo, Renato Casagrande. A legenda cansou da hegemonia petista. Desde 2014, quando o então presidenciável Eduardo Campos concorreu contra Dilma Rousseff, já havia a disposição de trilhar uma via independente. Desde então, não formou mais chapa com o PT e concorreu de forma independente. Agora, a ideia é firmar a imagem do partido com uma plataforma moderna, amparada nos estados que administra — e que podem servir de vitrine eleitoral para 2022. É a proposta do governador de Espírito Santo. O estado tem mantido a tradição de disciplina fiscal que já era praticada nas gestões passadas. Casagrande, que é um possível candidato à presidência em 2022, afirma que o partido precisa encontrar um caminho próprio, sem ser coadjuvante do PT. Já o PCdoB, que sempre assumiu um papel coadjuvante com o partido de Lula, pode também se afastar da órbita petista — é a aposta do governador do Maranhão.
ISOLADO Lula deseja que o PT mantenha a hegemonia
e rejeita a participação em movimentos contra Bolsonaro: outros partidos se afastam do ex-presidente. 
Mea-culpa do PT

O PT continua refém da cúpula lulista, que insiste em candidaturas próprias para as eleições municipais. Isso tem levado algumas lideranças a se desgarrarem da direção. É o caso do governador do Ceará, Camilo Santana, que defendeu em 2018 uma chapa presidencial encabeçada por Ciro Gomes (PDT), tendo Fernando Haddad como vice. “Temos mais convergências do que divergências com o Ciro”, continua afirmando Santana. A insistência do PT em liderar a chapa levou a uma ruptura com o pedetista, que chegou a viajar para Paris durante o segundo turno das últimas eleições presidenciais. O episódio impede que Ciro Gomes caminhe junto com os petistas em 2022, como tem reiterado enfaticamente. Ciro sonha em concorrer novamente ao Planalto. Camilo Santana, que tenta se habilitar no cenário nacional visando 2022, vai mais longe. Ele defende que o PT reconheça os erros do passado — o envolvimento no Petrolão, entre eles — como forma de renovar o partido e criar uma nova base. É uma visão mais ousada do que o governador baiano, Rui Costa, que mantém bons índices de popularidade em seu estado e tem evitado o debate sobre o mea-culpa petista. Já a presidente do PT, Gleise Hoffmann, descarta totalmente a visão revisionista. Insiste no lançamento de candidatos próprios nas eleições municipais deste ano, mesmo que as pesquisas prenunciem um desastre semelhante ao que o partido enfrentou nas eleições municipais de 2016, quando perdeu metade das prefeituras que administrava. Ela fala por Lula, que insiste na reabilitação da sua biografia e se recusa a integrar os movimentos suprapartidários que se avolumam contra Jair Bolsonaro. O ex-presidente também não permite que novas lideranças independentes se destaquem.
Crédito: Albani Ramos
FUTURO Flávio Dino, do Maranhão, aposta na criação de um novo partido unindo PCdoB e PSB: desejo de liderar em 2022. 
As eleições municipais deste ano podem levar a um cenário para 2022 em que o PT vai ocupar um papel bem menor do que se acostumou nas últimas décadas. O desgaste do ex-presidente e uma base municipal ainda mais debilitada não devem dar o mesmo suporte que beneficiou Fernando Haddad há dois anos. Ele mesmo precisa lutar para se manter em evidência. Tem conversado fora dos holofotes com Flávio Dino e Marcelo Freixo (Psol), outro nome que entrou em choque com a cúpula de seu partido ao pregar um debate mais amplo entre as forças de esquerda. O ex-prefeito de São Paulo precisou lutar com a cúpula do PT para não participar das eleições municipais desse ano na capital paulista, pressentindo um desastre. O candidato da legenda, Jilmar Tatto, tem chances mínimas em novembro, o que levou outros nomes de esquerda a disputar o espólio petista. É o caso de Guilherme Boulos, do Psol, que vai concorrer e tem ganhado adeptos desiludidos do PT, como o ex-presidente do partido,Tarso Genro. “As disputas entre os progressistas giram mais sobre fatos pretéritos do que sobre propostas para o futuro. É preciso priorizar mais o futuro dos cidadãos que o julgamento de erros do passado”, afirma Flávio Dino, com otimismo. Mas as disputam persistem. Para 2022, o maior problema da nova esquerda é a ambição das velhas lideranças, que não abrem mão de seu protagonismo.

As informações são do repórter Marcos Strecker
Edição de ANB
quinta-feira, 23 de julho de 2020
Factoides de traiotos dando conta de um possível rompimento entre Zé Eudes e Fernando Moura foi definitivamente desmentido pelo Vice
Há três meses a Agência Baluarte assevera  que a dupla continuaria unida em torno do continuísmo da gestão

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Há três meses a Agência Baluarte assevera que os governistas Zé Eudes, Fernando Moura da Silva  e o baixo escalão de pau-mandados continuariam juntos em prol da sobrevivência política em São José de Ribamar.

Tentando ganhar a eleição a partir de factoides, traiotos(leia-se aqueles que enxergam mal ,  politicamente, no linguajar ribamarês) disseminam a falsa informação de que a grande famiglia de   prefeiturados e prefeituráveis estaria em guerra interna entre seus componentes.
Arquivos Luís Fernando Silva - Página 9 de 27 - Zeca Soares
AOS TRANCOS E BARRANCOS Há três meses a Agência Baluarte assevera que os governistas Zé Eudes, Fernando Moura da Silva  e o baixo escalão de pau-mandados continuariam juntos em prol da sobrevivência política em São José de Ribamar.
Chamando atenção para a  leitura real do cenário de 2020, ANB viu na noite desta quarta-feira(22), o Vice ratificar, em entrevista a uma rádio local, o que a Agência já esclarecera em matérias seminais. 

“A relação com Luis Fernando é muito boa. Ele é meu amigo, correligionário, e um grande líder de São José de Ribamar. Não existe nenhum tipo de rusga, nem um tipo de problema entre Eudes Sampaio e Luis Fernando. Pelo contrário, nós continuamos firmes trabalhando por São José de Ribamar, ele no Governo do Estado e eu na Prefeitura”, disse Zé Eudes, desmentindo desesperados.

A afirmação de Zé Eudes deixa claro à oposição e aos mais de 230 mil ribamarenses, cerca de 48% desse montante eleitores do pleito de outubro, que doa a quem doer a dupla Moura/Zé está  em consonância com a meta de  alcançar a vitória na Balneária. Ainda que aos trancos e barrancos.

A Editoria de Eleições da Agência Baluarte já havia noticiado. 
A vacinação é coordenada pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária

Oito milhões de bovinos e bubalinos devem ser vacinados no Maranhão, durante a campanha contra a febre aftosa. O número corresponde a 90% de cobertura vacinal a ser alcançada pelo Governo do Estado. A vacinação é coordenada pela Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED/MA). Nesta campanha, o Governo adquiriu vacinas que serão doadas às áreas indígenas, quilombolas e produtores em situação de vulnerabilidade. A vacinação encerra dia 31 de julho.

A diretora geral da AGED/MA, Fabiola Ewerton, explicou que a campanha está sendo bem diferente, considerando o cenário de pandemia do novo coronavírus. “Essa campanha está sendo bastante desafiadora. Tivemos a alteração no período de vacina, inovando ao adotar a comprovação de forma virtual. Esperamos que, com o empenho de todos os envolvidos no processo, possamos alcançar os índices vacinais determinados pelo Ministério da Agricultura”, disse a gestora. Deve ser vacinado todo o rebanho e de todas as idades.
Oito milhões de bovinos e bubalinos devem ser vacinados no Maranhão. 
Áreas consideradas de vulnerabilidade – indígenas, quilombolas e produtores dos municípios com baixo Índice de Desenvolvimento Humanos (IDH) – receberam 2.366 frascos de vacina, o que equivale a 35.490 doses. “Essa é a terceira campanha em que o Estado participa adquirindo as vacinas com recursos próprios. As vacinas doadas vão auxiliar muito no atendimento às áreas mais vulneráveis e assim conseguiremos alcançar os índices”, afirmou Fabiola Ewerton. O trabalho nestas áreas é desenvolvido por técnicos das unidades regionais da AGED, que deslocam aos locais para a imunização dos rebanhos. 

O alcance da meta da campanha levará o Estado a atingir o status de ‘zona livre de aftosa’. O site da AGED – www.aged.ma.gov.br – contém informações necessárias para que o produtor tenha acesso ao processo de comprovação da vacina e outras orientações. Este ano, a campanha, que era realizada sempre no mês de maio, foi adiada para junho, devido à pandemia do novo coronavírus. O prazo se aplica a todos os estados do Nordeste.

Comprovação


Após imunizar o rebanho, o produtor deve comprovar a vacinação. Para isso, pode encaminhar seus dados pessoais, quantidade e faixa etária dos bovinos e bubalinos vacinados e nota fiscal comprovando a compra da vacina, por e-mail ou agendando por telefone, onde recebe uma data para atendimento presencial no escritório da AGED em que a propriedade está cadastrada. A comprovação pode ser feita até 31 de agosto. ~

Na ocasião, o produtor pode comprovar também as vacinações contra raiva e brucelose.

MATÉRIA ENVIADA PELA SECRETARIA DA COMUNICAÇÃO SOCIAL E ASSUNTOS POLÍTICOS DO GOVERNO DO MARANHÃO

Ele estava internado no Hospital Samaritano, na zona sul da cidade, desde abril

O músico Sérgio Ricardo, nome artístico de João Lutfi, morreu na manhã desta quinta-feira (23), aos 88 anos, no Rio de Janeiro. Ele estava internado no Hospital Samaritano, na zona sul da cidade, desde abril.

Sérgio Ricardo morre aos 88 anos; músico participou da bossa nova ...

A causa da morte foi insuficiência cardíaca

A causa da morte foi insuficiência cardíaca. Sérgio havia contraído a Covid-19, mas havia se curado da doença em maio. Mesmo assim, precisou continuar no hospital por complicações em sua saúde. O enterro deve acontecer na tarde desta sexta, no Cemitério da Cacuia, na Ilha do Governador.
Jota é visto por governistas ligados a Zé Eudes e por coordenadores de pré-candidatos da oposição, como o único nome capaz de aglutinar as forças políticas dos dois campos rumo à vitória de um projeto progressista para a cidade

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Única pré-candidatura propositiva existente, hoje, em São José de Ribamar, o projeto político do pedetista Jota Pinto promete promover uma reviravolta no cenário das eleições de 2020 na Balneária, caso Pinto resolva aglutinar as forças dos campos governista e oposicionista em torno de uma frente ampla pelo desenvolvimento da cidade.

Essa perspectiva vem se delineando após o alto escalão do grupo de Zé Eudes e coordenadores de pré-candidaturas da oposição terem chegado à conclusão de que Jota Pinto é o nome acertado para reunir as vozes políticas dos diferentes espectros, sugerindo uma correção de rumos na administração pública local para os  próximos anos.
Jota Pinto lidera pesquisa em São José de Ribamar – Rádio Notícia ...
REVIRAVOLTA EM SÃO JOSÉ DE RIBAMAR? O pedetista Jota Pinto vem sendo procurado por governistas e por nomes da oposição para que ele promova a aglutinação dos campos políticos.
Conhecido pelo  elevado  nível de habilidade no diálogo político e com o reconhecido apoio do partido do governador do estado, Flávio Dino, à sua pré-candidatura, caberá agora a Pinto dá a resposta final. Uma decisão que  agradaria  a milhares de ribamarenses, ao passo que desagradaria as estruturas carcomidas locais.

Há uma semana, quando se aventou nos bastidores a possibilidade da aglutinação dos campos, o pedetista voltou a ser atacado em São José de Ribamar. Na manhã desta quinta-feira(23), Pinto ficou no epicentro de uma polêmica ainda não avalizada.

Ele precisa dizer Sim para que a cidade volte a pegar fogo.
quarta-feira, 22 de julho de 2020
População acredita que Levantamentos não refletem opinião do conjunto da população da cidade
Segundo apurou ANB, moradores da Zona Rural e Limítrofes  não foram   consultados

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE
As últimas pesquisas divulgadas em São José de Ribamar foram recebidas pelos mais de 230 mil ribamarenses das quatro regiões da Balneária, com desconfiança.

À exceção do cenário previsível que apontava a irreversível rejeição do vice-prefeito Zé Eudes(PTB), como já anunciava   a Agência Baluarte há sete meses, a condição do médico Júlio Matos de ‘líder’ da conjuntura, chamou atenção dos ribamarenses para um possível ‘jogo de cartas marcadas’.
São José de Ribamar mostra as suas belezas naturais e atrativos ...
CARTAS MARCADAS? Ribamarenses recebem com desconfiança últimas pesquisas divulgadas na Balneária; a condição do médico de ‘líder’ da conjuntura, chamou atenção  para um...
Júlio Matos, que é desconhecido das novas gerações e da chamada São José de Ribamar Metropolitana’, alusão à regiões como Limítrofes, acabou, em pesquisa veiculada, pontuando como detentor supremo da predileção eleitoral.

O fato é que por todos os bairros do município causou ampla estranheza a posição do médico, que passou a se movimentar para o pleito de 2020 há poucos meses. Informações chegadas a ANB dão conta de que, possivelmente, o último levantamento realizado teria se concentrado em bairros selecionados à dedo. Uma forma de contemplar o pré-candidato.   

Na cidade não se fala em outro assunto.

A Frente Parlamentar de Combate e Erradicação do Feminicídio foi instalada pela Assembleia Legislativa do Maranhão no dia 9 de março

A deputada Daniella Tema (DEM) anunciou, na sessão plenária desta quarta-feira (22), em pronunciamento no Pequeno Expediente, a retomada dos trabalhos da Frente Parlamentar de Combate e Erradicação do Feminicídio. O reinício das ações será através de uma reunião remota, nesta quinta-feira (23), às 15 horas, quando estarão em debate diversos temas relacionados à questão da violência contra a mulher.

Daniella Tema anuncia retomada dos trabalhos da Frente Parlamentar de Combate ao Feminicídio
A deputada Daniella Tema: “É necessário que todas as correntes da sociedade se unam pela erradicação do feminicídio. É uma coisa perniciosa e muito grave, que precisa de uma junção de esforços para ser combatida”.

“Em decorrência da pandemia, a Frente desacelerou um pouco o seu trabalho, mas quero convidar todos os colegas para participarem dessa reunião, na qual estarão em pauta muitas ações voltadas ao combate da violência contra a mulher, uma situação que continua crescendo muito. Somente este ano, algo em torno de 30 mulheres já foram vítimas de feminicídio no Maranhão. Isso é extremamente preocupante”, afirmou a parlamentar.

Daniella Tema destacou também que essa é uma luta que não pode ficar focada apenas no Parlamento. “É necessário que todas as correntes da sociedade se unam pela erradicação do feminicídio. É uma coisa perniciosa e muito grave, que precisa de uma junção de esforços para ser combatida”, frisou.

Instalação

A Frente Parlamentar de Combate e Erradicação do Feminicídio foi instalada pela Assembleia Legislativa do Maranhão no dia 9 de março deste ano, durante sessão solene presidida pela própria deputada Daniella Tema, autora da proposição.

A inauguração da sede do Diretório Municipal do Partido Democrático Trabalhista de São José de Ribamar aconteceu na tarde desta terça-feira

A inauguração da sede do Diretório Municipal do Partido Democrático Trabalhista (PDT) de São José de Ribamar aconteceu na tarde desta terça-feira (21). O presidente do diretório e pré-candidato a prefeito da Balneária, Jota Pinto, fez o descerramento da placa inaugural ao lado do senador Weverton, líder da sigla no estado.

BALNEÁRIA EM FESTA Avenida Gonçalves Dias, nº 385, São José de Ribamar.

Weverton elogiou o trabalho realizado por Jota em Ribamar, destacou o preparo e a experiência política do pré-candidato e ainda falou sobre o projeto de geração de oportunidades do PDT para a cidade. “Se a gente não descobrir um jeito urgente de incluir os jovens no mercado de trabalho, Ribamar não vai pra frente”, ressaltou.

A sede do PDT em Ribamar está localizada na Avenida Gonçalves Dias, nº 385, São José de Ribamar. A solenidade de inauguração contou ainda com a presença de representantes de outros partidos que apoiam a pré-candidatura de Jota Pinto, entre eles o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), do Governador Flávio Dino; o Democratas (DEM); o Partido da Mulher Brasileira (PMB) e a REDE Sustentabilidade.

Para Jota Pinto, a inauguração da sede é um passo importante para ampliar os diálogos e as alianças em Ribamar. Durante o discurso, Jota destacou que tem trabalhado para montar um plano de governo que supra as demandas apresentadas pela população ribamarense durante os diálogos que ele vem realizando na cidade.

“O PDT tem sim uma proposta importante, que é aquilo que a população quer ouvir de um gestor e quer que o gestor trabalhe dia e noite por essa geração de oportunidades. A nossa proposta é uma proposta de mudança, mas mudança pra valer, com muito trabalho, trabalho e trabalho”.

“O PDT tem sim uma proposta importante, que é aquilo que a população quer ouvir de um gestor e quer que o gestor trabalhe dia e noite por essa geração de oportunidades. A nossa proposta é uma proposta de mudança, mas mudança pra valer, com muito trabalho, trabalho e trabalho”, pontuou Jota.

O pré-candidato falou ainda sobre a importância de melhorar o sistema de saúde da cidade.

“Defender a vida é cuidar bem da saúde da população. O que você vê hoje quando liga a televisão é o povo reclamando que não tem como cuidar da saúde em Ribamar”, chamou a atenção.

Medidas de prevenção

Tendo em vista a importância de manter hábitos de prevenção contra a proliferação do novo coronavírus, o uso de máscara foi obrigatório para todos os participantes do evento. No local também foi disponibilizado álcool em gel e a temperatura dos participantes foi aferida logo a entrada do local.

A solenidade de inauguração contou ainda com a presença de representantes de outros partidos que apoiam a pré-candidatura de Jota Pinto, entre eles o Partido Comunista do Brasil (PCdoB), do Governador Flávio Dino. 

Presenças

O evento foi prestigiado pelo presidente do diretório municipal do Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Fábio Orlan; presidente do diretório municipal do Democratas (DEM), vereador Negão; presidente do diretório municipal do Partido da Mulher Brasileira (PMB), Uchôa; porta-vozes da REDE Sustentabilidade, Janicelma Fernandes e Arnaldo Colaço; vereadores de São Luís, Ivaldo Rodrigues e Concita Pinto, esposa de Jota; líder da Juventude Ativa Ribamar, Kleberson Gomes; pré-candidatos a vereadores do PDT, DEM, PMB e REDE; bem como militantes, líderes comunitários e convidados.

terça-feira, 21 de julho de 2020
O governador tratou, ainda, da aprovação da Lei do ZEE do Bioma Amazônico,  sancionada e em vigor

Em videoconferência do Conselho Nacional da Amazônia Legal, nesta terça-feira (21), o governador Flávio Dino defendeu ação integrada entre as Fundações de Amparo à Pesquisa dos estados e o Centro de Biotecnologia da Amazônia. Participaram da reunião os governadores dos estados que integram a Amazônia Legal e o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, que é presidente do Conselho.

“As Fundações de Amparo à Pesquisa dos estados podem ajudar no financiamento dos projetos com o objetivo de apoiar o Centro de Biotecnologia. É possível conseguir alavancar recursos com empresas locais e com pesquisas que promovam a articulação entre os estados e o Centro de Biotecnologia, para garantir avanços na área da bioeconomia”, disse o governador do Maranhão.
Em videoconferência do Conselho Nacional da Amazônia Legal. 
O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, dialogou com os governadores ouvindo suas proposições e registrou o pedido feito pelo governador do Maranhão solicitando ação integrada entre os estados e o Centro de Biotecnologia da Amazônia. Na mesma ocasião, o governador Flávio Dino apresentou as ações do Executivo Estadual relativas ao programa Maranhão Verde, que nesta terça-feira (21) lançou edital que abrange, inicialmente, mil projetos indígenas voltados para a agroecologia.

“Lançamos hoje edital voltado para implantação de projetos produtivos indígenas. Além dos avanços do programa Maranhão Verde, prosseguimos com o Cadastro Ambiental Rural (CAR), executando o Fundo da Amazônia, com entregas de certificados a cada semana”, assegurou Flávio Dino.

O governador tratou, ainda, da aprovação da Lei do ZEE do Bioma Amazônico, lei sancionada e em vigor no Maranhão. “Após um longo trabalho, a lei estadual 11.269 foi sancionada e está em vigor. Essa é uma lei que dispõe sobre o cumprimento do código florestal. Estamos em andamento com a Lei da ZEE do Cerrado e do Litoral, com previsão de fechar 100% o zoneamento ecológico maranhense até o início do próximo ano. Infelizmente a pandemia impediu a continuidade do trabalho de campo nos demais biomas”, finalizou o governador.

MATÉRIA ENVIADA PELA SECRETARIA DE COMUNICAÇÃO SOCIAL E ASSUNTOS POLÍTICOS DO GOVERNO DO MARANHÃO
Para a grande maioria da população ribamarense, médico errou ao se associar ao ex-prefeito

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

O primeiro escalão da pré-candidatura do médico Júlio Matos já vinha causando repulsa nos ribamarenses por se tratar de um conhecido time de políticos profissionais que fazem da política, meio de vida. Não que Josimar do Maranhãozinho, Junior Marreca e a primalhada não estejam interessados em vê Matos eleito, mas, acima de tudo, compromissados com os ganhos econômicos dessa possibilidade, eles agora terão que  dividir o desgaste que já vinha sofrendo o projeto político por conta da ingerência de ambos, com um dado novo: os poucos eleitores do médico ameaçam não votar nele depois que Matos anunciou que terá o apoio de Gil Cutrim em São José de Ribamar.
· ANB Online·: MARANHÃO ELEIÇÕES 2020: EM SÃO JOSÉ DE RIBAMAR ...
ARRANJOS MALFEITOS  O pré-candidato Júlio Matos já começa sentir o resultado de parcerias duvidosas; seu próprio eleitorado ameaça não votar.

Em debandada, entusiastas históricos de Júlio Matos já começam  manter distância do pré-candidato. Tudo porque a equação formulada por Júlio se tornou pesada à percepção do eleitor que concorda que ele vem se  associando a  pessoas que não tem nenhuma  relação com a Balneária, num ambiente estritamente eleitoreiro, que visa unicamente ganhar a Prefeitura. Em 2016, o médico que ainda detinha certa simpatia, especialmente, de lideranças da Sede, viu seu protagonismo decair nas urnas, mas ainda assim conseguiu naquele momento manter o ritmo político em face das  derrotas que ganhavam até então tom heroico, de resistência.

Hoje, no entanto, os ribamarenses veem um Júlio Matos  diferente daquele ao qual estavam acostumados. Fazendo costuras grosseiras, à revelia do interesse público; estabelecendo parcerias duvidosas; caminhando lado a lado com representantes de uma reconhecida classe política carcomida que sobrevive à custa de jogadas eleitoreiras. Nessa perspectiva, não há outra explicação senão a que aponta para o mau assessoramento de Matos por parte daqueles que lhe são próximos. Jactanciar-se de ter recebido o apoio de um ex-prefeito mal avaliado no município ao projeto, não passou, para lançar mão de uma expressão popular, de tiro no pé. Agora, Júlio Matos e trupe terão de carregar, além do elefante branco de escândalos passados, que já se configurava um sobrepeso, a presença de autodeclarados apoiadores  que continuam a ser rejeitados pelas quatro regiões da cidade, em tempo real.

Os ribamarenses vem reagindo nas ruas.
segunda-feira, 20 de julho de 2020
População da cidade aguarda, ansiosa, pelo evento que promete ser um divisor de águas na história política da terceira maior cidade do Maranhão

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Há três dias, os ribamarenses que habitam as quatro regiões da terceira maior cidade do Maranhão, ovacionam o evento que promete ser um divisor de águas na história política de São José de Ribamar.
Jota Pinto filia-se ao PDT para disputar prefeitura em Ribamar
O líder da Aliança Ribamarense e pré-candidato a Prefeito de São José de Ribamar, Jota Pinto: presidente do Diretório Municipal, ele inaugura a Sede do PDT amanhã às 15h.  
A inauguração da Sede do PDT, que acontece amanhã às 15h, repercutiu na tarde desta segunda-feira (20) pelas 139 comunidades locais que veem na legenda a possibilidade de dá voz ao clamor coletivo, através da representatividade partidária.

Presidente do diretório municipal, o líder da Aliança Ribamarense e pré-candidato a Prefeito da Balneária, Jota Pinto, se mostrou animado com as manifestações de assentimento  ao estrutural projeto do partido na cidade.

O senador também foi apontado como parlamentar referência no tema Direitos Humanos e Minorias

O senador Weverton (PDT-MA), líder do PDT no Senado, está entre os políticos mais influentes do Congresso Nacional. A informação foi divulgada pelo Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), responsável pelo estudo ‘Os Cabeças do Congresso’. É o sexto ano consecutivo que o parlamentar aparece na lista. A receber a notícia, Weverton afirmou “fico honrado com a notícia e se tenho alguma influência, eu a uso para trabalhar pelo Maranhão”.

Weverton, que foi eleito como o senador mais votado da história do Maranhão (com quase dois milhões de votos) e foi o quarto senador proporcionalmente mais votado do Brasil, figurou na lista em seu primeiro ano de mandato no Senado, em 2019, e voltou a estar entre os mais influentes agora, em 2020, como parlamentar articulador. Segundo o Diap, parlamentares articuladores são aqueles com excelente trânsito nas diversas correntes políticas, cuja facilidade de interpretar o pensamento da maioria os credencia a ordenar e criar as condições para o consenso.
UM DOS MAIS INFLUENTES DO CONGRESSO Weverton, que foi eleito como o senador mais votado da história do Maranhão (com quase dois milhões de votos) e foi o quarto senador proporcionalmente mais votado do Brasil, figurou na lista em seu primeiro ano de mandato no Senado, em...
O senador também foi apontado como parlamentar referência no tema Direitos Humanos e Minorias.

Para fazer a classificação, o Diap adotou critérios qualitativos e quantitativos, que incluem aspectos institucionais, de reputação e de decisão, a partir de postos ocupados, capacidade de negociação e liderança. Com base nesses critérios, a equipe do departamento faz entrevistas com parlamentares, assessores legislativos, cientistas e analistas políticos e jornalistas, além de levantamentos relacionados a projetos apresentados e a discursos proferidos. São considerados também resultados de votações, relatorias, intervenções nos debates, frequência de citações na imprensa, análise dos perfis e grupos de atuação.

A primeira vez que Weverton apareceu na lista foi em 2015, como deputado federal em ascensão. Em 2016, 2017 e 2018 voltou a figurar como negociador, destacado por qualidades como liderança e capacidade de diálogo e de manter coeso o grupo ao qual pertence. Em 2017 e 2018, Weverton foi líder da bancada do PDT na Câmara. Em 2018, ele foi líder da Minoria, partidos que faziam oposição ao governo do presidente Michel Temer.

DIAP

O DIAP é o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar, fundado em 19 de dezembro de 1983, para atuar junto aos Poderes da República, em especial no Congresso Nacional, com vistas à institucionalização e transformação em normas legais das reivindicações predominantes, majoritárias e consensuais do movimento sindical.
sábado, 18 de julho de 2020
Grupo comandado pelo Vice teme derrota avassaladora de Zé Eudes em São José de Ribamar

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Para a grande maioria dos comissionados, concursados e terceirizados da gestão do vice  Zé Eudes em São José de Ribamar a possibilidade do pré-candidato do PTB se eleger é rara.

Já para cooptados, apaniguados e os poucos adeptos do Vice, oriundos do ambiente da politicalha, Zé Eudes corre contra o tempo num esforço desesperado de pontuar bem em pesquisas que ele mesmo tem impedido de serem divulgadas, através de um partido da sua base.
Prefeitura de São José de Ribamar anuncia gratificação de 40% para ...
SÃO JOSÉ DE RIBAMAR ‘PEGANDO FOGO’ Grupo comandado pelo Vice teme derrota avassaladora de Zé Eudes em São José de Ribamar.
O fato é que a consolidação das três pré-candidaturas que lhe fazem contraponto nas eleições de 2020, atordoou o  Vice e o grupo político que, atualmente, Zé Eudes comanda na cidade. 

Um grupo formado na sua totalidade por poucas famílias de agraciados alojados na Prefeitura e uma meia dúzia de pré-candidatos a Vereador que atrapalha em tempo real o distante e incerto crescimento politico de Zé Eudes  junto à população.
sexta-feira, 17 de julho de 2020
Ana Cristina Siqueira Valle entrou sem nada em sua união com o hoje presidente. Uma década depois, a mágica: saiu da relação com patrimônio milionário
Durante a década em que esteve com Jair Bolsonaro, Ana Cristina Siqueira Valle, a segunda ex-mulher do presidente, conquistou uma significativa evolução patrimonial. Quem a vê agora andando pela Câmara Vereadores de Resende, sempre maquiada, cabelo louro impecavelmente escovado, cortado em estilo long bob (mais comprido na frente do que atrás) e salto fino, se recorda pouco da assessora parlamentar sem nenhum imóvel dos anos 1990, quando trabalhava no gabinete do deputado federal pela Bahia Jonival Lucas e conheceu seu futuro segundo marido — até se relacionar com Bolsonaro, ela era casada com um coronel da reserva do Exército.
Ex-mulher comprou 14 imóveis, parte deles em dinheiro vivo ...
Quem a vê agora andando pela Câmara Vereadores de Resende, sempre maquiada, cabelo louro impecavelmente escovado, cortado em estilo long bob (mais comprido na frente do que atrás) e salto fino, se...
Uma vez vivendo a nova união, ela se transformou em uma ávida negociadora imobiliária, como revela um levantamento da reportagem feito com base em quase 40 escrituras de compra e venda e 20 registros em cartórios no Rio de Janeiro e em Brasília. Do final de 1997, quando se envolveu com o então deputado federal, até 2008, momento do ruidoso rompimento, Ana Cristina comprou, com Jair, 14 apartamentos, casas e terrenos, que somavam um patrimônio, em imóveis, avaliado em cerca de R$ 3 milhões na data da separação — o equivalente a R$ 5,3 milhões em valores corrigidos pela inflação.
Ex-mulher comprou 14 imóveis enquanto esteve casada com Bolsonaro ...
APÓS O LITÍGIO Ela revendeu os terrenos por R$ 1,9 milhão.
Bolsonaro, quando se uniu a ela, também estava longe de possuir o patrimônio atual. Na época, tinha apenas dois apartamentos no Rio e um terreno onde depois construiu uma casa, na Vila de Mambucaba, em Angra dos Reis. Um deles ficou com a primeira mulher, Rogéria Nantes Bolsonaro. Tudo havia sido adquirido entre 1996 e 1997, ano em que se separou de Rogéria. Foi na década seguinte, a mesma em que se concentra parte da investigação das rachadinhas (a conhecida prática de devolução de salários de assessores aos políticos que os contrataram) nos gabinetes de Flávio e Carlos, que a carteira imobiliária de Ana Cristina se multiplicou.

Nas escrituras guardadas há quase 20 anos, há informações que despertam a atenção: na compra de cinco desses 14 imóveis, o pagamento ocorreu “em moeda corrente”, ou seja, em dinheiro vivo. Foram duas casas, um apartamento e dois terrenos — tudo feito em negociações separadas ocorridas entre 2000 e 2006, que somam R$ 243.300, em dinheiro da época. Hoje, esse montante somaria R$ 680 mil, com a inflação corrigida pelo IPCA de acordo com a da
ta de cada compra.
Época: EX-MULHER COMPROU 14 IMÓVEIS, PARTE DELES EM DINHEIRO VIVO ...
Um levantamento da reportagem feito com base em quase 40 escrituras de compra e venda e 20 registros em cartórios no Rio de Janeiro e em Brasília.
Depois da separação, ela ficou com nove imóveis. Entre os bens mantidos por Ana Cristina, havia cinco terrenos em Resende que levam a outras transações incomuns. No total, o casal declarou ter adquirido o conjunto de terras por R$ 160 mil em 2006, quando ainda estava junto. Após o litígio, cinco anos depois, ela revendeu os terrenos por R$ 1,9 milhão.
O comprador que contribuiu para essa incrível valorização é um personagem envolvido em outras transações nebulosas: o empresário do setor de transportes Marcelo Traça. As compras, em março e julho de 2011, foram feitas por uma empresa da qual ele é sócio, a Alambari Empreendimentos e Participações Ltda. Traça é um conhecido delator da Operação Lava Jato no Rio e admitiu, em sua colaboração premiada, que adquiria imóveis como forma de lavar dinheiro.

Juliana Dal Piva e Chico Otavio
Com João Paulo Saconi
Edição de ANB
Nesta terça-feira, dia 21

O Partido Democrático Trabalhista (PDT) vai inaugurar nesta terça-feira, dia 21 de julho, a sede do Diretório municipal em São José de Ribamar. De acordo com o presidente do Diretório e pré-candidato a prefeito da Balneária, Jota Pinto, já está confirmada a presença do Senador Weverton, líder estadual da legenda, além de representantes dos partidos aliados, pré-candidatos a vereadores e lideranças comunitárias.

"A inauguração da sede do partido é importante para que a gente possa reunir a militância, os pré-candidatos e é mais um passo dessa caminhada de luta por geração de oportunidades para a população de Ribamar. Nossas portas estarão abertas para quem quiser contribuir com o nosso projeto”, destacou Jota. 
Já está confirmada a presença do Senador Weverton, líder estadual da legenda. 
A pré-candidatura de Jota Pinto pelo PDT conta o apoio de outros quatro partidos. O Partido Comunista do Brasil (PC do B), do Governador Flávio Dino, Democratas (DEM), Partido da Mulher Brasileira (PMB) e REDE Sustentabilidade.

“Nós ficamos muito felizes em receber o apoio desses outros partidos que também acreditam em uma Ribamar de oportunidades, uma cidade empreendedora”, destacou Jota Pinto, ao falar da aliança com os partidos apoiadores.

A sede do PDT em Ribamar está localizada na Avenida Gonçalves Dias, nº 385, São José de Ribamar.  Tendo em vista a importância de manter hábitos de prevenção contra a proliferação do novo coronavírus, o uso de máscara será obrigatório para todos os participantes do evento. No local será disponibilizado álcool em gel.
quarta-feira, 15 de julho de 2020
Apanelados históricos temem derrota do inexpressivo  Vice que substituiu um prefeito

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Durante exatos 15 anos, a prefeitura de São José de Ribamar viu forasteiros, incluindo o cearense Zé Eudes Sampaio, refastelarem-se às bordas do Poder e a reclamação dos ribamarenses nesse período, pontuais, diziam respeito à desvalorização da mão de obra local em detrimento de apadrinhados oriundos de São Luís e outras cidades.

Hoje, após a ruptura abrupta proporcionada pelo elevado nível de consciência política construído no município, especialmente, a partir de 2017, quando a desistência de Fernando Moura da Silva revela a fome e  oportunismo dos governistas em apenas usar o Executivo ribamarense para fins de jactância e enriquecimento, onde substituições grosseiras são vistas como normais, a população da terceira maior cidade do Maranhão, sacudida por um enervante descontentamento, foi às ruas e redes bradar contra o  sistema que delegou a São José de Ribamar uma condição menor dentro do panorama administrativo estadual.

Essa realidade é um dos três terrenos onde a pré-candidatura de Zé Eudes está fincada, temerosa da defenestração definitiva. Não porque a falta de carisma do Vice contribua mais para sua derrocada que o cenário espinhoso que se apresenta desfavorável à gestão que ele agora comanda sob a égide das embromações. Mas, pelo farto acúmulo de abandono que se potencializou em efeito bumerangue contra àqueles que administram o município tergiversando entre ganhos para a própria carreira, equilibrando, assim, discurso falacioso e ausência de prática executora. 
· ANB Online·: BALNEÁRIA 2020: NA TERCEIRA MAIOR CIDADE DO ...
BIANA EM APUROS Cambéu eleitoreiro do grupo perde o efeito em São José de Ribamar: desgaste de Zé Eudes vem pondo  apanelados em desespero. 

O grupo governista está na corda bamba. Impopular, Zé Eudes é um ilustre desconhecido da grande maioria dos ribamarenses. Viveu à sombra de prefeitos  em São José de Ribamar por quase duas décadas e enfrenta um desafio para o qual não foi preparado. O anúncio de que ele seria um prefeito em resposta à desistência do prefeito causou estrépito na ocasião. É a primeira vez na recente história política ribamarense que a oposição, beneficiada pelo desastre da desistência aliado à falta de políticas públicas na cidade, se vê, de fato, próxima da vitória diante de um grupo que não anteviu as consequências de decisões meramente pessoais.

Desistência e tecnicidade- Acostumado a fechar eleições em São José de Ribamar em cofos de politicalha, os governistas veem  esse modelo ruir, há seis meses. Cooptaram alguns poucos alevinos  para, em defesa de lacunas e anomalias da administração, polarizar em ambiente eleitoreiro guerrinhas infrutíferas. Essa tática que ainda funcionava em 2016, perdeu total poder de fogo nos dias atuais, onde milhares de ribamarenses, desconhecidos de Zé Eudes, de forma voluntária repudiam ações sem alcance da prefeitura. O Vice não conseguiu conceber uma estratégia contra majoritária às vozes insatisfeitas e desce no ralo do desgaste, sem nem ao menos se dá conta da dimensão estratosférica de sua rejeição.

Em São José de Ribamar, onde os peixes tem uma significação  simbólica, já se fala que o cambéu eleitoreiro fornecido pelos governistas( leia-se governistas: Fernando Moura da Silva, Zé Eudes e mais quatro apanelados), já denuncia a falta de efeito; perdeu caldo. Mas, uma nova mudança na seleção de pescados  não é bem-vinda. Por outro lado, a continuação de Zé Eudes no projeto de reeleição, assombra o frágil grupo de mamateados desde quando a Agência Baluarte informou, em primeira mão, que seria ele, de fato, o nome para o pleito. Continua a ser, mas levantamentos técnicos apuram se, à revelia do desgaste, seria ainda viável  mantê-lo como pré-candidato.

A biana, ao que parece, está em apuros.

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB