terça-feira, 31 de agosto de 2021

ATLAS DA VIOLÊNCIA 2021

Estudo, lançado nesta terça (31), mostra que taxa geral de homicídios no Brasil recuou 20% no mesmo período

O percentual de indígenas assassinados no Brasil saltou 22% ao longo de uma década, considerando o intervalo entre 2009 e 2019. Ao todo, 2.074 vidas indígenas compõem a estatística, revelada nesta terça (31) pelo Atlas da Violência 2021. Os dados sobre a população tradicional são inéditos na pesquisa, que é publicada anualmente e antes não avaliava o segmento. 

Ao mesmo tempo em que saltaram entre os indígenas, as mortes violentas sofreram baixa de 20% no mesmo período quando se analisa a taxa geral de homicídios no país, segundo observa o levantamento.

Os especialistas afirmam que os assassinatos saltaram de 15 para 18,3 para cada 100 mil habitantes.
Os especialistas afirmam que os assassinatos de indígenas saltaram de 15 para 18,3 para cada 100 mil habitantes, enquanto os números nacionais da população em geral mostram recuo de 27,2 para 21,7 para cada 100 mil no mesmo intervalo. Os números são colhidos a partir do Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde.

O Atlas é produzido pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) em parceria com o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP) e o Instituto Jones dos Santos Neves (IJSN). A versão deste ano mostra, por exemplo, que os anos em que houve maior número de mortes de indígenas foram 2017 e 2018, com 247 e 240 registros no país.

Também aponta que os estados do Amazonas, de Roraima e Mato Grosso do Sul lideram o ranking de assassinatos no segmento no quesito dos números absolutos. Os três registraram, respectivamente, 49, 41 e 39 assassinatos.

O dado vem à tona num contexto em que o Brasil vive sob ampliação dos conflitos no campo, embalados pelas disputas por água, terra, recursos naturais e minerais. O ruralismo, a exploração ilegal de madeira e o garimpo estão entre as atividades que protagonizam conflitos com a população tradicional.

 

CRISTIANE SAMPAIO

EDIÇAO DE ANB

O encerramento dos trabalhos foi anunciado pelo chefe do Comando Central

Os Estados Unidos terminaram sua missão no Afeganistão nesta segunda-feira(30), após 20 anos de guerra, com a partida dos últimos aviões que carregavam suas tropas.

Após 20 anos de...
O encerramento dos trabalhos foi anunciado pelo chefe do Comando Central dos EUA (Centcom), Kenneth McKenzie, em entrevista coletiva concedida através de videoconferência.

 

EFE

EDIÇÃO DE ANB

segunda-feira, 30 de agosto de 2021

Por meio da Semusc

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Guarda Municipal de Segurança com Cidadania (Semusc), encerrou com treinamento prático de tiro com arma longa, o Curso de espingarda calibre 12. A capacitação ocorreu em um espaço apropriado pertencente à refinaria do Consórcio Alumar.

O curso começou com aulas teóricas no prédio da Semusc, ocasião em que os instrutores Osvaldo Teixeira Nunes Filho, Jackson Silva e Natália Oliveira repassaram informações sobre os componentes do armamento e os tipos de recarga. Também fizeram dinâmicas sobre montagem e desmontagem a espingarda calibre 12. 

A capacitação ocorreu em um espaço apropriado pertencente à refinaria do...
“O curso é muito importante para que os guardas municipais possam se qualificar não apenas em questões teóricas, como os componentes da arma, como também outros aspectos extremamente relevantes, como manutenção, carregamento e descarregamento. A intenção da Prefeitura é estender para mais profissionais da Segurança do município”, pontuou o secretário municipal de Segurança com Cidadania, Marcos Affonso.

Já no exercício de tiros, houve simulação de uma situação de crise. “Estamos simulando que um dos guardas municipais ficou ferido e precisou ser resgatado. Os demais deram a cobertura, para que outro voltasse à viatura, a fim de resgatar o ferido”, explicou o instrutor Nunes Filho, do Centro de Ensino e Capacitação (CEC) da Semusc. 

Por meio da Semusc.
Formação

Os guardas municipais contemplados pelo curso avaliaram que a capacitação é importante porque coloca o servidor em condições de enfrentar situações complicadas com mais recursos.

“A expectativa é muito positiva, uma vez que o curso agrega mais valores para nós na parte técnica, no momento de operar, principalmente no patrulhamento de rua”, comentou  Celso de Jesus Sousa Pinheiro, que trabalha na Guarda Municipal de São Luís desde 2007. 

Os guardas municipais contemplados pelo curso avaliaram que a capacitação é importante porque coloca o servidor em condições de enfrentar situações complicadas.
Durante o treinamento, uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ficou de prontidão com equipamentos básicos, como ataduras, gazes, seringas e compressas. 

O diretor do Centro de Ensino e Capacitação da Semusc, Carlos André Collins, disse que o curso é aplicado com carga horária e número de tiros segundo o decreto 003, da Polícia Federal.

O titular da Semusc, Marcos Affonso: ''O curso é muito importante para que os guardas municipais possam se qualificar não apenas em questões teóricas, como os componentes da arma, como também outros aspectos extremamente relevantes, como manutenção, carregamento e descarregamento. A intenção da Prefeitura é estender para mais profissionais da Segurança do município''. 
“Tudo isso passará por avaliação da nossa parte e também as estabelecidas em lei. Sem dúvida, tanto a legislação referente ao porte institucional de arma de fogo por guardas municipais, a instrução normativa 201, quanto o decreto 003 e o Estatuto do Desarmamento indicam que o guarda municipal, após treinamento específico, pode fazer uso da espingarda 12”, explicou.

Segundo ministro, se o texto fosse só em apoio à democracia todos teriam assinado documento

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que o manifesto elaborado pela Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo) e pela Febraban (Federação Brasileira de Bancos) em defesa da democracia foi feito, na verdade, como um ataque ao governo de Jair Bolsonaro. ''Pela democracia, nenhum problema, mas não é o que eles disseram. Disseram que, na verdade, era contra o governo, não a favor da democracia'', disse Guedes nesta segunda-feira(30) ao deixar a residência oficial do Senado.

O ministro Paulo Guedes: ''Pela democracia, nenhum problema, mas não é o que eles disseram. Disseram que, na verdade, era contra o governo, não a favor da democracia''.
Segundo o ministro, se o texto fosse só em apoio à democracia estariam todos juntos. Diz, no entanto, que estão apostando naquilo que divide o país. O documento a favor da pacificação dos Três Poderes, organizado pela Fiesp e pela Febraban, teve apoio de 200 entidades na sexta-feira(27). O texto só deve ser divulgado depois do feriado da Independência, em 7 de Setembro. Várias entidades pediram maior prazo para que o texto seja submetido a suas diretorias.

Dois bancos públicos não apoiam a iniciativa: Banco do Brasil e Caixa Econômica, submetidos ao ministro Paulo Guedes e ao presidente Jair Bolsonaro. As duas instituições ameaçaram deixar a Febraban, responsável pela iniciativa, caso a entidade assine o manifesto. A Fiesp atenuou o que poderia ser entendido como apenas crítica ao Executivo e sugeriu uma nova redação. As alterações feitas não foram suficientes para reduzir a resistência dos bancos oficiais.


DOUGLAS RODRIGUES

EDIÇÃO DE ANB

domingo, 29 de agosto de 2021

AFEGANISTÃO CONFLITO

Em entrevista coletiva convocada com urgência

A ministra da Defesa da Alemanha, Annegret Kramp-Karrenbauer, anunciou na última quinta-feira(26) o fim da ponte aérea de Cabul para evacuar do Afeganistão os cidadãos alemães e colaboradores afegãos.

Em entrevista coletiva convocada com urgência, Kramp-Karrenbauer explicou que a piora da situação de segurança no aeroporto de Cabul acelerou o fim da evacuação que foi iniciada há 12 dias.

"Todos os soldados, diplomatas e a Polícia Federal deixaram Cabul. Os ataques mostraram que não era possível continuar a operação de evacuação", disse a ministra da Defesa, frisando que a Alemanha evacuou "o maior número de pessoas possível".

De acordo com a ministra, o fim do transporte aéreo não significa o fim dos esforços da Alemanha para retirar o maior número possível de colaboradores do Afeganistão.

França, Holanda, Dinamarca, Bélgica, Polônia e Hungria estão entre os países que encerraram as operações no aeroporto.
O país europeu continuará trabalhando para retirar os colaboradores afegãos com segurança "nos próximos dias, semanas e meses", conforme os talibãs garantiram a Berlim nos últimos dias.

A Alemanha junta-se assim aos muitos parceiros europeus que anunciaram nesta quinta-feira o encerramento das operações de evacuação de afegãos e cidadãos de Cabul devido ao caos e à violência nos arredores do aeroporto.

França, Holanda, Dinamarca, Bélgica, Polônia e Hungria estão entre os países que encerraram as operações no aeroporto de Cabul devido à piora da situação de segurança na região, onde duas explosões mataram pessoas nas últimas horas.

O Bundeswehr (Exército alemão) disse no Twitter que, no momento, não há registros de alemães afetados pelas explosões em torno do aeroporto de Cabul.

O candidato conservador a chanceler nas eleições de 26 de setembro, Armin Laschet, descreveu a notícia como mais uma "derrota para o Ocidente" e reconheceu que a impossibilidade de prolongar a evacuação é uma "amarga decepção".

Ao todo, a Alemanha evacuou 5.347 pessoas de 45 países, entre eles mais de 4.100 afegãos e 505 alemães.

 

EFE

EDIÇÃO DE ANB

Na tarde desta sexta-feira (27)

Na tarde desta sexta-feira (27), foi realizado no CRAS Anexo Alzira Mourão o lançamento do Programa Aquisição de Alimentos - PAA. 

Estiveram presentes no evento, a vice-prefeita Ivana Brito, a secretaria de Saúde,  Valéria Macedo, a coordenadora Nacional do PAA, Mariana Carvalho, o coordenador Municipal, Pedro Alves, o presidente da Associação de Agricultores, Gessyvaldo, dentre outras autoridades locais.
Na ocasião, a secretária de Assistência Social de Porto Franco, Margareth Egito, a adjunta Eth Milhomem e o prefeito Deoclides Macedo entregaram 100 cestas básicas às famílias assistidas pelos CRAS. 

Os alimentos são provenientes do PAA, fruto de parceria entre  a Prefeitura, o Governo do Maranhão e...
Os alimentos são provenientes do PAA, fruto de parceria entre  a Prefeitura, o Governo do Maranhão e Governo Federal. 

 iniciativa proporciona um incentivo para os pequenos agricultores do município. 
A  iniciativa proporciona um incentivo para os pequenos agricultores do município. 

"Buscamos parcerias para garantir segurança alimentar às famílias em situação de vulnerabilidade social, com o objetivo de fortalecer a agricultura familiar, adquirindo gêneros produzidos em nossa zona rural", disse Deoclides.

O prefeito Deoclides Macedo: "Buscamos parcerias para garantir segurança alimentar às famílias em situação de vulnerabilidade social, com o objetivo de fortalecer a agricultura familiar, adquirindo gêneros produzidos em nossa zona rural".
Estiveram presentes no evento, a vice-prefeita Ivana Brito, a secretaria de Saúde,  Valéria Macedo, a coordenadora Nacional do PAA, Mariana Carvalho, o coordenador Municipal, Pedro Alves, o presidente da Associação de Agricultores, Gessyvaldo, dentre outras autoridades locais.

Levantamento é do Ministério da Saúde

O Ministério da Saúde informou que, pela primeira vez desde o início da pandemia do novo coronavírus, 20 estados brasileiros estão com taxa de ocupação em leitos de covid-19 abaixo de 50%. O dado envolve tanto leitos clínicos como Unidade de Terapia Intensiva (UTI). O índice de ocupação, segundo o órgão, é considerado normal e é resultado do avanço da vacinação no país.

“Na prática, isso significa que a rede hospitalar desses estados está menos sobrecarregada e registrando menos casos graves ou gravíssimos de covid-19, ou seja, situações que demandam internação e intervenção médico-hospitalar”, diz o ministério em nota.

Não foram divulgados dados a respeito do estado Amapá e do...
Os seguintes estados estão com taxa de ocupação de leitos abaixo de 50%: Acre, Pará, Amazonas, Rondônia, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Tocantins, Maranhão, Piauí, Ceará, Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco, Alagoas, Sergipe, Bahia, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Santa Catarina.

Os estados de Goiás, Paraná e Rio Grande do Sul estão em zona de alerta, com taxas entre 51% e 69%. O Rio de Janeiro está na faixa de emergência, com taxa de 70% a 80%. Segue em zona grave o estado de Roraima, com ocupação entre 80% e 94%.

Não foram divulgados dados a respeito do estado Amapá e do Distrito Federal.

O levantamento foi consolidado pelo Ministério da Saúde a partir das informações disponibilizadas pelas secretarias estaduais de Saúde.

Dados vacinação

Até o momento, foram aplicadas 187 milhões de vacinas contra a covid-19, das quais 128,4 milhões são de primeira dose. Completaram o esquema vacinal, com segunda dose ou dose única, 59,1 milhões de pessoas. O ministério alerta que é fundamental o retorno aos postos de vacinação para a segunda dose.


CAMILA MACIEL

EDIÇÃO DE ANB

Prefeito quer uma Escola Cívico-Militar em Icatu

POR FERNANDO ATALLAIA

REPÓRTER ESPECIAL DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

O prefeito de Icatu, Walace Azevedo(Republicanos) esteve na manhã deste sábado(28) na Superintendência do Patrimônio da União para assinar o pedido para implantação de uma Escola Cívico-Militar no município.

O prefeito Walace Azevedo em reunião na Superintendência do Patrimônio da União: Escola Cívico-Militar para Icatu. 

O objetivo do gestor é fornecer ao alunato icatuense mais uma opção de modelo educacional, dando oportunidade àqueles que se identificam com a proposta do ensino com viés militar.

''Estive com o Superintendente do Patrimônio da União do Maranhão, o Coronel Monteiro, para assinar o pedido da Escola de Educação Cívico-Militar para Icatu. A celebração dessa assinatura nos torna o 3° município a aderir e em breve, receber a implantação desse modelo educacional em Icatu'', disse Walace.

 


sábado, 28 de agosto de 2021

O país da América do Norte vem tendo mais infectados que na...

A Secretaria de Saúde do México relatou nesta sexta-feira(27) mais 863 mortes por Covid-19, o que elevou o total desde o começo da pandemia para 257.150, enquanto o número de casos chegou a 3.311.317, com 19.556 nas últimas 24 horas.

Enquanto o número de casos chegou a...
O país da América do Norte vem tendo mais infectados que na segunda onda de contágios, registrada em janeiro e fevereiro, e anteontem teve o segundo número mais alto de óbitos de toda a crise sanitária, com 986.

 

EFE

EDIÇÃO DE ANB

 

sexta-feira, 27 de agosto de 2021

Cerimônia de lançamento reuniu autoridades locais e empresariado

POR FERNANDO ATALLAIA

REPÓRTER ESPECIAL DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

Representando um marco na valorização do servidor público icatuense, a gestão Walace Azevedo lançou o Cartão do Servidor em cerimônia que reuniu autoridades locais e empresariado.

''Sempre em busca de inovação e modernidade, a implantação do Cartão do Servidor é um grande passo para a valorização do funcionário público icatuense'', pontuou Walace.

O prefeito Walace Azevedo: ''Sempre em busca de inovação e modernidade, a implantação do Cartão do Servidor é um grande passo para a valorização do funcionário público icatuense''.
Integrando o conjunto de ações que visam consolidar o progresso na cidade em todas as áreas, o Cartão do Servidor, segundo o prefeito, deve aquecer a economia do município, propiciando mais qualidade de vida à população.  

''O Cartão do Servidor pode ser utilizado em todos estabelecimentos conveniados do município, oferecendo vantagens e benefícios aos servidores, além de aquecer a economia local, propiciando mais renda e qualidade de vida à população'', destacou.

Abaixo, você confere vídeo da Cerimônia com depoimentos dos presentes:

https://www.facebook.com/walaceazevedooficial/videos/431415871551376/

quinta-feira, 26 de agosto de 2021

Será realizado com voluntários com idades entre 18 e 55 anos no Hospital da Bahia, em...

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou nesta quinta-feira(26) realização no Brasil de ensaio clínico de uma candidata a vacina contra Covid-19 desenvolvida pela empresa norte-americana HDT Bio Corp em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai Cimatec), da Bahia, e a empresa Gennova Biopharmaceuticals, da Índia.

A candidata a vacina é baseada na tecnologia de RNA replicon auto amplificante, capaz de codificar a proteína Spike (S) do novo coronavírus, de acordo com a agência regulatória.

“O desenvolvimento pré-clínico e clínico da vacina faz parte de um plano global que está sendo realizado em três países: Estados Unidos, Brasil e Índia. No Brasil, a parceria conta com o apoio do Ministério de Ciência e Tecnologia (MCTI). O acordo prevê a transferência do conhecimento e da tecnologia da vacina para o Brasil, via Senai Cimatec”, disse a Anvisa em nota.

No início deste ano, a Inovio decidiu realizar o segmento de eficácia de seu teste de estágio intermediário para avançado fora dos...
O estudo no Brasil, de Fase 1, será realizado com voluntários com idades entre 18 e 55 anos no Hospital da Bahia, em Salvador. Outro ensaio clínico de Fase 1 do imunizante experimental será realizado nos Estados Unidos.

Mais cedo, a Inovio Pharmaceuticals Inc informou que começará um grande estudo de sua vacina experimental contra a Covid-19 no Brasil após também ter recebido autorização da Anvisa.

No início deste ano, a Inovio decidiu realizar o segmento de eficácia de seu teste de estágio intermediário para avançado fora dos Estados Unidos depois que a Agência de Alimentos e Medicamentos norte-americana (FDA) suspendeu parte do estudo naquele país para obter mais informações sobre o mecanismo de administração da vacina.

Após a decisão da FDA, o governo dos EUA cortou o financiamento da parte final do estudo devido à disponibilidade de vacinas no país.

A Inovio realizará o teste global de eficácia em parceria com a chinesa Advacina Biopharmaceuticals em áreas do mundo necessitadas de vacinas contra Covid-19, disse a empresa em um comunicado. 


REUTERS

EDIÇÃO DE ANB

Medida foi publicada hoje e entra em vigor imediatamente

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto que institui o Sistema Nacional de Garantias de Crédito, com o objetivo de facilitar o acesso de micro e pequenas empresas ao crédito simplificado. A medida foi publicada hoje (26) no Diário Oficial da União e entra em vigor imediatamente.

Pelo novo sistema, as garantias dos empréstimos poderão ser realizadas por outras instituições, uma espécie de “fiador”. As entidades autorizadas são: as sociedades de garantia solidária e as sociedades de contragarantia; as cooperativas de crédito; os fundos públicos ou privados; e qualquer instituição cujo estatuto ou contrato social contemple a outorga de garantia em operações de crédito.

“Assim, por exemplo, um grupo de empresas poderá se juntar e montar uma cooperativa de crédito e garantir as operações que forem contratadas pelos seus cooperados”, explicou a Secretaria-Geral da Presidência, em nota.

O novo sistema de garantias integra o Sistema Financeiro Nacional. 
Os fundos já em operação também poderão participar do novo sistema, como o Fundo de Garantia de Operações (FGO), do Banco do Brasil, que dá garantia aos créditos no âmbito do Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), e o Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Entretanto, de acordo com o decreto, a instituição desse sistema não implica aporte adicional de recursos do Tesouro Nacional nas outorgas de garantias em operações de crédito, exceto se previsto em lei orçamentária.

O novo sistema de garantias integra o Sistema Financeiro Nacional. Para estimular as operações na nova modalidade, os órgãos reguladores do sistema financeiro serão responsáveis por estabelecer condições mais flexíveis nos empréstimos para esse segmento do mercado. Por sua vez, o Conselho Monetário Nacional (CMN) deverá regulamentar a aceitação e a prestação de garantias por parte das instituições financeiras, estabelecendo critérios prudenciais e de supervisão.

“A criação desse novo sistema possui potencial para estimular a competição bancária, a eficiência do mercado e proporcionar maior acesso ao crédito, além de contribuir para a retomada da economia”, diz a nota, destacando que as micro e pequenas empresas respondem por cerca de 72% dos empregos formais do país. 

Segundo a secretaria-geral, apesar da contribuição para a geração de vagas, essas empresas possuem dificuldades de acesso ao sistema de crédito tradicional, por não conseguirem prestar as garantias normalmente exigidas nessas operações. “Por esse motivo, elas acabam sendo preteridas pelas instituições financeiras, que podem preferir emprestar seus recursos para empresas com maior porte e patrimônio”, completou. 

Em até 180 dias, as entidades autorizadas a operar pelo novo sistema deverão disponibilizar em seus sites as informações sobre a origem dos recursos que lastreiam as garantias emitidas e os saldos agregados das operações de crédito garantidas e ativas.


ANDRÉIA VERDÉLIO

EDIÇÃO DE ANB

Projeto de sinalização do trânsito foi aprovado

Prefeito foi às redes comemorar

POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR-SÊNIOR DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

A trafegabilidade de Icatu foi contemplada pelo empenho do prefeito Walace Azevedo(Republicanos) que anotou mais uma conquista para o município nesta área.

Na semana em que a gestão municipal intensificou as ações de recuperação asfáltica foi também o momento de anunciar aos icatuenses que o projeto de sinalização foi aprovado. 
Na semana em que a gestão municipal intensificou as ações de recuperação asfáltica foi também o momento de anunciar aos icatuenses que o projeto de sinalização do trânsito de Icatu foi aprovado e o Governo do Estado dará início, através do Detran, da estruturação.

‘’A recuperação do pavimento asfáltico está trazendo melhorias às condições de trafegabilidade nas vias do município e trazendo mais segurança aos motoristas icatuenses.  Trânsito organizado, motoristas e pedestres seguros’’, disse Walace que fez questão de destacar a relevância da parceria firmada.

O prefeito Walace Azevedo: mais uma conquista para o trânsito de Icatu. 
‘’Através da parceria entre o Governo de Estado e o Detran-MA, celebramos a aprovação do projeto de sinalização do trânsito em Icatu. Agradeço ao Governador, Flávio Dino, ao vice-governador, Carlos Brandão e ao Diretor Geral do Detran, Francisco Nagib. Em breve, teremos um trânsito mais organizado e seguro em nosso município’’, garantiu o prefeito.

Abaixo, você confere vídeo onde Walace Azevedo fala aos icatuenses sobre a conquista:

https://www.facebook.com/walaceazevedoicatu/videos/380425456768305/

AFEGANISTÃO CONFLITO

Vetarão a ida, em medida que dificultará os trabalhos de retirada

Os talibãs anunciaram nesta terça-feira(24) que, para evitar o caos no aeroporto de Cabul, vetarão a ida de cidadãos afegãos ao local, em medida que dificultará os trabalhos de retirada dos Estados Unidos e outras nações.

Dos Estados Unidos e outras nações.
"O Emirado Islâmico (como o Talibã se autodenomina) está realmente tentando controlar a situação. Agora o caminho para o aeroporto foi fechado. Os afegãos não têm permissão para ir lá, (apenas) estrangeiros podem ir", disse o porta-voz principal dos insurgentes, Zabihullah Mujahid, durante entrevista coletiva em Cabul.


EFE

EDIÇÃO DE ANB

Consórcio Público Intermunicipal Norte  e Leste Maranhense vem desde 2005 assessorando gestores na condução das políticas públicas quando ainda atendia pelo  nome de AGE Consórcios

A partir de 2011 o Conleste avança numa atuação propositiva pragmática que segundo seu gerente executivo alcançará a total consolidação nos próximos anos

POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR-SÊNIOR DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

Uma equipe qualificada, coesa e atenta às inconstâncias do ambiente político, social e econômico maranhense e brasileiro. Assim tem sido a atuação do Consórcio Público Intermunicipal Norte e Leste Maranhense-Conleste que vem desde 2005 assessorando gestores na condução das políticas públicas quando ainda atendia pelo nome de Agência Intermunicipal das Micro-Regiões Munim, Lençóis e Baixo Parnaíba Litoral-AGE  Consórcios.

O gerente executivo Ozenildo em reunião para tratar sobre resíduos sólidos: uma das principais preocupações do Conleste nos dias atuais. 
A partir de 2011, o Conleste  que já assumia posição de destaque na gestão pública municipal do estado, elevou sua marca a patamares maiores, propondo programas e projetos para as áreas da Cultura, Meio Ambiente, Trânsito e Infraestrutura. Ozenildo Correia, gerente executivo da organização, afirma que o Consórcio tem desempenhado um papel relevante na integração das cidades consorciadas e acredita que a maneira mais adequada de dá fluidez às ações das administrações é através da união dos entes em torno de uma territorialidade forte pensada em conjunto.

Ozenildo é um quiteriense com formação em Administração, defensor de  ideais de esquerda e com larga experiência no debate cooperativista onde já contabiliza três décadas de militância.  Do alto dos seus 51 anos, ele é  responsável  pela praticidade do Consórcio comandado por um time de prefeitos compromissado  com o bem-comum em seus respectivos municípios. Atualmente, o Conleste é presidido por Herlon Costa Lima, de Belágua, e integram sua  diretoria os prefeitos Amílcar Gonçalves Rocha(Barreirinhas); Pedro Paulo Cantanhede Lemos(Presidente Juscelino); Sâmia Coelho Moreira Carvalho(Santa Quitéria); Ronilson Araujo Silva(Primeira Cruz); João Igor Vieira Carvalho(São Bernardo); José Nilton Pinheiro Calvet Filho(Rosário);  Walace Azevedo(Icatu); Maria Sonha Oliveira Campos(Axixá); Wallas Gonçalves Rocha(São Benedito do Rio Preto) e José Arnaldo Araújo Cardoso( Buriti).

A marca do Conleste: credibilidade junto a gestores públicos e privados do Maranhão. 
A proposta do Conleste, como destaca Ozenildo, é macro e busca ser entendida  nessa dimensão para que a entidade de direito público não seja mal interpretada ou diminuída em suas prerrogativas. O gerente executivo pontua que o Conselho tem diretrizes claras e na condição de autarquia dos municípios é legitimado a atuar num âmbito plural com multifinalidades.

Por dentro do Conleste- Com um alcance  que vai de Axixá a Vargem Grande, passando por Santa Rita, Urbano Santos e Santana do Maranhão, o Conleste tem avançado no diálogo com as cidades de sua cobertura, mas Ozenildo reconhece que a ausência do estado na mobilização dos municípios como fomentador da questão municipalista ainda é um empecilho.

''Se o estado, e aí  me refiro aos nossos  governos estaduais em geral,  fizessem esse chamamento, conclamassem os municípios a unirem-se em torno dos seus interesses comuns, certamente teríamos avançado bem mais, ficando a cargo do Conleste apenas a operacionalização das ações,  suporte técnico, consultoria e  implementações’’, diz  o gerente executivo, destacando que o Consórcio é mobilizador, articulador, planejador e executor  em projetos que se estendem também à iniciativa público-privada.

O prefeito Herlon Costa, de Belágua, é o atual presidente do Consórcio Público Intermunicipal Norte  e Leste Maranhense.
Com um patrimônio de Pessoal e Equipamentos, a organização, segundo Ozenildo, detém, nos dias atuais, todas as condições para prestar não só assessoramento aos gestores, mas maquinário para obras de Infraestrutura, onde o Consórcio, através da recente aquisição de uma Usina de Microrevestimento Asfáltico à Frio, se disponibiliza a realizar parcerias com prefeituras e o Poder  Público.

Dono de uma estrutura interna que tem de Coordenador de Planejamento Estratégico e Gestão a Setor de Convênios e Sistemas de Governo, passando por cinco Câmaras Setoriais, o Consórcio, de acordo com Ozenildo Correia, mantem uma relação amena, confluente e em sintonia com a Assembleia Geral de Prefeitos, sendo subordinado às decisões da Presidência. Essa interação é um dos pontos altos daquilo se tornou a organização em quase duas décadas de trabalho árduo em prol dos municípios.

O futuro é hoje- Duas questões centrais para o Conleste, a discussão que envolve a tomada de decisões para solucionar o problema do lixo(resíduos sólidos) na abrangência da atuação do Consórcio, e a viabilidade de projetos de trafegabilidade, sobretudo a interligação, via estradas de grande envergadura, que liguem cidades do interior umas às outras, desfazendo o nó da distância entre elas, pautam a agenda da organização que identifica como possível um novo cenário no Maranhão a partir de setores estratégicos.

Para Ozenildo, ainda, assim, há a necessidade de que os agentes públicos se conscientizem  que o conjunto da sociedade maranhense, especialmente em parcerias público-privadas tende a fortalecer a identidade dos municípios no momento em que reúne diferentes leques de expressões e,  para tanto,  ele aposta na consolidação do  conceito de consorciamento, vislumbrando um futuro alvissareiro.

AUTARQUIA DOS MUNICÍPIOS À frente do Conleste, o gerente executivo Ozenildo Correia acredita na consolidação do conceito de consorciamento no estado: diretrizes claras atuando num âmbito plural com multifinalidades.
''Antigamente quando falávamos que fazíamos parte de um  Consórcio as pessoas automaticamente ligavam o termo a motocicletas, automóveis. Então achavam que era consórcio de moto, de carro’’, lembra Ozenildo que vê no modelo de gestão pública compartilhada a plataforma ideal para transformar sonhos coletivos em realidade.
quarta-feira, 18 de agosto de 2021

O recorde anterior foi registrado no último dia 1º

Cuba registrou nesta terça-feira(17) seu recorde de casos diários de covid-19, com a confirmação de 9.772 diagnósticos positivos, um número sem precedentes desde o início da pandemia em março do ano passado, segundo o Ministério da Saúde Pública (Minsap).

Em um único dia.
O recorde anterior foi registrado no último dia 1º, quando 9.747 casos foram confirmados em um único dia.

A meta do governo é...

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acompanhado de secretários da pasta, concedeu entrevista coletiva à imprensa hoje (18) sobre a metodologia de distribuição de doses de vacinas contra Covid-19 aos estados.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, acompanhado de secretários da pasta, concedeu entrevista coletiva à imprensa.  

A meta do governo é imunizar toda a população adulta com duas doses até o fim do ano. De acordo com os registros no Plano Nacional de Imunizações (PNI) e nos painéis das secretarias estaduais, o Brasil aplicou mais de 168 milhões de doses, no total. Cerca de 70% da população (117 milhões de pessoas) acima de 18 anos de idade já tomaram a primeira dose.


AB

EDIÇÃO DE ANB

segunda-feira, 16 de agosto de 2021

A Defesa Civil do Haiti elevou neste domingo

A Defesa Civil do Haiti elevou neste domingo(15) para 1.297 o número de mortes confirmadas em decorrência do terremoto de 7,2 graus na escala Richter ocorrido ontem no país.

7,2 graus na escala Richter.
De acordo com o órgão, grande parte dos óbitos aconteceu no sul do território haitiano, onde foi registrado o epicentro do tremor. Ao todo, foram 1.054 vítimas na região. Depois, o departamento mais afetado foi Nippes, com 122, seguido por Grand Anse, com 119.


EFE

EDIÇÃO DE ANB

Prefeito busca viabilizar recursos para recuperação de mais de uma Unidade Básica de Saúde do município

POR FERNANDO ATALLAIA

REPÓRTER ESPECIAL DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

O prefeito de Icatu, Walace Azevedo(Republicanos), esteve reunido com o deputado federal Gastão Vieira(PROS) e  o presidente do Cidadania, Eliel Gama, nesta quinta-feira(12).

O diálogo versou sobre a situação das Unidades Básicas de Saúde do município e a aquisição de recursos para a recuperação de mais uma UBS.

O prefeito Walace Azevedo com o deputado federal Gastão Vieira e Eliel Gama: diálogo que busca recuperação de mais uma UBS do município. 

‘’Me reuni com o Deputado Federal Gastão Vieira e o Eliel Gama, irmão da Senadora Eliziane Gama. Nosso diálogo, além de muito produtivo, foi pautado na busca de recursos para a recuperação de mais uma Unidade Básica de Saúde em nosso município’’, disse Walace.

Em Icatu, a gestão da Saúde que vem sendo destaque entre os municípios da Região do Munim, serve, há sete meses, de referência para as demais cidades.

domingo, 15 de agosto de 2021

Durante o lançamento regional do programa, o secretário de Indústria, Comércio e Energia frisou que...

Incentivar o empreendedorismo nos municípios maranhenses é uma das propostas do Cidade Empreendedora. Durante o lançamento regional do programa, que ocorreu na cidade de Açailândia nesta quinta-feira (12), o secretário de Indústria, Comércio e Energia (Seinc), Simplício Araújo, frisou que “sem a iniciativa privada o Maranhão não conseguirá alcançar mais desenvolvimento”.

“O Maranhão hoje tem segurança jurídica para receber qualquer investimento. Aqui em Açailândia, 30% dos recursos são via poder público. O restante vem da iniciativa privada. Não precisamos entregar para as próximas gerações um estado que reverta o que estamos fazendo para os próximos anos”, analisou o secretário.

Além da cidade de Açailândia, que concentra diversos trabalhos na cadeia aço e ferro gusa, integram o programa na região os municípios de Buriticupu, Bom Jesus das Selvas e Porto Franco.
O Cidade Empreendedora é uma iniciativa do Governo do Estado, por meio da Seinc e do Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Maranhão (SEBRAE), e integra gestão pública e pequenos negócios em um ambiente de oportunidades, e é pautada no empreendedorismo e na desburocratização.

“Essa parceria com o Governo do Estado fez com que a gente atuasse em 70 municípios, que foram agraciados com esta iniciativa do governador Flávio Dino. O Cidade Empreendedora, além de construir um cenário propício para o empreendedorismo, é uma estratégia de desenvolvimento”, disse o presidente do Conselho Deliberativo do Sebrae, Raimundo Coelho.

O secretário Simplício Araújo: “O Maranhão hoje tem segurança jurídica para receber qualquer investimento. Aqui em Açailândia, 30% dos recursos são via poder público. O restante vem da iniciativa privada. Não precisamos entregar para as próximas gerações um estado que reverta o que estamos fazendo para os próximos anos”.
Além da cidade de Açailândia, que concentra diversos trabalhos na cadeia aço e ferro gusa, integram o programa na região os municípios de Buriticupu, Bom Jesus das Selvas e Porto Franco.

“Estamos de braços abertos para essas parcerias. Esse programa é motivo de orgulho não só para a nossa cidade, mas também para todos os quatro municípios representados”, acrescentou o prefeito de Açailândia, Aluísio Silva Sousa, ao parabenizar a parceria da Seinc com o Sebrae-MA.

Cidade Empreendedora

O Cidade Empreendedora alcança 53 municípios e vai impactar em mais de 75 mil empreendimentos maranhenses, com a aplicação de recursos da ordem de R$ 5 milhões.

Desenvolvido em oito etapas de implementação, que preparam os municípios para gerar emprego, renda e oportunidades de negócios, o programa promove a capacitação de funcionários, estímulo à vocação dos municípios e impulso aos...
Desenvolvido em oito etapas de implementação, que preparam os municípios para gerar emprego, renda e oportunidades de negócios, o programa promove a capacitação de funcionários, estímulo à vocação dos municípios e impulso aos negócios locais.

Municípios contemplados

A iniciativa do Cidade Empreendedora alcança 53 municípios. As cidades beneficiadas são: Açailândia, Aldeias Altas, Araioses, Arame, Bacabal, Balsas, Barra do Corda, Barreirinhas, Bequimão, Bom Jesus das Selvas, Bom Lugar, Buriticupu, Carutapera, Chapadinha, Codó, Coelho Neto, Colinas, Coroatá, Cururupu, Dom Pedro, Estreito, Grajaú, Itapecuru-Mirim, Lago da Pedra, Lima Campos, Matões, Miranda do Norte, Morros, Parnarama, Passagem Franca, Pedreiras, Pindaré Mirim, Pinheiro, Presidente Dutra, Presidente Vargas, Rosário, Porto Franco, Santa Inês, Santa Luzia, São Domingos do Maranhão, São José de Ribamar, São Luís Gonzaga do Maranhão, São Mateus do Maranhão, São Raimundo das Mangabeiras, Trizidela do Vale, Tuntum, Turiaçu, Tutóia, Vargem Grande, Viana, Vitória do Mearim, Vitorino Freire e Zé Doca.

sexta-feira, 13 de agosto de 2021

A Organização Mundial da Saúde não aprova a obrigatoriedade da vacinação contra em...

A Organização Mundial da Saúde (OMS) não aprova a obrigatoriedade da vacinação contra a Covid-19 em qualquer país, embora defenda a importância da imunização, afirmou nesta sexta-feira(13) uma porta-voz da agência, em resposta ao fato de vários países estão considerando impor essa norma.

Em resposta ao fato de vários países estão considerando impor essa norma.

"Em geral, a OMS se opõe a qualquer vacinação obrigatória", resumiu a porta-voz da entidade, Fadela Chaib, em entrevista coletiva.

EFE
EDIÇÃO DE ANB

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB