quarta-feira, 2 de março de 2022

Em sua maioria, os petistas maranhenses advogam a tese de aliança com...

O governador do Maranhão, Flávio (PSB), adiniou de vez ao comentar nesta terça-feira (1), em entrevista, que não vê problemas no fato de o ex-presidente Lula, pré-candidato do PT à Presidência da República, ter dois palanques de apoio no Maranhão.

O petista tem sido disputado pelos pré-candidatos a governador do PSDB, vice-governador Carlos Brandão – que migrará para o PSB antes das eleições -, e do PDT, senador Weverton Rocha.

ADINIANDO DE VEZ O Governador Flávio: ''Houve uma dissidência no nosso grupo, liderada pelo senador Weverton.’’ 

Em sua maioria, os petistas maranhenses advogam a tese de aliança com Brandão, que também tem o apoio do próprio Dino. Mesmo assim, Weverton deve manter a intenção de também dar palanque ao ex-presidente. 

''Desejo que o ex-presidente Lula tenha a maior vitória possível no Maranhão. Eu separo as duas coisas: acho que todos que queiram apoiar o ex-presidente Lula devem ser bem vindos, em todos estados, porque precisamos derrotar o Bolsonaro, e não é uma luta batalha simples. E, ao mesmo tempo, temos essa luta aqui no Maranhão para que nós possamos dar continuidade ao processo de mudanças no nosso estado, constituição de redes inéditas de cidadania e de direitos”, disse o governador.

''Houve uma dissidência no nosso grupo, liderada pelo senador Weverton. Nós ainda estamos dialogando, conversando. Eu próprio sou sempre um militante do otimismo, da fé, de que a gente vai conseguir de algum modo um entendimento, porém mais adiante, temos até as convenções para isso”, comentou.


NF

EDIÇÃO DE ANB

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB