segunda-feira, 8 de novembro de 2021

Defendendo os ideais que deram origem ao partido, Hamurabi provocou a última polêmica em torno da indicação da legenda ao Senado

Para ele, a sigla não pode se render ao fisiologismo reinante na era Dino

POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com

O líder político Hamurabi Cutrim, filiado ao Partido dos Trabalhadores, é o pré-candidato a Senador do Maranhão que quer resgatar a essência do PT num momento onde novos e antigos militantes foram abduzidos pela sedução do poder pelo poder com cargos e alojamentos financeiros patrocinados pelo Palácio dos Leões.

A legenda, que  tenta dizimar no seio de suas hostes partidárias intenções de postulantes que tem o direito legítimo de por seus nomes ao escrutínio dos maranhenses, erigiu os...
A legenda, que  tenta dizimar no seio de suas hostes partidárias intenções de postulantes que tem o direito legítimo de por seus nomes ao escrutínio dos maranhenses, erigiu os esforços, em coro, para pavimentar, sem nenhum pudor,  um caminho uno em torno do ainda governador Flávio Dino, do PSB. Para manter-se sob os fartos banquetes e regalias, Dino vai pleitear à Câmara Alta. Ele enfrenta rejeição sem precedentes na história política do Maranhão recente e gritante dificuldade para avançar diante de seus concorrentes. Cinco, no total.

O clima no partido do ex-presidente Lula no estado não é ameno nem tampouco razoável.
Desde que tornou público seu projeto político, Hamurabi Cutrim virou uma espécie de outsider não no sentido do oportunismo eleitoreiro, mas naquele que apresenta um representante que faltava às  alas petistas que alimentam o sonho de vê o  PT longe das jogadas de politicalha que devassaram o partido nos 217 municípios do Maranhão.

Na recente polêmica envolvendo um ex-adjunto de Flávio Dino, petista pretenso pré-candidato ao Senado, Governo e nomeados da sigla mostraram a cara espargindo vergonha legenda adentro ao defender a pré-candidatura do governador em detrimento do militante. O clima no partido do ex-presidente Lula no estado não é ameno nem tampouco razoável. Vale tudo para permanecer sob as benesses da máquina estatal, gordos salários e ar condicionados vitalícios.

O pré-candidato a Senador, Hamurabi Cutrim: projeto político que pode reinventar o PT no Maranhão. 
Como resposta a esse ambiente ausente de valores, a decrepitude vivenciada pelo PT, contudo, encontra na valorização da família maranhense, na luta por mais igualdade e na visão cristã da boa convivência uma pré-candidatura que pôs fogo em interesses e condutas viciadas. A chamada velha política, a troca de favores, o enriquecimento famigliar à custa do estado começam definhar no debate político de 2022.

Hamurabi Cutrim é o responsável por essa quebra de paradigma. 

3 comentários:

  1. Fernando esse militante foi Paulo Romão ele trabalhava no governo esse cara so quer enfrentar flávio pq perdeu a mamata
    chico sá

    ResponderExcluir
  2. O homem da mala preta na tem moral pra nada, vive mamando nas tetas do grupo Josimar Maranhãozinho em Zé Doca.

    ResponderExcluir
  3. O PT ta com cheiro de crustaceo forasteiro chegou a hora de lula pular pra cima da embarcação e afundar o partido pq de canoa furada o brasil ta cheio isso sim, clodoaldo o amigo da vila passos

    ResponderExcluir

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB