quinta-feira, 4 de março de 2021

Cidade administrada por um médico,  a Balneária enfrenta o pior momento da crise sanitária em território local

POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR-SÊNIOR ADA AGÊNCIA BALUARTE

atalllaia.baluarte@hotmail.com

A Nota da Secretaria de Saúde de São José de Ribamar, onde é  anunciado um mutirão de vacinação na cidade é uma resposta à inercia que tomou conta da gestão Júlio Matos perante o avanço da pandemia em solo local.

Os ribamarenses viram desespero de parte de integrantes da gestão em divulgar a Nota depois que a imprensa pôs em xeque a visível ausência da Prefeitura nos últimos dois meses  no enfrentamento mais ostensivo do problema. Até ontem (3) perduravam  ainda os chamados  protocolos gerais no município adotados também em outras cidades.

MARES REVOLTOS? Gestão Júlio Matos está muito aquém daquele que seria o real combate à pandemia em São José de Ribamar. 

Mantendo a mesma tática midiática da gestão anterior- que fracassou no convencimento da população ao tentar empurrar goela abaixo 'notícias' publicadas em blogs de São Luís- a gestão Júlio Matos difundiu informações pasteurizadas, sem impacto, por toda tarde desta quinta-feira(4), chegando   ao ápice do despreparo ao ter matéria oficial, corrigida, esta semana, por ribamarenses com atuação nas redes sociais.

Com características próprias e peculiares, São José de Ribamar é uma cidade estratégica para a contenção ou avanço do novo coronavírus, e mesmo o prefeito, um médico, não estabeleceu um plano de ação que dialogue com as especificidades do vasto município até o presente momento, à exceção de medidas generalizadas e genéricas.

Aquém da realidade que seria outra e não a atual, a Gestão deixa  claro não ter a percepção acertada nem tampouco o mapeamento da pandemia nas quatro regiões da cidade. Os munícipes se mostram insatisfeitos com prefeito, primeira-dama, secretários, subprefeitos e corpo técnico administrativo, ao passo que a insegurança ronda àqueles que buscam atendimento médico na Balneária.

O combate ao novo coronavírus na terceira maior cidade do Maranhão segue instável, desproporcional aos demais municípios, confuso e em visível desorganização nas unidades de saúde.

O que já era previsível.

4 comentários:

  1. peço ao amigo Fernando atalaia que divulgue este blog moropoianews no grande ABN

    Sandro da sede

    ResponderExcluir
  2. INFELIZMENTE FERNANDO O AMIGO JULINHO TEVE VOTOS DE GRATIDÃO PELO TRABALHO DE MÉDICO DAS FAMILIAS RIBAMARENSE MAS QUEM VOTOU JÁ SE ARREPENDEU PORQUE UMA COISA É SER MÉDICO E OUTRA É SER ADMINISTRADOR ONDE O MESMO ATÉ AGORA NÃO ACERTOU UMA
    PARABENS PELO OTIMA MATERIA DO ABN ACOMPANHO TODOS OS DIA
    GESSÉ O AMIGO DA SEDE

    ResponderExcluir
  3. Se tava dificil com eudes imagine com julio matos o cara é uma completa besta como prefeito
    carlos da piçarreira to pra pedir minha exoneraçao sio

    ResponderExcluir
  4. Já sinto saudade da antiga gestão, Ribamar era tido como município modelo no combate ao covid, centenas de curados e leitos zerados, a rede acolhe criada na antiga gestão além de ter feito um lindo trabalho tendo reconhecimento e sendo copiada até por São Luís, tinha tmb um mapeamento do vírus por todo município, quem sofre hoje é o povo arrependido que acreditou no conto do bom doutor e péssimo gestor que se encontra em sua inércia inoperante e ao que parece, se nega em sair de lá.

    ResponderExcluir

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB