quinta-feira, 2 de janeiro de 2020
SÃO JOSÉ DE RIBAMAR ‘PEGANDO FOGO’
Grupo liderado pelo atual prefeito busca a partir deste mês ‘ganhar’ eleitor indeciso
Eudes Sampaio intensificará estratégia midiática diretamente nas comunidades

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Quem pensava que o atual prefeito de São José de Ribamar, Eudes Sampaio (PTB), esperaria o inicio da campanha para convencer o eleitor ribamarense indeciso que é ele a  melhor opção em outubro,  deu com os burros n´água.

A estratégia do grupo governista é ‘ganhar’ a partir deste mês o ribamarense cético nos pré-candidatos da oposição. Entre estes, aumenta a resistência aos candidatos do grupo Sarney em São José de Ribamar.  Na cidade a rejeição a Roseana se acentuou desde a última eleição para governador e segue intacta no município de ponta a ponta.

Sampaio foca em três tipos de eleitor: o esperançoso, o descrente e o de última hora. Sabe que quanto  ao eleitor prático e ideológico não teria remota possibilidade de ganhar a adesão determinante. Na Balneária o eleitor que ‘vota em benefício próprio’ vem perdendo espaço para milhares de ribamarenses que em nome dos interesses da coletividade combatem a compra de votos nas quatro regiões.
Eudes Sampaio intensificará estratégia midiática diretamente nas comunidades: estratégia do grupo governista é ‘ganhar’ o ribamarense cético.

O fato é que a tendência do eleitorado ribamarense é, a partir desta eleição,  manter-se consciente das escolhas feitas. A desistência de Fernando Moura da Silva, o Luis Fernando, em 2019 acabou por consolidar a desconfiança que existia nos chamados ‘políticos de fora’, respingando nos atuais pré-candidatos.

Há sete meses, contudo, a cultura política ribamarense vem se flexibilizando e já apresenta um nível considerável de participação. Pela primeira vez na história da Balneária, esquerda e direta  de alguma forma influenciarão o pleito de 2020, ao passo que  situação e oposição tendem a marcar posição a partir de junho.

Acordos e costuras previstas para ocorrerem ainda neste semestre, os ribamarenses tendem a questionar possíveis alianças eleitorais entre os cinco grupos políticos do município. Há um forte clima de repulsa às jogadas eleitoreiras na cidade. Do filtro dessa insatisfação sairão no máximo quatro candidatos ao Executivo e deste número apenas um será o prefeito que comandará a terceira maior cidade do Maranhão a partir de 2021.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB