terça-feira, 22 de maio de 2018

Na segunda-feira, o governador  recebeu representantes da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Maranhão  para reunião no Palácio dos Leões


Na segunda-feira (21), o governador Flávio Dino recebeu representantes da Federação dos Trabalhadores da Agricultura Familiar do Maranhão  (FETRAF-MA) para reunião no Palácio dos Leões. Em pauta, esteve a continuidade das ações de apoio à agricultura desenvolvidas pelo Governo do Maranhão.

“Para nós, houve um avanço grande em relação a outros governos e até em relação ao Brasil, aqui temos uma Secretaria de Agricultura Familiar específica e fomos uma das organizações que pautamos isso”, destacou Graça Amorim, presidente da entidade.

Ela também falou das novas pautas trazidas ao governador: “Tivemos muitos avanços, mas temos ainda muitas carências, que sabemos que não é possível resolver em apenas três anos, mas viemos buscar novas ações, principalmente para a assistência técnica que é uma grande necessidade hoje”, comentou.

''Para nós, houve um avanço grande em relação a outros governos e até em relação ao Brasil, aqui temos uma Secretaria de Agricultura Familiar específica e fomos uma das organizações que pautamos isso''.
Além de lideranças da organização – agricultores vindos de diferentes municípios e áreas quilombolas do estado –, também participaram da reunião o secretário de Agricultura Familiar, Júlio Mendonça, a presidente da Agência Estadual de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural do Maranhão (Argep), Loroana Santana, e o deputado estadual Zé Inácio.

“Tivemos ações importantes como a distribuição de sementes, perfuração de poços, 160 patrulhas agrícolas distribuídas para 106 municípios, o incremento do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e muitos outros”, comentou o governador Flávio Dino durante a reunião.

Apoio

Desde 2015 já foram 15 edições da Feira da Agricultura Familiar e Agrotecnologia do Maranhão (Agritec), que ajudaram mais de 27 mil agricultores a vender mais e melhor, ensinando e levando tecnologia.
No programa Cisternas – Segunda Água foram destinados mais de R$ 40 milhões para garantir a continuidade da cadeia produtiva mesmo nos períodos de seca.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB