sexta-feira, 2 de março de 2018

Casa de Cultura Josué Montello promove ação cultural em Pindaré-Mirim


A Casa de Cultura Josué Montello (CCJM) promove evento cultural, a partir desta segunda-feira (5), na escola estadual Centro de Ensino Francisco das Chagas Vasconcelos, o município de Pindaré-Mirim. Até sexta-feira (09) serão promovias exposição, palestras e exibição de vídeos. A programação é aberta à comunidade local.

A iniciativa tem o objetivo de despertar nos estudantes o amor pela leitura e escrita tendo como fonte de inspiração as obras do escritor maranhense Josué Montello, cujo centenário de nascimento foi comemorado no ano passado.

Na programação está prevista a exposição ‘Josué Montello 100 Anos’ além de palestras sobre a vida e obra do escritor, exibição de vídeo documentário e exposição de livros de vários autores maranhenses.

Casa Josué Montello realiza ação cultural em Pindaré-Mirim: a iniciativa tem o objetivo de despertar nos estudantes o amor pela leitura e escrita tendo como fonte de inspiração as obras do escritor maranhense
A ação faz parte do projeto Exposição Itinerante do acervo da Casa de Cultura Josué Montello, órgão vinculado a Secretária de Estado de Cultural e Turismo (Sectur). Este ano, o projeto chega a sua décima edição, promovendo o acesso ao livro e incentivando a prática da leitura por meio de ações culturais voltadas às comunidades. Já atendeu mais de 23 mil crianças e jovens de 27 municípios maranhenses.

Para a diretora da Casa, Joseane Souza, o alcance social do projeto é exitoso e já conquistou centenas de leitores. “A obra Montelliana inspira tema de trabalhos, monografias e teses de alunos e professores de várias Instituições de Ensino, e estimula professores a trabalhar a literatura maranhense em sala de aula realizando feiras de literatura maranhense”, declarou.

Programação de março

No dia 15 deste mês, a CCJM promove o lançamento da 3ª edição do livro ‘Janelas Fechadas’, no Colégio Cintra, em São Luís. A publicação é o primeiro romance de Josué Montello, escrito quando ele tinha 20 anos. A obra teve sua primeira edição em 1941 e a 2ª edição em 1982.

O romance tem como cenário a cidade de São Luís nos anos de 1930, na então Vila do Anil, destacando os costumes, hábitos, bisbilhotices e intrigas de seus moradores. Ressalta o poder da compreensão e do carinho na vida de pessoas deficientes. É a trajetória de Benzinho, que deixando o colégio de freiras vai viver com a mãe e o irmão as dificuldades de uma maternidade concebida fora do casamento.

A edição do livro integra as ações comemorativas do centenário de nascimento do escritor Josué Montello, realizado pelo Governo do Maranhão, por meio de parceria da Sectur/CCJM com a Casa do Autor Maranhense e apoio cultural da Cemar.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB