segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Governo do Estado realiza avaliação do Programa Pesquisa para o SUS, nesta terça (27)

O Governo do Estado, por meio da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Maranhão (Fapema), órgão ligado à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), realiza, nesta terça (27) e quarta-feira (28), seminário de acompanhamento e avaliação parcial do Programa Pesquisa para o SUS (PPSUS 2018): Gestão Compartilhada em Saúde. O evento tem como objetivo divulgar os resultados parciais das pesquisas científicas financiadas pelo Edital nº 008/2016 e como estes podem contribuir para o programa.

São convidados a participar da abertura do evento, às 14h, no Casarão Tech Renato Archer (Rua da Estrela, 512, Centro Histórico de São Luís), pesquisadores, reitores, pró-reitores, coordenadores de programas de pós-graduação das Instituições de Ensino Superior do Maranhão, secretários estaduais e municipais e representantes de conselhos municipais e estadual de saúde.

Estarão presentes na solenidade representantes do Ministério da Saúde, do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência e Tecnologia e Insumos Estratégicos (Decit/SCTIE/MS) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Estarão presentes na solenidade representantes do Ministério da Saúde, do Departamento de Ciência e Tecnologia da Secretaria de Ciência e Tecnologia e Insumos Estratégicos (Decit/SCTIE/MS) e do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).
Ao todo serão apresentados 17 projetos, aprovados em 2016, que receberam mais de R$ 1,1 milhão em recursos. O PPSUS é resultado de parceria entre a Fapema, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) e Ministério da Saúde, através do Conselho Nacional do Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O objetivo do programa é apoiar estudos e pesquisas que promovam o desenvolvimento tecnológico em saúde, fortalecendo a gestão e a eficiência do SUS.

As pesquisas estão pautadas em cinco eixos: Doenças Negligenciadas e Arboviroses, Doenças Crônicas Não Transmissíveis, Saúde da Mulher, Saúde da Criança e do Adolescente, Saúde da População Negra. As pesquisas estão em execução há um ano e durante o seminário os pesquisadores vão apresentar os resultados, metodologia e os gastos de recursos.

Entre as pesquisas que serão apresentadas estão:

“Movimento da microcefalia em recém-nascido e acompanhamento clínico e de crescimento e desenvolvimento de uma coorte de crianças com infecções congênitas pelo vírus da zika”, do professor da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Antônio Augusto Moura da Silva;

“Avaliação dos métodos de diagnóstico, adesão ao tratamento de tuberculose e rastreamento de tuberculose latente em contatos intradomiciliares em São Luís”, do professor Eduardo Martins Sousa, da Universidade Ceuma;

“Investigação de novos padrões reprodutivos de Aedes aegypti (diptera: culicidade) e implicações no controle da zika, chikungunya e dengue”, da professora Valéria Cristina Soares Pinheiro, da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA).

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB