sábado, 3 de fevereiro de 2018

Por meio da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), o Governo do Maranhão entregou, nesta semana, o terceiro laboratório de informática com doze cabines, na UPSL 2, no Complexo Penitenciário São Luís


Por meio da Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP), o Governo do Maranhão entregou, nesta semana, o terceiro laboratório de informática com doze cabines, na UPSL 2, no Complexo Penitenciário São Luís. Na oportunidade, a gestão prisional também fez a entrega de cerca de 1 mil livros doados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) às bibliotecas de duas unidades prisionais.

“Demos mais um importante passo para o incentivo à educação nas unidades prisionais. Este laboratório de informática, a exemplo dos dois entregues no fim do ano passado, potencializará o Programa Rumo Certo, cuja proposta é o aumento do nível de escolaridade no sistema prisional”, afirma o secretário Adjunto de Atendimento e Humanização Penitenciária (SAAHP), Rafael Velasco.


imagem03-02-2018-20-02-40
Na oportunidade, a gestão prisional também fez a entrega de cerca de 1 mil livros doados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) às bibliotecas de duas unidades prisionais.
Em novembro de 2017, outros dois laboratórios de informática já haviam sido inaugurados no Complexo. Um deles na própria UPR Feminina, e outra na UPSL 6. “A cada ano, a gestão estadual tem estimulado o interesse dos detentos para que retomem os estudos. Em 2017, por exemplo, registramos mais de 1.300 inscrições de internos no Enem e Encceja”, completa o titular da SAAHP.

Livros

Considerando os benefícios trazidos pelo estudo ao processo de recuperação e ressocialização do condenado, a Lei de Execuções Penais (LEP), em seu Art. 126, prevê que deve ser estimulada, no âmbito das unidades prisionais, para que o interno tenha acesso à remissão pela leitura. O benefício consiste na redução de quatro dias de pena para o detento que emitir um relatório de livro lido.


Neste sentido, a Supervisão de Educação (SED) da SEAP entregou, na oportunidade, cerca de 1 mil livros doados pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) às duas bibliotecas do Complexo Penitenciário São Luís. A ação faz parte do conjunto de medidas e investimentos na educação dos apenados feitos pelo Governo do Maranhão, com o objetivo de ampliar a ressocialização intramuros.

imagem03-02-2018-20-02-37
Em dezembro de 2017, o governador Flávio Dino lançou o Programa Rumo Certo, iniciativa que objetiva o aumento do nível de escolaridade e profissionalização no sistema prisional do Maranhão. Coordenado pela SEAP, o programa vai oferecer mais de 45 mil vagas para pessoas presas.

Hoje, nas unidades prisionais do Maranhão, 1.144 presos estão matriculados em salas de aula, ou ligados a alguma atividade educacional, resultado dos investimentos da gestão atual na ampliação e criação das bibliotecas no sistema prisional, e que, além disso, contam com professores voluntários e estudantes que ministram aulas de conteúdos básicos de ciência exatas, humanas e biológicas aos privados de liberdade.

Rumo Certo

Em dezembro de 2017, o governador Flávio Dino lançou o Programa Rumo Certo, iniciativa que objetiva o aumento do nível de escolaridade e profissionalização no sistema prisional do Maranhão. Coordenado pela SEAP, o programa vai oferecer mais de 45 mil vagas para pessoas presas e seus familiares, egressos e servidores penitenciários, conforme a formação escolar de cada público.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB