quinta-feira, 24 de agosto de 2017
Poeta maranhense da Geração 90, Rosemary Rego faleceu ontem em São Luís 
Artistas literários do estado lamentaram  perda nas redes sociais.

POR FERNANDO ATALLAIA
DIRETO DA REDAÇÃO

A poeta Rosemary Rego, uma das principais vozes femininas da poesia maranhense da Geração 90, faleceu ontem em São Luís. A família não informou a causa da morte, mas a informação chocou a classe artística e o meio literário do estado por toda manhã desta quinta-feira (24).

Nas redes sociais, escritores, produtores culturais, poetas e internautas fãs da escritora mostraram estupefação diante do fato. O critico literário Ricardo Leão, prêmio nacional de Critica Literária da Academia Brasileira de Letras, não se conteve: 

Resultado de imagem para bioque mesito
Bioque Mesito foi um dos primeiros a dar a informação: ''Lamento ter que dar a notícia mais triste que recebi nos últimos anos, minha amiga, nossa amiga, a poeta Rosemary Rego acaba de...''
‘’Uma das  poetas de minha geração, Rosemary Rêgo, faleceu hoje, em São Luís. RIP’’, lamentou Ricardo em sua conta numa rede social.  

A escritora  Geane Fiddan Lima , co-geracional  e amiga pessoal de Rego, foi outra representante da poesia estadual que mostrou consternação: 

Resultado de imagem para rosemary rego
A poeta Rosemary Rego faleceu ontem em São Luís; morte chocou o meio literário maranhense e a Grande São Luís.
‘’Rosemary Rêgo, que os anjos te recebam com muito amor. Lamentamos a sua partida, mas o céu fica mais poético com a sua chegada!’’, disse Geanne. 

Rosemary Rego havia lançado duas obras de poesia e vinha em plena forma literária participando dos movimentos culturais voltados para o fortalecimento da literatura do estado nos últimos 15 anos.  Muito querida no meio literário maranhense, ela também havia optado pelo magistério onde ensinava literaturas brasileira e portuguesa. 

Nenhum texto alternativo automático disponível.
Internauta divulga autógrafo de Rosemary Rego em rede social por ocasião do falecimento da poeta; morte que deixará lacunas.
O professor , crítico literário e imortal  da Academia Maranhense de Letras, José Neres, prefaciador de um de seus livros, se manifestou acerca do fato e em trecho de texto publicado, afirmou ter sido pego de surpresa pela noticia da morte da poeta: 


‘’Hoje, depois de árduo dia de trabalho, quase isolado dos meios de comunicação, pego o celular e três mensagens me trazem a mesma notícia: Rosemary Rêgo faleceu’’. 

Um dos primeiros a informar aos amigos e leitores  da escritora  sobre o acontecido, o poeta Bioque Mesito não conseguiu esconder profunda tristeza com a morte prematura de Rego. Em suas redes sociais, ele noticiou a perda da escritora.  

Resultado de imagem para ricardo leao critico literário  maranhao
O prêmio nacional de Crítica Literária , Ricardo Leão: ''Uma das  poetas de minha geração, Rosemary Rêgo, faleceu hoje, em São Luís. RIP''.
‘’Lamento ter que dar a notícia mais triste que recebi nos últimos anos, minha amiga, nossa amiga, a poeta Rosemary Rego acaba de falecer. Nossos sentimentos e vá em paz!’’. 

Poeta profícua, Rosemary Rego era publicamente conhecida por pensar o fenômeno literário no Maranhão a partir de parâmetros educacionais de acessibilidade. Ela mantinha postura engajada à divulgação e difusão da arte poética maranhense com ações sistemáticas. Na Grande São Luís   onde era mais popular, a morte da poeta causou amplo e grande  impacto por toda região. 




LEIA MAIS SOBRE A  POETA ROSEMARY REGO NOS LINKS ABAIXO: 

http://www.mallarmargens.com/2015/10/5-poemas-de-rosemary-rego.html

http://www.ciencialit.letras.ufrj.br/garrafa/garrafa23/dinacymendonca_poetisasmaranhenses.pdf

https://www.youtube.com/watch?v=aKFy6hB88Co 

http://www.agenciadenoticiasbaluarte.com.br/2016/04/literatura-brasileira-escritora.html

10 comentários:

  1. Um poeta que se vai é como uma estrelinha que se apaga no céu. Mesmo restando bilhões de estrelas ainda a cintilar, ela vai fazer muita falta.

    ResponderExcluir
  2. Fernando, triste é um estado deste sem memória e respeito pelos nossos escritores, o DAC (onde ele devolveu vários trabalhos não emitiu uma nota de pesar) a SECTUR e Marlon com a secretaria dele de fachada pior! E assim caminha a humanidade no MA...

    Adriana-CCH, parabéns mais uma vez meu lindo

    ResponderExcluir
  3. A partida eterna é sempre muito dolorosa, deixa vazios que apenas com o passar do tempo podem ser preenchidos com boas lembranças. A poesia é a melhor expressão dos sentimentos que afloram quando alguém querido se vai.

    ResponderExcluir
  4. Ela morreu de que gente? Lina

    ResponderExcluir
  5. Tristeza sem voz
    Palavras mortas
    Trevas do sóis
    Portos sem portas
    Tristeza imensa
    Sangrado silencio
    Céu sem cor
    Nenhuma palavra cabe/amarga pronuncia
    Dentro da dor!

    ResponderExcluir
  6. Tristeza sem voz
    Palavras mortas
    Trevas do sóis
    Portos sem portas
    Tristeza imensa
    Sangrado silencio
    Céu sem cor
    Nenhuma palavra cabe/amarga pronuncia
    Dentro da dor!

    ResponderExcluir
  7. Nós da família Rêgo estamos agradecidos por tantas homenagens feitas a nossa estrelinha poeta que agora foi brilhar lá no céu. Deixou aqui o seu legado e foi foi fazer poesia para deixar o céu em festa. Ela nos deixou lembraças boas e valiosas. Estamos imensamente agradecidos a todos os poetas e escritores maranhenses que mais uma vez reconhecem e admiram a nossa imortal ROSEMARY RÊGO.

    ResponderExcluir
  8. Nós da família Rêgo estamos imensamente gratos por tantas homenagens feitas a nossa estrelinha poetisa que nos deixou e agora foi fazer poesia e brilhar lá no céu. Quero agradecer por mais esse reconhecimento que partiu de todos os escritores e poetas maranhenses os quais conheciam todo o trabalho dessa pessoa tão maravilhosa tão INTELIGENTE que nos corrigia quando estávamos falando e escrevendo errado não ela não admitia. E assim ela partiu deixando o seu legado levando e ao mesmo tempo deixando o seu sorriso contagiante. Jamais esqueceremos nossa IMORTAL POETISA

    ResponderExcluir
  9. Rosemary Rego foi apenas mais uma escritora vitima da falta de políticas públicas de um programa cultural sério voltado para a literatura maranhense, ela sempre pontuava isto , mas ainda assim Diego Galdino se manteve frio e indiferente- Parabens SECTUR, Parabens Dona Vanessa
    Misael Pacheco

    ResponderExcluir
  10. Rose era uma alma muito gentil, assim como em seus poemas. É triste ter que caminhar sem ter ao lado esta mulher que tão bem carregava a tradição literária nos ombros. Mas a vida é assim, um dia todos temos que ir embora, voltar para sua casa. A arte maranhense perde uma pessoa, assim como já perdera recentemente outras (nauro, chagas, ferreira gullar...), que tão bem soube abraçar o sentido da palavra poesia.

    ResponderExcluir

IPVA 2017

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB