sexta-feira, 26 de maio de 2017
Secretário-Geral da ONU cria canal de comunicação com organizações para proteção a jornalistas
 
A criação de um canal direto e contínuo de comunicação entre a Secretaria-Geral da ONU e uma coalizão de organizações de liberdade de imprensa foi anunciada nesta quarta-feira (24.mai.2017) pelo Secretário-Geral das Nações Unidas, Antonio Guterres. O canal pretende tratar de questões de segurança de jornalistas.

Com a medida, Guterres visa a mobilizar os mais altos escalões da ONU para o acolhimento de casos emergenciais de violência contra jornalistas pelo mundo. Também pretende assegurar uma melhor coordenação entre suas agências, fundos e programas, conforme definido pela Plano de Ação para Liberdade dos Jornalistas e a Questão da Impunidade, adotado pelas Nações Unidas em 2012.

Resultado de imagem para Secretário-Geral das Nações Unidas, Antonio Guterres
O Secretário-Geral das Nações Unidas, Antonio Guterres: Canal de comunicação com organizações para proteção a jornalistas.
A ação é uma resposta a reunião de fevereiro entre o Secretário-Geral e Repórteres Sem Fronteiras (RSF), Comitê para a Proteção de Jornalistas (CPJ) e World Association of Newspapers and News Publishers (WAN-INFRA), que falaram em nome da coalizão internacional #ProtectJournalists. Composta por 120 organizações, a coalizão deu início à campanha pela criação de um cargo de Representante Especial das Nações Unidas para Proteção dos Jornalistas, com o objetivo de implementar o direito internacional sobre a questão. A Abraji apoiou a campanha (leia a nota). 

O secretário-geral da RSF, Christophe Deloire, disse que Antonio Guterres ainda considera a recomendação de criar um cargo de  Representante Especial das Nações Unidas para Proteção dos Jornalistas. “Nós apreciamos profundamente seu compromisso e a decisão que ele já tomou. Os principais problemas do mundo, desde as questões ambientais até o extremismo, não podem ser resolvidos sem o trabalho dos jornalistas”, afirmou.

Nas próximas semanas, a RSF fará uma consulta junto a organizações pela liberdade de imprensa para decidir a melhor maneira de encaminhar os casos emergenciais ao Secretário-Geral da maneira mais eficiente possível.

image22-e1447453620615
Há 2 anos o blogueiro Ítalo Diniz era brutalmente assassinado em Governador Nunes Freire no Maranhão: SSP não elucidou o caso.
A ação ocorre num período particularmente preocupante para jornalistas no mundo. Segundo pesquisa da RSF, 580 jornalistas e profissionais de mídia foram mortos desde 2012, quando o Plano de Ação para Liberdade dos Jornalistas e a Questão da Impunidade foi adotado. Análise do CPJ ainda afirma que apenas 3% dos assassinatos foram devidamente punidos na última década.

Leia mais sobre jornalistas que foram assassinados ou ameaçados de morte nos últimos cinco anos: 

 http://imirante.com/mobile/oestadoma/noticias/2016/04/12/terceiro-blogueiro-e-assassinado-no-interior-do-maranhao-em-menos-de-um-ano.shtml

http://www.netoferreira.com.br/poder/2012/10/mais-um-jornalista-e-ameacado-de-morte-2/

https://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2012/04/24/jornalista-decio-sa-e-assassinado-em-restaurante-no-maranhao.htm

http://www.gilbertolima.com.br/2015/11/blogueiro-italo-diniz-e-assassinado-em.html

http://www.netoferreira.com.br/crime/2012/04/blogueiro-e-ameacado-de-morte-no-maranhao/

https://maranhaodeverdade.com/2016/05/14/mais-um-blogueiro-maranhense-sofre-ameaca-de-morte/


AS INFORMAÇÕES SÃO DA ABRAJI
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 

Wellington solicita incentivo a times maranhenses no Brasileirão

Durante pronunciamento feito na Assembleia Legislativa do Maranhão, nesta quinta-feira (25), o deputado Wellington do Curso (PP) defendeu o futebol maranhense. Ao se pronunciar, Wellington destacou que o torcedor maranhense tem este ano a oportunidade de acompanhar quatro representantes na maior competição do mundo, que é o Campeonato Brasileiro. Dessa vez, tem-se o Sampaio e Moto na Série C e Maranhão e Cordino na Série D.

Resultado de imagem para WELLINGTON DO CURSO
Durante pronunciamento feito na Assembleia Legislativa do Maranhão, nesta quinta-feira. 
"Todos nós sabemos das dificuldade que os clubes tem para formar equipes competitivas para que possam brigar de igual por igual com equipes de outros estados do país. Para isso, é necessário que os clubes tenham patrocínio, mas infelizmente, sem ajuda financeira, os clubes agonizam. Por assim ser, venho aqui solicitar ao governador Flávio Dino e, no caso dos três clubes de São Luís, ao prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que ajudem os nossos times de futebol. O esporte é fator de inclusão social, além de gerar milhares de empregos. Sampaio, Moto, Maranhão e Cordino elaboraram um projeto e aguardam a captação de recursos pela Lei de Incentivo ao Esporte. É necessário que o Governo se posicione de forma favorável quanto a liberação de tais recursos. Incentivar os nossos times de futebol é incentivar o desenvolvimento desportivo do Maranhão", pontuou Wellington.

Ainda sobre a situação, o deputado Wellington solicitou brevidade por parte Supremo Tribunal de Justiça Desportiva no julgamento que definirá quais os times que, de fato, participarão das finais, já que tanto o Moto quanto o Sampaio aguardam o posicionamento e, como consequência negativa disso, o campeonato maranhense está suspenso até o presente momento.

Prefeito apresentou prestação de contas do 1º quadrimestre de 2017
‘Discurso da reconstrução’ ainda é máxima para ações do Governo. 

O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva(PSDB), apresentou nesta quinta-feira (25), no Plenário da Câmara Municipal, o balanço contábil e financeiro da sua administração, referente ao 1º quadrimestre de 2017.  A prestação de contas cumpre a Lei Complementar Federal nº 101/2000, da Lei de Responsabilidade Fiscal.

Além de dizer onde e como o dinheiro público do município de São José de Ribamar está sendo empregado, Luis Fernando também convocou o representante da Odebrecht Ambiental, concessionária de abastecimento de água e esgoto, para dar explicações sobre os serviços oferecidos nos últimos dois anos e as perspectivas para os próximos, caso a empresa continue com a concessão.

Resultado de imagem para Luis Fernando apresenta prestação de contas do 1º quadrimestre de 2017
O prefeito de São José de Ribamar, Luis Fernando Silva em prestação de contas na Câmara Municipal nesta quinta-feira: ''Apesar do disforme e sofrido orçamento deixado pela antiga administração, as contas da prefeitura estão...''
“Já estive nesta casa 19 vezes nos mandatos anteriores. A gente vive uma democracia representativa, o prefeito, o vice-prefeito e os parlamentares são eleitos para representar o povo, poder legislativo e o poder executivo. Esse contato direto elimina muitas barreiras e o cidadão se sente contemplado com a atenção do governo que é dada e nós devemos satisfação a população”, afirmou o prefeito.

‘Discurso da reconstrução’, Odebrecht e alusão ao passado- Durante a prestação de contas, o prefeito explicou que apesar do disforme e sofrido orçamento deixado pela antiga administração, as contas da prefeitura estão equilibradas chegando a apontar um pouco mais de 47% do comprometimento da receita, ou seja, no limite prudencial, inclusive equilibrado os gastos com pessoal, o que tem permitido o cumprimento de todos os contratos; pagamento em dia dos funcionários públicos, conforme datas contidas no calendário lançado no início do ano; retomada de obras importantes, antes paralisadas, e autorização de novas obras que deverão trazer progresso para o município.

As medidas adotadas, de acordo com o prefeito, foram determinantes para conter os efeitos negativos de uma dívida escriturária deixada em torno de mais de 25 milhões de reais, o que ainda causou a negativação do município junto a importantes órgãos federais.

“Não paramos um só dia para garantir o funcionamento do município e o resultado do esforço já começa a parecer. Já são 50km de estradas recuperados, muito até para a situação financeira do município,  47 escolas recuperadas e com aula em pleno cumprimento do calendário escolar, merenda escolar em todas as escolas, professores capacitados, 10 unidades de saúde recuperadas, agricultores familiares voltando a fornecer merenda escolar para as escolas, além da recuperação da cozinha escola que agora conta com um centro de capacitação em culinária e ao mesmo tempo restaurante popular”, detalhou o prefeito.

Luis Fernando também lembrou que em quatro meses a população também conta com cinco novas viaturas para a Guarda Municipal, a reconstrução do Poço da Saúde, considerado ponto turístico, Balcão de Informações turísticas, bem como a reconstituição do projeto Meninos do Santuário e o programa Voluntariado, que vai incentivar a população para boas práticas e ao final do ano premiação para as melhores práticas.

Antes de finalizar, o prefeito ainda falou sobre o direito do povo e dos vereadores, em saber sobre os serviços prestados pela concessionária que fornece água e esgoto no município. “Pela primeira vez, esta casa recebe um represente da Odebrecht, para relatar o desempenho da concessão, fazer a devida prestação dos serviços no que dez respeito à agua fornecida e ao tratamento dado ao esgoto da cidade”, cobrou.

Justiça decretou prisão preventiva do advogado e  determinou medidas protetivas 

A Juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal da capital – unidade judicial competente para julgar ações que envolvem idosos – decretou nesta sexta-feira (26) a prisão preventiva de Roberto Elísio Coutinho de Freitas, acusado de agredir física e psicologicamente sua mãe, Joseth Coutinho Martins de Freitas, de 80 anos de idade. A magistrada também determinou o afastamento do acusado do lar e proibiu que ele mantenha distância mínima da idosa de 1.000 metros.

Resultado de imagem para ROBERTO ELISIO MAE
ROBERTO EM AÇÃO ''Empurrões e comida à força'', além de ameaças de internação.

A decisão da juíza atende representação da Delegacia de Proteção ao Idoso, que pugnou pela prisão preventiva do acusado e por medidas protetivas, visando à proibição de aproximação e de manter contato com a ofendida e com pessoas que moram com ela, por qualquer meio de comunicação, com vistas a preservar sua integridade física, moral e psicológica.


Em sua decisão de mandar prender o representado, a juíza Oriana Gomes assinala que a medida, apesar de extrema, se faz necessária “para que a idosa volte a ter sua tranquilidade restaurada”, e também para que ele não venha a dificultar as diligências, com vistas a esclarecer os fatos delituosos.

Juíza Oriana Gomes, auxiliar da CGJ
A Juíza Oriana Gomes, titular da 8ª Vara Criminal da capital – unidade judicial competente para julgar ações que envolvem idosos – decretou nesta sexta-feira (26) a prisão preventiva de Roberto Elísio Coutinho de Freitas, acusado de agredir física e psicologicamente sua mãe, Joseth Coutinho Martins de Freitas, de 80 anos de idade.
No Termo de Declaração anexado ao Inquérito, o neto da idosa, Roberto Elízio Coutinho de Freitas Filho, filho do acusado, relata que sua avô, portadora de Alzheimer, vem sofrendo maus tratos por parte do representado (seu pai), “que a agride tanto verbalmente como fisicamente”, puxando a vítima pelo braço, “dando-lhe empurrões e comida à força”, além de ameaçá-la de internação.

A magistrada assinala que, pela provas produzidas pela autoridade policial e considerando a gravidade dos fatos descritos, ficou convencida de que o deferimento das medidas de afastamento do lar, domicílio ou local de convivência e de proibição de contato com a ofendida, de seus familiares e testemunhas por qualquer meio de comunicação, “são as que melhor se apresentam no momento”.


MATÉRIA ENVIADA PELA CORREGEDORIA GERAL DA JUSTIÇA DO MA
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 


Manifestantes bloqueiam cais de São José de Ribamar para reivindicar salários atrasados

Um grupo de manifestantes realizaram, na tarde de ontem (24), um protesto no cais de São José de Ribamar reivindicando 4 meses de salários atrasados.

Segundo os profissionais, a obra foi realizada pela EMAP, órgão ligado ao governo do Estado, por meio da empresa terceirizada G4, há cerca de 2 meses, e os trabalhadores não receberam os seus proventos.

Sem título
E os trabalhadores não receberam os seus proventos.
Durante o ato, os manifestantes fecharam o cais e, em seguida, a Polícia Militar foi acionada para conversar com os mesmos.

Até o momento, os salários não foram pagos e, os profissionais deverão fechar novamente o local em forma de protesto.

Mais de uma criança morre por dia no Mediterrâneo tentando chegar à Itália

No ano passado, 26 mil crianças deixaram o norte da África rumo à Europa.

Levantamento do Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, revela que pelo menos 200 crianças morreram desde janeiro no Mediterrâneo Central, considerada uma rota perigosa pela agência da ONU. Basicamente, mais de uma criança morta por dia tentando chegar à Itália.

Unicef pede adoção de agenda de seis pontos para garantir a segurança dos refugiados.
Entre 1 de janeiro e 23 de maio, mais de 45 mil refugiados e migrantes saíram do norte da África e chegaram ao país europeu pelo mar, um aumento de 44% na comparação com o mesmo período do ano passado.

Sem família

Esse total inclui 5,5 mil crianças desacompanhadas dos pais ou responsáveis, ou 92% de todos os menores de idade que chegaram à Itália pela rota do Mediterrâneo Central.

Ao longo de todo o ano de 2016, foram 26 mil menores de idade desacompanhados que atravessaram o mar rumo ao território italiano.

Nesta quinta-feira, crianças, voluntários, guarda costeira italiana e representantes do Unicef fizeram uma cerimônia simbólica em Palermo, resgatando barcos de papel em homenagem às milhares de crianças que perderam a vida no Mediterrâneo.

Plano de Ação

A ação aconteceu na véspera do encontro dos líderes do G7 em Taormina, na Sicília. O Unicef pede aos representantes das sete maiores economias do mundo para adotarem um plano que garanta a segurança dos refugiados.

A agência da ONU tem uma agenda de seis pontos: proteger as crianças refugiadas da exploração e violência; acabar com a detenção dos menores que buscam refúgio; manter as famílias sempre juntas; garantir que essas crianças tenham acesso à educação e a serviços de saúde; pressionar por ações relacionadas às causas de grandes movimentos de refugiados e promover o combate à xenofobia, discriminação e marginalização.


As informações são da repórter Leda Letra
Edição da ONU News

Agressor da própria mãe é preso, afirma delegado Armando Pacheco

Segundo a polícia, Roberto Elísio será apresentado hoje à tarde.

O bacharel em Direto Roberto Elísio foi preso agora pouco, na Raposa, segundo o titular da Superintendência da Polícia Civil da Capital, o delegado Armando Pacheco. Segundo o superintendente, ele será apresentado na tarde desta sexta-feira (26).

Entenda o caso

Um vídeo, que começou a circular na noite dessa quinta-feira (25), mostra o bacharel em direito Roberto Elísio espancando a mãe, a professora aposentada da UFMA Josete Coutinho de Freitas. Segundo informações do Governo do Estado, a coordenadoria do idoso já foi acionada. Em entrevista esta manhã a uma rádio, Elísio afirmou ser esquizofrênico, se disse arrependido de não ter buscado tratamento antes, mas insinuou que o vídeo pode ter sido montado.

Resultado de imagem para O bacharel em Direito Roberto Elísio foi preso
COM BARRA DE FERRO E ESPREMEDOR DE ALHO O advogado Roberto Elísio: ''Ou tu fica calada, ou tu vai internada. É o que eu te digo toda hora, porque tu tá insuportável, mamãe. Ninguém te aguenta''.
Nos vídeos, Roberto Elísio faz diversas ameaças a sua mãe e a agride com tapas, com uma pequena barra de ferro e até com o que parece ser um espremedor de alho.

Em um dos trechos ele chega a sugerir a internação da senhora – ou então sua morte. “Ou tu fica calada, ou tu vai internada. É o que eu te digo toda hora, porque tu tá insuportável, mamãe. Ninguém te aguenta”, ameaça ele, antes de agredi-la com uma pequena barra de ferro. Em outro ponto, ele diz que quer ficar sozinho na casa em que mora com a mãe. “Ninguém tá te aguentando aqui. Eu quero é ficar sozinho, eu quero é ficar só nessa casa”, diz.
quinta-feira, 25 de maio de 2017

Pesquisa do governo mostra que Temer não tem mais que 5% de popularidade

Em algumas regiões do Nordeste, aprovação é de apenas 1%.

A popularidade do presidente Michel Temer não ultrapassa os 5% e em algumas regiões metropolitanas do Nordeste do país ela é de apenas 1%. A informação é da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo desta quinta-feira (25), e consta em relatório de pesquisas realizadas pelo próprio governo na internet.

As mesmas sondagens são preocupantes para governo também entre empresários e executivos. A maioria - os números não foram divulgados - revela descrença cada vez maior na continuidade do governo do peemedebista. Eles não acreditam na viabilidade de aprovação de reformas impopulares, como a trabalhista e a previdenciária.

Resultado de imagem para MICHEL TEMER
CURTINDO 5% O presidente Michel:

As pesquisas internas confirmam.

As pesquisas internas confirmam o que institutos de pesquisa, como Ibope, Datafolha e Vox Populi, já afirmavam, antes mesmo da delação do dono da JBS, Joesley Batista, na qual Temer é acusado de dar aval para que o empresário mantivesse uma mesada para Eduardo Cunha (PMDB) com o objetivo de comprar o silêncio do deputado cassado, preso em Curitiba pela Operação Lava Jato.

Como desdobramento das gravação de uma conversa com o empresário da JBS, Temer se tornou alvo de um inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) por crimes como corrupção, obstrução de justiça e formação de organização criminosa. A Corte Suprema aguarda a perícia da gravação feita pela Polícia Federal, que deve concluir a análise em 30 dias, para decidir se dá continuidade ou não à investigação.

Ainda contra Temer, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) julga no dia 6 de junho a ação do PSDB que pede a cassação da chapa Dilma-Temer por suposto abuso de poder político e econômico, por recebimento de recursos de empresas envolvidas na Lava Jato na campanha eleitoral de 2014.


AS INFORMAÇÕES SÃO DO JB
EDIÇÃO DE ANB ONLINE 

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores