segunda-feira, 24 de julho de 2017
Andressa, Marianne e Caroline uma morena, uma loira e uma ruiva perdem a linha e mostram que, no verão, quanto mais quente melhor.

 

Caroline Redivo_ 25 anos, paranaense 

Marianne Ranieri_ 25 anos, mineira 

Andressa Ollyver_ 24 anos, paulista

Vocês fizeram um ensaio nuas pela primeira vez. Ajudou o fato de ser a três?

Marianne: Foi maneiro, a gente já tinha uma certa amizade.
Andressa: Foi legal, porque divide. Você se solta porque o foco não é só seu.

O ensaio foi feito numa trilha na mata e teve as fotos em ambiente interno. Onde vocês se sentiram mais à vontade?

Sexy
''Gosto da minha barriga e da minha bunda. E eu também gosto muito do peito das duas''.

Caroline: Eu fiquei mais à vontade na suíte. A Marianne também ajudou muito a me soltar (risos).
M: É, eu dei bebida pra ela (risos). Adivinha? Vodca!
A: Já eu preferi o segundo dia. A gente ficou no alto das montanhas de Campos, numa coisa meio cowgirl.

Quem era a mais soltinha, a mais safadinha das três?
 
C: Eu era a mais tímida, com certeza.
A: Eu fiquei mais tímida no primeiro dia, no segundo fiquei mais à vontade.
A Carol ficou mais soltinha no primeiro. A Mari já é mais dada, ficou à vontade sempre (risos).
C: É verdade!
M: Eu boto pilha, para o negócio fluir.
''Mas tem noites que você não planeja nada e tem os melhores orgasmos''.

Do que você mais gosta no seu corpo? E o que mais a atrai no corpo das outras duas?
 
C: Eu gostei muito dos meus seios novos. São a parte do meu corpo de que eu mais gosto. Gosto também do meu cabelo. O bumbum da Marianne é incrível e o olhar dela me cativou bastante. E a barriga da Andressa é muito linda, né?
M: Do que eu gosto mais em mim são os meus olhos. Nas fotos, eu gostei muito do meu bumbum também. E eu amo o peito das duas.
A: Gosto da minha barriga e da minha bunda. E eu também gosto muito do peito das duas.


Como é uma noite perfeita com um cara, é bom salientar, pra vocês?
 
C: Tem que ter todo o pacote. Flores na cama, champanhe, luz do luar se possível (risos). Mas, na hora, tem que ser uma coisa mais forte. Gosto que puxem meu cabelo.
M: Quanto ao sexo, seja mulher ou homem, eu gosto de pegada forte. Gosto de falar umas coisas, besteiras. Mas não dá pra falar aqui (risos).
A: Tem que ser num lugar bacana, com uma lingerie legal. É aquela noite que você já sabe que

vai ser “a” noite. Gosto da expectativa. Mas tem noites que você não planeja nada e tem os melhores orgasmos. Na cama, gosto que me dominem.
''Acho que o cara tem que saber fazer, senão não rola. Se eu estiver com muito tesão, quem sabe?''.
Meninas, indo direto ao ponto (risos), e sexo anal?
M: Acho que o cara tem que saber fazer, senão não rola. Se eu estiver com muito tesão, quem sabe?
C: Não gosto. Já fiz algumas vezes mas senti mais dor que qualquer outra coisa.
A: É gostoso, mas precisa ser com a pessoa certa. Aquela pessoa que te enlouquece. Se você não estiver com muito tesão, nem te dá vontade.


E, finalmente, se um cara quisesse ficar com vocês três ao mesmo tempo? Tem jeito?
 
M: Se o cara tiver peito pra isso…
A: Tem que ser muito bom…





fotos_ Nelson Miranda / edição_ Susanne Sassaki / cabelo e Maquiagem_ Emerson Bruzon / produtora de moda_ Cynthia Silva / assistente de fotografia_ Enrico Milazzotto / videomaker_ Rodrigo F. Silva/pós-edição_Fernando Atallaia
domingo, 23 de julho de 2017

Ainda que ignorado pelas pesquisas oficiais, Wellington  carrega todas as condições para fazer frente à reeleição do governador 

Ele segue sendo o deputado mais atuante do Legislativo do Maranhão.



POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR-CHEFE DA AGÊNCIA BALUARTE



O deputado Wellington do Curso(PPS) , diferentemente de sua colega de partido Eliziane Gama que mergulha dia após dia num ostracismo sem volta, dispara no campo político maranhense com biografia e atuação invejáveis. O parlamentar é o mais atuante da Assembleia Legislativa não apenas da atual legislatura, mas da história recente da Casa.


Excluído das pesquisas oficiais encomendas por dinistas e roseanistas que veem nele concorrente de peso e ameaça vigente ao projeto de reeleição do governador, Wellington segue dando o tom e a pauta da disputa a quem souber bem  aproveitar: mais da metade das denúncias feitas contra o Governo-muitas das quais lançando luz sobre as lacunas , ausências e deficiências da gestão dinista-são originárias do gabinete do deputado. Na prática, isso equivale a um posicionamento  sui generis no debate público estadual- que ainda em se desconsiderando a possibilidade do pepelista candidatar-se à cadeira do Executivo- o põe naturalmente no centro da discussão eleitoral. 

Resultado de imagem para wellington do curso
Ainda que ignorado pelas pesquisas oficiais, Wellington  carrega todas as condições para fazer frente à reeleição do governador. Ele segue sendo o deputado mais atuante do Legislativo do Maranhão.

Com uma atuação incisiva e coerente, focada na problemática social dos municípios e suas questões  gritantes, urgentes,  a postura legislativa de Wellington perpassou os limites da conduta meramente legislativa. Ele é um dos poucos deputados, ao lado de mais dois da ALEMA, a fazer frente à política governamental dos comunistas. É também dele a iniciativa de, independentemente de opção ou fé partidária, soerguer bloco existente no passado em prol das demandas sociais das populações espalhadas pelas cidades e rincões do estado.


Com todo esse escopo e detentor de centenas de ações parlamentares em prol dos maranhenses da Grande São Luís e municípios, o mandato de Wellington assombra aqueles que pensam ser principal alternativa à reeleição de Flávio a tática da polarização. Mas como bem ensina Roland Barthes ‘ao não percebemos a realidade radical-aquela fincada em dados e situação concretos- esbarramos em ilusão construída’. As  pesquisas até aqui realizadas remontam às velhas articulações oligárquicas do centralismo e, obviamente,  que os nomes de fato ameaçadores teriam que ficar de fora. Ainda que citados, terão sempre que amargar desprestigio, posição coadjuvante ou inexpressiva. A constatação serve para as próximas pesquisas a agora já atenta leitura do eleitor.

Resultado de imagem para flavio dino
Vai de encontro aos interesses palacianos , rocheanos e sarneyseanos, encontrando nos anseios populares sua maior guarida.

Na contramão desse cenário –boa parte fantasioso e ideologicamente manipulado- a atuação de Wellington do Curso vai de encontro aos interesses palacianos , rocheanos e sarneyseanos, encontrando nos anseios populares sua maior guarida. Os maranhenses reconhecem o trabalho que vem sendo desenvolvido de forma obstinada, incansável e destemida pelo parlamentar. Único nome, a bem da verdade, com reais condições de se impor à candidatura de Dino em 2018. 


Com aval e aprovação dos maranhenses desassistidos ou pouco representados.


Coordenação do Hospital Universitário visitou equipamentos de saúde de São José de Ribamar para implantação de residência médica
 
A cidade de São José de Ribamar, terceira maior do estado,  recebeu na manhã da última quinta-feira (20) a visita técnica do ex-reitor da UFMA e atual assessor do Hospital Universitário (HU) Natalino Salgado, juntamente com o coordenador do Núcleo de Telessaúde do HU, Humberto Serra e a superintende do hospital universitário da UFMA, Joyce Santos Lages.

O objetivo é reconhecer e avaliar as instalações dos equipamentos de saúde de São José de Ribamar, bem como a estrutura da Atenção Básica de Saúde para implantação da residência médica. Os técnicos avaliaram as instalações do Hospital e da Maternidade Municipal e a Unidade Básica de Saúde do Recanto Verde, identificando em quais áreas serão implantadas as primeiras vagas de residência médica na cidade.

Na UBS do Recanto Verde, a propósito, que atende moradores de conjuntos habitacionais e bairros próximos da MA-201, nas imediações do shopping Pátio Norte, foi registrada uma das primeiras ações da atual gestão no início do ano. Praticamente fechada, a UBS passou a funcionar em apenas 20 dias da nova administração, oferecendo ao público atendimentos nas áreas de Enfermagem, Médica, Odontologia, Exames, entre outros serviços.

Resultado de imagem para Coordenação do Hospital Universitário visita equipamentos de saúde de Ribamar para implantação de residência médica
Coordenação do Hospital Universitário visitou equipamentos de saúde de São José de Ribamar para implantação de residência médica.
 
Para o prefeito Luis Fernando Silva, a visita foi de extrema importância porque ratifica uma parceria que sem dúvida, prepara o município para se transformar num grande polo voltado ao atendimento da saúde. “Nossa cidade está muito honrada em receber a equipe, uma vez que esse é um sonho que estamos realizando. Tenho certeza absoluta que essa parceria trará ganhos significativos para a nossa população”, comemorou o prefeito.

O ex-reitor da UFMA e assessor do HU, Natalino Salgado, parabenizou as ações implementadas pelo prefeito na saúde do município. “A qualificação de residência faz o município melhorar e isso somado ao bom trabalho desenvolvido pelo prefeito compromissado com a gestão publica, trará melhorias em todo o atendimento no Hospital e na Unidade Básica de Saúde”, ressaltou, evidenciando ainda o potencial do município para se tornar um hospital escola e laboratório para os atuais e novos profissionais médicos.

A superintendente do hospital universitário da UFMA, Joyce Santos Lages, avalia que o município ribamarense está dando um grande passo no desenvolvimento da saúde. “Além de garantir a qualificação de profissionais da saúde, a implantação também representa um investimento no setor da saúde, uma vez que se soma a um conjunto de projetos e ações que venham ser desenvolvidas, tudo isso pensando na garantia do direito a um sistema de saúde público, integral e eficiente para a população da cidade”, finalizou.

JBS diz que esquema começou em MS e entrega listas de nomes e notas fiscais

Os irmãos Wesley e Joesley Batista revelaram em delação premiada que o esquema de corrupção da qual a JBS é participante começou no Mato Grosso do Sul. O esquema, segundo os executivos, teria durado 13 anos, e funcionaria com base em falsas vendas de gado para disfarçar pagamentos de propina a autoridades no Estado.

Os empresários entregaram ao MP uma lista com nomes e notas fiscais com simulações de compras dos animais, que nunca foram levados para o abate. 
Wesley também declarou que a JBS fez doações oficiais e via caixa dois a Reinaldo Azambuja (PSDB), atual governador, e Delcídio do Amaral (PT), que disputaram o segundo turno ao governo do Estado em 2014. De acordo com ele, as vendas de gado eram inventadas para justificar a saída do dinheiro da JBS. 
Resultado de imagem para JBS diz que esquema começou em MS e entrega listas de nomes e notas fiscais
O pecuarista vendeu 140 cabeças de gado à JBS, por R$ 333 mil, em dezembro de 2016. Os caminhões deveriam levar os animais da fazenda dele, mas nunca foram entregues.
"O Joesley negociou com o Delcídio e com Reinaldo que se o Reinaldo ganhasse, um ia pagar a conta do outro. Ele [Delcídio] recebeu um valor relevante, R$ 12 milhões, tem várias notas frias, dinheiro em espécie. E como ele não foi eleito e foi o Reinaldo, o Joesley falou: 'ó, a conta do Delcídio é sua'", diz Wesley em trecho da delação.

O empresário afirmou que o esquema era antigo e que durou, pelo menos, 13 anos, mas que teria sido interrompido no ano passado devido às investigações da Lava Jato. "Esses pagamentos aqui, que são os mais recentes, R$ 12.900.000 para empresa Buriti, e todos esses aqui, que são pessoas físicas, são produtores que emitiram notas fiscais contra nós", completa Wesley na delação.

Um desses produtores seria o secretário de fazenda de Mato Grosso do Sul, Márcio Monteiro. O pecuarista vendeu 140 cabeças de gado à JBS, por R$ 333 mil, em dezembro de 2016. Os caminhões deveriam levar os animais da fazenda dele, mas nunca foram entregues.

Outros secretários também estão envolvidos. Zelito Alves Ribeiro, coordenador político do governo, teria emitido notas fiscais que totalizaram R$ 1,758 milhão. Nelson Cintra, ex-secretário de Turismo e coordenador político do governador, recebeu cerca de R$ 300 mil.


AS INFORMAÇÕES SÃO DO JB
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE
segunda-feira, 17 de julho de 2017

Prefeitura disciplina trânsito na Avenida Panaquatira

Com o intuito de orientar, disciplinar e melhorar a fluidez do trânsito durante os fins de semana, a Prefeitura de São José de Ribamar, por meio da Secretaria Municipal de Transporte Coletivo, Trânsito e Defesa Social, SEMTRANS, deu início ao disciplinamento do trânsito na Avenida Panaquatira. O trecho compreendido entre o Centro Comercial e a descida do Zé Vaqueiro, será desviado a partir dos horários pré-estabelecidos.

Resultado de imagem para estrada de panaquatira
Na avenida, o tráfego de veículos será alterado, ficando mão única aos fins de semana, para quem segue sentido Centro Cormecial do J. Câmara e o bairro Multirão.
Na avenida, o tráfego de veículos será alterado, ficando mão única aos fins de semana, para quem segue sentido Centro Cormecial do J. Câmara e o bairro Multirão. Já para o condutor que segue sentido Sítio do Apicum ou multirão a J. Câmara, chegando no conhecido Zé Vaqueiro, os condutores deverão entrar à direita na Rua São José, e em seguida, entrar à esquerda na Travessa Miritiua e seguir até a Rua João Alves Carneiro, que dá acesso de volta a Avenida Panaquatira. 

De acordo com o secretário da SEMTRANS, coronel Araújo, as medidas emergências são resultado da determinação do prefeito Luis Fernando, em melhorar o trânsito não só na Avenida Panaquatira, mas em todas as vias da cidade. "A medida é em caráter experimental, mas no caso dessa avenida além de uma das mais movimentadas é a principal de acesso ao ponto atrativo da Cidade, e por essa razão, a importância de receber as intervenções”, disse o coronel.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB