sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
Fundador da Frente de Libertação de São José de Ribamar foi incisivo: ''Não ficarei de fora de um processo iniciado por mim, quando fundei a Frente de Libertação de São José de Ribamar  em 2012’’.

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Quando em 2012, o líder político Marco Aurélio Ferreira dava inicio às articulações que originariam a Frente de Libertação de São José de Ribamar-FLSJR, a realidade da terceira maior cidade do Maranhão era apática nos muitos aspectos da vida ribamarense, entre estes o político.

‘’Recordo de que até 2012, o debate político em São José de Ribamar tinha inicio apenas 3, 4 meses antes da eleição. Mudamos essa realidade, reunindo em torno da Frente de Libertação de São José de Ribamar nomes promissores da política local para debater a realidade social  da cidade com antecedência; alguns desses nomes são, hoje, vereadores; outros continuam em plena atividade no município. Mudança de mentalidade iniciada por nós nesse ano’’, relembra Marco Aurélio.
Resultado de imagem para marco aurelio ferreira sao jose de ribamar
SÃO  JOSÉ DE RIBAMAR ‘PEGANDO FOGO’ O líder político Marco Aurélio Ferreira: ''Não ficarei de fora de um processo iniciado por mim, quando fundei a Frente de Libertação de São José de Ribamar  em 2012’’.
Inspirando uma nova geração de lideres políticos locais, o movimento comandado por Marco Aurélio desencadeia há seis anos  movimentações  em torno do cenário social do município. A FLSJR foi responsável pela formação de uma  consciência  política até então inexistente. Em contato com a Agência Baluarte, Aurélio comentou o fato.

‘’Naquele momento tínhamos certeza que a conhecida polarização entre apenas dois candidatos precisava sofrer uma ruptura, abrindo espaço para um leque de vozes ainda no anonimato. Nós fomos pioneiros na quebra dessa dicotomia e o resultado está  aí: um ambiente democrático, povoado de alternativas para que os ribamarenses, a seu modo, possam fazer a melhor escolha’’, destacou  o líder.

Participação em 2020- ‘’Não ficarei de fora de um processo iniciado por mim, quando fundei a Frente de Libertação de São José de Ribamar em 2012’. Com essa afirmação, Marco Aurélio Ferreira foi lacônico ao asseverar que o pleito de 2020,  que ocorre daqui a seis meses,  terá  sua participação. Ele   assinalou que a eleição tende a se formatar à percepção do eleitor ribamarense  entre os meses maio e junho.

‘’Entre os meses maio e junho muita coisa será definida no âmbito eleitoral,  alianças político-partidárias, parcerias,  e nós estaremos, por legitimidade, participando diretamente do processo eleitoral ribamarense, como nos é de direito,  pelas muitas ações empreendidas e realizadas pela Frente de Libertação na cidade e que entraram, definitivamente, para a história política recente do município. A nossa  participação social pungente, grandiosa, nos avaliza a participar da eleição como protagonistas do processo’’, afirma Marco Aurélio.
Ministério da Saúde reconheceu atuação da Semus na prevenção às ISTs
São Luís é uma das nove capitais selecionadas no país pelo Ministério da Saúde (MS) para execução do projeto Oficina de Pactuação da Agenda do Projeto Estratégico de Centros de Testagem e Aconselhamento (CTA) da pasta federal, que servirá de base para melhorias em unidades de assistência contra Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs) em países da América Latina. A capital foi escolhida, de acordo com o MS, pelos bons serviços prestados no atendimento a pessoas infectadas com doenças relacionadas ao ato sexual e outras formas de contaminação, uma das frentes de atuação da política de saúde preventiva da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.
São Luís é uma das nove capitais selecionadas no país pelo Ministério da Saúde para execução do projeto Oficina de Pactuação da Agenda do Projeto Estratégico de Centros de Testagem e Aconselhamento da pasta federal. 
O projeto, que deve começar em março deste ano e que terá como polo para funcionamento na capital o CTA Lira (situado na Praça do Lira, Centro), será acompanhado pela Organização Pan-Americana de Saúde (OPAS) - unidade internacional referência na saúde pública. A confirmação da escolha de São Luís foi feita nesta sexta-feira (14), em reunião em Brasília (DF), que contou com a participação de integrantes da coordenação municipal das ISTs/AIDS e Hepatites Virais da capital maranhense, além da direção-geral do CTA Lira.
“É uma excelente oportunidade que estamos tendo com esse projeto já que podemos identificar o trabalho assertivo e atencioso que a Prefeitura tem realizado na cidade através das  políticas da gestão do prefeito Edivaldo voltadas ao combate e tratamento das IST/AIDS e Hepatites Virais. Esse projeto irá reforçar o trabalho que estamos realizando no enfrentamento das Infecções Sexualmente Transmissíveis”, disse o secretário municipal de Saúde, Lula Filho.  
Uma das frentes de atuação da política de saúde preventiva da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Junior.
No total, ainda segundo informações do MS, foram mais de 500 CTAs que participaram da seleção e, de acordo com a pasta, a pactuação levantará indicadores e definirá, nos próximos meses, as diretrizes de monitoramento dos casos de ISTs. A partir daí, políticas serão elaboradas e contarão com o financiamento do Ministério da Saúde e da OPAS.

O coordenador municipal do programa IST/AIDS e Hepatites Virais de São Luís, Wendel Alencar, cita a importância da escolha para a cidade. “É importante a escolha, pois demonstra que São Luís tem se tornado referência no enfrentamento das ISTs/AIDS, consequência do trabalho que estamos realizando, com a orientação do prefeito Edivaldo,  focado nos testes rápidos, palestras além de tratamento para aqueles que necessitam”, disse.
Além da oferta dos CTAs Lira e Anil, e do SAE no Centro de Saúde do Bairro de Fátima, a estratégia para o controle das ISTs envolve palestras e trabalhos de aconselhamento. 
Além da oferta dos CTAs Lira e Anil, e do SAE no Centro de Saúde do Bairro de Fátima, a estratégia para o controle das ISTs envolve palestras e trabalhos de aconselhamento em estabelecimentos comerciais.
No pré-Carnaval da capital maranhense, as ações de prevenção de IST/AIDS e Hepatites Virais ocorrem em vários pontos. Na quinta-feira (13), o Secretário Municipal de Saúde, Lula Filho, e a equipe do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), visitaram profissionais do sexo e distribuíram preservativos e géis lubrificantes no Terminal do Anel Viário em São Luís.
Resultado de imagem para lula filho agencia baluarte
O secretário de Saúde de São Luís, Lula Filho: ''É uma excelente oportunidade que estamos tendo com esse projeto já que podemos identificar o trabalho assertivo e atencioso que a Prefeitura tem realizado na cidade através das  políticas da gestão do prefeito Edivaldo voltadas ao combate e...''. 
Na sexta-feira (14), a partir das 19h, as ações estarão concentradas nos bares da Avenida Litorânea e bares da Lagoa da Jansen. No sábado, (15), a partir das 15h, a equipe estará na Beira-Mar e no domingo (16), às 8h30, as equipes estarão na Feirinha São Luís, na Praça Benedito Leite.
terça-feira, 25 de fevereiro de 2020
Carnaval na Balneária é para  vice de Fernando Moura oportunidade de angariar apoios ressacados
Prefeito e grupo correm contra o tempo para bater principal concorrente no próximo levantamento a ser divulgado

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Se Hilário Jovino Ferreira estivesse vivo,  questionamentos não faltariam ao eterno vice-prefeito de São José de Ribamar, José Eudes Sampaio(PTB), sobre o carnaval organizado pela prefeitura em solo local.

A gestão do grupo ao qual José Eudes faz parte não conseguiu, em 15 anos, resgatar a identidade do carnaval ribamarense, suas manifestações tradicionais, genuínas. Muitas das quais, por descaso do Governo municipal, já extintas.
Resultado de imagem para EUDES SAMPAIO SAO JOSE DE RIBAMAR
SE HILÁRIO JOVINO FERREIRA...O eterno vice José Eudes: fanfarras para decolar, ele corre contra o tempo. 
Sucumbindo à campanha eleitoral deste ano, é  a primeira vez na história ribamarense que a prefeitura apela para um bordão anti-carnavalesco, na tentativa de chamar atenção do eleitor-folião. Com ‘Valorização, Alegria e Segurança’, os ribamarenses não foram sequer presenteados com um tema carnavalesco neutro, lúdico. A folia ganhou ares de politicalha.

Anunciando ‘11 circuitos oficiais’,  prefeitura e secretaria de Cultura tentaram desviar atenção para a falta de investimento no carnaval de passarela. A terceira maior cidade do Maranhão, há quase duas décadas, não tem a cena  revitalizada. Nas redes, o líder nas pesquisas para o pleito de 2020, Jota Pinto(PDT), criticou a atuação da gestão de Sampaio na edição do período momesco. Para Pinto, a prefeitura, na atual gestão, só beneficia a comissão de frente do prefeito. ‘’Infelizmente, o carnaval local não tem apoio da gestão municipal. Apenas um grupo em volta do gestor. Ribamar tem um potencial cultural grande, mas sem nenhum investimento’’, disse.
Resultado de imagem para jota pinto
Primeiro nas pesquisas, Jota Pinto criticou a atual gestão: ''Infelizmente, o carnaval local não tem apoio da gestão municipal. Apenas um grupo em volta do gestor. Ribamar tem um potencial cultural grande, mas sem nenhum investimento’’.  
Entre pierrôs, arlequins e colombinas, o pantaleão-mor saiu às ruas da Balneária em busca de apoio. Na purpurina intenção de pontuar bem no próximo levantamento,  as fanfarras são  apostas dos governistas para por Sampaio à altura da disputa numa conjuntura arrevesada. Representantes do continuísmo em São José de Ribamar veem no lava-pratos e no São João de 2020 as únicas saídas para que o prefeito decole.

Vale  até descer na boquinha da garrafa. 
É cada vez mais relevante o fato de que o projeto político do deputado licenciado corresponde às expectativas dos ludovicenses na  atualidade
Pré-candidatura de Júnior ao Executivo da capital maranhense caminha para liderar na predileção

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

No mês em que o secretário de Cidades, Rubens Júnior, foi homenageado pelo Serviço Travessia, projeto presente em 43 municípios do Maranhão, o titular da Secid anunciava  a titulação de 1000 famílias da região da Cidade Olímpica. A ação é um sonho realizado para os ludovicenses dos  residenciais Sarney e  José Reinaldo Tavares.

Júnior intensifica ações na Secretaria para a qual foi designado pelo governador Flávio Dino para desenvolver projetos que beneficiem na capital os bairros de São Luís. No Maranhão, a presença da Secid se faz ouvir estado afora.
Resultado de imagem para rubens juniior
ÀS ESPERANÇAS ACUMULADAS O pré-candidato a Prefeito de São Luís, Rubens Júnior: caminhando para liderar na predileção do eleitorado, projeto político avança. 
Entre vistorias, anúncios de novas obras e medidas institucionais, o secretário concilia o pré-candidato a Prefeito no projeto político do seu partido, PCdoB, que busca verter os  anseios de uma população carente de alternativas, resultados, contemplações. O programa de campanha a ser formulado em breve, será resultante das muitas andanças de Rubens Júnior pelas comunidades das zonas Rural e Urbana de São Luís.

Dentro desse contexto já é possível perceber, concretamente, o crescimento político-eleitoral da pré-candidatura, hoje uma das mais viáveis-por mérito conceitual, de preparo e engajamento- no cenário  para a sucessão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior(PDT). Caminhando de forma independente e propositiva, o projeto político do PCdoB, representado por Júnior, vem anotando adesões pulverizadas de públicos vários e até dos simpatizantes dos chamados segmentos ranzinzas como a direita e a ultra esquerda ludovicense.

Prestes a liderar na predileção do eleitorado da capital, o pré-candidato se destaca entre os demais por dialogar com as expectativas dos ludovicenses para os próximos anos. Temas já tratados por ele na esfera do Legislativo estadual, federal e mesmo no Executivo agora ganham corpo e maior representatividade. Ganham voz.

A voz daqueles que  já veem em Rubens Júnior o nome capaz de dá sentido às esperanças acumuladas. 
segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020
PDT, PRB, PL, PCdoB e PSDB disputam entre si 1º lugar no protagonismo do cenário
Conjuntura de 2022 será consequência do desempenho das legendas na eleição de outubro

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

A figura caricata, eleitoreira de Josimar Maranhãozinho, deputado que vem fazendo grande parte da classe política maranhense unir dois dedinhos em sinal de apoio às suas pretensões, diz muito do que a eleição de 2022 terá como fundamento: poder econômico e político.
Resultado de imagem para josimar maranhaozinho
DOIS DEDINHOS O deputado Josimar Maranhãozinho: reunindo os ávidos por dinheiro, ele pretende passar por cima de Roberto Rocha, Carlos Brandão e Weverton Rocha. 
Josimar busca, à cambulhada, preencher todos os espaços do cenário eleitoral de 2020, no afã de chegar  em 2022 à frente de Roberto Rocha, Carlos Brandão e Weverton Rocha. Há uma semana lançou a esposa pré-candidata a Prefeita de São Luís.

O pleito deste ano será   o pleito da disputa entre os principais partidos do Maranhão. PDT, PRB, PL, PCdoB e PSDB buscam fazer o maior número de vereadores e prefeitos na Grande São Luís e cidades do interior. Em São José de Ribamar, o PDT deve marcar posição diante de um combalido PSDB e de um inexistente PCdoB local.
Resultado de imagem para roberto rocha
Roberto Rocha lidera os tucanos no estado: Na Grande São Luís, partido ainda precisa deslanchar.

Em cidades como Paço do Lumiar e Raposa, os tucanos seguem tímidos, ao lado de republicanos sem espaço no Governo do Estado. Carlos Brandão mantem o estilo tácito, distanciando e ainda prefere negociar diretamente com prefeitos e políticos de mandato.
Carlos Brandão: de estilo tácito, distanciado, diálogo apenas com prefeitos e políticos de mandato. 
O fato é que o PRB vem perdendo espaço na predileção do eleitorado, por sua vitalícia condição de legenda de aluguel, sem participação no debate público estadual. Essa realidade se vê refletida também no PL, partido aonde o chamariz do dinheiro vem sendo referência a pré-candidatos e filiados.

Apesar das intenções estritamente políticas virem caracterizando a eleição de  2020, já em 2022 a tendência é um campo pavimentado por maior engajamento social. As siglas de direita para a eleição de outubro próximo e as de ultra esquerda ainda não fincaram presença  nas movimentações. 
Resultado de imagem para weverton rocha
O PDT do senador Weverton Rocha já lidera o protagonismo na terceira maior cidade. 
Mas uma briga cerrada pelo protagonismo embala os bastidores, apesar dos cinco principais partidos ainda limitarem-se  aos antigos acordos entre quadros já conhecidos, ignorando  as novas vozes da politica maranhense- que somadas devem eleger os candidatos anunciados-, a guerra por poder não deixou de se intensificar. 
O agora secretário do Governo do Estado articula ser o Vice de Carlos Brandão em 2022
Moura da Silva precisa vencer as eleições em São José de Ribamar através de Zé Eudes

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

O sonho íntimo, pessoal, idiossincrático, quase inato do hoje secretário de Projetos do Executivo maranhense, Fernando Moura da Silva de chegar ao comando do Governo do Estado já ganha desdobramentos concretos há oito meses, quando se formatou o projeto de reeleição do auxiliar de Moura, Dr. Sampaio, à prefeitura de São José de Ribamar.

Fernando Moura precisa eleger Sampaio na Balneária para oxigenar a influência junto ao Governo, visando ser alçado a Vice  de Carlos Brandão em 2022. Outros sete nomes da base aliada de Dino disputam a vaga. Em campanha aberta pela presidência da República, o governador está cada vez mais distante da gestão estadual, onde já delegou a Carlos, praticamente, o comando.
Resultado de imagem para luis  fernando e carlos brandao
PSICANALÍTICA? Fernando Moura da Silva e Carlos Brandão:  única maneira de Moura chegar ao Governo do Maranhão é sendo vice: articulação já começou.

Conhecido pelo elevado nível de oportunismo, Fernando Moura da Silva tentou chegar ao Palácio dos Leões via Sarneys, desistindo da candidatura pelo grupo famigliar  em plena articulação. O prefeito que também desistiu de São José de Ribamar por duas vezes, tem um histórico de desistência digno  de análise psicanalítica. Nos bastidores, se sabe que Moura da Silva, naquela ocasião ainda um sarneysista, temeu ter a vida anti-republicana devassada. 

A resistência ao seu nome por parte do oligarca José Sarney  também foi um dos fatores determinantes. Sarney sempre viu em Fernando Moura falsidade ululante,  transparente. Agora com o pleito de 2020- como revelou em primeira mão a Agência Baluarte há um ano- servindo como catapulta às carreiras políticas dos pretensos pré-candidatos ao Palácio-, os desejos pessoais obedecem à configuração eleitoral deste ano, mas o cenário já não é o mesmo: acostumado a fechar questão com os chamados políticos profissionais supostamente detentores de grupos em cidades e municípios, Carlos Brandão terá de rebaixar-se à tratar com segmentos, movimentos e os chamados políticos independentes.

As parcerias diretas com prefeitos, ex-prefeitos, vices já não é a mesma dos tempos passados.


sábado, 22 de fevereiro de 2020
SÃO JOSÉ DE RIBAMAR ‘PEGANDO FOGO’
Pré-candidato a Prefeito pelo partido, Pinto ignora os  ataques desferidos pelos governistas contra ele
Para o presidente municipal da sigla, a legenda de Jackson Lago será o partido dos ribamarenses a partir de março

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Se depender do pré-candidato a Prefeito de São José de Ribamar e presidente municipal do PDT, Jota Pinto, a legenda trabalhista  começa a partir de março uma trajetória impar  na terceira maior cidade do Maranhão, agora sob a perspectiva histórica do trabalhismo.

Relegado  ao fracasso durante anos no município quando  foi apenas usado como dispositivo eleitoreiro pelos presidentes anteriores, o partido- um dos mais importantes da conjuntura politica estadual- agora sob novo comando terá, segundo Pinto, a  relevância resgatada pelo novo diretório.
Resultado de imagem para jota pinto pdt
SÃO JOSÉ DE RIBAMAR ‘PEGANDO FOGO’ Pré-candidato a Prefeito pelo partido, Pinto ignora os  ataques desferidos pelos governistas; legenda de Jackson Lago será o partido dos ribamarenses a partir de março.  

‘’Faremos do PDT o partido dos ribamarenses, com a formação de  comissões atuantes em toda cidade, sede e debate partidário com foco na realidade do nosso povo. Os ribamarenses terão no PDT um aliado contra dos desmandos e desigualdades, e em prol de justiça social para todos’’, afirma Jota Pinto.

O pré-candidato- principal alvo dos governistas em São José de Ribamar- ignora há meses os ataques desferidos pela chamada ala do atraso ligada ao atual prefeito Eudes Sampaio, o Dr. Sampaio, do PTB. Para  Pinto, a pré-candidatura do movimento Aliança Ribamarense ao Executivo municipal está muito aquém do show de mesquinharias patrocinado pelo grupo que domina a Balneária há 15 anos.

‘’Nossa pré-candidatura a Prefeito, assim como o fortalecimento do PDT em São José de Ribamar, são duas bandeiras em defesa dos direitos dos ribamarenses. Não temos nada a temer. Nosso projeto é propositivo. Temos uma mensagem de esperança à nossa população, que em termos práticos obedece ao próprio desejo da cidade em renovar, mudar, prosperar. É um anseio da nossa gente’’, destaca Pinto.
terça-feira, 11 de fevereiro de 2020
Presença de Fernando Moura da Silva em evento de Sampaio retardou possível crescimento de Eudes diante de Pinto 
População espinafrou nas ruas

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE
atallaia.baluarte@hotmail.com

A participação de Fernando Moura da Silva-prefeito que desistiu de São José de Ribamar por duas ocasiões- no evento de lançamento da pré-candidatura de Sampaio causou embaraço no grupo governista que há quatro  dias vem tendo de conviver com críticas pontuais da população local acerca da ingerência de Moura no projeto continuista de Eudes. 
Resultado de imagem para pedro lucas fernandes eudes sampaio
SÃO JOSÉ DE RIBAMAR ‘PEGANDO FOGO’ O presidente estadual do PTB, Pedro Lucas Fernandes destacou que São José de Ribamar não precisa de ‘aventureiros’: injeção de ânimo  que saiu pela culatra.
Fernando Moura- que é visto na Balneária como um aventureiro por não ter honrado o voto depositado nele pelos ribamarenses, andando, há anos, às idas e vindas do cargo para o qual fora eleito no município -, com a presença no evento  ajudou a retardar a possibilidade de crescimento do prefeito diante de Jota Pinto, líder nas pesquisas.
 
Com uma organização que não levou em conta a transferência de desgaste, o PTB, partido de José Eudes Sampaio, vem sendo espinafrado pela opinião pública nas quatro regiões do município durante a tarde desta terça-feira(11). A injeção de ânimo do presidente da sigla, Pedro Lucas Fernandes, quanto à permanência do grupo de Fernando Moura em São José de Ribamar acabou por criar um efeito contrário. Longe dos holofotes midiáticos patrocinados pela prefeitura, os ribamarenses lá fora, nas ruas, repudiaram partido, prefeito e desistente. 

Saiu pela culatra.
segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020
Público-alvo desta fase são crianças e jovens entre 5 e 19 anos que podem comparecer aos postos municipais até 13 de março; ação integra a política de saúde preventiva da gestão do prefeito Edivaldo

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus) abriu, nesta segunda-feira (10), a primeira fase da campanha de vacinação contra o sarampo para pessoas entre 5 e 19 anos de idade. De acordo com a programação da pasta, com base em orientação do Ministério da Saúde (MS), a imunização acontecerá até o dia 13 de março deste ano. No próximo sábado (15), está previsto Dia D com a mobilização de profissionais (enfermeiros, técnicos de enfermagem e representantes do setor administrativo) que estarão à disposição nas unidades da rede municipal das 8h ao meio-dia. A vacinação integra as estratégias de saúde preventiva implantada pelo prefeito Edivaldo Holanda Junior. 
ENTRE 5 E 19 ANOS DE IDADE A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde abriu nesta segunda-feira a primeira fase da campanha de vacinação contra o sarampo. 
No primeiro dia da campanha, unidades de saúde como o Centro de Saúde Paulo Ramos, no Centro, a movimentação foi grande. Na maioria dos casos, o público-alvo ou os responsáveis legais portavam a carteira de vacinação, item obrigatório para o procedimento.

Conforme o setor de Imunização da Semus, as pessoas que se deslocarem às unidades de saúde durante a campanha sem o cartão ou a caderneta de vacinação receberão uma dose da vacina tríplice viral e serão convocados a comparecer às unidades em até 30 dias.
Nesta etapa, são aplicadas as doses ao público que ainda não foi vacinado contra a doença ou que esteja com o esquema de vacinação incompleto.
Nesta etapa, são aplicadas as doses ao público que ainda não foi vacinado contra a doença ou que esteja com o esquema de vacinação incompleto. Pessoas que não receberam as duas doses da tríplice viral (sarampo, caxumba e rubéola) também deverão receber a vacina contra o sarampo.
Para o secretário de Saúde de São Luís, Lula Filho, a campanha dá prosseguimento à política de atenção do município colocada em prátia na gestão do prefeito Edivaldo. “Sabemos que a melhor forma de combater as enfermidades é pela prevenção. E dentro do que preconiza nossa política de assistência, com base em orientação do Ministério da Saúde, a gestão do prefeito Edivaldo iniciou hoje uma campanha que, sem dúvida, atingirá os objetivos de cobertura”, afirmou.
“Sabemos que a melhor forma de combater as enfermidades é pela prevenção. E dentro do que preconiza nossa política de assistência, com base em orientação do Ministério da Saúde, a gestão do prefeito Edivaldo iniciou hoje uma campanha que, sem dúvida, atingirá os objetivos de cobertura”. 
A dona de casa Monique Freitas esteve no Centro de Saúde Paulo Ramos nesta segunda-feira (10) para vacinar o filho, Kayky, de 6 anos. “Ele não tomou todo o ciclo de vacina e a campanha é importante para meu filho se vacinar e ficar totalmente protegido contra o sarampo”, afirmou. A segunda etapa da campanha contra o sarampo em 2020 acontecerá em agosto.
Se pautando pelos movimentos do pré-candidato do PDT, Jota Pinto, Fernando Moura da Silva, Eudes Sampaio, vereadores e demais amealhados partiram para o ataque
Eles seguem à risca o que a  coordenação da pré-candidatura de Pinto realiza  na cidade

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

O lançamento da pré-candidatura do petebista Eudes Sampaio neste sábado (8) serviu para consignar o que a estratégia do grupo governista comandado pelo prefeito renunciante  Fernando Moura da Silva fará daqui para frente na terceira maior cidade do Maranhão.
Resultado de imagem para jota pinto pre-candidatura a prefeito de sao jose de ribamar
SÃO JOSÉ DE RIBAMAR 'PEGANDO FOGO' O pré-candidato do PDT, Jota Pinto: dando o tom da disputa, governistas vem se pautando por ele. 
Como já havia revelado em primeira mão a Agência Baluarte, Moura, Sampaio, vereadores e amealhados tentam responder aos movimentos do pré-candidato do PDT, Jota Pinto, na Balneária. Mentor do projeto político do grupo que se arrasta há 15 anos em São José de Ribamar,  parte de Fernando Moura, segundo apurou ANB Online, os desígnios malfadados que vem pautando as ações de Sampaio no campo político.

Os ‘donos da cidade’- Por mais rechaçados que estejam pelas quatro regiões do município, Moura e Sampaio creem serem eles  os ‘os donos da cidade’ e falam como tal. Diante de uma plateia de funcionários da prefeitura e pseudolideranças  esperançosas em ser  contempladas com as conhecidas barganhas eleitoreiras, Moura ‘desautorizou’ no palco ‘aluguel de casas a forasteiros’. Uma alusão aos novos pré-candidatos que, a pedido da população local- puseram os nomes à disposição do eleitorado contra os desmandos,   truculência e centralismo dos governos de ambos.

É a primeira vez em 12 anos. 

O evento permitiu aos mais de 230 mil ribamarenses identificar a que pé  está a instabilidade emocional do grupo, temeroso em perder o poder na Balneária; não acostumado a concorrer em eleições, ganhando a todas no rescaldo do WO. É a primeira vez em 12 anos que Fernando Moura da Silva e Eudes Sampaio concorrem,  de fato, a um pleito sem contar com a folga proporcionada por candidatos inviabilizados judicialmente.

Medo da inadequação- O temor dos governistas vai de encontro a uma cena oposicionista  legitimada  pelo clamor popular que pede alternância no Executivo; mudança numa Câmara Municipal devassada pela corrupção. A grande maioria dos ribamarenses entoa o mesmo coro por uma nova gestão em São José de Ribamar na atualidade. Pesquisas divulgadas confirmam a tendência por renovação.
Luis Fernando e Eudes Sampaio
PELAS 139 COMUNIDADES DO MUNICÍPIO Bem assinalado há dois dias. 
O desespero, contudo, bem assinalado  na fala de Fernando Moura há dois dias, reivindica para si um espaço que já não pertence aos governistas: em quase duas décadas, eles abandonaram o município à própria sorte , optando por relações promiscuas, com foco em interesses pessoais; indicaram ineptos; fizeram da cidade uma casa particular  em detrimento do interesse coletivo. O resultado é um só: uma cidade destruída, avacalhada,  sem rumo. Na contramão dessa realidade, gerações e gerações de ribamarenses   os querem longe da administração, como se vê claro pelas 139 comunidades  do município. O temor de Moura e Sampaio, assim como o do grupo é não saber lidar com a derrocada. Nunca se imaginaram longe das benesses da prefeitura. 

É a primeira vez.
SÃO JOSÉ DE RIBAMAR ‘PEGANDO FOGO’
Pré-candidatos a Prefeito vêm sendo cobrados a anunciar nomes que comporão cabeça de chapa

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

Excetuando-se os três pré-candidatos a Prefeito de São José de Ribamar  que há um ano blefam afirmando que concorrerão  ao Executivo em outubro, os ribamarenses querem saber dos demais quem serão os vices que comporão a cabeça de chapa de suas candidaturas.
Resultado de imagem para sao jose de ribamar
BALNEÁRIA 2020 Pré-candidatos a Prefeito vêm sendo cobrados a anunciar nomes que comporão cabeça de chapa.
Numa acirrada disputa pela cadeira do Executivo, o atual prefeito Dr. Sampaio terá, possivelmente, em  seu palanque o secretário de Saúde Thiago Fernandes- indicação de Fernando Moura da Silva-, ao passo que o fundador da Aliança Ribamarense, Jota Pinto, tem no amigo de longa data vereador Negão a confiabilidade necessária para a composição.

Outros nomes de menor destaque já estão na mira dos demais pré-candidatos. Entre eles, dois forasteiros ( políticos oriundos de outros estados) e um ludovicense com residência fixa na Balneária há apenas  uma semana. Nenhuma novidade para além daquela que aponta para indicações grosseiras por presidentes estaduais de partidos.
Vice que substituiu Fernando Moura da Silva- agora na condição de prefeito-vai à reeleição daqui a sete meses
Os 230 mil munícipes da cidade o acusam de ser forasteiro porque Dr. Sampaio não é ribamarense
Ele é do Ceará

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE

O vice-prefeito de São José de Ribamar, Zé Eudes, conhecido na cidade como Dr. Sampaio-agora na condição de prefeito- vem enfrentando uma onda de rejeição à sua naturalidade, por parte dos ribamarenses , digna dos piores dos achincalhes.

Zé Eudes, ao contrário do seu principal adversário na disputa pela Prefeitura, o pedetista Jota Pinto, que é maranhense, não nasceu no estado. É  do Ceará, e num momento onde grande parte dos munícipes cobra dos possíveis postulantes certa natividade, Sampaio passou ao largo da exigência.
Resultado de imagem para eudes sampaio luis fernando
SÃO JOSÉ DE RIBAMAR ‘PEGANDO FOGO’ O pré-candidato Zé Eudes: ele tenta afirmar que é ribamarense, mas é do Ceará; população ameaça não votar.

Pelas 139 comunidades locais, os ribamarenses com atuação nas redes vem criticando Sampaio e manifestando  repúdio a sua candidatura em face da sua naturalidade. A população da cidade não se vê governada por alguém de outro estado pelos próximos anos. Esse sentimento vem atravessando bairros e localidades e já começa a dificultar o tão esperado crescimento eleitoral do prefeito pelo pequeno grupo que o cerca.

Dr. Sampaio, que tenta forçar ribamarensidade a todo custo, tem sob seus ombros a responsabilidade de ter participado, ao lado dos últimos  gestores da cidade, de dois momentos cruciais para o caos verificado no município, sendo o vice de ambos: o abandono de São José de Ribamar por Fernando  Moura há dois anos e a destruição de São José de Ribamar por Cutrim.

Fernando Moura e Gil Cutrim, hoje desafetos, disputam o espaço público da cidade através de uma guerra de mentiras, boatos e acusações nunca antes vista na Balneária. Dentro desse ambiente polarizado, os ribamarenses vêm consagrando nas quatro regiões da cidade a pré-candidatura do PDT como alternativa ao espólio de descaso, iniciado nas gestões às quais Zé Eudes fez parte.
segunda-feira, 3 de fevereiro de 2020
Trabalho desenvolvido na Semus serve de exemplo e referência aos demais setores da gestão pública
Ações empreendidas  pela Pasta mudaram o cenário da Saúde na capital do estado

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR-CHEFE DA AGÊNCIA BALUARTE

Quando o prefeito Edivaldo Holanda Junior autorizou a  reforma da Unidade de Saúde da Família na Vila Sarney   e     Centro de Saúde Genésio Ramos Filho, o Centro de Especialidades Odontológicas na Alemanha estava em pleno funcionamento, como continua até hoje. As obras, em conformidade com as regras da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), integram o programa São Luís em Obras, idealizado pelo prefeito, mas se destacam por terem alcançado uma área em especifico: a Saúde.
E não parou por ai. Ordem de Serviço para reforma de quase 20 unidades de saúde, dentre as quais, as localizadas nas regiões da Cidade Olímpica, Itaqui-Bacanga, zona rural  e Centro.
Pensando a gestão a partir de um conceito de integração das pastas que compõem o organograma, Edivaldo Holanda Junior vem sendo ao longo dos seus dois mandatos um gestor  visionário que, embasado na busca pela melhor prestação de serviços aos ludovicenses, encontra em um dos seus secretários a concordância precisa para efetivar ações e projetos de alcance estrutural na capital maranhense.
Uma preocupação real com a coletividade por parte dos dois gestores. A secretaria foi ainda mais longe. 
À frente da Semus, o administrador Lula Filho fez do setor, antigamente uma área  subárea  no debate público local, criticada, espinafrada pela opinião pública, um fórum positivo de reflexão sobre o futuro da Saúde a partir de sua gestão.  Não porque o   Programa de Controle de Arboviroses da Semus, ao lado dos centros cirúrgicos e a sala de recuperação pós-anestésica (RPA) que terão seus serviços iniciados este ano,  servem para sinalizar para uma preocupação real com a coletividade por parte dos dois gestores. A secretaria foi ainda mais longe: promoveu dentro dos shoppings da cidade campanhas de vacinação, reforçando a parceria com o MS. E não parou por ai. Ordem de Serviço para reforma de quase 20 unidades de saúde, dentre as quais, as localizadas nas regiões da Cidade Olímpica, Itaqui-Bacanga, zona rural  e Centro.
As obras, em conformidade com as regras da ABNT, integram o programa São Luís em Obras, idealizado pelo prefeito. 
Chama atenção o fato de nenhum estrato da sociedade ludovicense ter sido esquecido na atual gestão da Saúde. Os idosos, por exemplo, mereceram em 2019 e nos anos anteriores atenção redobrada, qualificada, exponencial. A gestão de Lula Filho na secretaria aponta para uma visão de desenvolvimento local e regional na melhor relação entre recurso, ação e resultado. O próprio Caisi- Centro de Atenção Integral ao Idoso- mantido pela Prefeitura de São Luís, por meio Semus, realiza cerca  de 13 mil atendimentos por mês.
A preocupação com a vida e história do paciente mobilizou centenas de profissionais da Secretaria na campanha Fale pela Segurança do Paciente. Um constante laboratório pela qualidade da assistência. 
A preocupação com a vida e história do paciente mobilizou centenas de profissionais da Secretaria na campanha Fale pela Segurança do Paciente. Um constante laboratório pela qualidade da assistência àqueles que procuram atendimento em São Luís.

Campanha para prevenção do suicídio;  Centros de Atenção Psicossocial a todo vapor; parcerias institucionais com institutos, órgãos e...
Campanha para prevenção do suicídio;  Centros de Atenção Psicossocial a todo vapor; parcerias institucionais com institutos, órgãos e entidades. Toda essa gama de ações desencadeadas vem propiciando aos ludovicenses um momento único na historia da Saúde na capital e fazem parte do conjunto de estratégias pensadas por Edivaldo Holanda Junior com o auxilio agregador,  indispensável de Lula Filho.
De janeiro a abril de 2019, mais de 3,2 mil atendimentos foram realizados. 
Mas para Edivaldo e Lula ainda é pouco e  a Secretaria foi às ruas. O programa Consultório na Rua voltado às pessoas em situação de rua leva assistência direta a gestantes, adolescentes e idosos que vivem em vulnerabilidade social. De janeiro a abril de 2019, mais de 3,2 mil atendimentos foram realizados. Essas ações, medidas e implementações dizem muito do que a atual gestão da Saúde tem como conceito no seio da administração pública: quebrando velhos  paradigmas e inaugurando novas formas de atuar no setor, a constante atenção dispensada ao corpo de profissionais da Semus; Conselhos e demais integrantes da área é uma premissa que vem sendo levada muito a sério por prefeito e secretário. Os servidores seguem valorizados.
Resultado de imagem para lula filho edivaldo holanda junior agencia baluarte"
EM SÃO LUÍS O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior e o secretário Lula Filho: administração na Saúde que entrará para a história da gestão pública. 
Uma aula de gestão que não ofuscaria as demais, mas de forma generosa caminha para sagrar-se como fundamental à leitura  destas e do futuro.

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB