segunda-feira, 1 de abril de 2019
Coluna do Fernando Atallaia

POR FERNANDO ATALLAIA 
EDITOR-CHEFE DA AGÊNCIA BALUARTE
atallaia.baluarte@hotmail.com 

Novos pré-candidatos a Prefeito devem aparecer na conjuntura ribamarense 

A Editoria de Eleições da Agência Baluarte , responsável por revelar, em primeira mão, os principais pré-candidatos a Prefeito da terceira maior cidade do Maranhão, foi informada há cinco dias que mais dois nomes corroboram  participar da eleição histórica de 2020. 

Resultado de imagem para sao jose de ribamar
NA TERCEIRA MAIOR CIDADE DO MARANHÃO Novos pré-candidatos a Prefeito devem aparecer na conjuntura.
Já a Coluna vem sendo contatada por dezenas de pré-candidatos a Vereador que exprimem confiança em uma  possível alternância  no Legislativo municipal. Eles aproveitam o desgaste desenfreado contabilizado nas carreiras políticas  de sete parlamentares que vivem  franca decadência junto ao eleitorado  ribamarense. 

Em numero de 13 pré-candidatos ao Executivo, ANB avalia que, somados os dois, com reais condições  de viabilizar seus respectivos projetos apenas sete do total,  poderão chegar até 2020 como sendo, de fato, candidatos. 

O lançamento das pré-candidaturas será  feito em breve. 

Representando ‘mais do mesmo’ para grande parte da população ribamarense, Nonato Lima tenta apagar pecha de continuísta

O vereador do PDT, Nonato Lima, tem o sonho histórico de comandar, de alguma forma,  o Executivo ribamarense. Há oito anos, Lima se predispõe a compor como Vice em chapas governistas. 

Na eleição passada, investiu para substituir Eudes Sampaio, que acabou  emplacado por Fernando Moura da Silva. Como recompensa pela ousadia, foi perseguido  pelo prefeito em plena campanha.
MAIS DO MESMO? O vereador e pré-candidato a Prefeito de São José de Ribamar, Nonato Lima(imagem central): Uma árdua tarefa para quem sempre...
Nonato é o vereador decano da Câmara. Com sete mandatos na pesada biografia, para grande parte da população ribamarense ele representa as velhas práticas eleitoreiras na terceira maior cidade do Maranhão. Para outra, o continuísmo do modelo instalado por Moura da Silva, de quem, inclusive, foi líder do Governo na Câmara por   várias ocasiões.  Pesa ,    também, sobre o vereador o fato de ele ter vetado um empréstimo que beneficiaria as comunidades locais em 2018. 

É dentro dessa conjuntura nada aprazível, que o projeto político de Nonato Lima pretende diluir a pecha de continuísta dada pelos ribamarenses à sua pré-candidatura. Uma árdua tarefa para quem sempre esteve no poder e nada  fez   para mudá-lo nos últimos  20 anos.


Eudes Sampaio mantém equipe que contribuiu para renúncia de Fernando Moura da Silva 

O agora prefeito de São José de Ribamar, Eudes Sampaio tratou, conforme orientação do seu tutor ideológico Fernando Moura da Silva, de não mexer na estrutura (in)orgânica da administração. Geralmente se mexe em time que tá perdendo, segundo jargão futebolístico. 

prefeito eudes sampaio visita eliziane gama
O prefeito Eudes Sampaio(à esquerda): mesmo time. 
A população ribamarense esperava que Sampaio promovesse mudanças no secretariado logo nas primeiras horas após a posse, a fim de dá celeridade às emergentes ações que a cidade necessita para sair da condição de estado de sítio. Eudes, no entanto, manteve o corpo de auxiliares inerte, com o restante dos gestores nas pastas. O mesmo conjunto de secretários que já provou por a mais b  que não detém  básicas, rudimentares e mínimas condições de gerir uma cidade do porte da Balneária. 

A desistência de Fernando Moura da Silva do cargo se deve também a esse fator. 

Conglomerados habitacionais clamam por socorro na Balnéaria abandonada

Quem anda, circula, trafega, transita diária  ou esporadicamente  pelos chamados conglomerados habitacionais da terceira maior cidade do Maranhão, enxergará de lá a Prefeitura municipal como uma casinha pequena, um barco à deriva muito aquém das demandas ululantes. 

Resultado de imagem para sao jose de ribamar NOVA TERRA  BURACOS
Conglomerados habitacionais clamam por socorro na Balneária abandonada.
Servindo apenas para movimentar, mensalmente, milhões do FPM Especial, além dos milionários convênios, os recursos  para investimentos estruturais na Infraestrutura do município não aparecem na paisagem dessas localidades. 


Morada Nova I, II e III, Nova Terra, Novos Cohatracs, Piçarreira agonizam no abandono. Há uma semana a Câmara de Vereadores teve uma decisão hilária: convocar o secretário de Obras de Eudes Sampaio para dá ‘’explicações’’ sobre a conturbada realidade física do município. Gerou revolta: a ‘audiência’ foi às portas fechadas e...


Vilas sem representantes; vereadores eleitos pela região não respondem a desafios

Os três vereadores eleitos no último pleito pelas Vilas caíram em descrédito. Achincalhados nas redes por seus eleitores,  os edis abandonaram a região pela qual conseguiram chegar às mamatas do poder,  em prol de ascensão social e financeira.  
PELAS VILAS Achincalhados nas redes por seus eleitores,  os edis negaram a região pela qual conseguiram chegar às...
Das vilas Jota Lima à Sarney II, passando pela Kiola e Operária, atravessando ainda a São Luís e a Cafeteira, as crateras grassam de ponta a ponta. Sem projetos elaborados por esses vereadores na área da Geração de Emprego e Renda, os ribamarenses que ali residem vem caindo na criminalidade, sem nenhuma perspectiva de formação profissional. Famílias inteiras abandonadas, os eleitores revoltados pretendem dá o troco nas urnas pelo calote aplicado a seus votos. 


Faltam apenas 18 meses para a resposta.


Na terceira maior cidade do Maranhão, o caos se dissemina e governabilidade segue diluída 

A atual governabilidade de  São José de Ribamar não acompanha os desafios impostos pela cidade nos dias atuais e analistas da gestão local veem comprometido o crescimento da Balneária  pelos próximos anos. 

‘’Se faz necessária uma gestão que lance um programa de arrancada do desenvolvimento com foco no crescimento econômico da cidade’’, assevera um dos analistas. 

Atribuindo o surgimento dos graves problemas do município à forma de condução dos governos dos últimos 15 anos , especialistas afirmam que o que houve foi um imenso descompasso entre realidade e gestão. 

‘’Houve um descompasso grande. Esses prefeitos que passaram pela cidade nos últimos 15 anos a trataram como uma cidade minúscula, literalmente,  brincando com os interesses coletivos, fazendo pouco caso,  usando o município e o poder de gestão a seu bel prazer, tratando uma cidade que é a terceira maior de um vasto estado como um municipiozinho pequeno do interior, cabrestando lideranças políticas para se manterem no poder às custas da miséria da população. Essas gestões não passaram  de uma grande farsa institucionalizada’’, destacaram.  

Pré-candidato a Prefeito, Jota Pinto segue entre os primeiros no card da disputa

O ex-deputado, ex-dirigente futebolístico, presidente estadual do  Patriota e secretário de Articulação Política de São Luís, Jota Pinto segue entre os primeiros no card da disputa pela Prefeitura de São José de Ribamar. 

Enfrentando um cenário político pulverizado na terceira maior cidade do Maranhão, além de um eleitorado desacreditado da classe política local, Jota vem coordenando o projeto político de próprio punho na Balneária. Ele já conta com o apoio de dezenas de importantes lideranças  da cidade. O movimento fundado pelo ex-deputado, a Aliança Ribamarense, vem, também, representando uma alternativa aos mais de 200 mil  munícipes espalhados pelas regiões da cidade. Adesões são anotadas em tempo real.
Jota Pinto-Priscila Petrus
O fundador da Aliança Ribamarense, Jota Pinto:‘’Vamos unir todas as oposições contra os projetos continuístas que consolidaram o atraso em São José de Ribamar. Se a cidade cai nas mesmas  mãos ou em mãos de quem sempre serviu a seus próprios interesses e de seus familiares no município, pode-se esperar que a cidade será varrida do mapa, porque não tem mais para onde ir, haja vista o abandono generalizado. A população ribamarense não vê a hora de chegar  2020 para ter uma solução’’.
Em contato com a imprensa, Jota Pinto afirmou ser possível a união das oposições contra os projetos continuístas responsáveis pelo atraso da Balneária na configuração social do estado. 

‘’Vamos unir todas as oposições contra os projetos continuístas que consolidaram o atraso em São José de Ribamar. Se a cidade cai nas mesmas  mãos ou em mãos de quem sempre serviu a seus próprios interesses e de seus familiares no município, pode-se esperar que a cidade será varrida do mapa, porque não tem mais para onde ir, haja vista o abandono generalizado. A população ribamarense não vê a hora de chegar  2020 para ter uma solução’’, afirmou Jota Pinto. Por hoje é só, tenham um ótimo inicio de semana e que Deus nos abençoe a todos.

3 comentários:

  1. Sinceramente o povo ribamarense tem que pensar muito em voltar na minha opinião seria uma pessoa que morasse em Ribamar conhecesse as pessoas de Ribamar todas as dificuldades que enfrentamos

    ResponderExcluir
  2. Esses ''vereadores'' tao mamando nas teta dessa camara a vida toda meu povo e o resultado é esse a cidade ta afundando bando de aproveitadores
    Fora sugadores da populaçao ribamarense
    voto consciente voto Iomar Lisboa 2020

    Hugo Patrick

    ResponderExcluir
  3. Edison guuahardo a manu um tau de mendes esse povo nao tem punho pra governar uma ribamaré um monte de despreparado loko o cara pra governar ribamar e ficar no comando é paulo alencar esse vem forte paulo ja brigou com nonato lingueta
    chico lima

    ResponderExcluir

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB