quinta-feira, 2 de agosto de 2018
 Campanha pela melhoria na gestão da pesca artesanal chega
ao litoral do Maranh
ão


Eventos de lançamento acontecerão ao longo do
m
ês de agosto e mobilizam autoridades locais
e comunidades pesqueiras em quatro
áreas marinhas protegidas no Estado 

São Luís, 01 de agosto de 2018Construir acordos de pesca e engajar pescadores no esforço de monitoramento da produção pesqueira, fomentando uma gestão sustentável e participativa da atividade, e regulamentar áreas de conservação e recuperação de espécies marinhas onde elas possam se reproduzir livremente, sem a pressão da captura, são os objetivos das Campanhas por Orgulho que começam a ser lançadas neste final de semana no Maranhão. A iniciativa é da ONG Rare, que vem implementando essas campanhas no país desde 2015, num esforço coordenado que inclui desde o estímulo ao sentimento de apropriação e orgulho dos recursos naturais de determinadas áreas e a mediação de conflitos até ações de monitoramento biológico e proposição de medidas de manejo adequadas, visando a adoção de práticas sustentáveis e a recuperação da produção pesqueira.



As Resex Arapiranga-Tromaí e Cururupu ficam na região conhecida como reentrâncias maranhenses, marcada por uma faixa costeira sinuosa formada por baías rasas e estuários separados por penínsulas lamosas cobertas por uma extensa área contínua de mangues preservados. Inserem-se no 2º maior cinturão de manguezais do mundo, com inúmeros rios, dunas, praias e ilhas que abrigam grande diversidade e servem como berçário para a maioria das espécies pesqueiras de valor comercial. O arquipélago formado por mais de 70 ilhas fluviais que constitui o Delta do rio Parnaíba também é uma região com enorme diversidade de flora e fauna, especialmente rica em aves, peixes e crustáceos, com exuberância de manguezais, igarapés, lagoas de água doce, praias e dunas que atraem visitantes de todos os cantos do planeta.
Engajamento e orgulho - Em que pese toda essa riqueza, Josenilde Fonseca e Luciano Galeno, responsáveis pela co-coordenação das campanhas na Resex Cururupu e no Delta do Parnaíba, respectivamente, comentam que os pescadores dessas áreas vêm percebendo, a cada ano, a redução do estoque de algumas espécies, sobretudo aquelas de maior valor comercial que são muito exploradas. Por isso, um dos objetivos das Campanhas por Orgulho nessas áreas é sensibilizar as comunidades pesqueiras sobre a importância de as espécies terem um descanso reprodutivo, para que se consiga a recuperação dos estoques tão valiosos para a economia e os modos de vida local, e, neste sentido, formalizar regulamentações como os acordos de pesca.
Resultado de imagem para PESCA ARTESANAL
As Reservas Extrativistas (Resex) Arapiranga-Tromaí, Cururupu e Delta do Parnaíba (que faz divisa com o Piauí) e a Área de Proteção Ambiental (APA) Delta do Parnaíba integram o conjunto de áreas marinhas protegidas.

A bióloga Ana Carolina Marciano, gerente de programas da Rare, explica que uma das táticas nesse tipo de campanha é a identificação de espécies-alvo de importância local utilizadas como chamariz para estimular o envolvimento comunitário. No caso das áreas no Maranhão, as espécies selecionadas são a pescada amarela – conhecida regionalmente como o ‘ouro do Maranhão’ – e o robalo. “Estas espécies de peixe vão se tornar protagonistas por meio de mascotes carismáticos que marcarão presença em ações de educação ambiental em escolas, espaços e eventos públicos e serão porta-vozes de informações sobre as ameaças à biodiversidade”, conta.

A Campanha por Orgulho é baseada em uma metodologia da Rare que utiliza técnicas de marketing social para impulsionar mudanças de comportamento que beneficiam a natureza e a qualidade de vida das comunidades costeiras de pescadores. A Rare acredita que os esforços de conservação ambiental só são bem-sucedidos quando aliam ciência à uma compreensão dos aspectos sociais e das normas culturais de uma dada localidade. O trabalho visa promover o sentimento de orgulho nas pessoas em relação às espécies, às tradições e aos hábitats locais que tornam suas comunidades únicas e especiais. Ao mesmo tempo, a campanha fornece as ferramentas necessárias para que a população possa conservar seus recursos naturais e propõe alternativas àquelas condutas nocivas ao meio ambiente.

Ana Carolina Marciano lembra que outra tradição nas Campanhas por Orgulho é utilizar a música para sensibilizar as pessoas. “Por isso promovemos um encontro de um músico local, oriundo de uma das comunidades no Pará onde também estamos implementando esse trabalho, para liderar a criação de uma canção temática para as campanhas, com a participação dos coordenadores de campanha e da equipe Rare”. O esforço culminou na composição coletiva de “Eu sou Pescador”, gravada nas versões carimbó e forró, para ser disseminada no Pará, em Pernambuco e no Maranhão.

Pescar, Conservar, Prosperar’ é o slogan do pacote de Campanhas por Orgulho que a organização está implementando no litoral brasileiro. Em comum, elas também têm, na linha de frente da iniciativa, a figura do Coordenador de Campanha – uma liderança local escolhida pela Rare e parceiros que recebe extensa capacitação em marketing social voltado para comunidades, planejamento de campanhas, gestão pesqueira e financeira para poder realizar o trabalho junto às comunidades.
Ao todo, as ações das campanhas no Maranhão devem envolver diretamente cerca de 2 mil pescadores, de 15 comunidades, e impactar aproximadamente 6 mil pessoas – entre pescadores e familiares. 

Parcerias institucionais - Em âmbito nacional, a Rare tem como parceiros na implementação das campanhas o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) e a Comissão Nacional para o Fortalecimento das Reservas Extrativistas Marinhas (Confrem). Dentre as alianças estratégicas nos Estados do Maranhão e Piauí, destacam-se a Universidade Federal do Piauí, a Universidade da Amazônia (Unama), a Comissão Ilha Ativa (CIA), a Cooperativa de Pescadores Artesanais de Carutapera e colônias de pescadores artesanais locais.

# # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # #


AGENDA DE LANÇAMENTO DAS CAMPANHAS POR ORGULHO NO MARANHÃO E PIAUÍ

04/08                Reserva Extrativista Marinha Arapiranga-Tromaí

18/08                Reserva Extrativista Marinha de Cururupu

25/08                Reserva Extrativista Marinha Delta do Parnaíba (foco no MA)

26/08                Área de Proteção Ambiental Delta do Parnaíba (foco no PI)


 

# # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # # #

SOBRE A RARE
- A Rare é uma organização ambientalista com 40 anos de atuação, cuja missão é inspirar mudanças para que as pessoas e a natureza possam prosperar. A Rare acredita que o comportamento humano, muito mais do que parte do problema, é peça central na busca por soluções para um meio ambiente saudável e equilibrado, tendo desenvolvido uma tecnologia social que incorpora as emoções e a motivação na definição de processos de mudança e adoção de comportamentos ambientais duráveis e mais sustentáveis.
 
A organização já atuou em mais de 50 países utilizando sua experiência em ciência comportamental junto a comunidades tradicionais que dependem da natureza para seu sustento, apoiando o desenvolvimento de soluções locais para enfrentar os desafios da conservação global. A Rare, que atualmente concentra seus programas em três linhas temáticas — ‘pesca’, ‘agricultura’ e ‘água’ —, estabeleceu-se no Brasil em 2014 com o intuito de contribuir para a melhoria da gestão da pesca artesanal costeira no país. O trabalho da organização no país é financiado, em sua maior parte, pela fundação americana Bloomberg Philanthropies — que engloba todas as atividades filantrópicas do ex-prefeito de Nova York, Michael R. Bloomberg — e pelo Instituto Humanize. Conheça mais sobre a Rare em http://www.rare.org/pt-br/


MATÉRIA ENVIADA PELA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA RARE

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB