terça-feira, 26 de junho de 2018
Com os votos dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu conceder um habeas corpus pedido pelo ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu (PT). Com os votos dos ministros Gilmar Mendes e Dias Toffoli, já há maioria para aceitar o pedido. Apenas o relator, Edson Fachin, foi contrário ao pedido e Celso de Mello faltou à sessão. 

Dirceu estava preso há pouco mais de um mês, cumprindo pena de 30 anos e 9 meses de prisão a que foi condenado em primeira e segunda instância em um processo da Operação Lava Jato. O ex-ministro estava detido no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. 
Resultado de imagem para JOSE DIRCEU COM MULHER
Há pouco mais de um mês, cumprindo...
O petista, homem-forte do primeiro governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), foi condenado pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e pertinência à organização criminosa. José Dirceu foi considerado culpado de receber 15 milhões de reais em propina sobre contratos da Diretoria de Serviços da Petrobras, então comandada por Renato Duque, indicado para o cargo pelo PT.

O ex-ministro foi detido para cumprir pena por autorização da juíza Gabriela Hardt, substituta de Sergio Moro na 13ª Vara Federal de Curitiba. Ela acatou a uma determinação do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que havia determinado a prisão tão logo se esgotassem os recursos de Dirceu em segunda instância.
 
AS INFORMAÇÕES SÃO DO REPÓRTER GUILHERME VENAGLIA
EDIÇÃO DE FERNANDO ATALLAIA

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB