quinta-feira, 17 de maio de 2018
Ribamarenses seguem atordoados por onda de assaltos à mão armada, roubos e furtos que assola a cidade
Fernando Moura da Silva até hoje não enviou um oficio sequer a SSP visando discutir o problema.

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR-CHEFE DA AGÊNCIA BALUARTE 
atallaia.baluarte@hotmail.com

Omissão, indiferença, deboche, abandono. É dentro dessa nomenclatura que os mais de 200 mil ribamarenses distribuídos nas 137 localidades da cidade vivem hoje a padecer diante da total despreocupação do prefeito com a insegurança que grassa por toda cidade. Fernando Moura da Silva evita  discutir o problema e até hoje não enviou um oficio sequer a Secretaria de Segurança Pública do estado ,  visando discutir a triste realidade. 
Resultado de imagem para LUIS FERNANDO SILVA
RIBAMARENSIDADE APÓCRIFA O prefeito de São José de Ribamar, Fernando Moura: ojeriza a ofícios, em quase dois anos, nenhuma reunião com a SSP foi por ele proposta; ribamarenses seguem atordoados.

A onda de assaltos à mão armada, furtos e roubos que domina São José de Ribamar, apoiada na indiferença do prefeito, se tornou empecilho a turistas, comerciantes e moradores da região da Sede ainda entusiastas da religiosidade ribamarense. Nas Vilas, o prefeito que dá de ombros com as demandas locais, ignora a insatisfação  dos ribamarenses ali residentes. Situação semelhante , zonas Limítrofe e Rural tem de conviver com o alto índice de criminalidade e violência. Aparato de omissão de Moura e Eudes Sampaio, o eterno vice. 

Nas últimas duas semanas, a Agência Baluarte recebeu de moradores das regiões citadas, exatas 127 denúncias , via ligações telefônicas e  e-mails, dando conta de que mesmo na área do Panaquatira , onde Moura afirma sua apócrifa ribamarensidade, as ocorrências criminosas se consolidaram de tal forma que nos dias atuais frequentar a praça onde o Viva fica localizado  é certeza irrefutável de que motocicletas, celulares e bolsas serão levados. Luís Fernando Moura da Silva , no entanto, mantém a ojeriza a ofícios. 

Freud explica. 

3 comentários:

  1. Apenas mais um caso de omissão pública num país onde os administradores fazem política em vez de administrar aquilo para que foram eleitos.

    ResponderExcluir
  2. VOLTA GIL ! VOLTA GIL! VOLTA GIL!
    DENILSON DA PIÇARREIRA

    ResponderExcluir

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB