segunda-feira, 30 de abril de 2018

Maranhão aumenta número de casas com abastecimento de água e encanamento adequado

Desde 2015, o Maranhão vem aumentando o número de residências abastecidas pela rede geral de distribuição de água e também a quantidade de casas com canalização interna. Esses dois indicadores mostram que mais maranhenses têm água em casa de maneira adequada, revertendo parte dos problemas históricos acumulados por cinco décadas.

De acordo com a mais recente Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua (PNAD_C), do IBGE, em 2014, 66,46% das residências eram abastecidas pela rede geral de distribuição de água. Em 2017, esse número subiu para 71,7%.

Em termos absolutos, a quantidade subiu de 1,27 milhão para 1,45 milhão de domicílios, um aumento de 13%.

O Governo do Maranhão tem reforçado o abastecimento de água em diversas regiões do Maranhão: o Plano Mais IDH, por exemplo, está levando seis mil kits com banheiro e caixa d’água para as 30 cidades mais pobres do Estado.
No que se refere à canalização interna – que também indica uma situação adequada – houve avanço ainda mais expressivo. A alta foi de 22%. O número total passou de 1,48 milhão para 1,82 milhão de domicílios, um acréscimo de cerca de 340 mil residências.

Hoje, cerca de 90% do total dos domicílios têm encanamento interno. Isso significa que a água tem distribuição a um ou mais cômodos dessas casas.

Mais Água

O Governo do Maranhão tem reforçado o abastecimento de água em diversas regiões do Maranhão.

O Plano Mais IDH, por exemplo, está levando seis mil kits com banheiro e caixa d’água para as 30 cidades mais pobres do Estado. Mais de 100 Sistemas de Abastecimento de Água foram entregues, e dezenas estão em construção. São 60 mil pessoas beneficiadas.

Saneamento básico

A PNAD_C também mostra que o Maranhão deu um salto no atendimento do saneamento básico em apenas três anos. Entre 2014 e 2017, o índice de domicílios ligados à rede coletora cresceu 62%.
O Maranhão ainda tem um índice frágil no saneamento básico, mas em três anos já foi revertida parte significativa dos problemas acumulados em cinco décadas.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB