quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017
Policial Civil é assassinada a tiros nas proximidades do Farol do Araçagi
A Policial Civil identificada como Iran Santos foi assassinada a tiros na noite desta quinta-feira (2). 

Pelas informações passadas ao blog, ela sofreu uma emboscada nas proximidades do Farol do Araçagi, na região metropolitana de São Luís.


Ela ainda teria reagido e trocado tiros com os supostos assaltantes.

Ela estaria chegando a sua residência, quando foi surpreendida pelos assassinos. Ela ainda teria reagido e trocado tiros com os supostos assaltantes.

Em maior número, os bandidos terminaram atingindo a policial e ainda fizeram vários disparos contra o carro em que a policial estava. Iran foi atingida por disparos na região do tórax.

A Policial Civil identificada como Iran Santos foi assassinada a tiros na noite desta quinta-feira (2). 
Ela chegou a ser socorrida e levada para a UPA do Araçagi, mas não resistiu e morreu ao dar entrada.

Ainda não se sabe se foi uma tentativa de assalto ou mesmo um crime de encomenda.

A polícia realiza diligência para tentar localizar os assassinos. Ainda não se sabe se foi uma tentativa de assalto ou mesmo um crime de encomenda.



AS INFORMAÇÕES SÃO DO BLOG DO GL

EDIÇÃO DE ANB ONLINE


Joana Marques recebeu presidente do SINDSMUR e esclareceu pagamentos.

A secretária de Planejamento, Administração e Finanças do Município, Joana Marques (SEMPAF), recebeu hoje a visita do presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de São José de Ribamar, Ramilson Araújo. O objetivo da reunião foi coletar informações sobre o processo de pagamento da folha relativo ao mês de janeiro de 2017.

O dirigente sindicalista saiu do encontro com um documento em mãos, o qual relata todos os passos que estão sendo adotados pela gestão para conclusão da folha até o quinto dia útil do mês, conforme determina a legislação.

“O nosso objetivo é repassar aos trabalhadores tudo que está sendo feito pela gestão. E de acordo com nossas expectativas, estamos saindo daqui com as informações requeridas e com a garantia de que todas as pendências estão sendo resolvidas, inclusive com a certeza de que a maior parte delas será resolvida ainda hoje”, afirmou Araújo.

A imagem pode conter: 1 pessoa, atividades ao ar livre
A secretária de Planejamento, Administração e Finanças do Município, Joana Marques: ''Existia casos de funcionários receberem insalubridade sem terem o devido direito. Alguns deles estavam lotados até em gabinetes e ainda assim recebiam o adicional direcionado a quem trabalha realmente correndo os riscos associados às atividades''.
No documento, a secretária reafirmou que “o processo de pagamento da folha continua em andamento, devendo ser cumpridos todos os compromissos legais”. “Todos os direitos estão sendo rigorosamente efetivados pela administração municipal. Alguns não receberam logo no primeiro dia, em decorrência das avaliações técnicas e seus respectivos laudos não terem sido concluídos no primeiro momento, mas na medida em que essas conclusões forem efetivadas, serão resolvidas”, garantiu a secretário ao dirigente sindical.

Joana Marques acrescentou ainda que o zelo que a administração pública está tendo tem como objetivo evitar que injustiças sejam cometidas. “Existia casos de funcionários receberem insalubridade sem terem o devido direito. Alguns deles estavam lotados até em gabinetes e ainda assim recebiam o adicional direcionado a quem trabalha realmente correndo os riscos associados às atividades”, disse.

O pagamento da folha de janeiro teve início no último dia 31, após a atual gestão conseguir desbloquear as duas cotas do Fundo de Participação do Município (FPM) do mês, que tinham sido bloqueadas por conta de débitos fiscais e previdenciários, que chegam à ordem de R$ 30 milhões, deixados pela gestão passada. 

Agente penitenciário é morto dentro de casa no Lima Verde

O assassinato, ocorrido nesta quinta-feira (2), foi confirmado pelo delegado Leonardo Diniz.


O agente penitenciário Viterbo Nunes Silva, de 49 anos, foi morto no interior de sua residência, localizada no bairro Lima Verde – município de Paço do Lumiar, nas proximidades do Cemitério Jardim da Paz. O assassinato, ocorrido nesta quinta-feira (2), foi confirmado pelo delegado Leonardo Diniz, titular da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP).
O agente penitenciário Viterbo Nunes Silva, de 49 anos, foi morto no interior de sua residência, localizada no bairro Lima Verde.
O carro da vítima foi localizado nas imediações da Rua Rio Claro, no bairro Olho d’Água, em um terreno baldio. Dentro do veículo, estavam o colete balístico e o distintivo do agente.

Conforme amigos da vítima, o carro foi achado entre as 10h e o meio dia. Já o corpo teria sido localizado, após colegas terem entrado na casa do agente pelo telhado. O agente estava na cozinha, onde havia uma faca um pouco dobrada, provavelmente utilizada para cometer o crime.

O Instituto Médico Legal (IML) foi comunicado no período da tarde, quando perícia e removedores foram acionados para irem ao local do crime.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO JP
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 

 

Ribamarenses da Sede da Balneária contataram a reportagem da Agência Baluarte na tarde de hoje para denunciar situação. 

POR FERNANDO ATALLAIA
DIRETO DA REDAÇÃO 

Um grupo de ribamarenses residente da Sede de Ribamar contatou na tarde de hoje (2) a reportagem da Agência Baluarte para denunciar situação de temeridade e insegurança que voltou a rondar os bairros do Centro. Eles ficaram assustados com um tiroteio a céu aberto registrado na região.

Resultado de imagem para SAO JOSE DE RIBAMAR

Um tiroteio a céu aberto foi registrado na tarde desta quinta-feira na Sede de São José de Ribamar. 

Pondo em situação de risco crianças, gestantes e idosos, além dos munícipes que trafegam pelas ruas dos bairros, diariamente, a Sede vem sendo alvo constante da prática criminosa. Segundo o grupo, o contingente policial responsável pela segurança da área é ineficiente e não fornece enfrentamento adequado à lamentável realidade.


‘’Estamos todos assustados com essa insegurança e amedrontados na hora de sair na rua. Não temos policiamento e os tiroteios que são frequentes já deixaram varias vitimas aqui na Sede; precisamos de uma solução urgente para este problema grave’’, disse um dos membros do grupo que preferiu não ser identificado.  
Médicos afirmam que não há fluxo cerebral

Família do ex-presidente Lula autorizou a doação de órgãos de Marisa Letícia.


Os médicos que cuidam da ex-primeira-dama Marisa Letícia Lula da Silva informara na manhã desta quinta-feira (2) que exames detectaram que não há fluxo cerebral. Familiares do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já teriam inclusive autorizado a doação de órgãos.

Resultado de imagem para marisa leticia

Família do ex-presidente Lula autorizou a doação de órgãos.

O quadro de Dona Marisa apresentou uma piora no início da noite de quarta-feira (1°) e ela voltou a ser sedada, informou o médico Roberto Kalil Filho, chefe da equipe do Hospital Sírio-Libanês que cuida da paciente. O sedativo tinha sido retirado na terça-feira (31). 

Um doppler realizado no final da noite constatou que Marisa tinha circulação mínima de sangue no cérebro. 

AS INFORMAÇÕES SÃO DO JB
EDIÇÃO DE ANB ONLINE 
Marinho do Paço baixou portaria controversa que proíbe livre manifestação popular durante sessões da Câmara.
 
Uma decisão controversa com visível ranço de autoritarismo tomada pelo presidente da Câmara Municipal de Paço do Lumiar, Marinho do Paço (PROS), está causando revolta na população do município. O parlamentar baixou a Portaria Nº. 015/2017 que proíbe qualquer tipo de manifestação no recinto da Câmara de Vereadores por parte dos munícipes. 


Ao tratar da Portaria, o parlamentar permite que qualquer cidadão acompanhe as sessões, porém impõe que o espectador "se conserve em silêncio, sem dar qualquer sinal de aplauso ou reprovação ao que nelas se passar, ou seja, o povo terá que entrar mudo e sair calado. Além disso, qualquer cidadão presente na parte do recinto reservado ao público deverá atender às determinações do presidente da Casa. Caso haja descumprimento, o vereador-presidente poderá usar as prerrogativas da função e solicitar que a segurança retire o manifestante da Câmara. 

PORTARIA DA MORDAÇA Depreende-se que a manutenção da ordem dos trabalhos na Câmara Municipal foi colocada em um patamar capaz de inviabilizar qualquer manifestação por parte do cidadão, o que resulta em censura clara, prática repudiável, uma vez que a despeito de a democracia ser representativa, não há como inibir ou coagir a participação da população das deliberações políticas.
Da leitura da Portaria citada, depreende-se que a manutenção da ordem dos trabalhos na Câmara Municipal foi colocada em um patamar capaz de inviabilizar qualquer manifestação por parte do cidadão, o que resulta em censura clara, prática repudiável, uma vez que a despeito de a democracia ser representativa, não há como inibir ou coagir a participação da população das deliberações políticas. Ademais, não seria um argumento válido a alegação de que a rigidez dessa portaria se justifica através do conceito da imunidade parlamentar. Esta é uma prerrogativa que visa assegurar ao legislador o exercício de suas funções legiferantes, por isso possui aplicação quando estes se encontram como sujeitos ativos - não passivos - de opiniões, palavras e votos.


Do mesmo modo, é sabido que o vereador optou por carregar os ônus inerentes ao cargo político. Ao mesmo tempo em que possui uma vida privada merecedora de proteção, convive com o conhecimento do público de sua atuação oficial nos interesses do Município. Quando o vereador delibera e vota uma lei, mexe diretamente com a vida de um cidadão ou de uma coletividade e por isso todos possuem o direito de acompanhar e  se manifestar sobre o posicionamento daqueles que foram por eles escolhidos a legislar. A proibição genérica sobre qualquer tipo de manifestação fere a Constituição por ser irrazoável e desproporcional ao exercício democrático.

Resultado de imagem para MARINHO DO PAÇO

DE BOCA FECHADA Despreparado, o presidente da Câmara de Paço do Lumiar, Marinho do Paço desconhece o real sentido da democracia.
A decisão do vereador Marinho do Paço pretende tornar a Câmara Municipal de Paço do Lumiar um órgão privado, ferindo, assim, a legitimidade de atuação do Poder Legislativo que preconiza a ampla defesa dos interesses do povo. A medida caminha em sentindo contrário ao do estabelecido nas premissas da atuação parlamentar conferida pela população, propondo lei da mordaça ao invés do culto às liberdades individuais, pluralidade de opiniões e fortalecimento e preservação da cidadania. 


O Ministério Público ainda não se manifestou acerca da questão.



AS INFORMAÇÕES SÃO DO BLOG DO RILTON

EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores