sexta-feira, 24 de novembro de 2017
Projeto Aquaponia leva alimentos e renda para moradores dos municípios mais pobres do Maranhão

O projeto Aquaponia vem implantado um sistema que alia criação de peixes com o cultivo de hortaliças sem o uso de solo em 15 cidades maranhenses integrantes do Plano Mais IDH. Esse plano busca melhorar a qualidade de vida nas cidades com os indicadores sociais mais frágeis do estado.

O Aquaponia é realizado pelo Governo do Maranhão por meio da Secretaria das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid). São beneficiadas inicialmente mil famílias, com investimentos de R$ 576 mil. 

O sistema leva apenas duas semanas para ser montado e conta com um tanque de 6 mil litros para os peixes e perfis com capacitação para receber mais de 1.200 pés de hortaliças. Uma bomba de baixo consumo leva a água para os perfis de hortaliças, que depois é devolvida purificada por gravidade para os tanques.


O técnico responsável pela implantação dos sistemas de aquaponia, Abraão Martins Terceiro, explica que o tanque comporta 500 tilápias. “O sistema busca garantir a segurança alimentar das famílias que vivem em vulnerabilidade social e gerar emprego e renda aos moradores das unidades habitacionais do programa Minha Casa, Meu Maranhão, já que a produção também pode ser vendida em feiras da região. Se um pé de alface puder ser vendido ao valor de R$ 2, as famílias já terão garantido mais de R$ 2.400 mensalmente”. 


Sustentável e inteligente
 
Além do caráter social e econômico, o sistema de aquaponia, segundo a Empresa Brasileira de Pesquisas Agropecuárias (Embrapa), pode economizar até 90% de água em relação à agricultura convencional.


Resultado de imagem para AQUAPONIA
“Tudo foi pensado para que o projeto possa perdurar por bastante tempo e para que essas famílias tenham como ter seguridade alimentar e consigam uma forma de renda com a venda tantos dos peixes quanto das hortaliças”, diz Abraão.
“A água que sai do tanque é rica em nutrientes necessários para alimentar o sistema hidropônico. Essa água sobe para os perfis, onde as plantas vão absorver todos os nutrientes para sua sobrevivência e purificar a água, que retorna ao tanque de piscicultura. Isso torna o processo completamente sustentável”, explica Terceiro.

A primeira cidade a receber o projeto foi Amapá do Maranhão, onde aproximadamente 100 famílias dos povoados Nova Vida e Curtiçal trabalharão de forma cooperativada para a criação de peixes com o cultivo de hortaliças pelos próximos anos.
 
“Tudo foi pensado para que o projeto possa perdurar por bastante tempo e para que essas famílias tenham como ter seguridade alimentar e consigam uma forma de renda com a venda tantos dos peixes quanto das hortaliças”, diz Abraão.

“A escolha da tilápia se deu por ser um peixe de boa adaptação e reprodução em tanques de criação, facilitando o cuidado e a renovação de estoque. Já na hidroponia, a alface foi a hortaliça inicial, mas esses novos agricultores terão a oportunidade de incrementar suas hortas com tomate cereja, couve manteiga, agrião, cheiro verde e muitas outras que se adaptam bem ao cultivo”, destaca o técnico.


O investimento para cada sistema foi de aproximadamente R$ 23.500.

 
Capacitação 
 
Após a construção do sistema, as equipes técnicas promovem capacitações com as famílias beneficiadas, explicando a importância, o funcionamento e a viabilidade do projeto. Além da capacitação inicial, as equipes técnicas estipularam um calendário mensal de visitas e novas capacitações aos beneficiados.


Municípios atendidos na primeira fase
 
Governador Newton Bello, Belágua, Marajá do Sena, Cajari, Santa Filomena, Amapá do Maranhão, Serrano do Maranhão, São João do Sóter, Afonso Cunha, Santana do Maranhão, Satubinha, Água Doce, Araioses, Conceição do Lago Açu e Lagoa Grande.


Vantagens da Aquaponia
 
– Diversidade de produtos para comercialização
– Produção de hortaliças orgânicas
– Ciclo mais curto das hortaliças
– Maior controle de pragas e doenças
– Cultivo o ano todo

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB