terça-feira, 28 de novembro de 2017

Obras de mobilidade na Grande Ilha estão em fase de finalização

Comunidades  que sofreram com décadas de ausência dos serviços públicos, agora observam o asfalto chegando à porta das residências no bairro Cidade Olímpica, a  segunda maior ocupação da América Latina com mais de 100 mil habitantes. Outras intervenções importantes também estão sendo realizadas na região do Parque Vitória, Parque Jair e na Estrada da Mata.

São obras de drenagem, pavimentação com sarjeta e meio-fio, construção de pontes, sinalização e mudanças na geometria do trânsito, que melhoram significativamente a mobilidade urbana nos municípios da Grande Ilha. Com o  objetivo de otimizar os serviços e verificar o cronograma de obras, o secretário de Estado da Infraestrutura vistoriou as obras no último fim de semana. 

  
Avenida dos Agricultores

O ponto de partida da vistoria foi a Avenida dos Agricultores, na Cidade Olímpica. Os 2 km da via foram pavimentados e a ponte deve ser concluída nos próximos quinze dias, substituindo uma estrutura antiga de madeira que comprometia a segurança dos moradores. 


O presidente da Associação dos Carroceiros da Cidade Olímpica, Raimundo Moraes, conta a realidade difícil enfrentada pela comunidade antes da chegada do asfalto. “É um privilégio muito grande ter ajudado a abrir a avenida e nos dias de hoje ter visto o asfalto passar em frente às casas, é muita alegria onde antes, a ambulância, as viaturas, os carros comuns não passavam e graças ao governo, que olhou pra nós, teremos uma das melhores avenidas da cidade”,  disse, com entusiasmo, o trabalhador.

Resultado de imagem para clayton noleto
O secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto: ''É o fim da lama, da poeira, dos buracos, de eventuais doenças provocadas pela falta de infraestrutura adequada das ruas, ou seja, estamos trabalhando firme para enfrentar os problemas, resolvê-los e atender as necessidades da população''.
Na Cidade Olímpica, além da Avenida dos Agricultores foram pavimentadas 22 ruas num investimento de R$ 6,2 milhões, garantindo à comunidade mais qualidade de vida, saúde e o acesso aos serviços públicos que antes ficavam prejudicados por causa da precariedade da infraestrutura das ruas.
Para o secretário de Estado da Infraestrutura, Clayton Noleto, esta é uma demanda histórica que permite a população o acesso a equipamentos públicos de qualidade. “É o fim da lama, da poeira, dos buracos, de eventuais doenças provocadas pela falta de infraestrutura adequada das ruas, ou seja, estamos trabalhando firme para enfrentar os problemas, resolvê-los e atender as necessidades da população”, frisou Noleto.

Estrada da Mata

Depois da Avenida dos Agricultores, a vistoria seguiu para a Estrada da Mata, que está com os serviços 90% concluídos. A via será um importante acesso a MA-201, quando forem complementados  os serviços de pavimentação dos 9 km e os 1600 m de drenagem que vão pôr fim ao imenso transtorno provocado pelos alagamentos. “Esta obra vai ajudar e muito a melhorar a qualidade de vida das pessoas, oferecendo alternativas no trânsito, e se junta a outras intervenções que estão mudando a realidade das pessoas”, disse o secretário.


Pontes
 

Da Estrada da Mata, o secretário vistoriou as obras das Pontes da Jussara e da Vitória que devem ser entregues nos próximos quinze dias complementando as melhorias no complexo viário da Grande Ilha.

A Ponte da Jussara fará a conexão entre a MA-201, a estrada de Ribamar e a MA-202, a estrada da Maioba, mais uma alternativa para melhorar a mobilidade urbana e o acesso às rodovias de grande fluxo na região metropolitana. “O governo Flávio Dino tem trabalho em parceria com as prefeituras para  melhorar o  trânsito”, destacou Noleto.  


O taxista Celso Carlos já está utilizando a Avenida da Jussara para economizar tempo e dinheiro. “Nunca ninguém enxergou a nossa região e agora temos este benefício, é muito bom, está expandindo os caminhos da nossa cidade, melhorando o fluxo de veículos, sentido forquilha, Maiobão, estou vindo da Raposa e vou sair rapidinho no Pátio Norte”, exemplificou o taxista. 


A Ponte da Vitória  foi concluída  restando a complementação do acesso e da pavimentação o que deve ser finalizado nos próximos quinze dias. “Será uma importante conexão da Avenida Nossa Senhora da Vitória à Maioba, que substituiu uma ponte antiga sem as  mínimas condições de atender com respeito à comunidade.  É Mais uma lenda na região metropolitana de São Luís  que foi devidamente enfrentada e o problema resolvido pelo governo Flávio Dino”, concluiu Noleto.


A última parada da vistoria foi a obra de drenagem no Parque Vitória. São 8 km de drenagem profunda e 10 km de pavimentação que ajudarão na mobilidade das pessoas. “Vamos asfaltar também as vias do transporte coletivo, os serviços de drenagem evitarão os transtornos provocados pelos alagamentos e a conservação do pavimento, gerando também a valorização dos imóveis e os empregos, só nesta intervenção, foram mais de duzentas pessoas inseridas no mercado de trabalho”, explicou o secretário.


As obras de mobilidade urbana na grande Ilha fazem parte do Programa Mais Asfalto que já pavimentou e recuperou 300 km de vias, e, somados aos quase 300 em andamento, deve concluir 500 km de avenidas e ruas restauradas em parceria com as prefeituras de São Luís, Raposa, São José de Ribamar e Paço do Lumiar. 

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB