sábado, 28 de outubro de 2017
Médico terá o apoio de Jair Bolsonaro no estado caso lance, efetivamente, candidatura à Câmara Alta 
Ele já é pré-candidato. 

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE 
atallaia.baluarte@hotmail.com

Com a visível diluição moral das práticas políticas no Brasil e o amplo desgaste que devassa as carreiras políticas de nomes como Edson Lobão, João Alberto e demais sarneysistas, a pré-candidatura do médico Alan Garcês ao Senado Federal pelo Maranhão tende ir ao encontro dos anseios de milhões de maranhenses daqui a 11 meses quando se dará, de fato, a próxima eleição. 

Já pré-candidato a uma vaga no Senado, Garcês que pertence aos quadros do partido do presidenciável Jair Bolsonaro(Patriota), tem o apoio do próprio Jair que em nova pesquisa a ser divulgada em breve se mantém em 2º na escalada ao Palácio da Alvorada no estado governado por Flávio Dino.  

IMG-20170929-WA0064
O médico Alan Garcês(terceiro da esquerda para a direita) tem o apoio de Jair Bolsonaro no Maranhão para concorrer ao Senado Federal: quadra alvissareira.
O momento é propício e a quadra alvissareira.   A pré-candidatura de Alan Garcês obedece às exigências de um novo eleitorado  presente no Maranhão e que foi gerido na insatisfação dominante que assola o País de ponta a ponta.  A rejeição aos históricos senadores do estado maranhense já se faz ouvir em alto e bom som pelos municípios e grotões longínquos e é justamente dentro desse cenário ansioso por renovação que surge o nome do médico como uma das principais alternativas à Câmara Alta. 

Trajetória voltada para o debate público em tempo real, a biografia de Alan Garcês chama também atenção para o fato de que profissão enquanto sacerdócio e ferramenta de transformação são quesitos indispensáveis ao novo político sonhado pelos brasileiros. Alan conseguiu nos últimos cinco anos insurgir-se contra uma gama de irresponsabilidades em sua área e demais setores da gestão em São Luís, contrapondo o modelo instaurado pelas gestões pasteurizadas na capital. Ele foi protagonista em muitos momentos e essa vivência tende a corroborar para um projeto político já plenamente maduro. 

Chegando ao fim da linha, os repetidos quadros políticos tanto maranhenses quanto nacionais no Senado Federal sofreram corrosão ética irremediável, gerando, assim um novo público espectador da política brasileira com inclinação agora para uma atuação pragmática, participativa. Os eleitores não aceitam mais a corrupção enquanto convenção normativa na democracia do País. E essa inaceitabilidade acabou por revelar os chamados ‘revoltados com a corrupção’. Gente que cansada de vê os políticos nos quais votaram fortalecendo leniência em favor de privilégios,  foi às ruas. Essa parcela da sociedade segue aos milhares e a cada dia se acrescenta aos milhões de insatisfeitos espalhados pelo Brasil. No Maranhão, o descontentamento segue em riste. 

A pré-candidatura de Alan Garcês ao Senado já tem o apoio desse público.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB