domingo, 22 de outubro de 2017
ENQUANTO ROBERTO ROCHA TENTA POLARIZAR COM FLÁVIO DINO NA TENTATIVA DE DEIXAR ROSEANA EM 3º , WELLINGTON DO CURSO MOSTRA MAIS ESCOPO
 
POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE 

Todas as tentativas do hoje senador Roberto Rocha, incluindo as armações contra os investimentos que poderiam chegar ao Maranhão, obedecem unicamente ao critério da disputa eleitoral onde Rocha pretende polarizar com Flávio Dino, deixando Roseana Sarney em 3º na próxima pesquisa a ser divulgada. 

Resultado de imagem para ROBERTO ROCHA
A pré-candidatura de Roberto Rocha nasce do ambiente das provocações rasteiras, da soberba do alpinismo político e por essa razão requer cautela.
Ocorre que a postura do senador quanto à eleição de 2018 não vem agradando aos maranhenses que sabem que a corrida de Roberto pelo poder nasce de seu desejo pessoal de tornar-se governador apenas por jactância. O que não poderia ser aplicado a alguns nomes que animam setores do eleitorado caso já fossem, declaradamente, pré-candidatos ao Governo.

Exemplo maior dessa afirmação é a atuação no Legislativo do deputado Wellington do Curso que, diferentemente da de Rocha no Senado, vem sendo pontual na defesa dos direitos dos maranhenses, abarcando grande parte das demandas coletivas do estado nos últimos três anos. Caso se auto anunciasse, de maneira oficial, pré-candidato ao Palácio dos Leões, o deputado em comparação com o senador mostraria, além de mais escopo, forte legitimidade diante de Rocha. Pelos pleitos até aqui reivindicados em prol dos municípios que datam desde o início de seu mandato; pela carga de criticidade no discurso muito anterior ao período eleitoral quase vigente; pela constante e não oportuneira atitude analítica sobre o Governo. 

Resultado de imagem para WELLINGTON DO CURSO
Pelos pleitos até aqui reivindicados em prol dos municípios que datam desde o início de seu mandato; pela carga de criticidade no discurso muito anterior ao período eleitoral quase vigente; pela constante e não oportuneira atitude analítica sobre o Governo.
Na contramão do que foi dito acima, Roberto Rocha, por sua vez, não honra o mandato de senador quando o põe a serviço de seu apenas projeto político que é chegar à cadeira do Executivo e, sobretudo,   quando em favor deste plano  sacrifica milhões de maranhenses numa guerra que trava contra os interesses da população em prol dos seus. A pré-candidatura de Roberto Rocha nasce do ambiente das provocações rasteiras, da soberba do alpinismo político e por essa razão requer cautela. Uma possível candidatura de Wellington do Curso nasceria dos anseios populares. 

E aí há muita diferença.

4 comentários:

  1. Você disse tudo meu caro, parabéns mais uma vez pela rica analise política

    Ricardo Cajapió

    ResponderExcluir
  2. Meu voto é de Wellington, certamente!

    ResponderExcluir
  3. Meu voto, certamente, é do Wellington. Pela defesa dos direitos da população maranhense.

    ResponderExcluir
  4. Voto no Wellington

    ResponderExcluir

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB