sexta-feira, 20 de outubro de 2017
Pré-candidatos a deputado com bandeira política ligada a causas sociais, eles vem despertando no eleitor maranhense sentimento de dias melhores.    

POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR DE ELEIÇÕES DA AGÊNCIA BALUARTE 
atallaia.baluarte@hotmail.com

A devassa na corrupção política brasileira responsável por pôr no olho do furacão dezenas de figurões que há anos se apropriavam do dinheiro público para bancar caprichos, privilégios e outros regozijos imorais, injetou no eleitor uma dose de desconfiança que vem refletindo em todos os estados do Brasil. No Maranhão não tem sido diferente. 

A exatos 12 meses da próxima eleição, os maranhenses se mostram desacreditados de grande parte dos políticos em atividade hoje no estado, especialmente deputados estaduais e federais. Pesquisas que vem sendo feitas, às alcovas, explicam o fato da alternância de posição entre os já eleitos, que para manter-se no poder não mais continuarão onde estão, ter se tornado ponto de fuga para muitos deles. Como é o caso do deputado Eduardo Braide, que tentará em 2018 a Câmara Federal, abandonando a cadeira na Alema. Outros já plenamente desgastados correm contra o tempo na tentativa de reeleger-se numa dura competitividade que lhes é desfavorável pela atuação inexpressiva que tiveram no Legislativo maranhense. Em queda livre, retumbante, os deputados Cabo Campo, Zé Inácio e o pai do prefeito de São Luís, Jr.,  Edvaldo Holanda. Todos com amplas vantagens de serem expurgados das benesses daquela Casa em 2018.

Resultado de imagem para wendel lajes
O jovem Wendel Lajes representa novo momento político vivenciado pelos maranhenses no estado; ele já é pré-candidato a uma vaga na Assembleia.
É dentro dessa ambiência incômoda a mais da metade do quadro de deputados da Assembleia e Câmara, que os maranhenses começam apontar novos rumos à conjuntura e onde surgem como alternativas ao desgaste dos atuais legisladores, nomes como o do  sindicalista Frazão Oliveira(pré-candidato a deputado federal pelo Movimento Sindical maranhense); Wendel Lajes(jovem empresário ligado a movimentos de juventude no interior do estado); Márcio Honaiser(empresário com vocação no meio educacional maranhense); Marcial Lima(vereador de postura combativa voltada para  as causas comunitárias)e Ronald Abreu(ex-secretário de Comunicação de Paço do Lumiar com histórica atuação nos movimentos estudantis daquele município abandonado). 

Resultado de imagem para marcial lima
Pré-candidatura de Marcial Lima anima setores da sociedade; evento de lançamento poderá ocorrer em breve. 
Os cinco, que tem em comum a verve do Social onde encontraram-se concentradas, nos dias atuais, as esperanças dos maranhenses de verem a partir de janeiro de 2019 deputados, de fato, compromissados com o desenvolvimento do Maranhão, puseram os nomes à disposição de um eleitor cansado de ser enganado por dois conhecidos tipos de políticos maranhenses. Os alpinistas e os patrimonialistas. Os primeiros almejam chegar onde os segundos já estão e os segundos, por sua vez, no jargão popular não querem ‘deixar o osso’. Os maranhenses, sabiamente, já reconheceram os perfis pelos quais alimentam asco, ojeriza. Políticos patrimonialistas são geralmente centralizadores, arrogantes e se sentem donos de municípios e cidades e do próprio voto do eleitor. Já os alpinistas, capazes de tudo pelo poder, são ausentes de ética, caráter e não confiáveis.

Resultado de imagem para frazao oliveira  força sindical
RUMO A BSB O sindicalista Frazão Oliveira deverá sair candidato a Câmara Federal pelo Movimento Sindical maranhense.
O contexto não pode ser generalizado e a regra se aplica perfeitamente à realidade maranhense factual, existente. Três deputados estaduais eleitos na última eleição usam o cargo delegado pela população para beneficiar parentes, mantendo, assim, o padrão luxuoso da família. Estes mesmos três são aqueles que sequer usam a tribuna da Assembleia como lugar-cicerone para homenagens inúteis e estapafúrdias. Já, no mesmo coro, outros dois vivem a viajar para o exterior à custa do alto salário, emendas direcionadas e verba de gabinete mantenedora destes e outros voos. Em BSB, o sentimento de vergonha alheia dos maranhenses chegou a Câmara Federal desde quando a bancada de deputados do estado se erigiu contra os trabalhadores votando quase que maciçamente contra os direitos adquiridos nas reformas polêmicas. Por lá, a atuação duvidosa, controversa e politiqueira de nomes como Hildo Rocha , André Fufuca e Júnior Marreca se tornaram dignas da repulsa estadual. Os deputados , no entanto, não creem serem eleitos pelo voto espontâneo. Ainda, à guisa das práticas oligárquicas, confiam na força do dinheiro, no voto de cabresto e no varejo eleitoreiro que, recentemente, voltou à moda em São José de Ribamar, terceira maior cidade do Maranhão, para continuar usufruindo das regalias do poder.

Resultado de imagem para ronald abreu paço do lumiar
O ex-coordenador de Comunicação de Paço do Lumiar, Ronald Abreu é a aposta do município para  a Alema.
As eleições em 2018, ao que tudo indica, virão  acompanhadas de certa estranheza e o eleitorado que se quer consciente ainda não será , de todo, capaz de votar seguindo o novo momento político brasileiro onde as redes sociais ao invés de proporcionarem esclarecimento, pulverizam ainda mais a opinião, criando um fenômeno andrógino de ódio ultra partidarismo. As consequências são um eleitor que poderá incorrer no erro de votar nas mesmas personas pasteurizadas, justificadas agora pela guerra entre partidos e grupos políticos. No Maranhão, estado onde os currais eleitorais  seguem existindo e a todo vapor, os atuais deputados apostam na miséria, ingenuidade e corruptibilidade de pseudoslíderes políticos, representados , geralmente por prefeitos locais e secretários de prefeituras que usam a máquina pública para chantagear servidores obrigando-os a votar sem seus candidatos. Mas algo mudou. 

Houve um avanço contra estas e outras práticas nos últimos três anos.

2 comentários:

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB