terça-feira, 31 de outubro de 2017

Wellington solicita que Governo do Estado suspenda a concessão das "queimadas controladas" no MA

“Mais de 18 mil queimadas só no ano de 2017 no Maranhão".  Foram esses dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais que o deputado estadual Wellington do Curso (PP) utilizou a tribuna, durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, para solicitar que o Governo do Estado suspenda a concessão das "queimadas controladas", que são aquelas que os agricultores realizam para limpeza de pasto, queimada de lixo etc. A solicitação foi encaminhada por meio da Indicação 1031/2017  ao Secretário de Meio Ambiente e ao Governador do Maranhão.

Resultado de imagem para WELLINGTON DO CURSO
O deputado Wellington do Curso (PP) utilizou a tribuna, durante pronunciamento na Assembleia Legislativa, para solicitar que o Governo do Estado suspenda a concessão das "queimadas controladas".
Sobre a questão em específico, o deputado Wellington alertou que a culpa não é do agricultor, sendo tão somente necessário que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, suspenda, por ora, a concessão das chamadas "queimadas controladas", medida já adotada em outros estados, a exemplo do Piauí.

"Em vários estados, principalmente do Centro-Oeste, existe já uma prática legislativa para combater esses incêndios. Diante dos números alarmantes, o objetivo seria proibir as queimadas. Seriam, assim, proibidas inclusive as queimadas legais, usadas na agricultura. Sabe-se que a maioria dos casos de incêndios é provocada pelo homem e, por isso, é preciso que a sociedade tenha mais atenção e cuidado para evitar incêndios e queimadas, sendo, de imediato, necessário que o Governo suspenda as ditas "queimadas controladas". Afinal, os prejuízos para o meio ambiente são imensuráveis e poderão ser sentidos por nós, matheusis cedo ou mais tarde", alertou Wellington.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB