domingo, 17 de setembro de 2017
Assassinatos, assaltos e roubos a residências têm sido frequentes

POR FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO 


Os ribamarenses que moram na região da Sede de São José de Ribamar, composta pelos bairros São Raimundo, Campina, Moropóia, Outeiro, Cruzeiro,  São Benedito, J. Câmara I e II e os que estão fixados nas vilas Roseana e Dr Julinho, há muito já não sabem a recorrer. 

Os ribamarenses que moram na região da Sede de São José de Ribamar, composta pelos bairros São Raimundo, Campina, Moropóia, Outeiro, Cruzeiro,  São Benedito, J. Câmara I e II e os que estão fixados nas vilas Roseana e Dr Julinho, há muito já não sabem a quem recorrer.

A onda de assassinatos grassa nessas comunidades e as ações da Secretaria de Segurança do município não tem sido suficientes para conter  ou mesmo prevenir o avanço da criminalidade em parceria, recentemente, ensaiada com a Secretaria de Segurança Pública do estado. 


Nos últimos sete dias, um jovem foi assassinado na área do Cruzeiro onde fica localizado o rol de casas de entretenimento que oferece diversão aos ribamarenses aos finais de semana. Sem fórum de discussão na Câmara de Vereadores e sob a ausência de medidas estruturais de combate, a criminalidade fechou o cerco contra os habitantes destes bairros. 

Resultado de imagem para luis fernando silva  sao jose de ribamar
A onda de assassinatos grassa nessas comunidades e as ações da Secretaria de Segurança do município não tem sido suficientes para conter  ou mesmo prevenir o avanço da criminalidade em parceria, recentemente, ensaiada com a...

Ontem (16) em contato com a equipe de reportagem da Agencia Baluarte, uma família que preferiu não ser identificada por medo de represálias, informou a ANB que muitos munícipes já pensam em mudar-se e estão vendendo casas em função das ações criminosas que vem sendo constantes, pontuais. 


Dominada pelo crime, a região turística onde fica também localizado o Porto do Barbosa e a Praia do Caúra convive, nos dias atuais, com uma realidade que destoa de sua paisagem natural. Os visitantes e turistas passaram a não mais prestigiar o local dada a incidência de assaltos e roubos a residências ali deflagrada. Há seis meses os assaltos no ‘Bolo’, onde a estátua do Santo Padroeiro está erigida fez com que muitos deles desaparecessem. 


As visitações diminuíram.

5 comentários:

  1. cara tu esqueceu da falar das vilas tem um vereador la que foi eleito com o dinheiro do crack o cara ta refem da bandidagem fernando
    messias motora da van

    ResponderExcluir
  2. Blog porreta muito imparcial valeu atalaya
    Obrigadoamigo por essa matéria ta um sucesso aqui na sede valeu mesmo mano*##
    É o Rodriguinho amigo do fran Moreira sou teu fã

    ResponderExcluir
  3. COM UM TAL DE CESAR VIEIRA DISQUI SUBPREFEITO ISSO É UMA VENGONHA MUITO GRANDE O CARA É TOTALMENTE DESPREPARADO
    JR

    ResponderExcluir
  4. Como, "não sabem a quem recorrer?". Eles têm o governador, o prefeito e o secretário de segurança, que têm a obrigação constitucional de resolver o problema da violência. Autoridade tem que entender que o trabalho deles não é só pintar escola e fachada de centro de saúde nem fingir que estão cuidando do calçamento ou fazer de conta que estão policiando a cidade, para que seus assessores possam fotografar e publicar nos jornais apenas para enganar os trouxas e se preparar para outra eleição...

    ResponderExcluir
  5. Nada mais do que descaso com a população ribamarense. Afinal, a prefeitura dispõe de um aparato de secretárias: Segurança Pública, Assistência Social, Cultura, Esporte e Lazer, Educação(servem apenas como cabide de empregos)...A violência somente domina áreas onde as secretárias não atuam como deveriam. Falta de atuação governamental é a principal causa das desgraças que assolam as populações.

    ResponderExcluir

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB