segunda-feira, 5 de junho de 2017
Atlas da Violência revela que São José de Ribamar é a mais violenta do Maranhão
Relatório tem por base dados de 2015 e apresentam a cidade da Região Metropolitana com quase 160 homicídios para uma cidade de mais de 170 mil habitantes. 
Com base no Atlas da Violência, levantamento feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e o Fórum Brasileiro de Segurança Pública (FBSP), a cidade mais violenta do Maranhão é São José de Ribamar. Em 2015, ano base da pesquisa, foram 159 homicídios e nove mortes violentas com causa indeterminada (MVCI) para uma cidade que fica na Região Metropolitana de São Luís e têm pouco mais de 174 mil habitantes. Assim, a taxa de homicídio gira em torno de 89,2% e a taxa de mortes violentas com causa indeterminada chega a 5,2%. 

Resultado de imagem para GIL CUTRIM
O ex-prefeito de São José de Ribamar, Gil Cutrim: governo dele foi marcado por crescimento da violência em solo ribamarense.
Segundo relatório, São Luís aparece no ranking das 30 cidades mais violentas. A capital ficou na 23ª posição com 758 homicídios e 36 mortes violentas com causa indeterminada. A população ludovicense supera 1 milhão de pessoas. 


O município de São José de Ribamar possui um Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM) de 0,708. A taxa de ocupação (pessoas economicamente ativas) é de pouco mais de 18 mil para uma cidade que passa dos 174 mil habitantes. O índice de pobreza é de 53,28%, de acordo com o censo de 2015. A cidade tem 1.601 professores que são distribuídos entre a pré-escola, ensinos médio e fundamental. O número de alunos nestas três etapas são 33.244 mil e os prédios que servem de escola são 248. 


O ensino médio tem os menores números. São 248 professores para 3.768 mil alunos, que se concentram em 11 escolas. A população alfabetizada supera os 136 mil. A renda média por pessoa varia entre R$ 255 e R$ 320, considerando as diferenças entre moradores da zona rural e urbana. 


São José de Ribamar é uma das cidades turísticas do estado e é reconhecida também por ter o santuário do padroeiro do Maranhão, que dá nome ao município. Entretanto tem problemas sérios com a infraestrutura, por exemplo. Nos últimos meses, uma série de manifestações foram  realizadas em diversos bairros pelos mesmos motivos. Segurança, saúde e educação também já foram alvos de manifestações que bloquearam ruas e precisaram da presença policial. 


SEGURANÇA
 

O batalhão da Polícia Militar responsável pela cidade é o 13º, comandado pelo tenente-coronel Alexandre Francisco. Contudo não só São José de Ribamar é missão do batalhão, mas também Paço do Lumiar e Raposa, que compõe a Região Metropolitana da capital. Na 1ª companhia de São José de Ribamar, são cerca  de 66 policiais, na 2ª companhia em Paço do Lumiar são 52 policiais e na 3ª companhia da Raposa são 46 policiais. 

Resultado de imagem para LUIS FERNANDO SILVA
O ATUAL Luis Fernando Silva, do PSDB, tem a árdua missão de reverter a massacrante realidade. Conseguirá?

Recentemente, em divulgação oficial, a Polícia Militar informou que as ações do 13º BPM, em Ribamar, foram  intensificadas nas Vilas Campina, J. Câmara, Moropóia, Roseana Sarney, Vila São Raimundo e Vieira. 


“Homens dos grupos Garra e Tático Móvel realizam diariamente rondas em toda a região. É mais uma ação presença da Polícia Militar. Com o policiamento de motocicletas nossas equipes tem mais mobilidade e podem agir com mais rapidez. Além da área urbana, o patrulhamento é voltado também para atender os locais mais afastados na zona rural”, disse ao site da própria PM o tenente-coronel Alexandre Francisco. 

Resultado de imagem para MAJOR ARAUJO SAO JOSE DE RIBAMAR
Secretário de Segurança do município, Cel Araújo é responsável por ações ostensivas de combate à violência formuladas pelo Governo municipal.
Nessas ações, as apreensões de arma branca são a maioria, contudo armas de fogo também são encontradas. Esses objetos são utilizados em diversos crimes, entre os quais homicídios. 
 
São José de Ribamar também tem praias que atraem turistas, mas a presença de criminosos, inclusive com invasão de residências, tem registros toda semana. As principais praias do município são Panaquatira, Boa Vista e Juçatuba. 


CASO DE REPERCUSSÃO
 

No dia 23 de maio de 2015, uma residência na Praia de Panaquatira foi invadida por seis bandidos armados e terminou com a morte de cinco pessoas no local. O fato ficou conhecido como a ‘Chacina de Panaquatira’. 


Um grupo de amigos estava numa casa no residencial Ponta Verde, em Panaquatira, passando o fim de semana. Assim como esta residência, várias outras são locadas por temporada. Os criminosos perceberam a movimentação e invadiram o local para roubar as pessoas. O policial militar Max Müller Rodrigues de Carvalho estava no local e tentou evitar o assalto, na troca de tiros, o PM e outros quatro morreram no local, entre eles um dos assaltantes.
 
Leia mais sobre a violência em São José de Ribamar nos links abaixo relacionados: 










AS INFORMAÇÕES SÃO DO G1MA

EDIÇÃO DE ANB ONLINE

3 comentários:

  1. O secretário estadual do Partido Social Democrata Cristão (PSDC) no Maranhão e presidente do Diretório Municipal da sigla, em São Luís, Alan Kardeck (foto), informa, por meio de nota à imprensa, que o partido não era e nem é alvo de investigação na Operação Rêmora, da Polícia Federal, deflagrada na sexta-feira passada, 2, na capital maranhense. Até porque o partido não ter nada a ver com a instituição investigada, que é o Instituto de Desenvolvimento e Apoio à Cidadania (IDAC).

    Embora o presidente do IDAC seja o mesmo presidente do Diretório Estadual do PSDC no Maranhão, trata-se de gerenciar duas personalidades jurídicas independentes. A Executiva do PSDC ressalta ainda que houve uma invasão arbitrária, na sede do partido, situado no bairro do São Francisco, por não haver nenhum mandado judicial que sustentasse a entrada na sede do partido por agentes federais.

    Os próprios homens da Polícia Federal deixaram bem claro que a sede do partido não era alvo de investigação e que não havia nenhum mandado de busca e apreensão no local. O entendimento da Executiva é que a sala do partido foi invadida sem que fosse apresentado algum mandado que pudesse desencadear tamanha ação de intimidação a funcionários do PSDC, que chegaram a ser abordados e terem sido confiscados os salários dos funcionários que se encontravam no local, além de documentos e celulares, sendo tudo colocado em cima da mesa da sala do partido.

    Em nenhum momento havia uma mochila na sede do PSDC, com a quantia apresentada pela PF constando o valor de R$ 71 mil, ao que a Executiva sabe e que foi publicado em vídeos por meio de blogs e na internet. Conforme o secretário Alan Kardeck, a apreensão do dinheiro foi feita no interior do veículo de marca Corolla, que seria de um suposto assessor do IDAC, que se encontrava na garagem do prédio.

    Após apreensão da mochila com o montante acima citado, ela foi trazida pelos agentes da PF para a sala da presidência do PSDC, tendo os agentes colocado a mochila na mesa da sala do partido, depois fotografaram e filmaram tudo, dizendo que o fruto da apreensão havia sido feito dentro da sala da presidência do partido.

    O contraditório revela que a apreensão do dinheiro foi feita dentro do carro, que estava estacionado na garagem do prédio e, portanto, não dentro da sala da presidência do PSDC como relatou a imprensa. Todo esse relato está comprovado nos próprios vídeos divulgados nos blogs e na mídia eletrônica, mostrando que a mochila e o dinheiro nada tem haver com as funções da sede da legenda.

    A direção da Executiva do PSDC afirma acreditar na Justiça e que vai aguardar as investigações para provar que não tem nada relacionado com a apreensão do dinheiro. Existem suspeitas que tudo possa ter sido uma armação para tentar manchar a imagem do partido.

    Atenciosamente, Alan Kardeck, Secretário Estadual do PSDC no Maranhão e presidente do Diretório Municipal de São Luís

    ResponderExcluir
  2. Falta de vergonha na cara desses 2 Essa Situação não comeÇou hoje a Juvetude dacidade sempreteve abandonada como ate hoje ta eta morrendo adolescente nas carrada por isso me mudei dai e voltar nem que me pague e esse ai debaixo botou um monte de vagabundo numa tal de secretaria de juventude que so o que sabe fazer e ficar fuxicando nos grupo de zap #leandro lima

    ResponderExcluir
  3. quem deve ta com muito medo atalaia e o tal do guilherme mulato ele postou uma materia falando da empresa do vereador paulo alencar que recebeu um contrato de 3 milhgoes de reais e agora tirou do ar qual seria o motivo kkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir

IPVA 2017

IPVA 2017
IPVA 2017

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB