segunda-feira, 12 de junho de 2017
Primeira edição da Feirinha de São Luís atraiu turistas e moradores do Centro Histórico

O prefeito Edivaldo visitou, na manhã deste domingo (11), a Feirinha São Luís, em seu primeiro dia de funcionamento como a mais nova opção de compras de produtos locais e de entretenimento para moradores e turistas. O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), e passa a funcionar todos os domingos, das 7h às 15h, na Praça Benedito Leite, Centro Histórico da capital.

O projeto é uma iniciativa da Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (Semapa), e passa a funcionar todos os domingos, das 7h às 15h, na Praça Benedito Leite, Centro Histórico da capital.
"Estamos muito felizes em saber que a população abraçou a ideia da Feirinha, pois registramos em sua primeira edição sucesso absoluto em número de visitantes apreciando o espaço em todos os seus aspectos. A Feirinha São Luís é mais um ponto de lazer e compra de produtos regionais, onde os moradores podem vir com suas famílias aproveitar do espaço e os turistas encontrão no Centro Histórico da capital um local apropriado para conhecer e usufruir da nossa cultura, nossa culinária, artesanato, nossas artes de modo geral", afirmou o prefeito.


Uma vasta programação cultural foi realizada na estreia da Feirinha São Luís, que traz em seu bojo uma proposta diferenciada que visa reunir eu um só espaço produtos agroecológicos cultivados por produtores familiares da Ilha; exposição e comercialização de artesanato, artes plásticas e literárias, gastronomia e atrações culturais diversas.

Os visitantes começaram a chegar na Feirinha logo no início da manhã, para apreciar o mais novo espaço.
Os visitantes começaram a chegar na Feirinha logo no início da manhã, para apreciar o mais novo espaço, que já é uma realidade em outras capitais brasileiras, e que agora está sendo implantada pela primeira vez em São Luís, como mais uma política de gestão municipal visando ao estimulo do turismo local, à geração de renda e à valorização da cultura ludovicense em todos os seus aspectos.
Todas as apresentações culturais exibidas na primeira edição da Feirinha foram em clima de São João, com apresentações do Boi de Itapera, Boi de Sonhos e do Tambor de Crioula do Laborarte.
Todas as apresentações culturais exibidas na primeira edição da Feirinha foram em clima de São João, com apresentações do Boi de Itapera, Boi de Sonhos e do...

"A Feirinha é a realização de um grande projeto que agrega diversos benefícios à cidade. Além de ofertamos um maravilhoso espaço para a compra de produtos locais e também de entretenimento, estamos resgatando a vida do Centro Histórico, revitalizando áreas pouco visitadas e atraindo mais turistas ao local. Com isso, agregamos ao serviço da Feirinha valores culturais importantes, por meio da exposição de produtos nativos, nossas tradições, costumes e nossas artes. Dessa forma, efetivamos com este projeto mais uma ação importante para a valorização de nossos produtores", disse o secretário da Semapa, Ivaldo Rodrigues.
Arquidiocese de São Luís, Sindicado dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de São Luís, Semmam, Secom, Iphan, Fumph, Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Setur, Semosp...
O projeto é idealizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Semapa, em parceria com o Banco do Nordeste, o Governo do Estado, Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) e Associação Comercial do Maranhão (ACM).
São também parceiros da Feirinha São Luís o Senac, Academia Maranhense de Letras, Associação Comercial do Maranhão, Sub-Prefeitura do Centro-Histórico, Associação dos Moradores do Centro, Secretaria de Estado da Cultura e Turismo, Arquidiocese de São Luís, Sindicado dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais de São Luís, Semmam, Secom, Iphan, Fumph, Comitê Gestor de Limpeza Urbana, Setur, Semosp, SMTT, Secult, Semusc/Guarda Municipal, Semurh/Blitz Urbana.

LAZER

O novo ponto de lazer e compras dominical, além de expor a diversidade cultural da Ilha, fomenta a economia criativa aos produtores da grande Ilha de mais de 11 polos que oferecem seus produtos por preços justos. São 61 barracas, sendo 25 para produtores rurais, 25 para artesanato e 11 para gastronomia, além dos food trucks. Na Feirinha são expostos e comercializados produtos e subprodutos da agricultura familiar, como frutas, legumes, verduras, hortaliças, doces, compotas, queijos e comidas típicas do estado.

Produtos e subprodutos da agricultura familiar, como frutas, legumes, verduras, hortaliças, doces, compotas, queijos e comidas típicas do estado.
Uma das participantes do projeto é a culinarista regional Ruth Silva, 63 anos. Ela está com sua barraca de comida típica ofertando no espaço tudo o que há de melhor da culinária maranhense. "É uma ideia maravilhosa da Prefeitura. Encontrei na Feirinha mais uma opção de comercializar meus produtos e expandir meu negócio", disse ela.


A pesquisadora social francesa Malu Martin, 27 anos, está hospedada em hotel localizado no Centro Histórico e aproveitou para conhecer a Feirinha e comprar souvenirs. "É uma excelente iniciativa, pois agrega valor cultural e disponibiliza em um só espaço mostras de produtos bem peculiares às tradições e aos costumes locais", observou a pesquisadora.

A pesquisadora social francesa Malu Martin, 27 anos, está hospedada em hotel localizado no Centro Histórico e aproveitou para conhecer a Feirinha e comprar souvenirs. "É uma excelente iniciativa, pois agrega valor cultural.
A moradora Jackeline Frias, 43 anos, aproveitou a manhã de domingo para passear na Feirinha com sua família e assistir às apresentações culturais no local. "Sensacional a proposta de ofertar mais uma opção de lazer, compras e cultura na cidade. Agora já sabemos onde podemos desfrutar de boa comida, apreciar nossa cultura e comprar produtos agroecológicos", relatou.


"A cidade está de parabéns com essa iniciativa. Comprei aqui todas as lembrancinhas que precisava levar para meus parentes em Recife", disse a turista pernambucana, Luisa Cunha Ribeiro, 39 anos.


MATÉRIA ENVIADA PELA ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE SÃO LUÍS
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE

0 comentários:

Postar um comentário

IPVA 2017

IPVA 2017
IPVA 2017

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB