sexta-feira, 12 de maio de 2017
Após seguidas denúncias da Agência Baluarte, vereadores aprovam criação de mais 15 cargos na Prefeitura de São Luís para trabalhar em projetos de revitalização do patrimônio histórico e cultural.   
Projeto pedia autorização para criação de nove cargos com salários de mais de R$ 9 mil e seis cargos com salários de R$ 5 mil.

Foi aprovado nesta quarta-feira (10), na Câmara dos Vereadores de São Luís, o projeto de lei que cria 15 novos cargos comissionados para a Secretaria Municipal de Projetos Especiais. O impacto anual da criação de novos cargos será de R$ 1,3 milhão. A proposta foi votada em regime de urgência pelos vereadores. 


O projeto prevê a criação de nove cargos em comissão com salários de mais de R$ 9 mil e outros seis cargos com salários de R$ 5 mil para trabalhar em projetos de revitalização do patrimônio histórico e cultural. 

Resultado de imagem para camara de vereadores de sao luis
Após seguidas denúncias da Agência Baluarte, vereadores aprovaram criação de mais 15 cargos na Prefeitura de São Luís para trabalhar em projetos de revitalização do patrimônio histórico e cultural; a proposta foi votada em regime de urgência.
O objetivo é devolver ao centro a pujança econômica do passado a partir do desenvolvimento de novas cadeias produtivas. O programa prevê investimentos em ações de recuperação de monumentos, urbanização de complexos arquitetônicos históricos e requalificação dos três parques ambientais existentes no Centro. 

Ao portal a Secretaria Municipal de Projetos Especiais (Sempe) disse que os cargos criados são de caráter temporário para atendimento do projeto de revitalização do Centro Histórico, executado em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). 

Confira a nota na íntegra 

A Secretaria Municipal de Projetos Especiais (Sempe) informa que os cargos criados são de caráter temporário para atendimento do projeto de revitalização do Centro Histórico, executado em parceria com o Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O programa, denominado Pró-Cidade São Luís, compreende a revitalização de uma dezena de pontos na área do Centro Histórico da capital e prevê investimentos em ações de recuperação de monumentos, urbanização de complexos arquitetônicos históricos e requalificação dos três parques ambientais existentes no Centro. 

Leia mais sobre as denúncias feitas pela Agencia Baluarte, onde foram mostradas as precárias condições do patrimônio histórico e cultural de São Luís: 

http://www.agenciadenoticiasbaluarte.com.br/2017/04/centro-historico-segue-abandonado.html

http://www.agenciadenoticiasbaluarte.com.br/2017/04/exclusivo-centro-historico-de-sao-luis.html

http://portaldoguigui.com.br/2017/05/02/centro-historico-abandonado-preservacao-de-casaroes-e-predios-segue-empilhada-pelo-iphan/
http://www.riltonsilva.com.br/2014/03/salvem-praia-grande-bairro-historico.html

 http://edwilsonaraujo.com.br/a-oligarquia-da-degradacao-humana-no-ex-sioge-de-ponto-conceituado-no-brasil-a-casa-da-morte-droga-e-prostibulo/

 http://www.agenciadenoticiasbaluarte.com.br/2016/04/abandono-na-cultura-predio-do-sioge.html


AS INFORMAÇÕES SÃO DO G1MA
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE  

Um comentário:

  1. Esperamos que esses cargos sejam ocupados por profissionais realmente comprometidos e empenhados no revivescimento dos bens tombados na alçada municipal... E que os demais responsáveis pelo patrimônio tombado (Estado e IPHAN) façam suas partes.

    ResponderExcluir

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB