quinta-feira, 18 de maio de 2017
Prefeito mostra falta de habilidade com a coisa pública
Gestão não tem sabido estabelecer diálogo entre governo e população 


POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR-CHEFE DA AGENCIA BALUARTE



Começou mal. A gestão do prefeito Domingo Dutra(PCdoB) as vésperas  de completar seis meses de atuação dá sinais de fragilidade em instâncias estratégicas da administração. 


Domingos errou ao centralizar o governo em torno da esposa, Núbia Feitosa, também secretária municipal. Não porque Núbia não tenha competência para ocupar cargos públicos, mas porque a linha entre o público e o privado é tênue e acusa grau de pessoalidade. 


Nos últimos três dias, em Paço do Lumiar, Domingos e Núbia, foram expostos ao olho do furacão. A oposição vem se aproveitando das falhas de um governo que se elegeu justamente apontando as falhas que hoje protagoniza. 

Resultado de imagem para nubia e domingos dutra
O PÚBLICO NÃO É O PRIVADO O casal Domingos e Núbia: pessoalidade no trato da coisa pública vem gerando antipatia à dupla em Paço.  

A geração de prefeitos eleitos no último pleito, da qual Domingos Dutra faz parte,  foi elevada à condição de heroica por parte da população que desejava renovação diante do caos predominante em cidades como São José de Ribamar e Paço do Lumiar. Mas hoje virou faca de dois  gumes, ao criar gestores vaidosos, centralizadores e prepotentes. O que não é nada bom para o projeto de reeleição do governador Flávio Dino que atribui  aos prefeitos da Grande Ilha parte da coordenação de campanha em 2018. 


A antipatia a Domingos e Núbia se acentua em Paço. Indiferentes aos setores revoltosos do município e até à imprensa, a dupla segue em linha individualista e reage conforme o ataque. Há visível desconexão da Comunicação do prefeito com os profissionais de mídia e ausência  de uma política comunicacional institucionalizada, ao que se ver retratado  de forma clara nas intempestivas e grosseiras manifestações de ‘liderança’ da primeira-dama. Historicamente, governos que optaram por um discurso solitário, caracterizado por personalizar em torno de um nome a atuação, não tiveram permanência duradoura, sendo classificados de antidemocráticos, impopulares e despóticos.


A situação de Paço do Lumiar é grave sob o ponto de vista da governabilidade.  Enquanto a individualidade gritante dos gestores continuar a ensurdecer a reivindicação  coletiva, o senso de interesse público e as demandas sociais, a gestão de Domingos e Núbia ou de Núbia e Domingos não será mais que uma gestão de um casal.


Nem de uma família será.  

2 comentários:

  1. Voce disse tudo cara tu é diferenciado atalaia
    ribamar

    ResponderExcluir
  2. Em casa que mulher manda
    Até o galo canta fino

    ResponderExcluir

IPVA 2017

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB