sexta-feira, 28 de abril de 2017
Uma corajosa arquitetura poética de ter ou não ter
Resultado de imagem para WYBSON CARVALHO
Por Wybson Carvalho
Nesta obra ODE TRISTE PARA AMORES INACABADOS lê-se a alma metafórica de um poeta inspirado a revelar-se entre as circunstâncias infindas de um sentimento uno e(ou) não correspondido e confesso à solidão existencial e presa em si. Tal qual nos diz em um  trecho  de um dos seus poemas:  Amores à parte... Amores à parte, eu também amei /Amei com a tempestade à garganta / com o grito preso aos lençóis / Amei com todos os nós / Entre mim e as tuas mãos a toda solidão da minha vida. 


O autor da obra, Fernando Atallaia, é arquiteto de um desenho, em palavras de confissão, numa edificação construída com traços à moderna engenharia magnético-sentimental, extraída de seu âmago, exposta à oferta de si para os andares, dela, em seus viveres e sentires quanto ao amor.


Com maestria poética, ele se refaz em inúmeras aventuras intencionadas à oferta de seu desejo em busca de uma cumplicidade, quase nunca conseguida, e esvaída, solitária e duvidosamente, como a questão de ter ou não ter reciprocidade na comunhão do sentimento. 


E com belíssimo acabamento criativo enfeita todos os seus andares – aos poemas caracteres – de um caminho que não tem fim, face ao “amor é infinito enquanto dure” à procura de quem o tenha e queira compartilhar. 

Ode Triste para Amores Inacabados é obra significativa da Moderna Poesia Maranhense.




Wybson Carvalho é crítico literário e membro da ACL-Academia Caxiense de Letras.

0 comentários:

Postar um comentário

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB