sábado, 22 de abril de 2017
No ranking da Exame , a cidade Patrimônio Cultural da Humanidade aparece na  22ª colocação à frente de Belém, Maceió, Porto Velho e Macapá.
 
Os títulos de Cidade Patrimônio Cultural da Humanidade, Ilha do Amor, Atenas Maranhense, Cidade dos Azulejos e Capital Brasileira do Reggae não foram suficientes para por São Luís numa colocação digna de cidade modelo no País, diante da péssima administração do prefeito Edivaldo Holanda Jr, do PDT.  É o que mostra reportagem da revista Exame que poe a capital maranhense numa colocação constrangedora e na condição de pior capital para se viver no Brasil. São Luís ficou na 22ª colocação à frente  de Belém, Maceió, Porto Velho e Macapá.

Resultado de imagem para UNESCO
RAZÕES DE SOBRA PARA RETIRAR Se a capital perder o título de Patrimônio Cultural da Humanidade, os ludovicenses não devem se sentir surpresos.
A reportagem produzida com base em levantamento da consultoria Macroplan levou em consideração  áreas da gestão pública onde a Cidade-Patrimônio aparece reincidente em colocação vergonhosa. Em Educação e Cultura,  São Luís ocupa a 13ª colocação. Na Saúde desce para a 26ª. Em Segurança os ludovicenses tem razão de sobra para se envergonhar da última posição ocupada onde a capital perde para Fortaleza, mantendo o mesmo percentual que obteve na Saúde: 26ª. Já em Saneamento e Sustentabilidade, São Luís continua a ocupar o rabo da fila, demarcando posição de destaque negativo ao assumir o posto da 20ª colocação. 


Os dados coletados  de órgãos Governamentais da União, dos Estados e Municípios entre os anos de 2004 e 2015, como mostra Exame, são indicadores de uma situação alarmante. Outra pesquisa divulgada já este ano mostra São Luís entre as 50 cidades mais violentas do mundo, ocupando a 33ª posição no ranking. 

Resultado de imagem para EDIVALDO HOLANDA JR
O prefeito Edivaldo Holanda Jr: pondo São Luís, por mais uma vez, em destaque.

Diante de tantos ‘’méritos’’ não será surpresa se a UNESCO, em breve, retirar o titulo maior de Cidade Patrimônio Cultural da Humanidade da capital detentora do maior acervo colonial arquitetônico no mundo. O que chama atenção para o escândalo eminente é o fato de São Luís ser a única cidade brasileira detentora  de diferentes insígnias e atribuições, contrastando com seu reconhecimento em âmbito nacional quando aparece sempre de forma negativa. 


Isso mostra que nos últimos seis anos, a cidade vem enfrentando o maior  abandono já registrado em toda sua história. 



POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR-CHEFE DA AGÊNCIA BALUARTE

4 comentários:

  1. ... discordo, acho que a irresponsabilidade de um prefeito, como o Holanda Junior, que não se suicidou ainda, se atirou do apartamento em virtude da mulher Camila e filhos. A cidade merece uma oportunidade para resolver seus assuntos, um novo prefeito ou a renuncia do atual, resolveria...

    ResponderExcluir
  2. Edivaldinho nao tem noçao da dimensao(Importancia) de Sao Luis. O negocio dele é Politicalha, nisso é bom ''prefeito''.

    Matheus Felipe

    ResponderExcluir
  3. A responsabilidade maior sobre a cidade é do prefeito, São Luís todos sabem não é uma cidade qualquer, historicamente está entre as mais importantes do mundo. Cabe ao município, ao estado e principalmente ao IPHAN cuidar com a devida atenção. O descaso pela cidade vem sendo percebido faz muito tempo, nunca vi em período eleitoral um candidato se dizer preocupado com a situação do Centro Histórico. Todos sabem o quão é importante para uma cidade preservar os títulos que a mesma recebe, porém, raros são os que lutam para sua continuidade. Me pergunto diariamente para que serve essa Superintendência do IPHAN nesta cidade, lógico, apenas para o uso de interesse político.

    ResponderExcluir
  4. É UM NEGOCIO SEM EXPLICAÇÃO DE TAO RUIM , ESSE SR NÃO CONHECE A CIDADE QUE ELE GOVERNA SO TEM UM PRA DAR JEITO O NOME DELE É RICARDO MURAD. RICARDO VEM AI PRA VALORIZAR SLZ. AGUARDE POVO! ZECA

    ResponderExcluir

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB