quarta-feira, 18 de janeiro de 2017


POESIA SEMPRE!
Leia na integra o poema Infernais e Auspiciosas da obra inédita Praia Grande- Solstício da Última Tragédia de autoria do poeta e jornalista maranhense Fernando Atallaia 

Da primeira vez ele tocou as tetas e um oráculo de agonia se abriu
Da segunda ele beijou escumas e o chão de São Luís entre as fendas se despiu
Em sangue
Algas claras perfurantes
Havia gemidos sob as cordilheiras
Adormecidas as serpentes, ela cravou dragões
A terra sobre as largas costas dele
Ela o queria como sempre
Mar violento sobre as parcas ondas
Rascunho agonizante nos trovões da consciência

Resultado de imagem para casaroes sao luis
Haverá o tempo da esperança, mas não no hoje espalhado pelas cotações imperiosas
Quem será maior que o verme corroendo na tarde o casarão inerte, impávido?
Quem?
Medo pavor trágica notícia nos empapelados matutinos
O sonho tal quais as movediças adentrando inéditos infernos
A terra ao irromper  angústias trespassadas trouxe benevolência e miséria
Fome, correria e desespero

Os tentáculos de esperança falharam?
Luas dos românticos refugiadas ao largo da Gonçalves
Ele veio das profundezas do coração das conchas reclamantes     
Longos braços esticados sobre os varais do tremor anunciado


Ela o queria como sempre
Mar violento sobre as parcas ondas
Rascunho agonizante nos trovões da consciência
Ai, gritam os homens entres as pequenas, grandes ruas

Ai, gemem elas nas quitandas solitárias
Um desterro derramado até os anjos da guarda entristecidos
Os homens sãos de óculos quebrados vislumbram cometas desejosos de vingança
Haverá o tempo da esperança, mas não no hoje espalhado pelas cotações imperiosas
Quem será maior que o verme corroendo na tarde o casarão inerte, impávido?
Quem?

13 comentários:

  1. Parabéns Fernando,simplesmente genial.
    Amei...muito intenso!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom, parabéns irmao!
    Do amigo Marcinho do parque vitória

    ResponderExcluir
  3. Muito bom parabéns vc sabe mesmo como cativar as palavras na poesia!!!!

    ResponderExcluir
  4. Recebi com muita estranheza notícias postadas em blogs, insinuando que o município de paço do lumiar foi entregue inadimplente, a pasta de cultura, e sem informações no portal da transparência, e por isso não haverá convênio do estado com o município para carnaval 2017.
    Muito tentei, muito me esforcei para ter apoio do governo do estado na realização do carnaval em paço do lumiar nunca tivemos êxito, nunca celebramos um convênio se quer. Não poderia prestar contas do que nunca foi recebido. O portal da transparência da prefeitura sempre esteve atualizado até dia 31 de dezembro, quando findou minha gestão e tudo foi repassado a equipe de transição . Uma das maiores dificuldades de nossa gestão foi a falta de apoio do governo do estado.
    Todos os carnavais realizados em nossa gestão em paço do lumiar foram feitos com recursos próprios da prefeitura, e me causa espanto e estranheza essa notícia. Achei por bem dar esta declaração pois as dificuldades são para serem enfrentas, como as enfrentei, e tenho certeza que a nova gestão vai fazer um carnaval bonito, seguro e alegre para a população de paço do lumiar.JOSEMAR SOBREIRO

    ResponderExcluir
  5. Brilho e magia, o poeta FERNANDO ATALLAIA, desperta em seus versos, nos seus ou nos meus versos. Somos nós os principais "culpados" em despertar ternura e amores pelo invisível... Por uma tela separa pessoas diferente... Mas une pensamentos... Desperta desejos e paixões!... Impossível, pois é a nossa honra, é o nosso prazer que desperta puro sentimentos em cada verso. FERNANDO ATALLAIA Não escrevem apenas por simples razão, mas sim, por pura e imensa paixão. Cada verso é algo que surge de um lindo coração!!!... Lindo poema como sempre... Você é a alma da mais linda flor. Beijos e grande abraço no seu lindo coração!!!...

    Fatima Coutto

    ResponderExcluir
  6. O poema mostra a gênesis da ilha com toda a sua beleza e todo o seu horror. retratando medos e anseios populares e uma expectativa agoniada de destruição causada pelas próprias serpentes que a habitam e administram. É um misto de magia e predição que faz parte da aura misteriosa que cerca nossos casarões, nossa história e nosso futuro..

    ResponderExcluir
  7. Um expoente da literatura não só nas cercanias Maranhenses e sim transpondo fronteiras com sua picardia, excentricidade, surrealidade, sensualização e muito, mas muito conhecimento da sua terra amada. Parabéns poeta tu parece ser como o bom vinho que com o passar do tempo melhor se apura e aprovado. Parabéns !

    ResponderExcluir
  8. Parabéns Atalaia! Mais um grande trabalho seu.

    ResponderExcluir
  9. Muito linda sua poesia e forte como sempre..
    Adoro ler você, seu lindo!!!!!

    Rosana Facam

    ResponderExcluir
  10. Grandioso e magistratral poema/um canto,entre a magia e a agonia o corpo e a alma de uma cidade e suas luas cheias de poesias e lendas.São Luis recontada/nos versos magistrais do grande poeta Fernando Atalaia.

    ResponderExcluir
  11. Karla Wanessa Araújo19 de janeiro de 2017 09:49

    parabéns Fernando muito bom ��

    ResponderExcluir
  12. parabéns Fernando muito bom��


    Karla Wanessa Araújo ��

    ResponderExcluir

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB