terça-feira, 1 de novembro de 2016
Grave denúncia chegada à redação da Agência de Notícias Baluarte na manhã de ontem dá conta de que feirantes e frequentadores estão sendo vitimados pelo descaso da Prefeitura municipal. 
 
O mercado J. Câmara, principal ponto comercial da Sede de São José de Ribamar, está abandonado à própria sorte, segundo informou na manhã de ontem(31) uma fonte que trabalha no local. 


A grave denúncia, dando conta de que a insegurança no Mercado, seguida da falta de infraestrutura básica, vem tirando o sono de feirantes e frequentadores do J. Câmara  nas últimas semanas, não é uma novidade. Há dois anos ANB Online já havia registrado in loco o descaso do Executivo municipal para com um dos pontos comerciais mais importantes da cidade.  

Urubus em frente ao Mercado J. Câmara na Sede de  São José de Ribamar: paisagem do descaso diário.
De acordo com o denunciante, que preferiu não se identificar por medo de represálias, um dos sérios problemas que atinge hoje tanto comerciantes quanto consumidores e frequentadores em geral, é a falta de iluminação.


‘’O Mercado está completamente abandonado; sem iluminação e sendo invadido por vândalos; os boxes do estabelecimento estão sendo arrombados e à noite devido à falta de segurança ninguém mais frequenta, pois virou um local sombrio que mete medo nas pessoas’’, disse ele. 
Resultado de imagem para prefeitura de sao jose de ribamar
A MARCA DO ABANDONO Slogan que representa o inverso do que prega, Prefeitura entregou Mercado à própria sorte

A reportagem da Agência Baluarte tentou contatar o  titular da Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento da prefeitura de São José de Ribamar, Pedro Oscar, para obter esclarecimentos sobre a denúncia, mas até o fechamento dessa matéria nenhuma ligação feita por nossa equipe havia sido atendida. Em seguida tentamos contatar o comandante da Guarda Municipal, Mauro Sérgio Correa para saber o porquê da ausência de medidas de segurança no Mercado,  mas o telefone , como é de praxe, só sinalizava fora de área ou desligado. Por fim, tentamos contatar o prefeito da cidade Gil Cutrim(PDT), mas   fomos informados de que ele se encontra em viagem ao exterior.  


O Mercado continua às expensas do abandono.  



Fernando Atallaia

Direto da Redação
Criminosos explodem caixa eletrônico do banco Bradesco, em Cajari

Suspeitos, fortemente armados, realizaram ação nesta madrugada.
Ainda não há pista sobre a identificação dos responsáveis pela explosão.


Criminosos fortemente armados explodiram um caixa eletrônico do Banco Bradesco, no município Cajari, a 200 km de São Luís, por volta das 3h desta terça-feira (1º).

Após a ação criminosa, os policiais ainda iniciaram uma perseguição aos suspeitos, mas vários pregos foram espalhados na estrada, o que dificultou a aproximação da guarnição policial. Não há informações de feridos nem de troca de tiros com policiais.

Após explosão criminosa, prédio ficopu parcialmente destruído (Foto: Divulgação/Polícia)
Criminosos fortemente armados explodiram um caixa eletrônico do Banco Bradesco, no município Cajari, a 200 km de São Luís, por volta das 3h desta terça-feira (1º).
Ainda não há pista sobre a identificação dos suspeitos. O último caso foi registrado no dia 22 de outubro, no município Governador Eugênio Barros. Segundo informações de testemunhas, cerca de 12 bandidos encapuzados foram responsáveis pela ação.
O Maranhão passou praticamente todo o mês de setembro sem registros de crimes desta natureza. Isto depois de uma série de ataques nos meses anteriores. De acordo com o Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA), o número de arrombamento de agências bancárias este ano superou as 40 ocorrências. Se forem considerados também assaltos e saidinhas bancárias, o sindicato contabiliza 54 ocorrências este ano.

Resultado de imagem para JEFFERSON PORTELA
O secretário de Segurança Pública do estado, Jeferson Portela: criminalidade avançando no Maranhão e ele, assim como no filme de Stanley Kubrick, de olhos bem fechados.
Um dos ataques mais violentos foi no dia 15 de fevereiro, na cidade de Colinas. Os bandidos fizeram reféns e um dos tiros disparados atingiu uma mulher, que morreu no local.


AS INFORMAÇÕES SÃO DO G1MA

EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores