terça-feira, 18 de outubro de 2016
Eduardo deixa claro que não suporta críticas nem tampouco o livre exercício da imprensa no oficio comunicacional.
POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR-CHEFE DA AGÊNCIA BALUARTE 
atallaia.baluarte@hotmail.com
O candidato a prefeito de São Luís Eduardo Braide(PMN)  não deixou para as entrelinhas uma face áspera que guarda em si quando o assunto é a Liberdade de Imprensa. Ele também não esconde a já declarada aversão ao exercício profissional de jornalistas e especialmente de blogueiros que o criticam.  

Vindo até aqui de uma crescente campanha, Braide já tentou desqualificar repórteres em entrevistas; invalidar a importância da Imprensa diante do interesse imediatista de se eleger prefeito e o pior: o deputado se mete a catequizar os profissionais. 

Resultado de imagem para eduardo braide
AVERSÃO DECLARADA O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide: se ele tenta desqualificar a Imprensa enquanto voz do povo, para quem ele governaria se eleito?
Essas e outras demonstrações de arrogância, truculência e despotismo pontuais de Eduardo Braide revelam a maneira como ele enxerga a liberdade de expressão: à revelia do estado democrático de direito. O candidato se impõe e vai de encontro à legitimidade da Imprensa enquanto instituição necessária à manutenção da democracia e desta elemento constitutivo, um de seus pilares mais fundamentais.
Eduardo Braide é o típico politico afeito à lei da mordaça, da perseguição a formadores de opinião e do patrulhamento ideológico. Sua postura umbilicrática( aquela voltada apenas para o próprio umbigo e a partir deste governando) mostra um candidato despreparado nesse particular. Se prefeito, Eduardo terá suas maiores dificuldades no âmbito  da comunicação, onde certamente faria um governo aos moldes dos capitães-do-mato em campo.

Mas como candidato, o risco ainda não migrou para a esfera real. A população de São Luís poderá mudar o rumo da história. Um político que desdenha, inferioriza e se rir da autoridade de uma das instituições que mais  representam os interesses populares, denunciando mazelas, esquemas de corrupção e ausências governativas, certamente representaria uma ameaça concreta no Poder.

A Imprensa é a voz do povo, mas Braide diz que não.  
Secretário de Segurança Pública do Estado, Jeferson Portela dá de ombros com o grave problema que assola a cidade.
Ribamarenses ameaçam ir essa semana à SSP protestar contra ausência da Pasta.

Um dos mais sérios e graves problemas existentes hoje em São José de Ribamar, a onda de assaltos na cidade perpassou todos os limites de compreensão e se arrasta pelos bairros locais em proliferação vertiginosa.



Da Sede a Região das Vilas, a prática criminosa vem se tornando cada vez mais comum no município. Conhecedor do problema, o secretário de Segurança Pública do Estado Jeferson Portela foi alvo da repulsa dos munícipes na tarde de hoje (18)  nas redes sociais. Os ribamarenses acusam Portela de omissão. 

Resultado de imagem para jefferson portela
ONDA DE ASSALTOS DEVASTADORA O Secretário de Segurança do estado, Jeferson Portela:  ribamarenses ameaçam protestar em frente à SSP ainda essa semana.
Em contato com a reportagem da Agência Baluarte, um grupo de moradores constituído por ribamarenses das duas áreas (Sede e Vilas) afirmou que se a Secretaria de Segurança não se pronunciar anunciando medidas de combate à criminalidade para São José de Ribamar, após documento que será enviado por uma comissão ainda essa semana, um protesto organizado chegará às dependências da SSP. ‘’Ficaremos de campana em frente à Secretaria e não vamos arredar’’, afirmou um dos membros da comissão. 


Nas últimas semanas, o índice alarmante de assaltos na cidade se consolidou como bem registra a delegacia de policia local. ''As ocorrências têm sido muitas; são 10,  20 por dia e a Secretaria de Segurança sabe que não temos condição, com o pouco aparato policial que temos, de conter esse problema’’, disse um agente de policia que preferiu não ser identificado a ANB Online.


São José de Ribamar, depois da capital São Luís, é a cidade mais importante da Região Metropolitana e a terceira maior do estado. A Secretaria de Segurança Pública na gestão de Jeferson Portela tem dispensado a Ribamar um tratamento aviltante, não condizente com a realidade social e com a dimensão territorial do município.

O secretário só esteve na cidade em duas ocasiões. E as duas diziam respeito a parcerias eleitorais. 

POR FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO

Ministério Público do MA solicitou pagamento dos salários atrasados dos servidores em Cururupu

O município fica localizado a aproximadamente 442 km de São Luís.

O Ministério Público do Maranhão solicitou, em 13 de outubro, que a Justiça ordene o bloqueio de todas as contas do Município de Cururupu e que determine o envio das folhas de pagamento dos servidores efetivos e inativos da Prefeitura ao Banco do Brasil, referentes aos meses de julho, agosto e setembro, no prazo de 48 horas.

Em caso de descumprimento, foi sugerida a condenação dos gestores responsáveis por prática de crime de desobediência e que seja estabelecido o pagamento de multa.
Também foi requerido que a Justiça autorize o estabelecimento bancário a proceder ao pagamento dos salários atrasados.

Resultado de imagem para CURURUPU MARANHAO
Para o promotor de justiça, autor da ação, o problema não pode ser justificado, porque os Municípios recebem regularmente as cotas relativas ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), Fundo de Participação dos. Municípios (FPM), Sistema Único de Saúde (SUS), entre outros.
Os pedidos foram feitos em Ação Civil Pública de obrigação de fazer, formulada pelo promotor de justiça Francisco de Assis Silva Filho.

ATRASO

A Promotoria de Justiça da Comarca de Cururupu tomou conhecimento do atraso no pagamento dos salários, após denúncia de servidores municipais.

Para o promotor de justiça, autor da ação, o problema não pode ser justificado, porque os Municípios recebem regularmente as cotas relativas ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), Fundo de Participação dos. Municípios (FPM), Sistema Único de Saúde (SUS), entre outros.

O município de Cururupu fica localizado a aproximadamente 442 km de São Luís.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO MARANHÃO
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 
Indonésia aprova pena de morte e castração química de pedófilos

A pena de morte e a castração química contra os culpados por violência sexual a menores foram aprovadas pelo Parlamento da Indonésia. A informação foi publicada em vários veículos de imprensa locais, na quinta-feira, 13. 

bandeira-indonesia
A pena de morte e a castração química contra os culpados por violência sexual a menores foram aprovadas pelo Parlamento da Indonésia. A informação foi publicada em vários veículos de imprensa locais, na quinta-feira, 13.
Proposta pelo governo do presidente Joko Widodo, a medida prevê o uso de aparelhos eletrônicos de rastreamento para criminosos colocados em liberdade após cumprir suas penas. Segundo o jornal “Jakarta Globe”, o regulamento aprovado na última quarta-feira, 12, gerou preocupação na Câmara com a oposição de três partidos políticos, que obrigou a debater a série de medidas durante os últimos dois meses.

Outros partidos seguem “indecisos” por conta da falta de explicação do Executivo em relação ao procedimento da castração química. Associações médicas da Indonésia remeteram suas objeções éticas pelo uso do castigo. O presidente Joko propôs a mudança legislativa, em maio deste ano, após um estupro coletivo a uma menina de 14 anos. 

Com informações do jornal O Povo

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB