quarta-feira, 21 de setembro de 2016
Queimado como gestor, Gil Cutrim participa de caminhada e prejudica candidato a vereador em São Luís

O jovem Rômulo Franco, filho do ex deputado estadual e atualmente secretário de Governo da Prefeitura de São José de Ribamar, mas que continua no ostracismo, Alberto Franco, é daquelas pessoas persistentes: há vários anos, luta por uma cadeira na Câmara Municipal. O mais longe que conseguiu chegar, foi na primeira suplência, onde atualmente, está assumindo o mandato de vereador.

Nestas eleições municipais, o pai de Rômulo está investindo mundos e fundos na campanha do filho, a fim de eleger o rebento a qualquer custo, afinal, é agora ou nunca! Mas o “apoio de peso” mesmo apareceu durante caminhada realizada nesta terça-feira (20), no Centro de São Luís. Eis que apareceu o Prefeito mais queimado dos últimos tempos no Estado do Maranhão: Gil Cutrim, para dar uma “força” pra Rômulo.

romulofranco
ACUPINZANDO Gil deixou sua marca na caminhada dos Franco; as chances diminuiram
Como todos sabem, a população de São José de Ribamar não vê a hora de Cutrim deixar a cidade, já que o gestor fez apenas uma coisa durante todo seu mandato: destruiu o município.
Em release distribuído à imprensa, o ato reuniu “centenas de pessoas”, a maioria, claro, vindas de São José de Ribamar, para dar maior volume a caminhada. Quem também compareceu ao evento, foi o advogado Edson Junior, erradamente citado como candidato a vice-prefeito da cidade balneária, que, como todos sabem sua candidatura, assim como a de Julinho Matos, foi indeferida.

Talvez, se o candidato a vereador Rômulo Franco aparecesse sozinho, sem o pai e muito menos o prefeito queimado Gil Cutrim, que não agrega em nada na sua campanha, suas chances se ampliaram na Ilha do Amor.

Quem sabe!

AS INFORMAÇÕES SÃO DO BLOG DA CRISTIANA
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 
Em três dias, dois comunicadores foram assassinados no México
Segundo a Ciap- Felap, o número de profissionais da comunicação mortos no México em 2016 já chega a 13
Os comunicadores Aurelio Campos, repórter e diretor do semanário El Gráfico, da Serra Norte do estado de Puebla, e Agustin Pavia Pavia, professor, advogado e locutor da rádio comunitária Tu Un Ñuu Savi em Huajuapan de León, no estado de Oaxaca, foram assassinados entre os dias 15 e 17 de setembro, engrossando as estatísticas de comunicadores assassinados no México.

Somente neste ano, 13 comunicadores foram mortos no país, segundo a Comissão Investigadora de Atentados a Jornalistas, da Federação Latino-Americana de Jornalistas (Ciap-Felap).

Protesto contra a violência aos comunicadores em Xalapa, no México, no início deste ano
Diversas organizações classificam o México como um país “não livre” para exercer o jornalismo e a defesa dos direitos humanos. A Federação de Associações de Jornalistas Mexicanos (Faparmex), o Clube da Imprensa e a Falap-México indicam que, desde 1983, aconteceram 252 crimes contra a liberdade de imprensa e expressão, dos quais 222 foram contra jornalistas, oito contra trabalhadores de imprensa, 13 contra familiares, três contra amigos de jornalistas e três contra acompanhantes de jornalistas.

Segundo Emmanuel Colombié, responsável pelo escritório da organização internacional Repórter Sem Fronteiras da América Latina, o "México está se tornando um cemitério de jornalistas".

 "As autoridades mexicanas locais e nacionais devem reforçar urgentemente os dispositivos de alerta e proteção aos jornalistas, assim como prover à Justiça os meios para que se identifique rápida e sistematicamente os autores intelectuais destes crimes", manifestou.

Segundo a Ciap-Felap, 30 jornalistas e trabalhadores da comunicação foram assassinados em seis países da região somente neste ano: 13 no México, sete na Guatemala, quatro em Honduras, quatro no Brasil, um em El Salvador e um na Venezuela.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO BRASIL DE FATO
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE
Luis Fernando reúne multidão e garante um novo momento político e administrativo para São José de Ribamar
Por onde passa o candidato da coligação “Aliança Democrática Ribamarense”, reúne muita gente esperançosa e confiante com sua eleição para prefeito de São José de Ribamar.

Na última sexta-feira (16) milhares declararam apoio a Luis Fernando num comício histórico realizado na Vila Flamengo, bairro localizado na Região das Vilas, onde o tucano iniciou efetivamente sua vida política, antes de ser candidato pela primeira vez à prefeitura ribamarense.

foto-1_luis-fernando-no-comicio-das-vilas
Na última sexta-feira (16) milhares declararam apoio a Luis Fernando num comício histórico realizado na Vila Flamengo, bairro localizado na Região das Vilas, onde o tucano iniciou efetivamente sua vida política, antes de ser candidato pela primeira vez à prefeitura ribamarense.
Num comício emocionante e vibrante, Luis Fernando, o candidato à vice, Eudes Sampaio (PTB), e os candidatos ao Legislativo Municipal, apresentaram suas propostas para a reconstrução de São José de Ribamar.

“Não podemos admitir que a Região das Vilas, que tem tanta gente, com seus 28 bairros, esteja tão abandonada desse jeito”, desabafou Luis Fernando. Ele lembrou que em 2004 quando se candidatou a prefeito pela primeira vez (e foi eleito), fez uma carreata passando por várias ruas das Vilas, a grande maioria sem um palmo de asfalto e, as poucas que tinham, estavam totalmente destruídas. Mas, mesmo assim, foi possível fazer a histórica carreata.

foto-3_luis-fernando-com-a-multidao-no-comicio-das-vilas
Num comício emocionante e vibrante, Luis Fernando, o candidato à vice, Eudes Sampaio (PTB), e os candidatos ao Legislativo Municipal, apresentaram suas propostas para a reconstrução de São José de Ribamar.
“Naquele momento muitas pessoas me pediram que eu asfaltasse essas ruas. Do microfone eu gritava que em quatro anos faríamos uma nova carreata sem passar num palmo de terra e assim aconteceu: em 2008 fizemos o mesmo trajeto com essas ruas totalmente asfaltadas”, rememorou o candidato.

Porém, muito triste, atualmente, Luis Fernando anunciou que no próximo dia 24 fará outra carreata, mas sem poder fazer o mesmo percurso por contas das ruas, incluídas no trajeto, estarem totalmente destruídas, inviáveis para o evento dessa magnitude e tão esperado por seus eleitores da região.

foto-2_luis-fernando-e-eudes-em-caminhada-em-itapari-e-panaquatira
Por onde passa o candidato da coligação “Aliança Democrática Ribamarense”, Luis Fernando Silva (PSDB), reúne muita gente esperançosa e confiante com sua eleição para prefeito de São José de Ribamar.
 “Faremos outra carreata, mas não poderemos passar nas Vilas pela falta de respeito dessa administração que deixou tudo isso acabar. No entanto, essa pouca vergonha tem data para acabar, será no dia 31 de dezembro. Já no dia 1º de Janeiro de 2017 estaremos dando os primeiros passos para que São José de Ribamar volte a ser o que era”, garantiu Luis Fernando.

Na atividade “Chegou Chegando”, nos bairros de Itapari e Panaquatira, na manhã do último sábado, mais uma multidão acompanhou Luis Fernando numa caminhada pela avenida na qual ele aproveitou para abraçar os moradores do bairro e firmar compromisso de construir um novo momento político e administrativo para São José de Ribamar a partir da sua tão esperada eleição no dia 2 de outubro.
Garota no WhatsApp diz que está contaminando parceiros com Aids

Uma conversa descomprometida entre amigas no WhatsApp, vasa e expõe um dos mais graves problemas de saúde pública e social da atualidade. O alto índice de contaminação por DST/Aids na cidade de Manaus.

Se realmente estiver acontecendo, o fato coloca em cheque programas de saúde do governo, diante da capacidade de uma única pessoa contaminada pelo vírus da Aids, se decidir contaminar, propositalmente, quantas pessoas mais estiverem em contato com ela. Se não for verdade, continua com o mesmo grau de gravidade, porque incentiva pessoas contaminadas proceder da mesma forma.

aids2
É o caso de uma publicação feita na Fanpage (Portal da Capital AM), onde hipoteticamente duas garotas conversam sobre a contaminação de mais pessoas, praticada por uma delas, que hoje é portadora do vírus da Aids.
É o caso de uma publicação feita na Fanpage (Portal da Capital AM), onde hipoteticamente duas garotas conversam sobre a contaminação de mais pessoas, praticada por uma delas, que hoje é portadora do vírus da Aids.

Com o nome de “Aninha Moura”, ela confidencia com uma amiga (não identificada), que tinha acabado de “F mais um”. Tinha transmitido o vírus da Aids para mais uma pessoa.

Aconselhada pela Amiga, que pedia para Aninha ir se tratar, tomar medicamentos, ela retrucou e disse que não ia parar, queria que todos os que fizessem sexo com ela se “F”…

Bem!… O caso é grave, merece investigação e, mais que isso, chama a atenção dos jovens e adultos a terem mais cuidado com seus parceiros e parceiras de ocasião. A Aids é um caminho sem volta e remete ao slogan: “quem vê cara não vê Aids”.

Quantas Aninhas estão à solta pela cidade? A Coordenação Estadual de DST/Aids informa que os número de novos casos vem aumentando 38% ao ano.


O post do whatsapp copiado e distribuído nas redes sociais.
Aconselhada pela Amiga, que pedia para Aninha ir se tratar, tomar medicamentos, ela retrucou e disse que não ia parar, queria que todos os que fizessem sexo com ela se “F”…
Se fosse um campeonato, o Amazonas estaria muito bem no ranking. Ele é o segundo em números de casos de Aids no Brasil. De cada 100 mil habitantes, 29 estão contaminados pelo vírus da Aids. Absurdamente, o estado registra índices acima da média nacional.

De acordo com a médica infectologista e coordenadora Estadual de DST/Aids e Hepatites Virais, Silvana de Lima e Silva, a maior incidência está na população masculina, nas faixas etárias entre 20 e 34 anos, mas o aumento de jovens de 15 a 24 anos contaminados com o vírus HIV tem sido motivo de preocupação para os órgãos de saúde do Estado.

Portanto, uma conversa informal, no WhatsApp, pode ser mais grave do que se possa imaginar e serve de alerta para todos os que mantem relações sexuais com mais de um parceiro, sem o uso do preservativo. Sejam eles, homens, mulheres, lésbicas, homoxessuais, solteiros, casados e divorciados.

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB