sexta-feira, 2 de setembro de 2016

Brasil e China fecham acordos de mais de R$ 10 bilhões

Logo assim que chegou à China nesta sexta-feira (2), o presidente Michel Temer participou, em Xangai de um seminário onde fechou nove acordos para os próximos anos orçados em mais de R$ 10 bilhões no Brasil.

Entre os acordos firmados  estão projetos de investimentos em um porto e na construção de uma indústria siderúrgica no Maranhão e também a criação de um fundo para financiar projetos para desenvolver a cadeia agrícola no Brasil, também foi negociada a venda de aviões da Embraer para uma companhia chinesa e a compra de participações de empresas  brasileiras por corporações chinesas. 

Resultado de imagem para temer
MÃO PESADA? Temer foi à China e comprometeu o Brasil em R$ 10 bilhões. O que você acha disso?
No Seminário Temer, disse que era sua primeira missão oficial como presidente efetivado e ressaltou que os indicadores econômicos no Brasil já estão melhorando, garantindo que o Brasil vai superar a crise. Michel Temer ainda ressaltou, que os acordos fechados, fortalecem ainda mais a parceria e a confiança comercial entre Brasil e China.

"O ato de hoje é de fundamental importância para revelar a interação, a integração entre o Brasil e a China de um lado e de outro lado a confiança do empresariado chinês na economia brasileira e em terceiro lugar o desejo extraordinário de todo o empresariado brasileiro de fazer uma aliança muito sólida com a China e com os empresários chineses. Esperamos que todos tenhamos, como tem a China, muito sucesso."

A comitiva presidencial em seguida participou de uma reunião bilateral com o presidente da China, Xi Jinping, na cidade de Hangzhou. 

O Ministro das Relações Exteriores José Serra conversou com a imprensa após o encontro, e disse que Xi Jinping inicialmente já fez um convite para que Temer retorne à China, mas desta vez para uma visita de Estado, ainda sem data definida. De acordo com José Serra, o presidente chinês disse estar confiante na estabilidade política e na recuperação da economia brasileira. Na reunião, foi discutida a perspectiva de aumentar ainda mais as exportações do Brasil para a China, e a ampliação da cooperação econômica entre os dois países, nos setores da agricultura, agropecuária, logística, transporte e energia. 

Neste sábado (3), Temer vai ter na China uma reunião com a comitiva brasileira, e em seguida se reúne com o diretor geral da Organização Mundial do Comércio brasileiro, Roberto Azevedo. A cúpula do G20 com os chefes de Estado e do governo das 20 maiores economias mundiais acontece nos dias 3 e 4 de setembro.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO JORNAL DO BRASIL
EDIÇÃO DE ANB ONLINE


Relatório aponta 19 pontos próprios para banho na orla de São Luís
Resultado leva em consideração dados colhidos entre 20 e 28 de agosto.
Trechos são entre as praias da Ponta d’Areia e Araçagi, segundo a Sema.

Três dias após divulgar uma nota técnica que apontou apenas dois pontos próprios para banho na orla da Região Metropolitana de São Luís (MA), um novo relatório da Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) do Maranhão aponta, agora, 19 pontos onde o banho é recomendado.

Resultado de imagem para banhistas em sao luis
Resultado leva em consideração dados colhidos entre 20 e 28 de agosto.
Trechos são entre as praias da Ponta d’Areia e Araçagi, segundo a Sema.
O resultado leva em consideração os dados colhidos no monitoramento feito pelo Laboratório de Análises Ambientais (LAA) do órgão entre 20 e 28 de agosto de 2016. Os trechos são das praias da Ponta d’Areia, de São Marcos, do Calhau, Olho-d’Água, do Meio e Araçagi.
Os pontos próprios para banho, segundo a Sema, são:
 
– Ao lado do Forte Santo Antônio (Ponta d’Areia);
– Atrás do Hotel Praia Mar (Ponta d’Areia);
– Atrás do Bar do Dodô (Ponta d’Areia);
– Em frente à Praça de Apoio ao Banhista (Ponta d’Areia);
– Em frente ao Hotel Brisa Mar (Ponta d’Areia);
– Em frente aos Bares Do Chef e Marlene’s (São Marcos);
– Em frente à Barraca da Marcela (São Marcos);
– Em frente ao Agrupamento Batalhão do Mar (São Marcos);
– Em frente ao Ipem e ao Bar Kalamazoo (São Marcos);
– Foz do Rio Calhau (São Marcos);
– À direita da elevatória II da Caema (Calhau);
– Em frente à Pousada Tambaú (Calhau);
– Em frente ao Bar Malibu (Calhau);
– À direita da Elevatória Iemanjá II (Olho-d’Água);
– Em frente ao Bar do Capiau (Meio);
– Em frente ao Bar da Praia (Meio);
– Em frente ao Fatima’s Bar (Araçagi);
– Em frente ao Bar Novo Point (Araçagi);
– Em frente ao Bar do Isaac (Araçagi)

PONTO PRÓPRIO PARA BANHO Em frente ao Bar do Isaac (Araçagi) você pode enfiar o biquine.
A Companhia de Saneamento Ambiental (Caema) atribui o resultado às ações do programa Mais Saneamento, que visa ampliar o índice de tratamento de esgotos de São Luís de 4% para 70% até 2018.

As informações são do repórter Maurício Araya, do G1 MA
Edição da Agência Baluarte
Desmoralizado pelo Ibope em São Luís, Data M agora divulga pesquisa manipulada em Paço do Lumiar
O instituto Data M, famoso nesta campanha por divulgar pesquisas eleitorais com números claramente manipulados, sempre ao gosto do contratante, cometeu mais uma fraude, desta vez para favorecer o candidato do PC do B a prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra. Enquanto posiciona, de forma cínica o ilusória, o comunista em primeiro lugar na disputa, o levantamento do Data M rebaixa ao menor patamar o prefeito Josemar Sobreiro (PSDB), com o único intuito de minar as chances de reeleição do gestor.

MAIS FRACO QUE GALINHA D'ANGOLA Domingos Dutra não exibe, nem de longe, a musculatura que lhe tenta atribuir o Data M.
Divulgada pelo principal porta-voz do comunismo na blogosfera maranhense e reproduzida por sites que lhe fazem eco, a pesquisa traz números distantes da realidade das intenções de voto em Paço do Lumiar. O cenário eleitoral forjado faz parte do plano concebido nas entranhas do poder estadual de conquistar o maior número possível de prefeituras no Maranhão, neste pleito, a fim de garantir apoio político e a manutenção dos atuais governantes no comando do Estado em 2018.

Voz das ruas desmente Data M

Em uma breve e informal consulta ao povo luminense, é possível comprovar quão mentirosos são os números do Data M. Antipatizado ao extremo por moradores do Maiobão, Tambaú, Paranã, Vila São José, Vila Nazaré, Vila Cafeteira, Sítio Grande, dentre várias outras localidades de Paço do Lumiar, Dutra não goza, nem de longe, da popularidade que lhe tenta atribuir o instituto, conhecido por sua proximidade suspeita com os atuais donos do poder no Maranhão.

Ao mesmo tempo em que Dutra tem seu cacife falsamente turbinado, o prefeito tem seu potencial eleitoral criminosamente subestimado pela pesquisa. Apresentado em quarto lugar dentre os seis candidatos que disputam a Prefeitura de Paço do Lumiar, Josemar Sobreiro com veemência o resultado da sondagem, respaldado pelas incontáveis ações realizadas pela administração municipal nos últimos quatro anos e pelas sucessivas manifestações de apoio popular que vem recebendo desde o início da campanha.

Data M foi desmoralizado pelo Ibope em São Luís
Há dois dias, o Ibope desmoralizou o Data M, que na última segunda-feira publicou pesquisa em que o prefeito Edivaldo Holanda Júnior (PDT) aparecia em primeiro lugar, com quase 15 pontos percentuais à frente da suposta segunda colocada e mais de 20 de dianteira em relação ao terceiro na sucessão municipal em São Luís. Contratado pela TV Mirante para medir as intenções de voto na capital maranhense, o maior instituto de pesquisa do país tratou de restabelecer a verdade, divulgando números condizentes com a realidade eleitoral da cidade.

Bem diferente do resultado do Data M, o Ibope apurou o seguinte cenário para as três principais candidaturas: Edivaldo: 29%; Wellington: 20% e Eliziane Gama: 16%. Observadores da cena política e até mesmo aliados do prefeito reconheceram que os números do instituto carioca retrataram fielmente as intenções de votos dos eleitores ludovicenses.

Mesmo sem credibilidade, o Data M tenta repetir em Paço do Lumiar a mesma artimanha montada em São Luís, reafirmando sua condição de cúmplice de um crime cujos mentores estão na cúpula do poder e de lá não querem sair.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO BLOG DO DM
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE
Juju Maia, ela aguenta.

Quem quiser ter alguma chance com Juju, essa morenaça, tem que dar uma esnobada. E, se na hora H rolar uns tapas mais fortes, pode ficar tranquilo. Ela gosta.

 

Juju Maia
Juju Maia:''Gosto. Gosto de uns tapinhas, também...''
Ficou tímida ao tirar a roupa?
Não. Dependendo da ocasião, eu gosto... (risos). Não tenho vergonha.
Que parte do seu corpo você prefere?
Gosto de todas, mas o meu bumbum é minha parte preferida. Graças a meu pai e minha mãe. Naturalmente grande.

O que você gosta num homem?
Quando vejo que ele não tem interesse em mim. Quem chega e dá em cima, babando o ovo, já perde a chance.

A galera te aborda muito em Facebook, Instagram, Whatsapp?
No WhatsApp nem tanto, porque não passo meu número. Mas no Facebook e Instagram vem bastante gente.

E você gosta dos elogios?
Que mulher não gosta? Tem uns meio escrotos. Mas eu apago e tá tudo bem. De resto é legal. 

Curto causar isso. 
Juju Maia

Quando você anda na rua também...
Na verdade, qualquer roupa que eu coloque causa. Homem é homem. Às vezes eu coloco uma saia longa e uma blusinha e mexem do mesmo jeito.

Em que lugar diferente você já transou?
Tenho muita vontade de fazer em lugares proibidos, tipo no avião. Mas já fiz na beira da estrada, no capô do carro...

E como curte o sexo?
Com força, né? Com força é bom. Gosto de ser dominada, acho que é o homem que tem que mandar no negócio. 

imagino que você prefira ficar...
De quatro (risos).

É, pro cara deve ser uma visão...
Imagino que seja ótimo, né (risos)? 


Juju Maia

E você gosta de se ver no espelho?
Adoro. Eu quase gravei uma transa com um ex meu, mas não tive coragem.

Gosta de ouvir umas baixarias?
Gosto. Gosto de uns tapinhas, também...
Mas com calma?
Não. Gosto de coisa forte. Eu aguento. Nunca reclamei (risos). 



 fotos_ Nelson Miranda assistente_ Lucas Strapetti maquiagem_ Maik Proença cabelo_ Kayuan Maeoka
PSDB, DEM e PPS entrarão no STF contra manutenção de direitos políticos de Dilma
O líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), anunciou nesta quinta-feira (1º) que o partido voltou atrás e decidiu ingressar com um mandado de segurança coletivo no Supremo Tribunal Federal contra a divisão da votação do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff ontem (31). O instrumento jurídico será assinado também pelo DEM e pelo PPS e deve ser apresentado amanhã (2).

Ontem, os senadores dividiram a votação do julgamento de Dilma em duas partes. Na primeira, condenaram a presidenta por crime de responsabilidade à perda do mandato. Na segunda, rejeitaram a sanção de perda da função pública por oito anos, permitindo que Dilma volte a atuar no setor público, inclusive como gestora, se for o caso.

Resultado de imagem para SENADOR CASSIO CUNHA
O líder do PSDB no Senado, Cássio Cunha Lima (PB), anunciou nesta quinta-feira (1º) que o partido voltou atrás e decidiu ingressar com um mandado de segurança coletivo no Supremo Tribunal Federal contra a divisão da votação do impeachment da presidenta afastada Dilma Rousseff ontem (31).
Para os senadores tucanos, a segunda decisão do Senado não poderia ter sido aprovada, uma vez que a sanção de perda da função pública faz parte da condenação no impeachment. No entanto, ontem, segundo Cunha Lima, o PSDB e o DEM tinham entendido que a vitória maior tinha sido conquistada com o afastamento definitivo de Dilma e tinham decidido não questionar a segunda votação no STF.

Resposta ao PT

Hoje, no entanto, os senadores mudaram de posição depois que o PT acionou a Suprema Corte questionando todo o julgamento e pedindo sua nulidade. Para Cunha Lima, se tornou necessário que o questionamento apenas à segunda parte da votação seja apresentado para que o Judiciário possa apreciar essa questão separadamente e não corra o risco de anular tudo.

“Ontem, no calor, na emoção, a sensação primeira que foi predominante no partido foi de termos uma postura de serenidade, não transformar uma vitória em uma derrota e dar uma contribuição para uma estabilidade maior no país. Mas, diante dessa ação do PT, acreditamos que seja o caminho correto entrar com a ação para que essa parte da decisão, que está equivocada, possa ser revista”, explicou o líder.

Relação com PMDB

O líder tucano também não escondeu o desconforto do PSDB com o protagonismo do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), no movimento para livrar Dilma da sanção de perda da função pública. Para ele, “ficou claro” que um acordo foi feito “às escondidas”, sem que os senadores tucanos tivessem conhecimento.

“O que aconteceu ontem é algo que nós vamos superar, mas não é algo que nos agrade. É óbvio que com maturidade, experiência e sobretudo com a gravidade da crise que o Brasil vive, nós não vamos colocar mais lenha na fogueira. Após a volta do senador Renan Calheiros da China, nós teremos uma conversa com ele. Não se faz política com bola nas costas, não se faz política com atitudes como a que aconteceu no julgamento do impeachment”, disse.

Na opinião de Cunha Lima, Renan desequilibrou o julgamento quando fez um encaminhamento inesperado a favor da ex-presidente na segunda votação. Para ele, o PSDB se expôs ao longo de toda a votação e foi surpreendido negativamente pelo PMDB.

“Nós não podemos atribuir ao governo esta ação, mas sim ao próprio presidente Renan Calheiros que encaminhou a votação. Ele esteve esse tempo todo distante do processo, numa posição de prudência, mas depois dos encaminhamentos já terem ocorrido, ele fez um terceiro encaminhamento. Inclusive, desequilibrando. Porque foram dois a favor, dois contra e aí veio o presidente Renan, que usou suas prerrogativas de presidente e encaminhou o voto. Ele pediu explicitamente o voto não. Mas não vamos fazer disso um cavalo de batalha, o Brasil está acima disso”, disse.

Cunha Lima espera que, ao voltar da China, o próprio presidente Michel Temer trate do assunto com seus colegas de partido e outros partidos da base.

AS INFORMAÇÕES SÃO DA AGÊNCIA BRASIL
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE

Nº de visitas

Confira a Hora Certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores