quinta-feira, 7 de julho de 2016
Ator Guilherme Karam morre aos 58 anos no Rio
Ator lutava há anos contra síndrome de síndrome de Machado-Joseph, doença genética degenerativa do sistema nervoso. 


O ator Guilherme Karam morreu na manhã desta quinta-feira, 7, no Rio de Janeiro. Vítima da síndrome de Machado-Joseph - doença genética degenerativa do sistema nervoso -, Karam estava internado Hospital Naval Marcílio Dias, no Rio. A informação foi confirmada ao EGO por familiares do ator.

Ainda de acordo com parentes, o pai do ator, Alfredo Karam, recebeu a notícia através de uma ligação do hospital e seguiu imediatamente para o local.

Em 2014, Alfredo Karam contou ao EGO que o filho não conseguia mais engolir os alimentos e se recusava a receber visitas. "A  doença progride: a fala é difícil de compreender, ele não tem equilíbrio, está com as juntas endurecidas e não tem mais capacidade de comer pela boca, pois não consegue deglutir os alimentos e corre o risco de engasgar e morrer. Os médicos fizeram uma gastrostomia, cirurgia que permite que a alimentação seja levada direto ao estômago", explicou Alfredo, que também falou sobre a síndrome.



Resultado de imagem para guilherme karam
O ator Guilherme Karam morreu na manhã desta quinta-feira, 7, no Rio de Janeiro.
Ele relatou que os quatro filhos herdaram a doença da mãe. "Dos que estão vivos, ele e a irmã estão enfermos. Na última novela que ele fez ('América', em 2005), já não estava bem, trabalhava se segurando nos móveis. As pesquisas médicas continuam, mas ainda não descobriram o antídoto para neutralizar os sintomas. A prioridade em achar a cura dessa doença não é tão grande quanto para o Alzheimer ou o Mal de Parkinson, que são mais divulgadas", lamentou.


Alfredo contou ainda que visitava o filho "dia sim, dia não" e que o ator assistia televisão no quarto do hospital, revendo também alguns programas dos quais participou, como o "TV Pirata", lançado em DVD e reprisado recentemente no canal Viva. "Ele assiste sempre aos programas que fez e fica com os olhos cheios de água. Ele era alto, robusto, cheio de vida, agora ficou assim", lamentou.


Carreira
 
Karam ganhou os holofotes quando integrou o humorístico "TV Pirata", no qual viveu personagens divertidos como Zeca Bordoada, da "TV Macho", e o capanga Agronopoulos. Ainda na TV - onde estreou como o Políbio, de "Partido Alto", em 1984 - o ator viveu os personagens Geraldito, de "América", Raposão, em "O Clone"; Jurandir, em "Pecado capital"; Hector, de "Perigosas peruas"; e Porfírio, de "Meu bem, meu mal", entre outros. No cinema, participou de filmes como "Super Xuxa contra o baixo astral", "Xuxa e os duendes" e "Rock Estrela".



AS INFORMAÇÕES SÃO DO EGO

EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE

Homem mata 02 mulheres a facadas após descobrir suposta traição
A mulher do acusado e uma amiga do casal foram mortas a facadas. 


Na noite de domingo (26) duas mulheres foram assassinadas a facadas dentro de uma residência localizada no Reassentamento Urbano Coletivo (RUC) Laranjeiras em Altamira (818 km de Belém). 


De acordo com a Polícia Militar, após o crime o acusado identificado como Denildo Oliveira de Andrade de 28 anos informou aos vizinhos que havia matado duas mulheres no local e pediu para que chamassem a PM. 


Imediatamente os moradores entraram no local sabendo que tinha uma criança de colo na residência e encontraram as duas mulheres mortas e a criança deitada dormindo ilesa em um berço. Ao chegar no local os militares prenderam o acusado em flagrante quando ele tentava fugir e o conduziram à delegacia de Polícia Civil onde foram tomadas as devidas providências. 

Ainda segundo informações da polícia, uma das vítimas que foi identificada apenas como Lúcia Pereira era a namorada de Denildo e a outra vítima Eva Braga era uma amiga do casal. Aos policiais o criminoso confessou que cometeu o crime porque havia descoberto que a namorada o traia e que a amiga estava acobertando o caso. 


Os corpos das vítimas foram recolhidos e encaminhados ao Instituto de Medicina Legal (IML). 
 
O caso segue em investigação pela Polícia Civil.


AS INFORMAÇÕES SÃO DO BLOG DO RR

 

 

Aliados de Cunha manobram e processo de deputado volta ao Conselho de Ética

Michel Temer e presidente da CCJ da Câmara participaram de acordo com deputado

Aliados do deputado afastado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), que renunciou à Presidência da Câmara nesta quinta-feira (7), costuraram um acordo para que a Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa devolva o processo de cassação de mandato do peemedebista ao Conselho de Ética. 

De acordo com informações do jornal O Globo, participaram da articulação, em reunião na noite desta quarta-feira (6), o presidente interino Michel Temer e o presidente da CCJ, deputado Osmar Serraglio (PMDB-PR), além de outros parlamentares do PMDB e de partidos da base. A estratégia é uma resposta ao pedido para que Cunha renunciasse ao cargo de presidente da Câmara.

Deputado afastado, nesta quinta (7), durante leitura da carta de renúncia à Presidência da Câmara
ARREGALADO
Deputado afastado, nesta quinta (7), durante leitura da carta de renúncia à Presidência da Câmara
Aliados acreditam que Eduardo Cunha não conseguirá se salvar quando a votação do processo de cassação for ao Plenário da Câmara, mas o acordo da CCJ com o peemedebista é uma forma de dar sobrevida à manutenção do mandato, mesmo com a determinação de afastamento do cargo pelo Supremo Tribunal Federal (STF), onde o deputado é réu na Lava Jato por corrupção, lavagem de dinheiro e por ter contas não declaradas na Suíça. Já na Câmara, o processo contra o deputado é por quebra de decoro parlamentar por ter mentido na CPI da Petrobras, ao negar a existência das contas no exterior.

Após a renúncia ao comando da Câmara, o presidente interino da Casa, deputado Waldir Maranhão (PP-MA), anunciou para a próxima quinta-feira (14) a eleição do novo presidente. No entanto, uma reunião do colégio de líderes ignorou a decisão de Maranhão e antecipou a eleição para a próxima terça-feira (12).

AS INFORMAÇÕES SÃO DO JB
EDIÇÃO DE ANB ONLINE 

Homem é preso com cerca de 100 kg de entorpecentes em São Luís
Luís Rogério Serra foi preso nesta manhã (7) no bairro João Paulo.
Pistola 380 com 11 munições intactas também foi apreendida.

Um homem identificado como Luís Rogério Serra, de 28 anos, foi preso em flagrante na manhã desta quinta-feira (7), em São Luís,  com 72 tabletes de maconha, 12 tabletes de crack, totalizando cerca de 100 kg de entorpecentes.

Cerca de 100 kg de entorpecentes foram apreendidos em quitinete em São Luís (Foto: Divulgação/Seic)
Cerca de 100 kg de entorpecentes foram apreendidos em quitinete em São Luís
Segundo o comandante do Comando de Policiamento de Área Metropolitana I (CPAM I), coronel Pedro Ribeiro, Luís Rogério foi preso em uma quitinete no bairro João Paulo, na capital. Ele acrescenta que além da droga apreendida, os policiais também apreenderam uma pistola 380 com 11 munições intactas.

“Os policiais militares da diretoria de inteligência e assuntos estratégicos da Polícia Militar bem como o grupo de serviço avançado do 9º Batalhão em trabalho conjunto fez uma investigação, que já vem se realizando há vários dias, e chegou a esse traficante. Então, eles chegaram a apreender uma pistola 380 com 11 munições intactas, quase 100 quilos de droga e a prisão desse traficante que tem passagem pela polícia. Ele foi preso numa quitinete na Salina do João Paulo”, revelou o coronel Pedro Ribeiro.

Luís Rogério Serra foi encaminhado para a Superintendência Estadual de Investigações Criminais (Seic), no Bairro de Fátima, na capital.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO G1MA
EDIÇÃO DE ANB ONLINE 

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores