segunda-feira, 27 de junho de 2016

Operação Lei Seca autua mais de 100 motoristas embriagados nas ruas

Na Operação Lei Seca, realizada do último fim de semana, em São Luís, 119 motoristas foram autuados por alcoolemia. Do total, 97 condutores se recusaram a fazer o teste do etilômetro, o que também caracteriza infração. Mais de 400 testes foram aplicados e 21 motoristas foram flagrados no equipamento com teor alcoólico acima de 0,04 mg/l (miligrama de ar alveolar por litro de sangue). Houve ainda um condutor conduzido à delegacia por crime de trânsito, mediante termo de constatação por embriaguez.

A diretora Geral do Detran-MA, Larissa Abdalla, acompanhou a operação e o trabalho das equipes de Educação para o Trânsito. “A Lei Seca tem quatro anos, mas ainda tem muita gente que mistura álcool e direção, por isso, as operações, mesmo punitivas, contam com o apoio das equipes do setor de Educação para o Trânsito, que fazem a conscientização”, destaca a diretora.

Ação da Operação Lei Seca realizada do último fim de semana, em São Luís. (Fotos/Divulgação)
O motorista que se recusa ou é flagrado no teste do etilômetro, com alcoolemia inferior a 0,33 mg/l, paga multa de R$ 1.915,40, e tem o direito de dirigir suspenso por 12 meses
O motorista que se recusa ou é flagrado no teste do etilômetro, com alcoolemia inferior a 0,33 mg/l, paga multa de R$ 1.915,40, e tem o direito de dirigir suspenso por 12 meses. Em caso de crime, que também pode ser atestado por meio do termo de constatação por embriaguez, o condutor é ainda preso, e tem que pagar fiança arbitrada pelo delegado, que receber a ocorrência.

Entre os mais de 400 motoristas que realizaram o teste com o etilômetro, na blitz da Lei Seca, estava o médico Francisco Carlos Júnior. Ele disse que não bebe, por uma questão de saúde e apoia as operações. “O motorista que bebe tem que entender que não pode dirigir, o álcool além de causar males à saúde, deixa a pessoa sem condições de dirigir. É preciso fiscalizar e punir até que ninguém mais resolva fazer essa combinação”, disse ele.

O cantor Márcio José Lima, também fez o teste do etilômetro, para servir de exemplo. Acostumado à vida noturna, ele diz que não consegue dirigir tranquilo na madrugada, pois já cruzou várias vezes com motoristas bêbados. “Encontrar uma blitz da Lei Seca, na noite, faz eu me sentir menos vulnerável. À noite, eu sei que tenho que dirigir por mim e, principalmente, pelos outros”, afirma ele.
O engenheiro eletricista Renato Souza fez o teste do etilômetro pela primeira vez e também concorda com a fiscalização. “A Operação Lei Seca salva vidas, tem tirado muita gente alcoolizada das ruas. Acho que deveria acontecer em mais pontos da cidade”, sugere Renato.

Na Operação Lei Seca, do fim de semana, também foram recolhidos 22 carros e 11 motocicletas, por falta de licenciamento, sem placas, entre outras infrações, que tem como penalidade a remoção do veículo.

MATÉRIA ENVIADA PELA SECOM DO GOVERNO DO ESTADO

Ministério Público do Maranhão faz busca e apreensão na casa de ex-prefeito e empresário

O Ministério Público do Maranhão (MPMA), em parceria com a Polícia Civil, fez operação de busca e apreensão, nesta segunda-feira, 27, nas residências do ex-prefeito do município de Governador Edison Lobão, Lourêncio da Silva Moraes, e do dono da empresa Soares e Cruz LDTA, Raimundo Nonato. Os dois são investigados pelo MPMA por suspeita de desvio de dinheiro público durante o mandato de Lourêncio da Silva, de 2009 a 2012.

Durante a operação, foram apreendidos documentos, pendrives, computadores, celulares e outros objetos que possam comprovar os atos de corrupção investigados pelo MPMA. As responsáveis pelo processo são as promotoras Nahyma Ribeiro Abas, titular da 1ª Promotoria de Justiça Especializada em Patrimônio Público, e Raquel Chaves Duarte, titular da 3ª Promotoria de Justiça Criminal.

prefeito_lourencio_morais_JPG_640x480_crop_q85
 Ex-prefeito do município de Governador Edison Lobão, Lourêncio da Silva Moraes
As promotoras afirmam que as investigações começaram em 2013, quando se detectou que a empresa Soares e Cruz constava como vencedora de grande parte das licitações do Município, que sequer comprovou a realização dos processos licitatórios. Segundo as promotoras, verificou-se também que a empresa foi criada após o início da gestão do prefeito Lourêncio da Silva e que atendia prestações de serviços e fornecimentos de materiais em ramos muito diversificados.

“A empresa começou a aparecer como prestadora de serviços de iluminação e depois passou para vários outros, como construção civil e fornecimento de materiais diversos. Realmente é muito difícil uma única empresa conseguir abarcar uma série de atividades que se diferenciam”, afirmam as promotoras responsáveis pelo caso.

Todos os materiais apreendidos serão objeto de análise por uma equipe técnica ainda a ser designada. Após a apuração de todos os dados, o MPMA irá buscar a responsabilização cível e criminal dos atuais investigados e dos demais que foram detectados na investigação.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO MINISTÉRIO PÚBLICO DO MA

Advogado é o expoente máximo de um novo momento vivenciado pelo partido em São José de Ribamar
 
POR FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO


O PDT, partido presidido em São José de Ribamar na atualidade pelo atual prefeito Gil Cutrim, já pode orgulhar-se de ter entre seus quadros um nome à altura do projeto de renovação politica necessário à sigla para que a legenda possa voltar a brilhar no município. O advogado com reconhecida atuação no ‘mundo sindical’ ribamarense Neildo Marinho é pré-candidato a Vereador pelo partido e já dispara entre os munícipes como o nome mais relevante dos pedetistas na nova configuração politica local para estas eleições.

Neildo, que traz no bojo uma biografia pontuada por uma história voltada para a valorização dos servidores públicos municipais ao longo dos últimos anos, e grande engajamento às causas sociais da cidade, pertence hoje à base aliada de Cutrim em Ribamar. Sem temer críticas, ele reconhece que o prefeito foi mal assessorado por uma equipe que vem prejudicando Gil por todo andamento de seu mandato. 

NOME FORTE DO PDT O pré-candidato a Vereador Neildo Marinho: ''Gil é gente boa. Uma pessoa do bem e um amigo. O que ocorreu foi uma equipe que foi montada, duas, três pessoas ligadas a ele diretamente e que o prejudicaram orientando-o para atitudes e ações que acabaram isolando o prefeito, levando-o a não reagir com um discurso à altura das cobranças dos ribamarenses. Gil trabalhou muito, mas muito do que foi realizado não teve a devida visibilidade por parte da própria equipe do prefeito que acabou prestando um grande desserviço ao mandato de Gil Cutrim em Ribamar''
''Gil é gente boa. Uma pessoa do bem e um amigo. O que ocorreu foi uma equipe que foi montada, duas, três pessoas ligadas a ele diretamente e que o prejudicaram orientando-o para atitudes e ações que acabaram isolando o prefeito, levando-o a não reagir com um discurso à altura das cobranças dos ribamarenses. Gil trabalhou muito, mas muito do que foi realizado não teve a devida visibilidade por parte da própria equipe do prefeito que acabou prestando um grande desserviço ao mandato de Gil Cutrim em Ribamar'', lamentou Neildo. 


Com a pré-candidatura em alta no município, Neildo Marinho busca o fortalecimento de seu projeto politico em São José de Ribamar entre setores ansiosos pela renovação do Legislativo municipal e a instauração de uma acertada governabilidade para a cidade já a partir de janeiro de 2017. 


''Tenho conversado e estabelecido diálogo constante com a Juventude ribamarense, com o funcionalismo público de nossa cidade e com as classes trabalhistas. Estou à disposição do meu partido e pretendo continuar a fortalecer o PDT em Ribamar com afinco e compromisso. Sou homem de grupo e por essa razão defendo a bandeira de um projeto sério e responsável que beneficie a todos os ribamarenses. Minha pré-candidatura é uma realidade hoje em São José de Ribamar. Vamos adiante'', afirmou Neildo Marinho.

   

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB