terça-feira, 3 de maio de 2016

Bandidos explodem agência bancária em Amapá do Maranhão
 
Quatro homens armados assaltaram a agência do Banco Bradesco na madrugada desta segunda-feira (2), no município de Amapá do Maranhão, a 209 km de São Luís.
Segundo informações da polícia, moradores acionaram uma guarnição após ouvirem três grandes explosões e vários disparos de arma de fogo. Quando os militares chegaram, os suspeitos já haviam fugido do local em direção a BR-316. Foram feitas buscas para interceptar os suspeitos, mas ninguém foi encontrado.

Quatro homens invadiram agência do Banco Bradesco em Amapá do Maranhão (Foto: Ronaldo Araújo)
Os quatro homens usavam duas motos modelo Honda bros. No local da explosão, policiais encontraram uma banana de dinamite que teria sido acionada, mas não chegou a explodir
Os quatro homens usavam duas motos modelo Honda bros. No local da explosão, policiais encontraram uma banana de dinamite que teria sido acionada, mas não chegou a explodir.
De acordo com um levantamento do G1 com base nas informações do Sindicato dos Bancários do Maranhão (Seeb-MA), em 2016 já foram 23 ocorrências de assaltos e arrombamento. Do total, 18 casos foram de arrombamentos a caixas eletrônicos, sendo 15 do banco Bradesco e oito do Banco do Brasil.

jeferson
O secretário de Segurança Pública do Estado, Jeferson Portela: ele ainda continua no cargo
Igarapé Grande (MA) foi a única cidade até agora a ter mais de um caso de arrombamento no período. Agências bancárias de outras 16 cidades também foram alvos dos criminosos: Alto Alegre do Pindaré, Bacuri, Maracaçumé, Grajaú, Paulo Ramos, Araguanã, Paraibano, Tufilândia, Peri Mirim, Colinas, Nova Olinda do Maranhão, Santa Luzia, Imperatriz, São Luís Gonzaga do Maranhão, Satubinha e Amapá do Maranhão.

Ataques em 2016

Na lista de cidades atacadas neste ano estão: Alto Alegre do Pindaré, Igarapé Grande, Bacuri, Maracaçumé, Icatu, Grajaú, Alcântara, Paulo Ramos, Paraibano, Araguanã, Duque Bacelar, Tufilândia, Peri Mirim, Colinas, Nova Olinda do Maranhão, Santa Luzia do Tide, Mata Roma, São Luís Gonzaga do Maranhão, e agora Amapá do Maranhão.

A última ocorrência foi registrada na madrugada do dia 1º de maio no município Satubinha, a 280 km da capital. Na ocasião, quatro homens, ainda não identificados, invadiram o posto bancário e utilizando dinamites explodiram o local e também o caixa eletrônico.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO G1MA
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE
Candidato imediatista do PCdoB, Domingos Dutra vem sendo rejeitado pelos luminenses a cada nova ‘armação’. 

POR FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO

O candidato imediatista (leia-se aquele que poderia concorrer por qualquer partido, sem ideologia alguma, mirando apenas o periodo eleitoral) Domingos Dutra, do PCdoB, tenta, tenta, mas só consegue dá com os burros n’água em Paço do Lumiar. 

Domingos Dutra
REJEIÇÃO METEÓRICA Dutra: mudando do discurso anti-futi para o choramingo de miséria
A rejeição de Dutra, meteórica, se faz ouvir quando ele agora quer à marra forçar a mudança de conduta politiqueira do aposentado modelo anti-futi para o politico engajado à realidade do município. Os luminenses não perdoam.


''Esse Dutra passou cinco anos como deputado. Nunca na vida dele trouxe nada para o Paço do Lumiar. E agora vem com falsas promesas'', apontou na tarde de hoje um luminense conhecedor da estratégia comunista do ex-achincalhador oficial de Sarney.

Recentemente, Domingos Dutra inventou de fazer um café da manhã com lideranças evangélicas. Interesse artificial, olhos fixos na prefeitura, pregando miséria aos quatro cantos e sob a orientação grosseira de Márcio Jerry, a 'armação' não vingou. 

marcio-jerry (1)
PCdoB IMEDIATISTA As orientações grosseiras de Márcio Jerry não vem surtindo efeito em Paço
 ''Dutra só sabe dizer que tá liso, sem mandato e que quando tiver no poder vai empregar todo mundo na prefeitura; Sarney empresta R$ 5 real pra ele, o cara tá é F*, kkkkkkkkkkkkk’’, brincou um eleitor em rede social. 
 
E assim segue a pré-campanha de Domingos Dutra em Paço do Lumiar: sendo motivo de chacota, repúdio e de grande e acentuada rejeição entre os luminenses.
Prefeitura de Governador Nunes Freire gasta mais de 3 milhões só com produtos de limpeza
A prefeitura do Município de Governador Nunes Freire deve ser uma das mais bem cuidadas do Brasil! Isso porque só com produtos de higiene e limpeza será gasta a absurda quantia de 3.179.685,90 (três milhões, cento e setenta e nove mil, seiscentos e oitenta e cinco reais e noventa centavos). 

marcel-curio-governador-nunes-freire-e1461600820201-940x540
PREFEITO-BOMBRIL Marcel Curió quer a prefeitura de Governador Nunes Freire bem limpinha; Ministério Público vem evitando a faxina
O prefeito do município Marcel Curió (PV) firmou esse contrato milionário com a empresa R. F. de Abreu Pereira –EPP de CNPJ Nº 21.591.369/0001-96.

Em ano eleitoral já se tornou comum ver contratos com cifras exorbitantes sendo fechados. Fatos como esse deveriam ter mais atenção por parte do Ministério Público e do Tribunal de Contas do Estado.

Veja a publicação: 

CONTRATO-GOVERNADOR-NUNES-FREIRE

Estudo identifica 35 casos de violência contra comunicadores no Brasil em 2015

Estudo identifica 35 casos de violência contra comunicadores no Brasil em 2015
Levantamento divulgado hoje (3) pela organização não governamental (ONG) Artigo 19 indicou 35 violações contra a liberdade de expressão de comunicadores brasileiros em 2015. Foram identificados assassinatos, tentativas de homicídio e ameaças contra jornalistas, radialistas e blogueiros devido ao exercício de suas funções. Com isso, a organização contabiliza 121 comunicadores vítimas de algum tipo de violência entre 2012 e 2015.

Ao longo do ano, a Artigo 19 identificou seis mortes de comunicadores relacionadas à atividade profissional. Em três casos, segundo o relatório, os assassinatos têm ligação com denúncias feitas pelas vítimas contra políticos, governo local ou crime organizado. Em dois casos, as mortes ocorreram devido a investigações conduzidas por comunicadores. Há ainda uma ocorrência em que o homicídio foi motivado pela opinião expressa pela vítima sobre políticos da região onde trabalhava.

Desses, cinco casos ocorreram no Nordeste – dois no Maranhão, um no Ceará e outro em Pernambuco. Minas Gerais registrou uma morte. A Região Nordeste também teve o maior número de casos na análise do total de violações, 57% das ocorrências. O Maranhão respondeu sozinho por 20% dos atentados contra a liberdade de expressão, o mesmo percentual contabilizado em toda a Região Sudeste (20%). Na Região Norte, aconteceram 11% dos fatos narrados no relatório, no Sul, 9%, e no Centro-Oeste, 3%.

Computador
A ONG Artigo 19 identificou 121 comunicadores vítimas de algum tipo de violência entre 2012 e 2015
 Para determinar a motivação dos crimes, a ONG fez investigações independentes ouvindo as vítimas, quando possível, ou colegas de trabalho dos alvos dos ataques. Algumas das pessoas que trabalhavam com o radialista Gladyson Carvalho, no Ceará, por exemplo, contaram que antes de ser baleado dentro do estúdio da rádio FM Liberdade, ele havia recebido ameaças pelas denúncias e críticas que fazia a políticos de Camocim (CE). A informação foi confirmada pela polícia, que descobriu tentativas de intimidação feitas por redes sociais.

Em outro caso, o radialista Israel Gonçalves Dias chegou a registrar ocorrência das ameaças que vinha sofrendo antes de ser morto a tiros. No programa de rádio que comandava, Dias abria o microfone para a comunidade reclamar dos problemas ligados à administração local, em Lagoa de Itaenga (PE).
Ameaças

A falta de resposta do Estado às ameaças é um dos pontos em comum encontrado pelo relatório nas situações que resultam em assassinato dos jornalistas, radialistas e blogueiros. Ao todo, foram identificados 22 casos de ameaças de morte, não consumadas, contra comunicadores em 2015. Dessas, 15 estão relacionadas a denúncias feitas pelas vítimas.

O editor do blog Mídia Periférica, Enderson Araújo, deixou Salvador (BA) após ser intimidado e até ser abordado por um policial militar. As ações foram uma reação ao artigo publicado pela revista Carta Capital em que critica a violência da polícia em operações como a feita no bairro do Cabula, que culminou com 15 mortes em fevereiro.

Foram contabilizados ainda sete casos de tentativa de assassinato. Três atentados contra jornalistas, dois contra blogueiros, um contra um fotógrafo e um contra um proprietário de jornal. Denúncias e críticas contra políticos ou a administração local foram os motivos de cinco dessas ocorrências.

Em abril de 2015, na cidade de Nova Odessa, no interior de São Paulo, a casa do jornalista Renato Silva, que também funciona como sede da publicação Varal de Notícias foi alvo de uma bomba. Equipamentos, portas e janelas foram danificados. Renato acredita que ação foi motivada pela cobertura que tem feito das políticas públicas da região.

A Artigo 19 chama a atenção para a repetição dos padrões da violência contra comunicadores ao longo dos últimos anos. “Os crimes seguem ocorrendo no mesmo modus operandi, com as mesmas motivações dos anos anteriores e levados a cabo pelos mesmos perfis de mandantes. Os agentes do Estado mais uma vez figuram entre os principais violadores, reprimindo comunicadores que atuam em temas de interesse público, denunciam irregularidades na gestão pública e buscam transparência na atuação política de seus representantes”, destaca o relatório.

Veja jornalistas ameaçados de morte no Maranhão nos seguintes links:

http://agenciadenoticiasbaluarte.blogspot.com.br/2012/10/ameaca-fernando-atallaia-e-ameacado-de.html
 
http://www.netoferreira.com.br/poder/2012/10/mais-um-jornalista-e-ameacado-de-morte-2/

http://www.netoferreira.com.br/crime/2012/04/blogueiro-e-ameacado-de-morte-no-maranhao/
 
http://blogdoandrearaujo.com.br/2016/05/01/jornalista-e-ameacado-de-morte-em-igarape-do-meio/

http://www.ariquemesonline.com.br/noticia.asp?cod=279881&codDep=31


AS INFORMAÇÕES SÃO DA AGÊNCIA BRASIL
EDIÇÃO DE TALITA CAVALCANTE
Textos, fotos, artes e vídeos do Imirante.com estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação sem autorização do Imirante.com. O objetivo é proteger o investimento que o Imirante faz na qualidade de seu jornalismo. Para compartilhar esse conteúdo, por favor enviar um e-mail para: imirante@mirante.com.br
Textos, fotos, artes e vídeos do Imirante.com estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação sem autorização do Imirante.com. O objetivo é proteger o investimento que o Imirante faz na qualidade de seu jornalismo. Para compartilhar esse conteúdo, por favor enviar um e-mail para: imirante@mirante.com.br
Textos, fotos, artes e vídeos do Imirante.com estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação sem autorização do Imirante.com. O objetivo é proteger o investimento que o Imirante faz na qualidade de seu jornalismo. Para compartilhar esse conteúdo, por favor enviar um e-mail para: imirante@mirante.com.br
Textos, fotos, artes e vídeos do Imirante.com estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do site em qualquer meio de comunicação sem autorização do Imirante.com. O objetivo é proteger o investimento que o Imirante faz na qualidade de seu jornalismo. Para compartilhar esse conteúdo, por favor enviar um e-mail para: imirante@mirante.com.br
Deu no Diário Oficial

Raimundo Garrone
Por Raimundo Garrone
Mix duplo – Deu dobradinha em Sítio Novo. A Prefeitura firmou dois contratos com a mesma empresa, a Distribuidora J D C – Ltda. para fornecimento de material de consumo, expediente, limpeza, didático e ainda gêneros alimentícios. O pacotão saiu pelo valor total de R$ 2.104.745,85. Tudo assinado em 1º de fevereiro, valendo até 31 de dezembro deste ano.

Creche do milhão – Para a construção de uma creche pró-infância, a Prefeitura de Boa Vista do Gurupi celebrou contrato de R$ 1.833.708,60 com a empresa Tencol Terra Nova Construções e Comércio Ltda. Com a papelada assinada em 1º de dezembro de 2015, a obra recebeu 180 dias de prazo para execução.


Três por um – A Prefeitura de Peritoró fechou nada menos do que três contratos com a empresa M. C. V. Empreendimentos Ltda. para locação de veículos e máquinas. O triplo negócio saiu pela pechincha de R$ 1.760.040,00. Os documentos são válidos até 30 de dezembro deste ano e foram formalizados dia 8 de janeiro.


Pé na tábua – Depois de Presidente Dutra não tem pra mais ninguém! O pacotão de contratos com uma mesma empresa chega ao número 12. Isso mesmo, a Prefeitura celebrou 12 contratos com a M. N. da Silva Tavares – ME (Auto Posto Falcão) para fornecimento de combustível e lubrificante pelo valor global de R$ 1.640.405,90. Os documentos estão valendo desde 4 de fevereiro, quando foram assinados, e seguem em vigência até 31 de dezembro. A série de contratos deve atender as secretarias municipais de Administração e Finanças, Saúde, Educação, Assistência Social, Agricultura, Meio Ambiente e Combate à Pobreza e Infraestrutura e Serviços Urbanos.


Quadradinho de quatro – Saiu por R$ 1.541,704,30 o combo de quatro contratos firmados entre a Prefeitura de Santa Helena e a empresa J Boas Sousa Filho – ME. A partir de 7 de janeiro a empresa passou a fornecer materiais de expediente para as secretarias de Assistência Social, Saúde, Educação e Administração e Finanças de Santa Helena. O atendimento segue até 31 de dezembro.

Tudo junto e misturado – Em Olinda Nova do Maranhão temos outra dobradinha de contratos com a mesma empresa, mas dessa vez com objetos diferentes: um para fornecimento de material de limpeza e outro para gêneros alimentícios. Quem levou a melhor foi a R. de Jesus – ME, que vai pagar um total de R$ 1.173.000,00 pelas duas vendas. O fornecimento segue até 31 de dezembro e começou a valer em 3 de fevereiro, quando os documentos foram assinados.


Saúde de aluguel – Para alugar um prédio para funcionamento do Hospital Municipal de Imperatriz – HMI durante 12 meses, a Prefeitura topou desembolsar a bagatela de R$ 1.006.844,56. O Hospital Santa Tereza é a contratada para o serviço, que tem prazo de duração de 4 de janeiro, data da assinatura do contrato, até 31 de dezembro de 2016.


Hermenêutica – Para prestação de serviços de assessoria jurídica a Prefeitura de Santa Luzia tem contrato de R$ 326.299,82 com a empresa Carlos Sérgio de Carvalho Barros Advogados Associados. Tudo assinado em 10 de fevereiro de 2015, valendo por onze meses, mas só publicado no D.O. de 16 de fevereiro de 2016. Mistério!!!

Não vão de táxi – Em Riachão a Prefeitura firmou contrato com a empresa C. S Turismo Ltda. para locação de veículos para atender a Câmara Municipal. O documento, assinado em 5 de fevereiro e em vigor até 31 de dezembro deste ano, vale R$ 106.918,90.


Acesse o novo Blog do Garrone em http://garrone.com.br/


NO CENTRO DE RIBAMAR

Por Fernando Atallaia 
Direto da Redação 

A situação da Praça do Cruzeiro no Centro de São José de Ribamar dispensa comentários. Ou melhor, os bons. Sofrendo de total descaso, o local virou a imagem do abandono. 
 
Antes ponto de encontro de turistas, ribamarenses, jovens, crianças e adultos, a Praça do Cruzeiro fica próxima à Câmara de Vereadores e os parlamentares ao se dirigirem àquela Casa passam com frequência pelo perímetro. Mas, pasme: ainda assim nada fizeram até hoje para recuperar o logradouro histórico.

As imagens que  você vê abaixo foram feitas por um internauta da cidade e já tiveram mais de 900 compartilhamentos nas redes sociais. Elas dizem tudo: 



IPVA 2017

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB