quinta-feira, 7 de abril de 2016

Partido reunirá dirigentes nacionais, estaduais e lideranças ribamarenses na noite deste sábado na Sede da cidade.


POR FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO


O Partido Ecológico Nacional-PEN promete fazer a Sede da cidade balneária ficar pequena na noite deste sábado(9) em encontro que reunirá dirigentes nacionais e estaduais da legenda e lideranças politicas e comunitárias de São José de Ribamar numa só ocasião. 


Em clima de festa, a confraternização, segundo informou o presidente estadual do partido e pré-candidato a Prefeito, Jota Pinto, tem o objetivo de estreitar os laços entre os políticos locais e os ecologistas que já avalizaram a empreitada de Jota ao Executivo municipal.


Pré-candidato a Prefeito de São José de Ribamar, Jota Pinto reúne dirigentes nacionais, estaduais e lideranças politicas ribamarenses neste sábado na Sede da cidade 

‘’Estarão presentes o presidente nacional do partido, nossos deputados estaduais e federais de diversos estados brasileiros e ainda as nossas lideranças politicas ribamarenses’’, destacou Pinto.

Jota Pinto ressaltou que o encontro é uma sinalização da Executiva nacional do PEN em prol de sua pré-candidatura. A sigla já declarou que congregará todos os esforços em torno do projeto politico de Jota na cidade.

‘’Não só a Executiva nacional, mas nossos quadros no estado não medirão esforços para fortalecer nosso projeto politico em Ribamar. Estamos partindo para concorrer com chances reais de vitória’’, frisou ele. 
Ex-prefeito do MA devolverá mais de um milhão aos cofres públicos

Dioni Alves Silva foi prefeito do município de Ribamar Fiquene.
Ele terá que devolver R$ 1.064.000,00 aos cofres públicos.

O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE-MA) julgou irregulares as contas do município de Ribamar Fiquene, a 675 km de São Luís, e condenou o ex-prefeito Dioni Alves Silva a devolver aos cofres públicos R$ 1.064.000,00, além de aplicação de multa de R$ 132.000,00. 

A CORRUPÇÃO NUNCA FOI UM BOM NEGÓCIO O ex-prefeito Dioni Alves Silva com Flávio: ele terá que devolver R$ 1.064.000,00 aos cofres públicos
Entre as irregularidades encontradas pelo TCE, destaque para a ausência de apresentação de folha de pagamento e não recolhimento de INSS. A decisão do órgão ainda cabe recurso.

Outros gestores

Na mesma sessão também foram julgadas as contas do ex-prefeito de Mirador, Pedro Gomes Cabral, referentes ao exercício financeiro de 2008. Ele terá que devolver a quantia de R$ 310.782,29, acrescida de multa de 10% desse total.

O ex-prefeito da cidade de Lagoa Grande do Maranhão, Osman Fonseca dos Anjos, que também teve as suas contas julgadas, terá que devolver R$ 432.000,00 por irregularidades detectadas.


Também foram julgadas irregulares as contas dos ex-presidentes das câmaras municipais de São Bento e Cajapió.  Todos eles terão que devolver R$ 325.541,63 e R$ 267.247,00, respectivamente.

Corregedoria elogia trabalho dos juízes que atuaram no mutirão contra a corrupção


A corregedora-geral da Justiça, desembargadora Anildes Cruz, reconheceu, publicamente, o trabalho dos juízes de direito que participaram do Movimento Contra a Corrupção, atuando nos julgamentos do Mutirão de Improbidade e Crimes Contra a Administração Pública.


Durante o evento, que ocorreu no período de 7 a 18 de março, foram proferidas 216 sentenças, 181 decisões e realizadas 87 audiências em e mais de 1.500 processos, resultando em mais de 10 milhões de reais de condenações de ressarcimento ao erário, além de multas aplicadas a gestores e ex-gestores. 

Desembargadora Anildes Cruz, Corregedora-Geral de Justiça 

Por meio da Portaria nº 1234/2016, a corregedora considerou que esse ato caracteriza elevado zelo pelo bom funcionamento e aperfeiçoamento da Justiça, amoldando-se, perfeitamente aos princípios constitucionais da eficiência. A Portaria de elogio foi publicada no Diário da Justiça do dia 07 de abril e passou a integrar os assentos funcionais dos magistrados.


Movimento - O movimento Maranhão Contra a Corrupção integra membros da magistratura, do Ministério Público do Estado do Maranhão e do Ministério Público de Contas, visando à adoção de medidas que possam minimizar os efeitos da corrupção no espaço publico do Estado do Maranhão.


AS INFORMAÇÕES SÃO DO TJMA

EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 

Esposa de Eduardo Cunha ensina como gastar R$ 64 mil em 3 dias em Paris

Esposa de Eduardo Cunha não mede esforços (nem valores) para estar na moda. Levantamento revela como Claudia Cruz gastou R$ 64 mil (proveniente de corrupção e lavagem de dinheiro) em apenas três dias em Paris. Investigação também revela verdadeira vida de sultão do Presidente da Câmara.

De acordo com os investigadores da Operação Lava Jato, a esposa de Eduardo Cunha gastou US$ 17.483,84 (cerca de R$ 64 mil atualizados) em três dias de janeiro de 2014, quando passeava por Paris.
Segundo a Polícia Federal, o valor seria proveniente de corrupção e lavagem de dinheiro.

Eduardo Cunha Claudia Cruz esposa
ARREGALANDO Esposa de Eduardo Cunha não mede esforços (nem valores) para estar na moda. Levantamento revela como Claudia Cruz gastou R$ 64 mil (proveniente de corrupção e lavagem de dinheiro) em apenas três dias em Paris
Para a força-tarefa da Lava Jato, os gastos de Claudia Cruz e Danielle Dytz da Cunha Doctorovich (filha de Cunha) com as marcas de renome Chanel, Dior, Balenciaga e Louis Vuitton totalizam cerca de US$ 86 mil (equivalente hoje a cerca de R$ 345 mil), entre dezembro de 2012 e julho de 2015.

A fatura do cartão de crédito mostra que a jornalista tem uma queda por grifes famosas e fez um “banho de loja”. Somente naqueles três dias de janeiro de 2014, os mais de US$ 17 mil foram divididos em compras nas francesas Christian Dior, Chanel e Charvet e na espanhola Balenciaga.

Levantamento divulgado pelo portal UOL revela como a esposa de Eduardo Cunha gastou todo esse dinheiro em apenas três dias de compras em lojas de grife na capital francesa:

Coco Chanel: mais ou menos R$ 28 mil
Christian Dior: mais ou menos R$ 9.000
Balenciaga/Gucci: mais ou menos R$ 10.000
Charvet: mais ou menos R$ 15.000

Eduardo Cunha em Miami

Entre os gastos de Eduardo Cunha, réu no Supremo Tribunal Federal (STF) sob a acusação de corrupção e lavagem de dinheiro, chama a atenção a viagem a Miami de nove dias com a família no Réveillon de 2013.

Entre 28 de dezembro e 5 de janeiro, Cunha gastou 42.258 dólares, cerca de 150.000 reais na cotação atual. O salário de Cunha em 2012 era, segundo ele mesmo declarou, de 17.794 reais por mês.
Naquelas férias só em hospedagem há uma fatura de mais de 23.000 dólares. Destacam-se também os almoços e jantares em restaurantes de luxo cujas contas superaram os 6.000 reais.

Um dos jantares em Miami Beach em 28 de dezembro, em um restaurante de comida asiática, superou os 1.000 dólares. No dia seguinte, o congressista foi às compras e desembolsou 2.327 dólares na loja Saks Fifth Avenue que vende artigos de grifes como Fendi, Valentino ou Yves Saint Lauren e 3.803 dólares na loja de grife Salvatore Ferragamo.

Os dias de compras foram um plano recorrente durante essa viagem e repetiram-se despesas na Giorgio Armani (1.595 dólares) ou na Ermenegildo Zegna (3.531 dólares).

Um mês depois, Eduardo Cunha viajava a Nova Iorque e voltava a gastar na Salvatore Ferragamo mais 1.175 dólares, 909 dólares na loja da Apple Store e 1.668 no restaurante francês Daniel, chefiado pelo badalado chef Daniel Boulud. A conta de hotel no Hilton, no dia 12 de fevereiro de 2013, somou 2.761 dólares pela hospedagem de três dias.

Nesse mesmo dia, Cunha viajava a Zurique, na Suíça, onde os investigadores encontraram pelo menos cinco contas secretas no nome do deputado, da sua mulher Claudia Cruz, e da sua filha Danielle. Nessa viagem, do dia 12 ao dia 16 de fevereiro, Cunha gastou mais de 10.000 dólares em hospedagem em três hotéis diferentes.


Com informações de UOL e El País

Sem premiado, Mega-Sena acumula e pagará R$ 40 milhões

O sorteio do concurso 1806 da Mega-Sena, ocorrido na noite desta quarta-feira, na cidade de São Domingos, em Santa Catarina, acabou sem acertador das seis dezenas. Com isso, o prêmio acumulou e pode chegar a R$ 40 milhões no próximo sorteio, que será realizado no sábado que vem.
Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do Brasil
11      –      20      –      35      –      42      –      55      –      58
A Caixa Econômica Federal informou também que 86 apostas acertaram 5 números e levaram com isso R$ 37.310,94 cada uma. Já a quadra pagou R$ 908,24 para cada uma das 5.047 pessoas que acertaram 4 dezenas. A arrecadação total teve pouco mais de R$ 55 milhões.
Quem pretende levar os R$ 40 milhões no próximo concurso pode fazer as apostas até as 19h (de Brasília) do dia do sorteio em qualquer lotérica do País. A aposta mínima, de 6 números, custa R$ 3,50. Quanto mais números marcar, maior o preço da aposta e maiores as chances de faturar o prêmio mais cobiçado do Brasil.
AS INFORMAÇÕES SÃO DO TERRA
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 

Nº de visitas

Confira a hora certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores