sábado, 2 de abril de 2016
Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão I, maltrata pacientes com falta de medicação básica e material para atendimento dos internos 

Familiares denunciam que o hospital não oferece mínimas condições de tratamento às pessoas que buscam  por atendimento.

POR FERNANDO ATALLAIA
DIRETO DA REDAÇÃO

Uma grave denúncia vem abalando a saúde da Grande São Luís nos últimos dias. O Hospital Municipal Djalma Marques, o conhecido Socorrão I, localizado bem no centro da capital maranhense não oferece medicação básica e material necessário ao atendimento de pacientes e internos.

Um dos corredores do Socorrão I; falta tudo 
Segundo apurou a reportagem da Agência Baluarte, a deficiência e precariedade do hospital em tratamentos considerados primários vêm sendo constante nos corredores do Socorrão I, onde internos tem que mobilizar os familiares para cobrir as lacunas existentes. Em visita às dependências do hospital, ANB constatou in loco o problema. Uma triste e cruel realidade que vem tirando a tranquilidade dos ludovicenses  que necessitam da casa de saúde.

''Estou indignada com a precariedade do Socorrão I. Meu pai está internado, e esse hospital não tem nem mesmo um termômetro para medir a febre dos pacientes; tivemos que buscar o tensiômetro ( aparelho de pressão) e o estetoscópio em casa. A medicação mais simples, diclofenaco e paracetamol tivemos que comprar; o medidor de insulina também providenciamos e o hospital tem a coragem de informar que o único medidor de pressão foi roubado’’, denunciou uma acompanhante de um paciente internado. 

A médica Helena Duailibi, secretária de Saúde de São Luís: autarquia de sua responsabilidade não fornece nem medidor de insulina aos pacientes 
O caos é tão evidente e gritante que assim que chegamos às dependências do hospital fomos avisados que nem água havia caso quiséssemos lavar as mãos. Diante da situação desumana proporcionada pelo Socorrão I, nossa reportagem tentou contatar a médica  Helena Duailibi, secretária de Saúde de São Luís, para possíveis esclarecimentos sobre os acintes sofridos pelos pacientes, mas como é de praxe, o telefone de Duailibe só sinalizava fora de área e desligado. 

A revolta da população e o abandono dos internos por parte do hospital continuam. 

Ministério Público pede suspensão de nomeação de aprovados em concurso da Seduc

Ação investiga irregularidades em concurso de professores no Maranhão.
Promotor acredita que nomeações podem atrapalhar investigações


A Promotoria de Justiça da Defesa da Educação entrou com ação judicial na Vara de Interesses Difusos, nessa quinta-feira (31), pedindo a suspensão das nomeações dos já aprovados até a conclusão da investigação que apura denúncias de irregularidades no concurso. O caso será analisado e o parecer deve ser divulgado pela Justiça até segunda-feira (4).

O promotor Paulo Avelar disse, em entrevista, ter sido necessário entrar com o pedido cautelar depois que o governo do Maranhão divulgou cronograma de posse para os professores aprovados no concurso público, o que poderia causar prejuízo ás investigações que apuram as denúncias recebidas.


O promotor Paulo Avelar pede suspensão de nomeação em concurso duvidoso promovido pelo Governo 
“Além das denúncias sobre questões plagiadas, recebemos denúncias de que houve violação de malotes em uma ou duas salas. O MP fez uma recomendação ao governo que ignorou por entender que não havia motivo para tomar essa decisão. Estamos investigando o caso e vamos ouvir fiscais de sala, candidatos e todos os envolvidos para saber se as denúncias procedem para que possamos seguir com as medidas cabíveis” afirmou.

O promotor reiterou que a reunião com o procurador-geral do Estado, Rodrigo Maia Rocha e Rodrigo Lago da Secretaria de Estado de Gestão e Previdência (Segep), não houve resposta positiva do governo. O promotor ainda explicou que já pediu à Polícia Civil do Piauí informações sobre as investigações que levaram à prisão de uma quadrilha que fraudava concursos públicos.


O governador Flávio: passando por cima do Ministério Público
Em fevereiro, o Ministério Público recomendou a reaplicação das provas depois de denúncias de questões plagiadas. No mesmo dia, no entanto, o governador Flávio Dino (PCdoB) decidiu homologar o resultado das provas.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO G1MA
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE 

PSD indica substituta de Aldo Rogério na Semapa

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, anunciou, nesta sexta, mais uma troca de secretário em seu governo. Aldo Rogério Ribeiro Ferreira deixa a Secretaria Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento (SEMAPA) e em seu lugar entra Maria do Carmo Mendes.

Roberto 'Asa de Avião' vem sendo defenestrado da gestão EDH Júnior em São Luís

A nova secretária da SEMAPA foi indicada pelo ex-prefeito de São Paulo e presidente da Executiva Nacional do PSD, Gilberto Kassab.  Com a entrada de Maria do Carmo no alto escalão da Prefeitura de São Luís, Holandinha deve garantir mais um partido em seu palanque nas eleições municipais.

 

A informação também só confirma o que o Blog já havia adiantado: o prefeito perdeu a paciência com o senador Roberto Rocha e começou a retirar todos os cargos de alto escalão que eram mantidos pelo “asa de avião”.


AS INFORMAÇÕES SÃO DE LM 

Nº de visitas

Confira a Hora Certa!

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores