sábado, 17 de dezembro de 2016
A cidade de São José de Ribamar no Maranhão é carente de líderes oposicionistas sérios e que tenham discurso. 

POR FERNANDO ATALLAIA

EDITOR-CHEFE DA AGÊNCIA BALUARTE

atallaia.baluarte@hotmail.com 

A gestão do prefeito tucano Luís Fernando Silva na terceira maior cidade do Maranhão terá que conviver a partir de janeiro com uma realidade que sob a ótica do debate público não é positiva: São José de Ribamar não tem líderes oposicionistas.  



Achacada por ações ilegítimas daqueles que tentam passar-se por oposicionistas na tentativa de engodar parte da população ainda desavisada, a cidade sofreu na última década com o oportunismo imediatista de pseudoslíderes que criticam as gestões locais com o claro objetivo de serem beneficiados por seus criticados.



Comportamento vicioso e viciado dos chamados ‘oposicionistas de ocasião de Ribamar’- alusão a figuras paridas no seio mendicante das jogadas de politicalha-, os ataques a cada administração que se inicia em São José não tem consistência conceitual-ideológica, coerência e está muito aquém da real dimensão da terceira maior cidade maranhense e suas demandas.



Sao Jose de Ribamar
A cidade de São José de Ribamar no Maranhão é carente de líderes oposicionistas sérios e que tenham discurso.

Interesses pessoais confusos e contrariados, grande parte daqueles que se dizem oposicionistas na cidade maranhense são na verdade cabos eleitorais ligados a políticos que atuam de forma profissional em Ribamar, utilizando-se dos cargos públicos para manter e sustentar currais eleitorais e apadrinhados. Uma triste realidade que não vem favorecendo a construção do novo ideário político reivindicado pelos mais de 200 mil ribamarenses residentes hoje no município.



Questiúnculas e fuxiquismo barato- Criticada pelos próprios ribamarenses, a postura oportunista dos pseudoslíderes, representados hoje por cinco nomes que se prendem diariamente  a questiúnculas geradas em ambientes de fuxiquismo barato, nada faz além de atrasar o processo de desenvolvimento da cidade no campo do debate público, travando o advento de uma nova mentalidade voltada para o repensar das antigas e obsoletas formas de discussão da politica ribamarense.



É nesse ambiente famigliar, amador e paroquiano, povoado de pequenas e médias corrupções, troca de favores e  franca ânsia de ‘se dar bem na vida’ à custa das gestões municipais que a ausência de discurso dos  ‘oposicionistas’  vem se perpetuando na cidade. Os ribamarenses,  por sua vez, tem reagido e cobram a presença de um líder politico oposicionista de fato compromissado com os interesses amplo e macro do município na esfera do debate.



Esquerda ausente- Nova configuração política que já se anuncia para São José de Ribamar, a ausência de uma agenda social a ser proposta pelos partidos de esquerda é uma das reclamações dos ribamarenses quanto à participação de siglas como PSOL, PSTU e PCB.



Ainda que tenham ensaiado um escopo inicial para definir presença em solo ribamarense as siglas recuaram da intenção de consolidar um projeto politico na cidade. Por outro lado, em outra seara, partidos como Rede Sustentabilidade e Partido da Mulher Brasileira-PMB vem estreando ações importantes no cenário político local. Os ribamarenses esperam que tanto estes quantos aqueles se unam no sentido de contribuir para o progresso de uma das mais importantes cidades do Maranhão.  



Há certa urgência.

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB