terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Artista se apresentou pela Prefeitura municipal e afirma nunca ter recebido os cachês

Ele usou sua conta numa rede social para denunciar o calote.  


O cantor e compositor Fran Moreira, vocalista da banda Humble, uma das mais importantes da cena pop ribamarense, usou na tarde desta terça-feira (27), sua conta numa rede social para denunciar calote da Secretaria Municipal de Cultura de São José de Ribamar que, segundo ele, desde junho passado não efetua os pagamentos dos artistas locais. A postagem de Moreira ganhou grande repercussão entre a população ribamarense e artistas da Grande Ilha. 


O cantor  ribamarense Fran Moreira na sua conta numa rede social na tarde desta terça-feira:
‘’Prefeitura de merda! Administração do caralho! Bando de filhos da puta! Politica de merda! Nem pra tocarem fogo nesse mísera! Nunca foram a favor da arte e cultura! Secretário de cultura pau no C* e medrosos! Procuram pagar os artistas da terra! Desde junho que não saí! Chego nessa merda de secretária sucateada e caindo aos pedaços e não tem ninguém só os "Pau mandados" só vou lá pra dar viagens de balde! Ninguém tá nem ai pra nada!’’
Em tom de revolta, o forte e veemente desabafo comoveu centenas de pessoas: 

‘’Prefeitura de merda! Administração do caralho! Bando de filhos da puta! Politica de merda! Nem pra tocarem fogo nesse mísera! Nunca foram a favor da arte e cultura! Secretário de cultura pau no C* e medrosos! Procuram pagar os artistas da terra! Desde junho que não saí! Chego nessa merda de secretária sucateada e caindo aos pedaços e não tem ninguém só os "Pau mandados" só vou lá pra dar viagens de balde! Ninguém tá nem ai pra nada!’’ indigna-se Fran Moreira na postagem.  


Na declaração do artista é também possível notar nas entrelinhas referencias ao prefeito da cidade, Gil Cutrim. Fran Moreira cita a pasta de Cultura e a gestão do pedetista como responsáveis pelo estado de abandono em que a arte e a cultura ribamarenses se encontram nos dias atuais. 


Em São José de Ribamar não se fala de outro assunto.


FERNANDO ATALLAIA

DIRETO DA REDAÇÃO


2 comentários:

  1. Em 2016 houve fato fabuloso sim, apesar de Vanessa Grazziotin falar que não, dessa forma assim:

    "O ano de 2016 é, sem dúvida, daqueles que dificilmente será esquecido. Ficará marcado na história pelos acontecimentos negativos ocorridos no Brasil e no mundo. Esse é o sentimento das pessoas", diz Grazziotin.

    Mas, por outro lado, nem que seja apenas 1 fato positivo houve sim! É claro! Mesmo que seja, somente e só, um ato notável, de êxito. Extraordinário. Onde a sociedade se mostrou. Divino. Que ficará na história para sempre, para o início de um horizonte progressista do Brasil, na vida cultural, na artística, na esfera política, e na econômica.
    Que jamais será esquecido tal nascer dos anos de 2016, apontando para frente. Ano em orientação à alta-cultura. Acontecimento esse verdadeiramente um marco histórico prodigioso. Incrementando sim o Brasil em direção a modernidade, a reformas e mudanças positivas e progressistas. Enfim: admirável.

    Tal fato luminoso e sui-generis foi o:

    -- «Tchau querida!»

    Eis aí um momento progressista, no ano de 2016.

    ResponderExcluir
  2. Fernando, curto o som do fran mas desejar a morte do prefeito foi demais
    Minha opinião

    Dany-Cruzeiro

    ResponderExcluir

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB