quarta-feira, 23 de novembro de 2016
Laudo confirma estupro e morte por asfixia de Mariana Costa

A Polícia Civil do Maranhão divulgou o relatório oficial de conclusão do inquérito policial do assassinato da publicitária Mariana Costa, ocorrido no último dia 13.

Durante coletiva de imprensa realizada na manhã desta quarta-feira (23), a Polícia Civil do Maranhão divulgou o relatório oficial de conclusão do inquérito policial do assassinato da publicitária Mariana Costa, ocorrido no último dia 13.

De acordo com o laudo, a vítima foi estuprada e asfixiada pelo empresário Lucas Porto, que tentou modificar a cena para esconder o crime e insinuar normalidade ou suicídio.

Resultado de imagem para MARIANA COSTA  SARNEY
Laudo confirma estupro e morte por asfixia de Mariana Costa.
“Foi uma violência contra a mulher para satisfazer a sua lascívia. Uma crueldade com a vítima que foi surpreendida enquanto dormia” declarou o secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela.

Ainda segundo o secretário, no corpo de Mariana foram encontradas marcas de lesões de defesa: inchaço na cabeça, manchas nas pernas e manchas de asfixia no pescoço. Isso revela que a vítima tentou impedir a consumação sexual.

De acordo com o superintendente de Polícia Técnica Científica, o perito criminal Miguel Alves, o exame de DNA que atestará se houve penetração durante o estupro ainda não foi concluído, deve ficar pronto em 30 dias.

Lucas Porto foi indiciado por homicídio triplamente qualificado e estupro contra Mariana.

AS INFORMAÇÕES SÃO DO JORNAL PEQUENO
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE

0 comentários:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações: agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com

Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB