terça-feira, 18 de outubro de 2016
Eduardo deixa claro que não suporta críticas nem tampouco o livre exercício da imprensa no oficio comunicacional.
POR FERNANDO ATALLAIA
EDITOR-CHEFE DA AGÊNCIA BALUARTE 
atallaia.baluarte@hotmail.com
O candidato a prefeito de São Luís Eduardo Braide(PMN)  não deixou para as entrelinhas uma face áspera que guarda em si quando o assunto é a Liberdade de Imprensa. Ele também não esconde a já declarada aversão ao exercício profissional de jornalistas e especialmente de blogueiros que o criticam.  

Vindo até aqui de uma crescente campanha, Braide já tentou desqualificar repórteres em entrevistas; invalidar a importância da Imprensa diante do interesse imediatista de se eleger prefeito e o pior: o deputado se mete a catequizar os profissionais. 

Resultado de imagem para eduardo braide
AVERSÃO DECLARADA O candidato a prefeito de São Luís, Eduardo Braide: se ele tenta desqualificar a Imprensa enquanto voz do povo, para quem ele governaria se eleito?
Essas e outras demonstrações de arrogância, truculência e despotismo pontuais de Eduardo Braide revelam a maneira como ele enxerga a liberdade de expressão: à revelia do estado democrático de direito. O candidato se impõe e vai de encontro à legitimidade da Imprensa enquanto instituição necessária à manutenção da democracia e desta elemento constitutivo, um de seus pilares mais fundamentais.
Eduardo Braide é o típico politico afeito à lei da mordaça, da perseguição a formadores de opinião e do patrulhamento ideológico. Sua postura umbilicrática( aquela voltada apenas para o próprio umbigo e a partir deste governando) mostra um candidato despreparado nesse particular. Se prefeito, Eduardo terá suas maiores dificuldades no âmbito  da comunicação, onde certamente faria um governo aos moldes dos capitães-do-mato em campo.

Mas como candidato, o risco ainda não migrou para a esfera real. A população de São Luís poderá mudar o rumo da história. Um político que desdenha, inferioriza e se rir da autoridade de uma das instituições que mais  representam os interesses populares, denunciando mazelas, esquemas de corrupção e ausências governativas, certamente representaria uma ameaça concreta no Poder.

A Imprensa é a voz do povo, mas Braide diz que não.  

4 comentários:

  1. Manda calar é na cara, processou uns 5 já ate agora, quer ensinar como se faz o jornalismo e não abre mão de uma boa piada, esse ai é escroto e bote escroto nisso, a classe de voces ta é lascada mal paga e fudida se ele se eleger , te prepara Atalaia kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    Mozart

    ResponderExcluir
  2. Patética aquela ‘sabatina’ da DifuRouba com um monte de blogueiros-empregados de Edivaldo. Eita terrinha provinciana, aff- Marilia

    ResponderExcluir
  3. Alguns “jornalistas” sem ética tentam confundir LIBERDADE DE IMPRENSA com LIBERTINAGEM DE CALÚNIA, há muita diferença. Liberdade de imprensa visa informa a população com fatos e dados verídicos, verdadeiros, enquanto, LIBERTINAGEM DE CALÚNIA, realizado por parte da imprensa, visa destruir a honra e a imagem das pessoas com informações deturpadas, factoides, por vezes, sem respeitar nem a vida familiar da vítima. Na libertinagem de calúnia o objetivo mediato é sempre a barganha e manipulação.

    Os “jornalistas” sem ética tentam até confundir a população com simples locuções. Por vezes, trocando os termos liberdade de imprensa por liberdade de expressão. Enquanto, liberdade de imprensa atingem exclusivamente os profissionais de comunicação do rádio, periódicos, redes sociais e blogs. Estes profissionais devem se portar previamente pela ética, antes de veicular a informação. A liberdade de expressão sofrerá sanções legais apenas posteriormente caso seja inverídica.

    No Maranhão, a imprensa é usada como arma de guerra política, para desinforma, para manipular a população. Jornalista que não faz isso... Fica sem uma “boquinha” na assembleia legislativa ou na Administração Municipal.

    ResponderExcluir
  4. Em todos os casos e situação a imprensa deve ser sempre livre e nunca coagida. Esse sr meu caro Evan(que você apoia e dele é partidário sendo ridiculo como ele é ) é um grande humilhador de blogueiro e de jornalista..-(Tu é blogueiro-de sarney seu Evan?) Atente para que você estar defendendo e procure se guiar pela Constituiçao/STF.
    Mário Palhares-A área Itaque –Bacanga tem jeito é 12 12 12 12 Neles!!!!!!

    ResponderExcluir

Postagens mais visitadas

Pesquisar em ANB

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB