segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

Cancelamento de carnaval em cima da hora mostra a falta de gestão das prefeituras

A justificativa do prefeito Ribamar Alves para o cancelamento do carnaval em Santa Inês é muito estranha. Em nota anunciando o cancelamento do carnaval, o prefeito afirma que o faz para cumprir “obrigatoriedades como o cumprimento da folha de pagamento e encargos sociais do funcionalismo; assim como compromissos já assumidos na área da Saúde, Educação e investimentos na qualidade de vida da população”Chama atenção a questão do pagamento do funcionalismo. Quer dizer que se não retirasse a verba do carnaval, a prefeitura não pagaria os salários dos funcionários corretamente?
Esta é mais uma prova do total descontrole orçamentário e financeiro das prefeituras. Como pode o prefeito misturar verba de cultura, com folha de pagamento? A Lei de Responsabilidade Fiscal determina o limite de gastos com pessoal de 60% da Receita Corrente Líquida do orçamento. A crise financeira está acentuada desde o início de 2015 e todos os prognósticos mostravam uma crise pior em 2016.
Resultado de imagem para RIBAMAR ALVES  SANTA INES
O prefeito de Santa Inês, Ribamar Alves: língua anticarnavalesca 
Sabendo desta dificuldade, as prefeituras deveriam ter montado um orçamento de acordo com a realidade da crise. Ribamar Alves poderia ter reduzido o orçamento do carnaval e todas as pastas para um mais modesto, sem as caras bandas baianas. Ou mesmo não tendo carnaval, poderia já estar previsto na peça orçamentária. Agora, anunciar em cima da hora que não realizará carnaval para pagar funcionários, mostra o total descontrole da máquina pública.
Vale lembrar que a prefeitura de Santa Inês já tinha dado mais do que uma pedalada, mas um “tombo” fiscal, quando atrasou o pagamento do 13º salário dos servidores colocou a culpa no banco. Novamente, ele mostra que as finanças do município não seguem um planejamento econômico e racional.
Vamos ver o que o Tribunal de Contas vai achar das prestações de 2015 e 2016 de Santa Inês e das demais prefeituras que diante da crise financeira cometem uma trapalhada atrás da outra.
AS INFORMAÇÕES SÃO DO BLOG DO CLODOALDO
EDIÇÃO DA AGÊNCIA BALUARTE

0 comentários:

Postar um comentário

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 9164 10 67

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB