domingo, 27 de dezembro de 2015
Balneária foi palco de manifestações, descontentamento e revoltas populares por todo período
Nas redes sociais, insatisfação dos ribamarenses com a atual gestão se alastrou.
Campo politico foi marcado por amplo debate em torno do pleito vindouro.

POR FERNANDO ATALLAIA
DIRETO DA REDAÇÃO

O ano 2015 foi para São José de Ribamar como que um tsunami a abalar as estruturas sociais da cidade balneária. Manifestações populares acompanhadas de revoltas comunitárias e o visível sentimento de desesperança pontuado pelo descontentamento dos ribamarenses com a atual gestão sinalizaram para o acirramento da dúvida quanto à atuação dos poderes constituídos na cidade.

Moradores do Turiuba interditam MA 201; 2015 convulsionado
Pondo em xeque a postura dos vereadores, do prefeito e dos promotores de justiça, a população vivenciou por todo ano uma atmosfera tensa constituída de escândalos envolvendo o Gestor municipal, o presidente da Câmara e aliados políticos. As reclamações dando conta da inércia e do desvio de conduta de secretários do governo também foram uma constante.

Ribamarenses queimam pneus em protesto; paisagem rotineira nos 365 dias
Nas redes sociais, os ribamarenses denunciaram, fartamente, o descaso da Prefeitura de São José de Ribamar com setores fundamentais da gestão, a exemplo da Saúde, Educação, Infraestrutura. O titular do Executivo, Gil Cutrim(PDT), foi alvo do Ministério Público por diversas vezes. A cidade registrou um índice alarmante do aumento da violência e da criminalidade ao passo que assistiu ao temerário clima de uma governabilidade na corda bamba.

Resultado de imagem para gil cutrim
O ano assistiu as muitas idas e voltas do prefeito Gil com a Justiça; governabilidade ficou na corda bamba
Em áreas como Saúde, Infraestrutura, Educação e Cultura, São José de Ribamar não avançou. Obras inacabadas por todo município, a administração de Gil entregou os pontos em muitos momentos. Não conseguiu reagir ao desgaste e a população, por sua vez, não se calou. Foi às ruas em protestos quase que semanais. Um dos sintomas da inquestionável realidade se fez ouvir nas manifestações contra a empresa Odebrecht que ganharam as comunidades locais e o noticiário estadual em larga escala.

Manifestações de repúdio contra a atuação da empresa Odebrecht em São José de Ribamar marcam 2015; luta incessante e continuada
Na esfera politica, em especial a eleitoral, o debate em torno da sucessão de Gil se concentrou na aparvalhada e controversa posição da oposição que foi forçada a mudar de terreno partidário por sucessivas ocasiões.  Já o anúncio da candidatura de Luís Fernando Silva animou os ribamarenses que alimentam o sonho da reconstrução da cidade a partir de janeiro de 2017. Cutrim, mal avaliado nas pesquisas de opinião, viu sucumbir a possibilidade da indicação do Vice na chapa de Fernando Silva, enquanto que a Câmara ventilou com mais veemência um nome a ser indicado. Na lista: os vereadores Nonato Lima, Lister e Negão.

Câmara de Ribamar entra no debate pela indicação de Vice na chapa de Luís Fernando Silva para 2016; Vereador Negão(foto) é um dos cotados 
Sofrendo um hiato administrativo nunca antes visto em sua história, Ribamar sofreu a falta de politicas públicas para geração de emprego e renda. O ano seguiu na ausência de projetos voltados para a estabilidade financeira dos ribamarenses que, sem programas sociais concebidos para o setor, amargaram no desemprego e subemprego. O turismo religioso foi ofuscado pela grande incidência de assaltos na Sede, principalmente nas proximidades da Concha Acústica. Amedrontados, os turistas sumiram em debandada.

ANO VIOLENTO Concha Acústica protagoniza assaltos à mão armada; turistas desaparecem da cidade 
Já no quesito Assistência Social, os munícipes da Região das Vilas e Centro se deparam com as ações paliativas de sempre. Risíveis, as iniciativas na área se mantiveram dentro da proposta do assistencialismo barato com secretários da prefeitura entregando cestas básicas em comunidades carentes. Politicalha em riste, o modelo administrativo da gestão não se mostrou antenado com as modernas formas do bem administrar, revelando-se centralizador, familiar e oligárquico.


2015 termina, portanto, sob a égide do inconformismo dos ribamarenses, atentos aos movimentos políticos, sociais e culturais do município, mas ainda cabisbaixos pelos ultrajes patrocinados por aqueles que deveriam elevar à condição de dignidade um povo que aguarda nos dias atuais, de forma ansiosa, por uma cidade que ainda não aconteceu em sua real potencialidade. Uma cidade que oxalá ainda está por vir. 

Pombos denunciam plantação de maconha em casa na Inglaterra

O movimento dos pombos na região de Newton-le-Willows (Inglaterra) deixou policiais intrigados. Todos os dias, quando a temperatura caía, centenas de pombos voavam até o telhado de uma residência.
A polícia decidiu checar e foi até a residência visitada constantemente pelas aves. Nela, agentes descobriram 14 pés de maconha, de acordo com reportagem do “Sun”.
pombos
A explicação é simples: contra o frio, os pombos eram atraídos pelo calor das estufas que faziam a plantação ilegal crescer
A explicação é simples: contra o frio, os pombos eram atraídos pelo calor das estufas que faziam a plantação ilegal crescer.
“O telhado estava coberto por cerca de 300 pombos, todos eles se aquecendo. Agora, eles se foram”, contou uma fonte ao tabloide. “Era como um sinal de que os criminosos estavam cultivando maconha. As aves detonaram o esconderijo deles”, acrescentou.
Fonte: O Globo

Alzheimer tira a memória de Cafeteira


cafeteira_senado
Cafeteira: poucos ele reconhece. 
O ex-senador e ex-governador Epitácio Cafeteira continua na luta contra doenças que lhe tomaram quase todo o mandato passado no Senado. Hoje, com mais de 90 anos, aquele que foi uma das lideranças políticas mais populares e emblemáticas do Maranhão, vive momentos de lampejos memoriais, provocados pela Doença de Alzheimer. Poucos ele reconhece.

Fonte: Coluna Bastidores

Nº de visitas

Central de Atendimento

FAÇA PARTE DA EQUIPE DA AGÊNCIA DE NOTÍCIAS BALUARTE

Denúncias, Sugestões, Pautas e Reclamações, ligue:
(98) 9 8767-7101

E-mail:
agencia.baluarte@hotmail.com

atallaia.baluarte@hotmail.com


Sua participação é imprescindível!

Nossos Seguidores

Parceiros ANB